Palestras
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Registrar-se
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Chat
Últimos assuntos
» Ajuda Mútua - Uma forma simples de ganhar dinheiro
Ter Maio 22, 2012 2:12 am por Fog

» Os girassóis e nós.
Ter Jan 10, 2012 6:32 am por carine

» Missa Canção Nova 20/111/2010
Seg Nov 22, 2010 2:51 pm por regina

» Não Percam hoje Padre Fábio no programa Todo seu
Sex Nov 19, 2010 2:51 pm por regina

» NOVO LIVRO DE PADRE FABIO!
Qui Nov 18, 2010 3:46 pm por regina

» Programas de 2010
Sab Nov 13, 2010 12:33 pm por regina

» DVD ILUMINAR
Sex Nov 12, 2010 1:27 am por regina

» Show Padre Fábio em Ilhéus dia 05/11/2010
Dom Nov 07, 2010 4:48 pm por regina

» Show em Aparecida 10/2010
Sex Out 15, 2010 12:23 am por regina

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Patrocinadores
Musica

marcas do eterno - Fabio de Melo

Compartilhe | 
 

 PADRE FÁBIO EM CONFÊRENCIA DIA 31/10/2008

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PADRE FÁBIO EM CONFÊRENCIA DIA 31/10/2008   Ter Nov 18, 2008 12:19 am

Padre Fábio de Melo em conferência:

"Ensinar como a experiência do cuidar"

31/10/2008 - por Jornal do Tocantins



Ensinar como a experiência do cuidar
Conferência - Para o padre Fábio de Melo, o conhecimento nunca está terminado; ele lembra que este é uma teia que deve ser tecida a partir da superação dos limites.

O ato de cuidar é um dos eixos transformadores do mundo. Esse é um dos principais ensinamentos que os educadores presentes na segunda noite do Congresso Pensar apreenderam da conferência A Experiência Antropológica do Cuidado, proferida pelo padre Fábio de Melo, sacerdote graduado em Filosofia e Teologia e pós-graduado em Educação e em Teologia Sistemática. O evento, que gira em torno do tema Educação: Inclusão pelo Esporte, Arte e Cultura, é realizado pelo Jornal do Tocantins - em parceria com a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) e a Federação do Comércio do Estado do Tocantins (Fecomércio) - desde quarta-feira na Capital e se encerra amanhã.

“A experiência do cuidado nasce em nós a partir do sofrimento e da estrutura de limites estabelecida”, ponderou o sacerdote, que no decorrer da sua conferência fez pontes entre a filosofia e a teologia, enquanto compartilhava o seu pensamento com as centenas de educadores presentes. “O que dizemos ser o pecado original não é pecado nem é original. É apenas o desejo de superar limites”, comparou, sem dúvida surpreendendo a muitos participantes.

Entre o estudioso da filosofia e a sua opção pelo sacerdócio, ficava evidente que a platéia tinha diante de si uma pessoa encantada pela condição humana. “Esbarramos o tempo todo na experiência do nosso limite e se não o fizéssemos, não iríamos a lugar algum. Se você já se sentiu perdido, conhece a experiência do cuidado”, afirmou, salientado que a beleza está na superação. “Se não consigo embrulhar amorosamente o meu limite, jamais saberei cuidar”, completou.

No entanto, alerta padre Fábio, a grande dificuldade é reconhecer o nosso limite e sem isso, afirma, jamais será possível superá-lo. “Temos de administrar nossos sentimentos e não sermos administrados por eles. A fragilidade humana é assustadora. Temos de nos dar conta da nossa humanidade todos os dias e construir uma visão positiva dos limites”, ensinou.

Conhecimento
No decorrer de toda a sua conferência era evidente a analogia com o ato de educar. Afinal, ele mesmo definiu que ensinar é a experiência do cuidar e lembrou: “o conhecimento nunca está terminado. É uma teia que vamos tecendo a partir da superação dos limites: eu respeito o limite do outro e estabeleço com ele o pacto do cuidado, ao mesmo tempo em que ambos avançamos”. E arrematou: “não posso negar o que o outro é e nem encarar o não saber como limite. Toda estranheza cai por terra se dividimos nossas necessidades.

Para padre Fábio, nem sempre o professor que marca é o mais inteligente. É aquele que olha com cuidado. Lembrando que Jesus tinha um olhar positivo até para as misérias humanas, o sacerdote conclamou os professores a voltarem a se amar. “No passado, vocês tinham o reconhecimento dos alunos, dos pais, da escola e os salários eram mais dignos. O mundo mudou. Está longe o tempo em que o professor era recebido de pé. Mas não é hora de sentar e chorar. Vocês têm algo a fazer. Estão grávidos de futuro”, comentou, tomando emprestada uma frase da escritora Clarice Lispector. “Cuidar, portanto, é revestir o limite da possibilidade.

Pedagoga, Poliana Parente Almeida declarou, após a conferência, que a fala do padre Fábio de Melo era o que esperava. “Vim sem um conhecimento prévio do tema que ele iria tratar, mas tudo o que disse foi válido para levarmos para as nossas relações humanas: respeitar o outro e respeitar a nós mesmos e, a partir daí, construir vínculos”, concluiu, enquanto o palestrante da noite encerrava sua intervenção lembrando que o educador precisa resgatar a paixão pelo ser humano e que a tecnologia é apenas um recurso a mais para fazê-lo brilhar.

Já a professora Nilcéia Resende, da Escola Castelinho, de Gurupi, foi surpreendida, ao final da palestra, com os recadinhos de seus alunos que foram lidos e repassados à ela pelo padre Fábio de Melo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
 
PADRE FÁBIO EM CONFÊRENCIA DIA 31/10/2008
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» O susto do padre!
» Questão do CFSd 2008
» EFOMM 2008 - Matriz
» (PUC-RJ 2008) Altura Máxima
» (UNESP-2008) - determinante

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Padre Fábio de Melo :: Forum :: Geral :: Entrevistas-
Ir para:  

marcas do eterno - Fabio de Melocriar um fórum | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Assinalar uma queixa | Criar um fórum