Palestras
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Registrar-se
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Chat
Últimos assuntos
» Ajuda Mútua - Uma forma simples de ganhar dinheiro
Ter Maio 22, 2012 2:12 am por Fog

» Os girassóis e nós.
Ter Jan 10, 2012 6:32 am por carine

» Missa Canção Nova 20/111/2010
Seg Nov 22, 2010 2:51 pm por regina

» Não Percam hoje Padre Fábio no programa Todo seu
Sex Nov 19, 2010 2:51 pm por regina

» NOVO LIVRO DE PADRE FABIO!
Qui Nov 18, 2010 3:46 pm por regina

» Programas de 2010
Sab Nov 13, 2010 12:33 pm por regina

» DVD ILUMINAR
Sex Nov 12, 2010 1:27 am por regina

» Show Padre Fábio em Ilhéus dia 05/11/2010
Dom Nov 07, 2010 4:48 pm por regina

» Show em Aparecida 10/2010
Sex Out 15, 2010 12:23 am por regina

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Patrocinadores
Musica

marcas do eterno - Fabio de Melo

Compartilhe | 
 

 PROGRAMA DE 2009

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DE 2009   Sex Jan 02, 2009 2:22 pm

PROGRAMA DO DIA 01/01/2009

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Cantarei, Cantarás”... e poder começar mais um ano, é a flor do ano de 2008 sendo entregue agora para que nasça a flor de 2009, e o poeta foi sábio, quem inventou a historia de dividir a vida, de nos fazer ter a sensação que a vida ta começando. E ontem qdo começou aquela explosão a meia noite, eu me senti emocionado na hora, vc vendo assim as explosões dos fogos e naquele momento dentro do meu coração eu pensava e o que me emocionava era aquilo, olhar os fogos em lugares diversos e pensar que ali da msm forma que tinham fogos existiam esperanças sendo renovadas, é um ano novo, já que nos temos a oportunidade de virar a pagina do calendário, nos temos o direito de dizer ao nosso coração, seja novo, o que me fascina em Jesus é ele fazer os antigos acreditarem na novidade, é difícil, pq o antigo pensa a partir de uma estrutura passada, aquilo que é antigo é sempre um desafio, ele vem pra cumprir de sentido, Jesus não anulou a historia da salvação, mas colocou uma nova luz sobre os antigos acontecimentos, continua valendo a terra prometida, o mar vermelho, mas Jesus é o ponto alto pq ele é a luz definitiva, a religião ganhou agora humanidade, nos vamos ser humanos e descobrir que nessa beleza de virar paginas, consertar erros, fazer propostas, alcançar metas...
Deus te olha assim, isso é conversão, vc não fica preocupado com o que já passou, Deus esta me olhando hj com olhos de presente, por isso que as pessoas ficavam motivadas a serem diferentes, pq aceitavam a luz de serem olhadas com novidade, e o olhar amoroso é sempre assim, enxerga novidade, minha vida continua do mesmo jeito, mas com uma novidade, nos podemos fazer propostas pra ficar feliz, eu tava vendo ontem, uma mulher que emagreceu 140 kilos, aquela mulher estava entregue ao poder da gordura e ela decidiu que iria emagrecer, é tão lindo qdo vc descobre em uma pessoa a capacidade de quebrar a estrutura do que era antigo, excessos dos nossos olhos, nossos corações, como faria bem jogar pela janela o que alimentamos em 2008, ser olhados pelos olhos de Jesus, e viver diferente a partir de hoje, é Jesus que nos entrega essa possibilidade, é tão bonito a gente reescrever um novo tempo, e o desafio é pra nos, é pra mim, é pra vc...

Email sobre o marido que esta envolvido com a internet em conversas pornográficas... Pe Fabio respondeu que a primeira coisa é estabelecer as regras, em um casamento é preciso ter regras, nunca vi uma noiva subir amarrada no altar, casamento é contrato, temos regras e eu fico assustado de ver o qto a internet é um problema nas famílias, é impressionante o que existe de pornografia disponível na internet, o numero de pessoas viciadas nisso, qdo eu falo de pornografia estou falando de todo tipo de contatos virtuais, fazem sexo através da internet, isso e traição, pq o tempo que o marido ta ali batendo papo com mocinhas que nunca viu na vida, é o tempo que vc poderia estar cultivando com sua família, com pessoas reais, o problema da internet é qdo isso vira um vicio, o tal do MSN, o tal do Orkut, a pessoas que passam boa parte do tempo em torno disso, a internet tem que ser pra nos um lugar de pesquisa, comunicação, o Google qualquer duvida tem um monte de assuntos interessantes para o seu crescimento, agora a pessoa passa horas e horas batendo papo, e ai, e aqui, e la, uma coisa desgastante que não tem fim, teve uma época uns 4 ou 5 anos atrás eu tava viciado no MSN, eu começava conversar e qdo via já era uma da manha, ai deita na cama, ai não dorme, pq a excitação das luzes do computador o cérebro fica a mil, e qdo um pai de família perde a centralidade da vida pelo amor de Deus, esta adolescência prolongada, síndrome de Peter pan que não quer crescer, garotinha a vida inteira, a vida requer seriedade, e hj são estatísticas, as pessoas estão despreparadas pra vida, o nosso tempo é ocupado por bobagens, faça uma proposta de vida saudável pra vc, controle ate o tempo da internet na sua vida senão vc esta em torno disso e não faz outra coisa, vc não convive, então se o seu marido tem esse problema olhe nos olhos dele e não concorde, perde a autoridade, se o filho descobre que o pai faz isso fica difícil de pedir que o filho não faça.

Pe. Fabio falou da gravação do DVD dia 6 de janeiro no Canecao no Rj.

Pe. Fabio recebeu um email de uma mãe que tem o filho com Leucemia e que os médicos não deram esperança... Pe. Fabio respondeu que na própria pergunta já esta a resposta, ate pq não existe respostas prontas, o desespero de ver morrer aos poucos um filho, uma morte anunciada, não é aquele acidente, é aquela doença que vai minando aos poucos, por outro lado o único jeito que é possível humanamente de abater esse desespero é intensificando a experiência do amor, fazendo o que se pode fazer, estando ao lado com a maior qualidade, não olhe pra perda, não importa o tempo que ainda tem, importa o tempo que vc vai ser mãe desse menino, se toda mãe que perdeu seu filho, essas historias de mortes rápidas, se essas mulheres tivesse oportunidades elas teriam qualificado mto mais o cuidado delas, e a vida crista nos ensina a qualificar o tempo que a gente tem, e envolver de amor, mto mais triste que morrer, é morrer na solidão, no abandono, no desespero, e lutar pra que esse momento seja com qualidade, é chorar, mas nunca perder a oportunidade de estar ao lado, pode observar as vezes entramos em depressão, perdemos a graça, e a pessoa morre sem ter tido a nossa presença, e o outro perdeu a oportunidade de nos ter por um tempo, e pode ter certeza que estamos unidos em coração, de ver alguém especial ir embora... não importa qto tempo a gente ainda tem, o importante é a gente viver bem pra viver o tempo que nos resta.
A gente reconhece a nobreza de uma alma na maneira como ela age, é a nobreza de caráter, evangelho é a vida de Jesus, não é a palavra, é aquilo que ele fez, que ele viveu, enqto estamos vivendo estamos evangelizando, eu tenho mto medo que as vezes eu me recordo, quais as lembranças das pessoas religiosas que passaram na minha vida, qtas pessoas são traumatizadas na vida, pq um dia alguém foi cruel com ela, qdo vc encontra uma pessoa fortemente marcada por uma presença negativa, é tão triste isso, nos não sabemos qto tempo temos, mas as vezes a gente passa um rastro de destruição, uma vez eu tava saindo na maior pressa aqui da cn, e ai o povo tava atrás, cada um quer contar uma historia, ai eu vi uma mulher, ela correndo tb, ela virou e falou padre tira uma foto com a minha filha, e eu falei não, mas eu vi que naquela palavra, que aquela pessoa buscou todas as forças pra estar ali perto, e qdo chega vc da um sopapo, e eu vi que aquela palavra foi tão agressiva e ela não conseguiu falar nada, eu fiquei uns dois dias com a cara dela na minha cabeça, que porcaria que eu fiz agora, pq qdo vc ta no seu limite, a gente é injusto com o outro, qdo vc tem a sensação que vc vai se transformar numa recordação ruim pro outro é ruim, magoar, vc deixar no outro uma marca negativa, eu como padre, vc como freira, eu que tenho mtas amigas religiosas, são pessoas, mulheres que fizeram opção pela vida consagrada e trazem o tempo todo essa responsabilidade, eu evangelizo mesmo que eu não abra a minha boca, eu evangelizo qdo abro a porta, dentro do hospital, eu era seminarista, ela passava pelos corredores e gritava pelo amor de Deus pare de fumar os meus pulmões estão gritando, isso é evangelizar, com doçura, a palavra dura ta sendo dita, agora qdo nós nos transformamos em pessoas cruéis, hj nos estamos começando o ano, na capacidade de ser cruel, o tanto que mesmo nos lutando pelo evangelho somos cruéis, qdo agimos com maldade, sabe que esta machucando e faz, eu não sei, a gente precisa ter a noção exata dessas coisas, rastro de destruição por onde a gente vai, qual a dosagem da minha bondade, o qto de mim eu fui cruel, é analise de todo dia, pra que a gente não se transforme, a instituição é crista, mas o comportamento que tem la não é, não tem que ser assim, o ambiente cristão não ter que ser assim, vamos nos comprometer com aquilo que é especifico na nossa vida, cristianismo é atitude, é o jeito como eu divido o que eu tenho, é o jeito como eu acolho a pessoa simples, humilde, não importa, tratamento que nos damos as pessoas que trabalham com a gente, é ali que estamos evangelizando, agora somos todos nos que temos que ter cuidado, o tratamento que vc da a pessoa, que vc lida com a pessoa que esta na mesma pousada que vc, na gentileza que vc realiza, isso é evangelho, é bom entrar no novo ano com essa conseqüência, hj eu posso fazer o mundo melhor a partir das nossas atitudes, é o seu movimento com o Cristo, o amor por Jesus tem que ser de envolvimento mesmo, eu amo as causas que são deles, eu quero viver de maneira simples, direta, amar como ele viveu, sonhar como ele sonhou, falar como ele falou, ter os mesmos gestos, a gente ter a postura que traz o outro pra perto, o amor nos aproxima, nos coloca sempre na disposição de estar com os outros com qualidade, pra deixar marcas boas e o que vai ficar é essa flor que nos fizemos desabrochar, vc ai que trabalha na sua paróquia, não importa qual seja a religião, se vc tem alguma função nessa vida, exerça na caridade, se vc é o chefe ou o mais humilde, todos nos estamos na responsabilidade de fazer 2009 com mais amor, mais ternura, o mundo esta necessitado de gente que faz a diferença, ontem tava na fila comprando um queijo numa fila enorme, ai um mineiro na minha frente, me olhou e falou pode passar, que vc so tem uma coisa pra comprar, aquela solidariedade dele, ai ele brincou só que vc vai mandar um abraço pra minha mãe, ai eu não sei o nome dela, seu filho me abordou ontem e foi gentil comigo... é disso que estamos falando, qdo descobrimos a oportunidade de sermos gentil com alguém, é desse cristão que nos precisamos, aquele que ta na fila, na quitanda, na empresa e é capaz de gestos de gentileza, outro dia no aeroporto tinha duas mulheres com malas pesadas, eu falei quer que eu leve pra senhora, ela levou tanto susto, ai chegou la em cima ela falou, moco desculpa é que eu não to acostumada com isso, ai eu pensei qdo exercemos a gentileza o outro leva susto, mas pode ser diferente, a partir de mim, a partir de vc, vamos fazer esse mundo mais bonito esse ano.. ele que é pai, filho e espírito santo.

Deus abençoe a todos.

agradecimentos a Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: programa do dia 08/01/2009   Sab Jan 10, 2009 10:17 pm

PROGRAMA DIA 08/01/09

Música: Humano amor de Deus
Cada vez mais me convenço q a presença histórica de Deus nos toca através de pessoas a nossa volta. Ele se revela o tempo td e enquanto pode. Deus se revela sempre, o limite está em nós que as vezes não percebemos. Me convenço que a manifestação dele através das pessoas é 1 parceria de revelação. Me recordo da passagem do bom samaritano que só foi acolhido por um samaritano. Deus perdeu naqueles que passaram 1ºs e não ajudaram o homem caído. Não adianta nada comungarmos o corpo e sangue se a presença Dele não passa por nós. Ele lhe compromete a sermos melhores. Também através do sacramento quando conto meus erros, meus pecados.
Essa música que cantei chama: humano amor de Deus. Parece uma contradição, mas não é. Deus se revela na nossa humanidade. Precisamos ser transparência da eternidade neste tempo que passa. O que mais nos envelhece é repararmos no tempo, olharmos no relógio o tempo todo. Na eternidade não temos a percepção do tempo. “Tudo que a memória amou já ficou eterno.”
(Adélia Prado). Vamos pensar nisso, cada vez que amamos alguém, nós esquecemos que o tempo passa. Vc nem percebe que o tempo passa quando está ao lado daqueles que vc gosta. Assim são os amigos. Nesse momento fazemos uma presença antecipada da eternidade.
A religião precisa ser o esquecimento do tempo. Já que estamos em início de ano, quem sabe é preciso construir nossos amigos. Que vc teve poucos amigos religiosos, aqueles que nos ajudam a sermos melhores. É meta de conversão colocar na planilha da vida, que precisamos fazer bons amigos, cultivá-los. Qualificar nossos relacionamentos.
Pe. Fábio leu um e-mail de Jucélia. Ela tem o livro quem me roubou de mim. Ela vive uma relação diabólica, era dependente do namorado. Ela se sentiu sozinha quando o namorado foi embora. Mas hoje uma luz se acendeu e está melhor.
- Toda vez que fazemos a experiência de ser do outro, mas p/ ser do outro é preciso eu ser de mim mesmo. Quem não se possui, não se disponibiliza. Conhecer primeiro meus limites e qualidades. No primeiro momento da posse do outro parece amor mesmo. Jesus dizia: pelos frutos conheceres a árvore. De vez quem quando encontro pessoas deprimidas por relacionamentos. Cuidado. Quem ama cresce o tempo todo. Cuidar do outro, mas não podar sempre... deixando a pessoa presa sem crescimento. Que nem amor de mãe que as vezes quer o filho só para ela. Ninguém consegue viver trancado. A gente se angustia e amargura. Mas tem gente que se acostuma com a gaiola e quando vê a liberdade não consegue viver. Precisamos romper na hora certa, para não sofrer mais depois. Paixão é fogo de álcool que queima rápido. Amor é fogo à lenha, demora mais e é mais bonito. Quantas pessoas são destruídas pela paixão?! Ela incendeia pois é de uma vez só. O amor te tranqüiliza. As vezes um apaixonado troca a família pela pessoa que não conhece. Jucélia que bom que vc saiu a tempo do cativeiro e soube tb abrir a porta no momento certo para que o seu namorado também saísse.
A paixão é uma visão mágica. Que nem faculdade, as pessoas começam apaixonadas pelo curso e depois o fogo acaba e ela nem termina os estudos.
Precisa ser transição, da paixão para o amor. Existem meninas na adolescência que ficam com vários rapazes. O problema que elas criam marcas na vida delas.

Agenda do Pe. Fábio nos próximos dias, ditas por ele no programa:
Dia 15 – Barbacena – MG – no colégio Imaculada conceição
Dia 16 – Juiz de Fora – Mariano Hall
Dia 17 – Itapemirim – centro de Itapemirim

O povo não gosta de rotina. E eu já acho bonita a rotina. Eu viajo muito e as vezes sinto falta da minha casa, da rotina. O mundo pós moderno cria em nós a necessidade de termos sempre novidade todo dia. A gente precisa tomar cuidado com o extraordinário. Quer a pessoa extraordinária e a religião extraordinária. Quer ver milagre o tempo todo. Precisamos amar a deus na beleza do ordinário, não importa se o milagre vai acontecer, o importante é saber viver a vida. Veja na história do povo de Israel, os milagres eram de vez em quando. Cuidado se você ta procurando religião extraordinária. Adélia Prado tem um poema que fala de uma mulher que vai ao galinheiro colher os ovos da galinha. A rotina dela é essa e Adélia complementa com uma frase. “ A rotina perfeita é Deus!” A gente precisa ter a sensibilidade dos poetas. Como Adélia Prado viu a Deus na rotina dessa mulher.


Leu e-mail de Davi de Lima – “vc diz que ver bondade no ateu e não nas carolas da Igreja.”
Pe. Fábio respondeu: O ateu busca ter uma atitude no mundo, ele é honesto. E muitos deles têm a honestidade cristã.
E as vezes a religião nos faz esconder as nossas fragilidades. E isso é falta de honestidade. Eu tinha um amigo numa época e éramos carismáticos e vi que a religião começou a fazer mau a ele. A pessoa coloca Deus na frente e diz que faz as coisas em nome dele. E assim em nome Dele exploramos pessoas, maltratamos.
Toda vez que utilizamos da nossa autoridade para fazer mal a alguém é desonestidade sim. Quantas pessoas passam a ser arrogante quando sobem de cargo. A autoridade só tem sentido se for para colocar a serviço. Eu padre apenas exerço uma função diferente da sua, não quer dizer que sou mais que vc não. Minha autoridade tem que estar a serviço.
Quando vc tem um encontro na Igreja, ou grupo de oração e vê pessoas que tem coletes no meio do povo para diferenciar que é coordenador, tudo bem. Mas é assim que alguns usam disso para tratar mau os outros, humilhar os outros só porque tem uma função tal na Igreja. Aí eu pergunto: Que cristianismo é esse?
No início do meu trabalho eu vinha para a CN e ficava sentado no meio aí de vcs, participava dos shows e pregações, eu não era conhecido. Eu ficava conversando com as pessoas. E hoje eu perdi este direito. Se eu fico aí no meio do povo, já vem aquelas pessoas querendo tirar foto, aí perco tempo de conversar com vc, de conhecer sua história. Se o padre perde o direito de estar no meio do povo ele está se tornando glamourizado. Imagina se o Papa não precisasse andar com os seguranças, se ele pudesse estar mais em contato com os fies, com o povo, seria lindo.
O que fez meu trabalho vender é o padre que está aqui no cd Vida, e não o artista. Frei Josué me disse num dos primeiros shows que fiz: “ Isso tudo vai passar, os palcos vão terminar na sua vida. Vai sobrar o seu altar.”
Você que é pastor sabe também do que estou falando, de perder a referencia da autoridade. Cristo que me faz viver como sou. A vida fica chata quando acho que sou melhor do que os outros.
Tem uma frase de Carlos Drumonnd de Andrade assim: “Não nos afastemos muito, vamos caminhar de mãos dadas”. Assim nós somos iguais, quando estamos de mãos dadas. Assim a gente não se perde, não se esquece do que somos. O altar é o nosso motivo. Eu só tenho o direito de pisar no palco da sua cidade, só porque fui ordenado antes no altar da minha cidade.
Quer ser o bom chefe, esteja do lado dos seus. Não fique olhando por cima. Olhe no mesmo nível, vc vai enxergar o humano no outro, aquele que precisa ser acolhido sempre.

BENÇÃO FINAL!!!!
Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
Vilm@

avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/01/2009
Idade : 30

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA 15/01/2009   Sab Fev 07, 2009 7:30 pm

PROGRAMA DIA 15/01/09

Música: Vida

Pe. Fábio começou o programa cantando a música: “Vida”...
Temos acompanhado pelos noticiários que cada vez mais a vida tem sido ameaçada, mas uma coisa é certa, no mundo de hoje se estabelece uma realidade grandiosa que abrange muitas pessoas, sendo ameaçadas pela vida. Nessa semana acompanhamos o desfecho trágico, refém de uma pessoa que dizia amá-la, ter apreço por ela, aquela noticia chegou até nós, aquele pequeno apto. que um dia foi desconhecido tornou-se noticia porque ali a vida era ameaçada.
Só que hoje neste momento, há muita violência acontecendo e nós não estamos sabendo, porque o n° é tão grande que não ficamos sabendo de todas, uma ou outra é elegida pela imprensa, eu fico pensando o que faz grudarmos os olhos na televisão a ponto de não querer fazer outra coisa... No domingo a noite após o acampamento, que foi um fim de semana de profunda restauração, quando cheguei em casa, estávamos com os olhos grudados no noticiário, o destino da pobre Eloá que até então não havia morrido, e vendo aquilo, de repente me deu uma ansiedade, mal estar e foi quando eu falei, vamos desligar a televisão, vamos permitir que a nossa solidariedade seja de outra forma. Porque às vezes nos decepcionamos com o mundo a ponto de pensar que o mundo não tem jeito, mas o papel do cristão diante um acontecimento desse tem que ser pra construir a nossa vida, precisamos aprender algo com essa tragédia. Porque não é possível que nossos jovens continuem sendo mortos por razões diversas, um namorado que não sabia o que fazer com o término do namoro.
E dentro de casa há muitos jovens seqüestrados dia-a-dia pelas drogas, vícios, situações que são maquiadas de valores, alegrias temporárias que se instalam no coração e depois vai comendo por dentro, seqüestro de subjetividade acontece assim, vai minando nosso coração, e acontecimentos terríveis vão sendo desencadeados por escolhas estranhas que a gente fez durante a vida, diante de tantas coisas ruins vamos buscar.
Não adianta estar solidário com a família de Eloá, se eu não sou capaz de estar sensível com aquele que está ao meu lado, quem sabe pensando sobre nossa atitude, nosso jeito de viver, sobre aquilo que faz ser importante no nosso coração hoje, há tanto poder de morte dentro de nós, quando um pensamento ruim toma conta de nós, quando ele vem se alojar dentro de nós, aí a violência que aconteceu naquele acampamento aconteceu em mim, mesmo que eu não faça o que aquele jovem fez, quando eu agrido alguém, quando eu não estendo os braços ao meu próximo, quando eu não estou comprometido com a felicidade do outro, isso é violência, é diferente, mas é, por isso que a sabedoria nos ensina que a gente precisa olhar o que a gente precisa fazer.
Tantas coisas desagradáveis acontecem, mas a gente não tem o direito de nos fechar na falta de esperança, o que muda o mundo é arregaçar as mangas e cuidar daquilo que eu posso, grandes tragédias acontecem de pequenos descuidos, ninguém pode morrer em vão não, a morte dessa menina tem que nos fazer prestar atenção na maneira como estamos educando nossos filhos, ela não morreu em vão, nós precisamos olhar pra aquele acontecimento e descobrir o que ele pode nos ensinar, por isso diante desse calvário a gente precisa olhar pra esta cena e com ela aprender alguma coisa.


O momento mais marcante do Acampamento pra mim, foi o momento das mães do acampamento, pensar que quantas dores estavam ali reunidas, uma das maiores emoções foi pensar que essas pessoas saíram de casa porque queriam resolver alguma coisa no coração, vieram porque queriam dar a Deus uma oportunidade de serem curadas.
Isso é santidade acontecendo em nós, ela se dá aos poucos, e que quando eu decido buscar, ser melhor, essa santidade esta se dando em mim, Deus sabe dos limites que a gente tem, mas a gente não pode compreender que esse pecado é um limite. A falta de vontade é empecilho pra santidade, porque quando a gente cai o coração que está na santidade não permite ficar caído.
Quando a gente magoa alguém, a gente procura o outro pra pedir perdão, porque a santidade está em você, às vezes somos agredidos, não tem jeito, você pode vingar-se daquilo, mas não sei se no momento que você se via na verdade você está criando ainda mais um contexto de injustiça, e o bonito é quando você diz, não eu não vou, porque senão eu faço o mundo ser pior, eu não vou devolver a vingança pra multiplicá-la.
Então a gente presta mais atenção na gente mesmo, a gente perdoa, pensa na atitude, porque o primeiro a ser transformado tem que ser eu, a santidade começa aqui, eu escuto uma palavra e aquilo me atinge, eu descubro que aquela palavra me modifica. Tem muita gente que perde a graça da conversão porque só pensa no outro, mas a palavra tem que acontecer em mim também.
Muitas vezes “eu não me recordo do que eu falo, porque eu prego pra mim também”, e no momento que eu levo à sério a palavra de Deus eu ganho a oportunidade de ser melhor.
Vamos fazer dessa vida, um momento bonito de reconciliação constante.

Pe. Fábio leu um email de uma psicóloga, questionando um caso que atendeu de duas garotas, que tentaram suicídio... e como podemos fazer pra ajudar os nossos jovens?
Pe. Fábio respondeu que a tragédia dessa menina precisa modificar algo, e esse ano foi marcado por tragédias. E me lembro do enterro o discurso que a mãe fez, e a ultima imagem que ela teve da filha, foi a menina pedindo calma, e eu acredito que a D. Ana Cristina deve estar vivendo o conselho da filha e hoje ela deve fazer essa leitura, tenha calma diante dessa tragédia. E a calma daquela mulher nos contagia, agora não se trata de dizer quem são os culpados, quando uma tragédia dessa acontece nós temos necessidade de atribuir culpa, que não resolve a tragédia, a gente precisa pensar na pequena parcela de culpa que todos nós temos, no momento em que a gente negligencia a nossa autoridade de pai e mãe, então você que é mãe e pai que tem seus filhos pode olhar para o sofrimento dessa casa e pensar o que deu errado lá, que pode dar errado aqui também, e a partir disso tomar uma atitude.
Quando a gente olha pra vida da Eloá, a gente precisa entender que a transição da adolescência é muito difícil, uma menina de 12 anos (muito respeito as mães que permitem isso), ela não está preparada pra namoro, os namorinhos hoje não são inocentes como em outros tempos não, quando eu era adolescente, a mãe da gente deixava a gente ficar depois da missa no máximo uma meia hora, e namoro era aquela voltinha em torno do coreto, e só de fixar o olhar já dizia que estava namorando, não pegava nem na mão, é uma experiência lúdica.

Mas pelo amor de Deus uma criança de 12 anos não está preparada pra viver uma relação de namoro, e com todo respeito, nessa idade tem que estudar, fazer uma atividade esportiva, cultural, descubra um esporte que ela goste, encha a cabeça de boas coisas, eu me recordo que lá em Formiga, nós tínhamos um compromisso de fazer uma leitura de um livro por semana, a biblioteca nos dava 8 dias, pegava em uma segunda e devolvia na outra, eu me lembro da D. Conceição que me mostrou o que era uma biblioteca, ela abriu a porta e falou aqui no meio desses livros há pessoas interessantíssimas que vocês precisam conhecer...
“Ah padre eu sou pobre...” Olha o que existe de ONGs nos municípios, inúmeras pessoas que tem iniciativas, tem que aproveitar. Agora se a gente já os libera para relacionamentos aos 12, 13, 15, 16, com todo respeito, onde está a responsabilidade do namoro que é conhecer pra casar, vai namorar quantos anos? Eu acho que nenhum ser humano deveria casar antes dos 30, você tem tantas coisas pra realizar como solteiro, agora já casou corre atrás do prejuízo, eu não acho que não tem que casar, mas acho que o ser humano tem que buscar ao máximo as possibilidades que tem, não pode casar e viver como solteiro, porque essa bagunça que a gente tá vendo, essa confusão é fruto de pessoas que não vivem a vida a seu tempo, casam antes da hora e querem a mesma responsabilidade de um solteiro, e ai você vê um ser humano sem estrutura, a gente precisa do não na hora certa, do sim no momento certo...
Aquele garoto o Lindemberg não nasceu bandido, a cabeça dos nossos jovens está mais vazia, os jovens lêem cada vez menos!

O lixo cultural é absurdo, eu vejo pelos meus amigos mais jovens, muitos nem conhecem quem foi Cartola, não conhece uma música de Chico Buarque!
Eu não tenho que conhecer a obra de José de Alencar, mas eu tenho que saber o básico, a literatura nos deixa criativos, é o tanto que a gente lê que fica dentro de nós como bagagem, pra fazer a ponte com outros conhecimentos. Uma linguagem mais fluente, o que faz diferença de um empenho que um jovem precisa ter pra estar preparado pela vida é o quanto isso vai repercutir em você, tem gente que liga a internet e fica batendo papo de cedo até as 2 da manhã, ou aquelas págs do Orkut, que ninguém escreve nada.
Pobreza material não precisa ser pobreza cultural, Machado de Assis era pobre, epilético, filho de analfabeto e o homem mais brilhante do nosso século, a vida dele foi fácil? Não foi não... Olha o Rui Barbosa... Qual o segredo da sua vida?
O sol nunca me pegou na cama, eu levanto cedo.
E hoje lamentavelmente os nossos jovens não estão preocupados com futuro, estão preocupados com a raves, e o lamentável é que as autoridades sabem que os menores de idade estão lá, e não fazem nada, descobriram no RJ, uma rave que era um ponto de drogas, esses jovens ficam 24hs, você acha que uma pessoa em sã consciência consegue ficar com aquele martelo batendo, o som amortece, não deixa a pessoa refletir, são estudos que eu já li a respeito, que diz que o poder de uma musica clássica produz pensamento, e esse som de rave emburrece.

Agora eu penso: quando eu libero meu filho pra estar num lugar desse eu tenho que estar consciente, que eu estou abrindo uma fresta pra tragédia entrar na vida dele, se trata de nós olharmos pra aquilo que nós podemos evitar no mundo de hoje, você que é jovem, adolescente, você quer dar certo na vida, cuidado com o que você escolhe pra sua vida hoje, não perca sua adolescência fazendo dela momento só de curtição, porque no amanhã quando você for competir com os outros.
Se você se preparou bem hoje, pode ter certeza que você não vai concorrer com muitos não, não fique entorpecendo sua mente com substâncias que subtraem sua capacidade de pensar, um cigarro de craque queima milhões de neurônios, é uma droga violenta, é o lixo da cocaína, craque é droga de rave.
Agora pense você, seja inteligente agora, você que quer ser feliz, que quer fazer feliz outros ao seu lado, faça boas escolhas na vida, cuide da sua saúde física, leia um bom livro. Tenha uma vida espiritual, escolha coisas boas na vida, escute boas musicas, vá ser uma pessoa diferente.
Você com tão pouca idade pode tanto na vida, prepare-se pra ser um bom profissional, é bom demais a gente saber que não perdeu tempo, se você tem seus bate papos na internet, não faça isso o tempo inteiro, use a internet a favor da sua cultura. a resolver o problema dele com a justiça e iria ter um aprendizado, mas ele foi cabeça dura até o final...
E às vezes minha gente uma pessoa não é assim por acaso, há momentos na nossa vida em que a criatividade que a gente exerce é fruto de tudo aquilo que a gente escolheu, ser capaz de administrar os nossos sentimentos, somos vitimas dos nossos sentimentos, muitas vezes nem tudo que a gente sente é verdade, se eu estou sentindo inveja do outro mas não tenho razão pra sentir, então meu sentimento é mentiroso.

E eu descubro quando observo melhor o outro, você presta atenção que ele é cheio de defeitos e você tem muitas qualidades, corrigiu o problema, e quando fazemos uso da reflexão a gente corrige o sentimento desordenado. E ele (Lindenberg) não conseguiu lidar com os sentimentos dele, e agiu de maneira imprudente, matou uma pessoa inocente, evidenciou um problema social, porque aquela violência acontece o tempo todo.
Então você que é pai e mãe, aproxime-se dele, tente convencê-lo de maneira tranqüila, serena, equilibrada que o melhor é correr atrás do tempo perdido, há tantas escolhas com poder de corrigir o passado, porque quando a gente modifica o presente de alguma forma a gente reconcilia o passado.

Ninguém erra porque quer, a gente erra por um descuido, mas sempre há tempo, precisamos descobrir o que a gente ainda pode corrigir, o evangelho sobrevive de possibilidades.
Pode ser que hoje dentro da sua casa um pequeno seqüestro esteja acontecendo, você que é jovem preste atenção nas pessoas que tem influencia sobre você, pergunte-se se aquele convite é favorável, tenha visão de futuro, o Lindenberg agiu daquela maneira, mas mostrou aos poucos a possessividade.
Cuidado com pessoas que não sabem lidar com os nãos da vida.

E se você sentir que perde o controle dos seus afetos, se você aceita as pequenas violências, cuidado. É melhor perder o outro do que perder a si mesmo, e às vezes a gente só pode se encontrar porque perdeu o outro. Não seja incapaz de tomar uma decisão, cuidado com as dependências afetivas, elas retiram a qualidade da nossa vida, bonito é amar, mas não querer o outro pra gente, perder é processo da vida.
No momento que a gente perde, a gente ganha.

Não namore com alguém por um dia, olhe o futuro, não se sujeite ao que ele quer, cuidado com o tempo que você perde ao lado de alguém que te faz mal, se você não se ama. Se não tenho predileção por mim é provável que eu faça dos vícios uma opção pra vida.

Você nasceu pra ser feliz, pra dar certo, pra ser vivo e fazer essa vida ser plena, nas pequenas doses, naquelas pequenas, porque são elas que decidem as medidas de amanhã.

FIM...!!!

Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vilm@

avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/01/2009
Idade : 30

MensagemAssunto: Resumo Programa - 29/01/09.   Sab Fev 07, 2009 7:45 pm

PROGRAMA DIA 29/02/2009

Música: VIDA

No evangelho há uma passagem que Jesus é colocado como vida, verdade, caminho... uma definição bonita que Ele representa para o mundo. Duas estradas que se cruzam o tempo todo, na vida de quem quer fazer diferença no mundo. Ele é o modelo que me espelho. Ele é o lugar que todos não precisamos chegar. Igual quando vamos viajar, é legal quando os amigos indicam para nós um lugar. Bonito quando queremos um lugar onde podemos descansar. Para chegar a Jesus é um processo, vamos nos tornando semelhantes a Ele. Há uma jaculátoria que eu rezava desde criança que minha mãe me ensinava: Que nós sejamos semelhantes a Ele. Ele é o definitivo, Ele é o divino misturado no humano. E hoje neste programa vamos fazer a oportunidade de dar um passo. Por exemplo, quando buscamos melhora através de uma reflexão, assim vamos dando passos em direção desta vida, desta verdade que é Jesus.
Estou no programa há 4 anos e tenho uma amigo que fazia este programa e ele me dirige espiritualmente. Recebo o Pe. Joãozinho aqui. Tava lembrando que minha mãe me disse outro dia:
- Fabinho (minha mãe me chama assim) vc nunca pode ficar longe da CN pois lá vc se mostra como padre!” E agradeço isso a vc Pe. Joãozinho que me deu a oportunidade.

Hoje as pessoas são sedentas de uma palavra. Vejo que quando eu escrevo algo novo no blog, percebo que depois tem um nº grande de acesso.
Pe. Joãozinho escreveu um livro “ As sete virtudes do líder amoroso”. Eu quando vi este título vi que seria um livro de direção espiritual para empresários, para muita gente.
(Pe. Joãozinho) A religião precisa nos educar para a liderança. Jesus escolheu doze e cada um deles era um líder. Em cada capítulo tem exercícios para saber como o líder está... como ele se vê.
(Pe. Fábio) Percebo a falta da capacidade de administra a própria vida. Toda vez que me aborreço perco a sabedoria da vida. Boa parte dos sofrimentos nascem da capacidade de não saber liderar. A virtude ta ligada num processo de aperfeiçoamento não é ??

(Pe. Joãozinho) Lembro que em 1995 vc entrou num estúdio para gravar uam música, e quando chegou o Pe. Zezinho vc tremia, lembra? Vc quase chorava de não conseguir gravar direito as músicas. Depois daquilo vc se aperfeiçoou e hoje vc canta ao vivo, sem playback, aqui no programa é sua voz e o teclado. Vc teve muita transpiração. As pessoas precisam saber e ver que ser pai e mãe é aprendizado.
Pe. Fábio recebeu e-mail sobre como tirar aprendizado na dor?
(Pe. Joãozinho) Tem uma canção que diz: tem gente que não aprende pelo amor e sim pela dor. E existe também muita conversão após a dor. São Paulo mesmo, tomou um tombo e depois se converteu. E muitos outros santos que voltaram para Deus na hora da dor.
(Pe. Fábio) – vc precisa conhecer o ciclo do sofrimento. Do mesmo jeito que te envolve , ele vai embora. Eu lembro de uma frase que vc Pe. Joãozinho me ensinou: “Você precisa fazer o que não gosta, pois o que gosta vc já faz bem.” Outro dia li um estudo de um médico que di\ que nosso cérebro é modificado quando estamos aprendendo algo novo, algo também que nos deixa desconfortado. Quando a gente sofre por que não faz o que gosta, quebramos alguns preconceitos.
(Pe. Joãozinho) – Gostei de uma parte do seu livro que tem uma frase assim: “Quando o sofrimento bater à sua porta é melhor abrir.” Vc me surpreendeu com isso, pois quando o sofrimento bate à nossa porta nossa reação é não abrir e até dizer para ele ir na casa do vizinho.
(Pe.Fábio) – Há pouco tempo em Petrópolis um cara perdeu 3 filhos no acidente. Eu conheço ele e soube da história através de outras pessoas. Quando o vi não tive coragem de perguntar da história. E isso me lembrou o meu livro e aquela história de retirar as sandálias pois o território que vc está pisando é santo. Quando o vi tive a certeza que estava diante de um homem especial.

(Pe. Joãozinho) – no dia que tinha de sair de avião, meu intestino ficava desregulado. Quando li numa época uma frase de um pensador ligado a teoria da libertação, Vitor Frank que dizia: “ Quando vc quer o que não quer. O efeito negativo desaparece.” Isso é uma intenção paradoxal. E ele contava num livro dele que num campo de concentração ele viu que os que aceitavam o absurdo, e se entregavam.. vivam mais dos que os que sofriam e não aceitava o sofrimento. E percebi que se você abre a porta para o sofrimento, vc desarma ele.
Como é importante a oração de entrega, ela é uma oração psicológica. Tava lembrando que quando vc tenta lembrar o nome de alguém e não consegue, não vai conseguir mesmo. Se vc se distrai, logo depois vc lembra. O que adianta vc desejar o sucesso, pensar somente nele.. desse jeito vc não vai ter. Mas se vc pensar em se refugiar, querer uma casinha branca, um quintal, um violão para tocar, se desligar do sucesso. Ài vai aparecer muita gente procurando você.

E-mail sobre síndrome do pânico. Lém do tratamento o que podemos sugerir de direção espiritual para quem tem este problema.
Pe.Joãozinho – Precisa de auxílio terapêutico primeiramente. A coisa mais certa é conversar, se abrir com alguém.
Pe. Fábio – Eu tinha medo de pessoas. Já teve vezes que eu tremia no camarim com medo de encarar algumas pessoas. Mas soube controlar isso e nem foi adiante.
Pe. Joãozinho – A medicina está descobrindo aos poucos a fé. Mas é bom lembrar que a religião não é analgésico. Sem a entrega que já tinha mencionado, sem a espiritualidade.. a medicina as vezes sozinha não cura.
Lembro do Pe. Léo que colocou como sua última frase de vida: Buscai as coisas do alto. Ele buscou as coisas da terra, o pão e tb as coisas do alto. A gente vê pela com Bethânia, foi o que buscou aqui na terra.
Pe. Fábio – O Léo tinha capacidade de fazer a ponte com a espiritualidade e teologia da libertação.


Sou padre há 7 anos, mas a sensibilidade social é recente na minha vida. Hoje sinto em mim, vejo a disposição de ir ao outro que não tem.Acho que pode ser porque fui pobre na infância. É interessante vc descobrir o Deus que te inspira a falar bonito, e que Ele passa também pela atitude da bondade. É uma coisa estética, um universo estético.
(Pe Fábio fala com o Pe. Joãozinho) - Nós atendemos muitas pessoas sofridas que esbarraram nas dificuldades com seus líderes. Como lidar com isso?
Pe. Joãozinho – Jesus transformou seus 12 apóstolos de uma maneira genial. É bonito vc trabalhar certo com pessoas difícies. Quando a gente faz shows temos que ver se ele congrega ou descongrega o povo. O Papa congrega o povo na unidade. O pai de família tb precisa congregar sua família. Uma vez coloquei uma frase num estudo que fazia dizendo que o Líder as vezes é uma pessoa solitária. E uma bispo amigo meu quando leu isso me respondeu: Se ele é solitário, não é líder. Pois ele precisa congregar o povo, ele precisa estar com o povo. E é verdade mesmo, só depois enxerguei isso.
Pe. Fábio – Eu conversei outro dai com o Pe. Zezinho sobre esse meu novo trabalho, essa nova fase da minha vida. E lembrei de uma frase:” De nada vale ganhar o mundo se vier a perder a alma e o coração.” Eu entro em territórios que não são meus. Mas há atitudes nossas que desagregam dependendo do lugar.
Pe. Joãozinho – Há combate espiritual em todo lugar. São Bento falava muito disso.
O que adianta fazer uma coisa legal, e no final vc sair desanimado?

Pe. Fábio – Há um valor absoluto, preciso ter a credibilidade da Igreja. Não posso perder a credibilidade de Jesus. A nossa postura precisa estar de acordo com o que Deus pode pensar de nós. Será que Ele nos autoriza, concorda com o nosso jeito de ser?! Devemos pensar nisso sempre.
Pe. Fábio – Pe. Joãozinho é o diretor da faculdade dehoniana aonde tive a oportunidade de dar aula durante três anos. Agradeço mais uma vez sua presença, o programa é seu e volte sempre!!!

Que Deus possa nos conduzir nesta luta.lembramos o que falávamos no início deste programa: O processo de conversão é o processo da chegada. Nosso modelo é Jesus. Com Ele não podemos nos decepcionar. Com os outros sim, mas com Ele não.

BENÇÃO FINAL !!!

Agradecimentos especiais à Edna - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vilm@

avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/01/2009
Idade : 30

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA 22/01/2009   Sab Fev 07, 2009 7:55 pm

RESUMO DO PROGRAMA 22/01/2009

Musica: “Deus é Capaz”

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Deus é Capaz”... e que uma das belezas da salvação é que Deus opera na nossa vida pela forca da palavra, a palavra tem o poder de reorientar nosso caminho, nossas decisões, qdo buscamos alguém que tem sabedoria, aquele seu amigo que vc sabe q vai encontrar uma resposta dele, aqi o nosso propósito é buscar a palavra do senhor, através dos nossos conhecimentos, um jeito bonito que Deus tem de agir, qdo temos a oportunidade de buscar uma palavra que possa nos orientar, toda vez que nos falamos o que acreditamos, os primeiros ouvidos a ouvirem são os nossos, e tantas vezes na minha vida eu me recordo de mtas coisas que eu refleti aqui, de pessoas que abriram as paginas da sua vida, qdo eu era pequeno eu tinha um caderno que guardava segredos, trazia pensamentos, e a gente tinha um cuidado não deixava qualquer um ler, pq o outro podia vir sem respeito, e é disso que estamos falando aqui, o programa D.E é uma forma de entrar na sua vida pra folhear algumas coisas especiais pra vc, é bonito qdo atendo uma confissão e a pessoa me permite ter acesso ao que é mais sagrado na vida dela, vc tem coisas que nao conta pra td mundo, e as vezes nisso há mta coisa que vc precisa rever, pra isso serve os amigos pra nos ajudar a ler as paginas que não compreendemos sozinhos, e é isso o D.E colocar na mesa aquilo que insistimos em guardar, o D. E nasce qdo colocamos pra fora, partilhamos e estabelecemos comunhão, e assim a gente cresce, qto mais temos coragem de falar dos nossos defeitos maior será a capacidade de lidar com eles, qtas vezes encontramos pessoas com dificuldades de lidar com elas mesmo, mto mais difícil que lidar com o outro e lidar com nos mesmo, qtas vezes nos ocultamos, deixamos de ser verdadeiros por medo do julgamento do outro, por isso precisamos ter amigos nessa vida, pq so aqueles que nos conhecem nos nossos defeitos e qualidade são capazes de mexer nas nossas feridas, será que vc que ta em casa tem amigos com os quais pode contar? Considerar-se intima? Esses amigos que vc tem são capazes de abrir as paginas do seu livro sem te banalizar? Gente é tão lindo ver isso em Jesus, ele era mestre em criar intimidade, mostra teu coração como ele é, e hj nos queremos propor a msm coisa a vc, estabeleça uma intimidade com Jesus a partir desse programa, no desejo e na tentativa que ele seja uma presença real, concreta, através da palavra, lhe fazer pensar os relacionamentos, no que vc falou, nas escolhas que fez, nas atitudes que tem tomado, a qualidade dos afetos depende do qto a gente deixa Deus agir.

Email sobre ate que ponto a psicologia pode ajudar uma pessoa com depressão... há mtas espécies de depressão uma delas e química, agora a psicologia e boa em todos os casos, interessante pq ate o processo de perda pode desencadear algo químico, qdo perdemos algo perdemos o apetite e qdo não nos alimentamos bem o organismo fica fragilizado, mtas vezes a depressão entra assim, um acontecimento modificou a nossa rotina, a pessoa tinha uma atividade física, por causa daquele momento de tumulto ela parou, ela deixa de fazer o que fazia e aos poucos vai entristecendo, vi uma pesquisa de um grupo de pessoas que tinham atividade física regularmente, pra ser atividade física precisa ter ao menos 3 dias por semana, e elas foram retiradas das atividades físicas e 87% tiveram sintomas de depressão, um processo de tristeza mais intenso, entao precisamos tomar cuidado, e a psicologia ajuda colocar as coisas no lugar, não deixar que a rotina seja alterada, não permitir que aquela pessoa perca o fiu da meada, o esforço que a gente faz pra que aquele acontecimento não nos mate, volte a trabalhar, a vida continua, vc descobre um motivo pra não parar, a depressão chega aos poucos, não é da noite pro dia, o processo é vc viver o processo do lamento do choro como reconstrução, é possível fazer do momento da dificuldade um trampolim para mudanças, não permitir que aquele fato desastroso venha prejudicar o andamento da vida, o grande desafio, todos temos motivos pra estar deprimidos, todo dia temos motivos, mas o que vai fazer diferença é a gente reagir na hora, eu não estou me cuidado, tudo o que eu faço é estressante, não tenho tempo pro meu repouso, e vc encontra as armas pra lutar contra esse processo, que leva ate ao suicídio, temos mtos casos que chegam ao extremo, temos que tomar cuidado, uma pergunta boa, como vc administra suas tristezas? Como vc administra seus desamores? Aquilo que fugiu do seu controle? Eu fico irritado muito fácil e administro isso, cada vez que fico assim eu libero uma toxina que adoece, eu me lembro que minha mãe uma vez disse, o medico falou que não posso mais ter contrariedades, então nos vamos ter que matar a senhora, como não ser contrariado, não tem como, mtas vezes somos injustos demais com os idosos, eu penso duas ou três vezes antes de contar meus problemas pra minha mãe pq eu sei que ela não vai resolver pra mim, desabafe, mas desabafe com quem tem estrutura pra ouvir o que vc vai dizer, então temos que tomar o cuidado pra aprender a administrar o que é contrario a nos, será que eu tenho tanto motivo pra estar irritado? Hj mesmo eu estava conversando com a Monica e eu pedi desculpa pra ela, as vezes eu falo no radio, solicito ocupado e eu não posso fazer isso, eu vou descarregando dentro de mim uma química horrorosa, eu não mereço e o outro não merece, a gente sabe que é difícil pq qdo ta com o sangue fervendo e assim, eu não quero esconder meus defeitos eu quero contar pra quem eu confio.

Email como lidar com o homossexual? Minha gente o grande problema da homossexualidade, a sexualidade é uma questão mto complexa, então qdo falamos de homossexualidade parece que estamos falando do maior pecado do mundo e não podemos tratar assim, primeira coisa não veja isso como a pior coisa do mundo, uma mãe e um pai levam um filho a perdição no momento que consideram como a coisa mais vergonhosa, retire dos seus olhos esse preconceito horroroso, eu não tenho que fazer julgamento, a consciência é dela, ela que esta administrando, não sou eu que vou chegar e dizer, a igreja propõe, mas antes temos que ter diante de nos que esta questão tem q ser administrada com amor, senão perdemos a pessoa, bonito é vc pensar como o padre faz a opção pela castidade, tudo é renuncia, nos não estamos aqui pra julgar, estamos pra dizer, olhe pra essa pessoa como Jesus olharia, nos não temos o direito de entregar condenação a ng, temos que entregar a reflexão, vc não pode obrigar ng a viver aquilo que vc quer a ele, da msm forma que vc tem q encontrar a forma certa de estar ao lado no momento de descobrir a homossexualidade. Encontrei uma senhora que descobriu que todos os filhos dela eram homossexuais, e ela disse, padre no começo eu achei que nunca iria aceitar, de olhar nos olhos dele, mas aos poucos eu fui descobrindo que o amor que eu tinha por meus filhos era superior a qlqer pecado que eles poderiam cometer, eu comecei a retirar aquele vel pesado que colocava sobre eles, e queria enxergá-los com olhos de misericórdia, o que não podemos fazer é por causa da opção sexual desprezar, mesmo pq encontramos mtas vezes uma generosidade mto grande nessas pessoas, nos não somos autoridades divinas pra condenar, o que podemos fazer é propor o que a igreja diz, ela já esta mais que dita, mas entre o que a igreja diz e o seu coração de mãe permite é trazer pra perto, não fazer disso um motivo pra joga-lo fora, mesmo pq se não é amado vira uma pessoa terrível, se é desprezado fica terrível, o amor ainda é o que une as pessoas, qdo eu olhos pras mesquinharias do mundo, eu não fico pensando como ela foi capaz de fazer aquilo, pq eu sou humano e faço atrocidades, qdo vemos uma pessoa gritando, humilhando, eu penso que tb já fiz isso, então ao invés de condenar pegue aquele exemplo pra que vc nunca faça isso, NÃO TEMOS O DIREITO DE JOGAR AS PESSOAS FORA POR RAZAO NENHUMA, a justiça deixa pra ele, pra nos só resta a misericórdia, eu prefiro mto mais errar sendo misericordioso, do que errar sendo injusto.

Email se Deus é onipresente é dono do bem e do mal? Onipresente é aquele que esta em todos os lugares, a questão da origem do mal é teológica mto discutida, nos temos uma reflexão mto bonita a respeito da origem do mal, mas o que mais nos incomoda é saber que Deus é bom, e quem faz tudo de ruim acontecer? A origem do pecado vem da parábola de Adão e Eva, no momento que eles esqueceram da condição humana, e quiseram ser Deuses, qtas coisas ruins acontecem pq não sabemos reconhecer que não e nosso, pq roubar é um mal? Pq eu não respeito o espaço delimitado, é do outro mas eu quero pra mim, qdo eu mato alguém é o não respeito pelo que o outro é, a violência tem origem nisso, o que me faz ser mal é a minha adesão ao projeto, é o Diabo que faz acontecer, mas o Diabo mesmo ng viu, já vi pessoas com ações diabólicas, um dia uma mulher falou pra mim, padre o senhor faz exorcismo? E eu falei vc ama? O Diabo não pode fazer nada diante uma pessoa que ama, a gente abre as portas pra ele qdo adere aquilo que é processo de quebra dentro de mim, essa semana eu encontrei com um rapaz, que eu entendi que ele queria falar comigo, e ele disse padre eu estou na luta pra me libertar das drogas, e eu disse meu amigo, se libertar é voltar a se amar, pq a droga é desamor, jogar pra dentro de mim uma substancia que vai me entorpecer, que vai me afastar de quem eu amo, tirar a paz daqueles que me amam, qdo vc diz vou parar de beber, de fumar maconha, o álcool é terrível e toda vez que uma pessoa decide parar de beber é tb pelas pessoas que ela ama, agora o mal ele entra a partir das nossas escolhas, ele existe, é concreto, mas ele so tenta seduzir, sou eu que vou aderir e reperesenta-lo na minha vida, eu não sei como o mal surgiu, mas eu posso evitar que ele entre em mim, isso é direito e é possível.

Email sobre fofoca e inveja no ambiente de trabalho, e sobre ser evangélico e ouvir um padre.. não há problemas em ser evangélico, será bem vindo a canção nova, que a programação é feita pra vc que acredita em Deus, a maior religião do mundo é aquela que lhe aproxima mais de Deus, ela tem que lhe aproximar de Deus e lhe tornar uma pessoa melhor, é o que Jesus queria, identificar que o desejo de Jesus era nos revelar o pai, e nos ensinar a ser como ele, ele é a trindade, a manifestação plena de quem é Deus, o coração de Deus batendo entre nos... e sobre a questão da inveja eu tenho um amigo que esta sofrendo com isso, tem uma família linda, são muito unidos, e foi acusado de uma coisa terrível, e o boato nasceu que a esposa dele teria visto uma traição, e o bonito foi ver ela falando que falaram esse absurdo sobre o marido dela, ai ele me mandou um email: dizem que Aristóteles recebeu um amigo que disse, vc não sabe o que eu ouvi falar sobre o seu amigo, ai Aristóteles disse, antes de vc me contar vamos fazer um exercício, vc vai passar por três filtros, primeiro o da verdade, aquilo que vc vai falar vc tem certeza que e verdade? ele disse que não tinha, Aristoteles disse, então não e certo o que vc vai falar? Ele disse, não não e certo, então antes de vc dizer vc me diz é bom o que vc vai me dizer? ele disse não é bom, Aristoteles disse ta certo vc não sabe se é verdade, não é bom e mesmo assim vc vai me dizer? Tem utilidade pra minha vida o que vc vai dizer do meu amigo? ai ele desconcertado disse não, Aristoteles disse, então vc me desculpa, se não é certo, se não é bom e se não tem utilidade pq vc acha q eu iria gostar de ouvir? Não e fantástico isso minha gente?

Pq vc acha q eu iria querer ouvir isso? Qdo uma pessoa se encoraja a contar uma fofoca pra gente, ela acha que aceitamos qlqer conversinha, e uma pessoa teve coragem de chegar ate o meu amigo, olhar nos olhos e dizer o que estavam falando dele, enquanto todos estavam falando dele pela cidade, uma pessoa infeliz, frustrada que não consegue suportar a felicidade alheia, e naquele gesto cristão quebrou o poder da fofoca, sabe qdo a gente quebra o poder da fofoca? Como ele fez, dentro do meu salão não se fala sobre esse assunto, é assim que quebramos o poder da fofoca, seu ouvido não é lixo, não é território baldio, e fofoca é lixo, vira e mexe vem dizer, ficou sabendo do padre? Não estou sabendo de nada, mesmo que eu saiba, PE. Joazinho deu um exemplo que depois que a gente estoura um travesseiro de pena a gente nunca mais reúne todas as penas, fofoca é isso, nunca poderemos reparar, pq dp que o boato esparrama é como pluma, e as vezes ferimos a integridade de pessoas que levaram anos e anos com caráter, é tão triste pensarmos que uma palavra torta descomprometida com a verdade pode provocar a infelicidade do outro, é tão triste isso qdo vc é acusado, qdo alguém viu um detalhe da sua vida, achou que viu tudo e saiu dizendo que a conhece, então toda vez que escutarmos uma historia como essa, paralisa o poder, não permita que o diabo continue mentindo através da sua boca, nos legalizamos a presença do diabo na vida qdo somos parceiros dele, eu escuto e passo pra frente, não e verdade, não e bom, não e útil, então não quero saber, me privem pq meu ouvido não é lixo, olha o padre Lancelotti por mais que tenham evidencias, sabe o que é mais triste? É que desde criança eu não vi aquele homem fazendo outra coisa senão cuidado dos pobres, fazendo pacto com a justiça, trabalhando de maneira seria, estabelecendo um discurso inteligente, aquele homem cheio de desejo, humanidade, não me importa o que aconteceu, não é justo que a gente faca a historia de um homem ser reduzido ao pó, por causa de uma pessoa sem moral, o que é terrível é a gente pensar se aquilo foi uma fofoca, um instrumento do maligno entre nos, ele destruiu a imagem de um homem, eu nessa empreitada nova que estou vivendo, essa mídia, aparecer o tempo todo é a coisa mais perigosa que pode ter, pode ser o diabo abrindo as portas, mas é a derrocada que ele quer, eu vejo as perguntas que os jornalistas me fazem, e eu penso, o que isso muda na minha evangelização, por isso é bom ser entrevistado por pessoas que conhecem o seu trabalho, pq senão vão perguntar a marca do relógio, a marca da calca, isso não vem ao caso, a mídia quer a fraqueza, quer evidenciar o que é fraco, por isso é um perigo, pq mtas vezes jogamos pessoas preciosas fora, por causa de manchetes horrorosas, vc que é padre, o meu profundo respeito por todos que fazem a igreja acontecer, eu respeito seu trabalho por mais dificuldades que vc tenha, o seu ministério é constituído pelo Cristo, vc é território santo, agora qtas vezes vc ouviu a palavra maldita, pessoas sendo destruídas, vc acha que as forcas diabólicas esta satisfeitas em nos pregarmos aqui dentro, não esta, eles não estão satisfeitos com quem estão fazendo o bem, os pastores evangélicos homens de bem, que são banalizados, as vezes nos não temos o poder de mudar mta coisa, mas eu tenho como mudar o meu amigo que esta do meu lado, e aqui na minha casa não se fala mal dos outros, pq nos estamos comprometidos com a bondade, pode haver erros, mas eu nãos erei um veiculo de transmissão, sobre tudo qdo sabemos que é mentira, ai sim fazer um cerco de Jericó e rezar, faça isso, amanha tenha a oportunidade de viver os três filtros, pergunte é verdade o que vai me dizer, é bom? É útil pra minha vida, se vc achar que não vale a pena continue no seu silencio, pq mtas vezes a melhor noticia que podemos dar é o nosso silencio respeitoso, que toda vez que nos estivermos diante de um fato, que possamos encontrar um ensinamento, nos podemos aprender com Jesus e aplicar tudo isso da mesma forma que ele aplicou, com carinho, com amor, com solidariedade.

Deus abençoe a todos.
Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vilm@

avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/01/2009
Idade : 30

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA 05/02/09   Sab Fev 07, 2009 8:17 pm

RESUMO DO PROGRAMA 05/02/09

Musica: “Tudo é do Pai”

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Tudo é do Pai”... e alcançar o coração, fazer bem a ele, através de uma palavra que possa ajudar a sentir, descobrir que o discurso não pode retirar nossas esperanças, tem que ser a mistura de terra e de céu, eu não sou so terra, tb não sou só céu, sou a mistura dos dois, essa musica ela trabalha a herança, uma realidade material, mas tb uma realidade imaterial, o que fez o rapaz ir embora, foi a necessidade de descobrir um jeito de viver longe do pai, e pra isso ele tinha riqueza material, e ele foi acreditando que a riqueza material iria pagar sua aventura, mas ele descobriu que havia uma herança que não se perde com o tempo, ela fica dentro de nos pro resto da vida pq ela é imaterial, ao gastar a herança material, seus olhos se abrirão, a mente se ilumina e diz, volta pra casa pq vc tem uma pai, saber que somos alguém que tem um outro alguém esperando, na esperança dos afetos, alguém espera por vc, celebrei a bodas de prata de um casal de amigos, bonito da celebração é que na verdade não era uma teoria, era a vida, a seriedade do matrimonio daquela casa, sabe o que é bonito? É a gente identificar que eles trabalham pra deixar uma herança material, o trabalho nos da essa dignidade, mas a herança que sustenta é aquele caráter que vc deixa impresso na alma, que da condições de administrar, pq se não tem caráter em pouco tempo a herança material vai embora, e o evangelho ta ai pra isso, a grande herança espiritual é a dimensão de um amor que nos corrige, de um Deus que nos chama atenção pq nos quer melhores, marcas que não saem, um pai que educa, que coloca limites, ele esta gestando caráter, pq herdaram uma herança espiritual, não apenas a matéria, matéria termina, e o que fica de nos? O Cristianismo é uma proposta vivida, Deus desde o inicio já quis nos ensinar que ter religião é viver a herança, vc ser capaz de viver a beleza do espiritual, a pobreza cresce no mundo, a injustiça cresce qdo nosso caráter não esta formado pra solidariedade, qdo chamamos atenção das coisas pequenas, vc esta sendo educado, sendo gestado no caráter, e a palavra de Deus esta ai pra nos fazer pensar nessa diferença que precisamos exercer no mundo de hj, eu vivo a partir dessas fragilidades, tudo isso a serviço de Deus, pra fazer o reino acontecer, nos não temos o direito nunca de fugir dessa responsabilidade, de deixar a marca do Cristianismo no mundo que a gente vive, no trabalho que a gente realiza.

Email sobre o sofrimento com a insegurança, se sente instável nos relacionamentos... Pe. Fabio respondeu que inseguranças que sentimos não são por acaso, qdo reconhecemos que ela faz parte de nossa vida, temos que de alguma maneira compreender o pq essa insegurança é mantida dentro de nós, por isso existe o processo terapêutico, primeiro é bom procurar um psicoterapeuta, alguém que trabalhe dentro de uma linha Cristã, o bom terapeuta é aquele que consegue lidar com os autores, uma abordagem psicológica interessante, mas o que é interessante, é que essas inseguranças estão ligadas a primeira fase da nossa vida, tem uma perspectiva que na teoria de Froid que diz, qdo uma criança vem ao mundo a criança faz uma diferenciação, ela não tem a capacidade de distinguir-se do outro, ele acha que ele é a mãe, é a relação mais completa que podemos fazer na vida, é a relação mãe e filho, essa união total é quebrada por situações da vida, uma criança por exemplo qdo é retirada da mãe, hj é diferente fazem de td pra criança ficar com a mãe a partir do parto, mas ate os 6 meses as ausências da mãe viram cicatrizes, na filosofia qdo estudamos o conceito de tempo é mto vasto, mto amplo, hj eu adulto eu compreendo o tempo, vou dar uma saidinha jaja eu volto, eu administrei o tempo, eu posso compreender pq o conceito de tempo esta assimilado por mim, eu sou adulto, agora a criança não, ela não tem a experiência do tempo, uma criança qdo é colocada distante da mãe é como se estivesse negada dela mesmo, é impressionante as cicatrizes que isso causa na alma da criança, uma criança que sofre da ausência da mãe, ela pode se transformar em uma criança mto insegura, a mãe se ausentou demais e ela desacreditou dos afetos, to fazendo uma leitura, que trata de psicologia da educação, e dentro dos orfanatos, mostra o qto elas tem dificuldade em acreditar, pq mentem pra ela o tempo todo que a mãe vai voltar, tem uma historia mto triste, um garoto que dizia que ele sofreu tanto com o abandono, que no inicio o choro dele so era calado qdo diziam que a mãe já estava chegando, e as lagrimas cessavam imediatamente, procurando essa mãe que não chega, e como ela nunca chegava aos poucos ele foi mergulhando na solidão, repetia sempre a mesma frase, a minha mãe vai voltar, dizem que nos primeiros meses ele falava a frase, e que dp ele perdeu a coragem de dizer isso, e vc so lia nos lábios dele, a minha mãe vai voltar, e não voltou, ai vc pode pensar, como fica o coração de um garoto que acreditou que a mãe ia voltar e não voltou, ai vamos pra psicologia, por isso vc tem que voltar, pra vc dar confiança no seu filho, pq ele acredita em vc, então as vezes sofremos de insegurança pq nossos pais não sabiam psicologia, não sabiam que 10 minutos longe de nos pra nos era uma eternidade, e a ausência da maternidade ela e dolorosamente sentida pela criança, eu crio uma cicatriz dentro de mim, fico desconfiado, não tive a garantia da primeira união, e a psicologia diz tb que todos os relacionamentos afetivos não são outra coisa senão o desejo de voltar a união total, em mtos casamentos os maridos procuram uma mulher que seja parecida a mãe, pq inconscientemente ele quer retornar a união total, a ausência de uma mãe na vida de um filho tem um déficit terrível, tome cuidado como vc se porta dentro do seu filho, pq senão um dia vai virar um adulto infeliz, inseguro, criança que passa fome na infância é um adulto egoísta, tem medo que vai faltar, mãe que super protege vai ser um adulto que vai ter medo de enfrentar as dificuldades da vida, minha professora sempre dizia, sempre que estiver diante de um ser humano em conflito, saiba que ele esta agindo de acordo com a historia que teve, a insegurança de hj esta associada as inseguranças da primeira infância, por isso exerce essa maternidade, são 6 meses em casa, fazer filho é como construir casa, se vc não faz bem a estrutura, dp quebra, a sabedoria ta no mundo animal, vc já viu cachorra que pariu sair pra passear com as amigas, alguma leoa ir passear pela selva, nunca vi uma girafa largando a cria, o animal fica grudado e ai de quem chega perto, o instinto animal mostra como é a vida, enquanto eles não estão prontos a mãe não os abandona, isso tem que nos ensinar, vc que é mãe, não negligencie essa sua responsabilidade, maternidade e paternidade não é função biológica, é se comprometer com o processo da criança, senão vc vira um fabricante de gente infeliz, pq não assume na hora certa a responsabilidade de cada tempo, a primeira instancia é cuidar, pariu tem que cuidar, dp vc pode ir administrando o tempo, tava assistindo, um programa que mostrava crianças na escola, aquelas crianças indo na escola, 3 aninhos, a mãe ficava sentada la dentro, e so dp de uma semana, elas começavam a se acostumar com o ambiente... há sempre um jeito bonito de exercer a paternidade, o amor evolui, e tava falando da mãe que fica uma semana esperando o filho se adaptar no novo ambiente, eu não sei como foi sua primeira experiência de escola, eu tremia e chorava, a saudade que eu sentia da minha mãe, eu achava que eu ia morrer la, é doloroso, isso causa cicatrizes, é o processo das perdas, mta gente não aprende a perder pq la na infância perdeu de maneira drástica, eu preciso aprender perder, mas eu so sei perder hj, se um dia a perda foi de um jeito tranqüilo, senão fica difícil.

Pe. Fabio pq qdo estamos noivos a aliança é na mão direita e no casamento na mao esquerda... Pe. Fabio falou que tb não sabe, pode ser o lado da emoção, nós vamos pesquisar, vou descobrir, antes de dormir eu vou pesquisar.

Pe. Fabio moro com um rapaz a 10 anos e ele não quer se casar... Pe. Fabio respondeu que vai depender de vc, o que vc quer pra sua vida, passar pro papel, cuidar pro resto da vida, é bonito essa experiência como responsabilidade, as vezes se não quer casar é pq não tem coragem de assumir com responsabilidade, não compreenda o casamento como maldição, se não quer casar é pq ainda não quer assumir de verdade, viver com compromisso, dizer que vc é a esposa e mãe dos filhos dele, e ai é uma questão de auto-estima, questão de amor, e é vc quem tem que decidir se quer continuar vivendo assim.


(continua)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vilm@

avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 12/01/2009
Idade : 30

MensagemAssunto: continuação 05/02/09   Sab Fev 07, 2009 8:21 pm

)continuação)


Pe. Fabio recebeu uma ligação, de uma pessoa que teve problemas com álcool e esta tentando se restabelecer... Pe. Fabio perguntou se os amigos que ele tinha antes eram os amigos com quem bebia? Sim... agora tem que conquistar outros novos, a nossa vida ela é dividida em etapas, parabéns pelo seu esforço, a opção por cortar um vicio da nossa vida é uma demonstração de auto-estima, eu me amo, os amigos do passado podem não compreender sua opção agora, vire a pagina com tudo, comece a fazer alguma coisa pra trazer as pessoas pra perto de vc, as mudanças so podem se concretizar, se a gente tiver bem assessorado, essa oportunidade bonita de estabelecer novos laços, os melhores amigos da nossa vida estão ao nosso lado lutando pra sermos melhores, pais, irmãos, família, amigo que vê a gente mergulhar no vicio e não faz nada por nos, não é amigo não, amigo que vai pra balada e fica satisfeito em te ver nessa situação não é amigo não, amigo conhece as fraquezas e nos ajuda a superar, ontem fiz uma experiência, Pe. Joaozinho esteve aqi, e os meus grande amigos estão no coração de Jesus, e naquela experiência de ver o Joaozinho interessado nas minhas questões, nas mudanças, de vê-lo com sabedoria, procura fazer assim, dar atenção aquilo, qdo vc descobre que alguém esta interessado, e o mais bonito, compromissado com a sua felicidade, ao longo dessa semana vc não tem idéia de como Deus foi concreto na minha vida, Pe. Fabio olhe pra frente, olhe pro seu ministério, pra mim os melhores amigos são os que me reconhecem padre, qdo meus amigos que nem são católicos ligam e falam, padre sua bencao, hj eu fiz essa experiência, oi padre Fabio a sua bencao, reconhecemos os verdadeiros amigos qdo estão comprometidos com seu projeto maior, vc vai identificar quem e essencial na sua vida, que não vai criar situações que vc possa ser fraco, a palavra de Deus nos ensina, não chove felicidade na horta de ng, Deus não prometeu que seria assim, nos perdemos aos poucos, eu tenho uma evangélica, uma mulher de mta sabedoria, toda vez que chega um email dela, eu nunca vi o rosto dela, mas a palavra dela é tão profética que pra mim é uma oração, é como se estivesse em contato com Deus, é uma palavra que fere, mas que esta curando, comprometida com a minha felicidade, me recordo de uma palavra dela: “cuidado vc esta se perdendo, cuidado pra isso não acontecer, não se perca em pequenas coisas”, eu tenho a obrigação de me recordar o tempo todo o que me fez ficar conhecido, quem me conhece sabe, eu não fiquei famoso por causa de rede globo, por causa de programas, o que me fez acontecer é ser padre, a minha experiência, o povo quer meu coração de padre, e sabe o que mais me machuca? É o desrespeito com meu publico, qdo dizem que o publico que vai aos meus eventos é um bando de mulher histérica gritando que sou gostoso, não sabem nada, nunca viram os drogados que deixaram de ser, alguém que foi curado de depressão, mães que perderam filhos, e ai vem uma pessoa que nem sabe quem eu sou e diz que são um bando de desequilibradas, se vc não viu o que vale a pena dentro da musica católica, cristã, venha ver quem esta restaurado aqui, ou quem esta em casa pq um dia foram salvas pela palavra, o padre Zezinho, ele é padre, a musica dele é de padre, agora padre Zezinho com certeza pra dar conta precisou de amigos, e é sua luta agora, eu tenho que me cercar de amigos que me lembram quem eu sou, que não me deixam desanimar, qdo fazem luzes no cabelo da gente, coisa que a gente nunca teve, vc pegar a fotografia da pessoa e desenhar raios dourados, mas é a vida, a beleza de toda luta esta em vc reconhecer, crescer, eu vejo a luta e encaro, mas o meu inimigo tb me ajuda, tb me ensina a ser melhor, tira o que é mentira e pega a boa critica, então a amizade ela é fundamental pra suportarmos as dificuldades da vida, pra gente lembrar quem a gente é, vc é um homem que quer ser feliz, só de atenção a quem quiser fazer seu projeto dar certo.

Pe. Fabio tenho 23 anos e namoro um homem de 49 anos, o que eu faço... Pe Fabio respondeu que se vc olhar so o momento presente não tem problema, mas não podemos olhar so o presente, agora daqui a pouco vc tem 60 e ele tem 90, eu sempre digo, é mto complicado, a escolha de hj repercute no todo da historia, vc não pode começar namorar olhando apenas o presente, ele não começou nem a primeira faculdade, ela já esta formada, uma menina pronta pra vida o que quer? Casar, é direito dela, mulher tem mto mais necessidade de estabelecer esse vinculo, e qdo vc começa namorar vc tem que saber que vai ter esse problema, então antes de estabelecer vínculos vc precisa saber as perspectivas, senão ela ta na hora de casar e vc não, vc já observou que hj tem mtos casais de namorados que já vivem como se estivessem casados, se vc tem um relacionamento mto aberto, não tem a diferença da vida matrimonial pra vida de namorado vc já casa cansado, hj os namorados são monitorados 24 hs por dia, onde vc ta, passa 15 minutos de novo, e aquele monitoramento acaba sendo um estrangulamento da saudade, não sente saudade, to com uma implicância, eles falam, qdo desliga, tudo é escolha, qualidade ao momento presente, e isso consiste em ter sensibilidade de olhar o futuro, vc não pode olhar so pro dia de hj, vai ser bom no futuro se foi bem pensado ao longo da etapa, eu particularmente, não é moralismo, é saúde mental, as pessoas estão perturbadas, não existe aquela coisa do domínio, eles ficam reféns uns dos outros com 13, 14 anos, com 17 anos parece casados, estabeleça limites, pra que eles não se casem cansados uns dos outros, namoro é conhecimento, mas não é ficar o dia inteiro junto, ele ta no trabalho dele, e eu não tenho que monitorar o outro por causa das minhas inseguranças,
eu vejo meus amigos aqui, elas estão cansadas, pq o relacionamento ao invés de significar leveza, vira um peso, eu não agüento mais o outro, mas o vestido já foi comprado, o bolo já ta assando, e ai vai pro altar obrigado, onde um palhaço que somos nos vai presidir, e dp de 3 meses a palhaçada ta feita, já se largam, seu filho de 18 anos já ta namorando como se fosse 30? Pq vc encontra isso, o relacionamento ocupa tempo, o celular não para, não trabalha direito, pq o celular não para, vc consegue viver uma vida saudável tendo um monitoramento desses, não tem que ver todo dia não, de tempo, o poeta fala, a saudade faz bem aos amantes, caso contrario, nos sufoca e nos mata.

Vamos fazer algo pra melhorar as relações humanas, encontramos as pessoas tão marcadas por inseguranças, da ate pra unir o primeiro email, pro último, questões afetivas que não foram resolvidas, ser humano é um projeto que precisa ser restaurado todos os dias, se a gente não cuida, amanha ta pior, pq eu sou agressivo com o outro? Toma consciência, eu tenho condições de administrar meus afetos, eu já disse isso aqui, uma cena da serie Chiqueinha Gonzaga, que estão as três fases da cantora sentada na cama, as três conversando e se perdoando, a novinha contando uma historia que foi infeliz, a mais velha corrigindo, a mesma pessoa dividida em três, tão lindo isso, vc pegar três fases da vida e colocar pra dialogar, é o que falta pra gente, o velho rabugento, o ciumento, ai vc senta com vc mesmo, pq punir o outro se vc é alguém de sucesso? E dar ao outro a oportunidade de brilhar tb, qtas mães sufocam os filhos pq não querem vê-los brilhar, qtas vezes tiramos das pessoas que amamos a possibilidade delas brilharem, em nome do amor não permitimos que as pessoas vão alem só pra termos o domínio, e um jeito bonito de nos presentar, é deixar a pessoa ter liberdade de ser aquilo que ela é, frágil, corajosa, mas ela mesmo, essa beleza faz com que a gente tenha a possibilidade de envelhecer melhor, compreender as fases da vida, eu gosto de anunciar o evangelho assim, Deus me ama de um jeito diferente qdo eu to frágil, e de outro jeito qdo to corajoso, mas uma certeza eu tenho, ele me ama dos dois jeitos, eu to sempre na mira do amor dele, ele me ama com ternura, pq ele não sabe fazer outra coisa a não ser nos dar uma nova possibilidade, e pra que a gente tenha essa coragem nós pedimos a bencao de Deus todo poderoso...


Benção Final.

Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: AUDIO DO PROGRAMA 12/02/2009   Seg Fev 23, 2009 1:04 pm

http://www.4shared.com/file/88136642/9688f994/DE_12-02-09-p1.html

http://www.4shared.com/file/88137117/266688be/DE_12-02-09-p2.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 12/02/2009   Seg Fev 23, 2009 1:15 pm

PROGRAMA DO DIA 12/02/2009


Musica: “Humano Demais”

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Humano Demais”... eu me recordo que qdo fiz essa musica, foi uma época que eu fiquei intrigado com as escolhas de Jesus, vc tb possa ter vivido as influencias que eu, que cresceu ouvindo que Deus tem preferência pelas pessoas boas, pelos bonzinhos, e qdo estudei o contexto da teologia, que nos faz compreender o papel dissociado do presente, que nos ajuda a compreender a beleza do presente, é um envolvimento, e naquele momento eu ficava intrigado ao descobrir que aquilo que eu escutava que Deus gosta das pessoas boas, eu comecei a entender que em Jesus era diferente, ele não desprezava, ele trazia pra perto dele os piores, é a bíblia, vc vai abri-la e entender a facilidade que ele tinha de amar os fracos, os pecadores, e Jesus saia pra evangelizar criticando severamente as atitudes que achavam que o encontro com Deus só era capaz a partir da pureza, achavam que o sacrifico que agradava a Deus era o sacrifício das realidades perfeitas, mas é diferente, Deus tem preferência por aqueles que esta jogado la fora, que Deus olha com ternura para a prostituta, o ladrão, que a palavra dele era pra aqueles que se sentiam jogados fora, e qdo mergulhamos em Jesus há uma coisa fascinante, antes de retirar a prostituição da mulher, Jesus retirou da indiferença, através de um olhar, ela jogada no meio de uma multidão que a condenava, a voz de um homem numa multidão que grita, ele olhou, aquela que era jogada pra fora, que não tinha direitos,

totalmente acostumada a ser desprezível, a não valer mta coisa, o discurso religioso afirmava que não prestava, e Jesus querendo trazer ela de volta precisava quebrar a indiferença, e aquele olhar foi capaz de traze-la,

Jesus nos ensina que Deus é misericordioso, e contou historias pra nos fazer entender, contou a historia da mulher que não desistiu ate encontrar a agulha, das ovelhas do pastor que quebra a lógica, ele não desiste de buscar a que esta perdida, é tão lindo ouvir pela voz de Jesus a narração de uma historia de um filho que vai embora, pega toda a herança, vai embora, e dp envergonhado pede pra voltar, qtos de nos já teríamos um discurso pro filho prodigo, mas ele não, acho tão bonita aquela musica: “festa roupa nova sandália aos pés voltei, a vida sou feliz, confiei no teu amor e voltei sim aqui é o meu lugar, eu gastei teus bens ó pai e te dou este pranto em minhas mãos”, esta musica é o relato de que Jesus contou, de um filho que foi embora e fez td errado, pq qdo a gente ama as palavras não são necessárias pra gente precisar perdoar, outro dia eu passei por uma situação boba de estar dois meses sem falar com um amigo que eu amo, cheio de razoes, dando razão ao meu ódio, a minha indiferença, ate o dia que eu precisei voltar la, e eu com todo meu discurso pronto, qdo eu chamei ele pelo nome, falei Mateus a gente precisa conversar, na hora que eu olhei como ele me olhava eu esqueci o que tinha pra falar, minha inteligência não serviu pra nada, eu tenho certeza disso, eu digo sem medo de errar, eu vi nos olhos do meu amigo o mesmo que o filho prodigo enxergou nos olhos do pai dele, e qdo eu olhei pra ele, eu esqueci do mal, da indiferença, pq ao me olhar com aquele amor, com aqueles olhos de quem quer fazer a festa acontecer, eu descobri que a religião é nos dar coragem de ir onde não temos coragem de chegar, e o olhar dele naquele dia me ensinou a teologia que na teoria eu já sabia, mas que é bom experimentar na pratica, qdo vc sente na sua carne, Jesus pensava assim, sabedoria do PE. Zezinho, amar como Jesus amou, trazer a dinâmica do Cristo pra nós, encontrar os miseráveis que somos nós, qtas vezes não temos coragem de ir encontrar o outro, e as nossas fragilidades, misérias, o que fazemos com elas, se eu não aprender com Jesus, eu vou desprezar todo mundo que eu acho imperfeito, eu poderia ser tantas coisas na minha vida, mas eu quis ser padre pq acredito nas possibilidades que eu tenho de encontrar os indiferentes, os que não se identificam, tem gente que esta indiferente com a solidariedade, com as injustiças, indiferente com a felicidade, talvez vc tenha feito da sua vida uma rotina, descubra, da mesma forma que eu descobri qdo olhei aquele menino que eu não conversava, colecionamos inimigos pq não temos a coragem de quebrar a indiferença, de ir buscar quem precisa ser buscado.. encontrei um amigo na academia que me pediu pra rezar pela sua vó, que faleceu, e naquele tamanho todo me disse uma frase tão cheia de envolvimentos, eu entro na minha casa e não sei o que faço, eu cuidava dela e ela cuidava de mim, agora não tenho ela pra cuidar de mim, e eu pra cuidar dela, nesse depoimento a gente entende o que é religião, ele se aproximar de mim e pedir meu coração de padre, isso é ser cristão, qdo damos coragem ao que esta frágil, frágil pq esta deprimido, qdo não temos muro pra chegar perto, como é que eu posso ter medo de quem eu preciso amar, e que pode me amar, medo daquilo que nos aproxima, eu não sei em que lugar nos estamos, mas não tem que haver essa diferença geográfica, precisamos estar todos juntos, na mesma misericórdia, não é do mesmo lugar mas somos gente e não importa a classificação que nos damos aquela pessoa, não é por ai, as escolhas de Jesus precisam nos afetar assim, o único critério pra estar em um lugar é simples, é so vc responder, naquele lugar que vc vai, Jesus pode ir com vc? Se puder então vai, pq Jesus so poderá chegar naquele lugar através de vc, vc é porta voz da verdade, vc e porta voz do evangelho e vc o fará chegar a medida que vc for, e essa palavra pode ser pra vc, não seja indiferente, permita que o olhar de Deus lhe alcance, se estamos vivos é pq a vida pode ser diferente, nos vamos buscar o que esta perdido, é nossa missão, e se estamos perdidos nos temos o direito de sermos buscados, fazer cair essa indiferença, a especialidade de Jesus é lembrar as pessoas quem elas são, o Diabo nos faz esquecer, mas o poder de Deus é para nos recordar, vc tem casa, tem pai, tem festa preparada e basta vc permitir esse retorno acontecer pra que Deus lhe envolva de bênçãos, pq a maior alegria no céu é qdo há a conversão de um pecador, é qdo um indiferente quer fazer a diferença, é quando o amor faz a diferença e o poder da indiferença caia por terra.
Pe. Fábio recebeu e-mail de pessoas que passavam por momento de depressão.
Como cresce hoje a depressão né? Precisamos ficar atento a nossa tristeza, ela não pode durar muito tempo não, que o problema cresça demais. Depressão não é brincadeira. Precisamos ficar atento. Precisamos administrar a tristeza. Quando a casa está bagunçada não adianta chorar diante da bagunça. Tem que arrumar, não tem jeito. A limpeza espiritual é = a gente guarda muita tristeza, mágoa. Não deixe de resolver o problema de hoje amanhã. Elimine logo ele, não deixe ele crescer em você.

E-mail sobre vazio grande.
Ta faltado preencher o vazio. Existe tempo na nossa vida que o vazio acentua, como exemplo, na velhice. A pessoa precisa se ocupar de atividades, coisas boas, leitura, boas influências. Prestar atenção nas coisas que ouvimos, assistimos na tv. Precisamos escolher coisas agradáveis. Se não o vazio vai se acentuar. Igual a droga, ela é um preenchimento ilusório dentro de nós. É momentâneo. Mas depois chega o efeito e tudo piora. Temos que ver se as escolhas da vida nos preenchem ou não? É sólido, é sustentável? Encontrei um casal que sofria muito no namoro e perguntei: “ - o que vcs estão escolhendo para estarem sofrendo? O que falta muito em nós, é a prática espiritual. Vida espiritual é uma vida de escolhas. Não basta entrar só na Igreja. Muita gente se encontra infeliz com a religião, pois ela não se tornou uma espiritualidade. As coisas do espírito nos enobrecem, nos jogam para cima, através de um canto de liturgia, uma Palavra da Bíblia. A Igreja nos propõe regras, não para aprisionar, mas para ser serviço da vida espiritual. Tereza D’Ávila é um exemplo de humanidade, como é lindo os escritos dela. Contam que uma vez ela estava no banheiro fazendo as necessidades dela e ela começou a ouvir uma voz do inimigo dizendo: Por que rezas nesse momento, que coisa feia. Aí ela respondeu: -Tudo que sai de mim no vaso é para vc. E a minha oração que sai da minha boca, é para meu Deus. “
Pe. Léo era especialista em rezar a vida, ele falava muito d preenchimento do coração, através da oração. Qual seja sua prática religiosa.. vc tem q extrair do rito o que ele te ensina na prática. Vc precisa reconciliar o que acredita com a ação. O contexto da religião é isso.
Semana retrasada e eu encontrei com um pastor da Igreja evangélica e sua mulher ficou emocionada ao me ver e ele me disse. “ minha esposa gosta mto do senhor e do programa.” Ele me confessou que passou a gostar do programa só depois, antes ele não aceitava a esposa ouvir um padre. Foi bonitinho a nossa conversa, nós três num contexto religioso. E ele disse como é importante fazer da diferença o ponto de encontro.
Vamos diminuir a inimizade no mundo minha gente. O vazio cresce quando nos fechamos.
No passado a gente queria morar aonde as pessoas, os vizinhos se conheciam e eram solidários. Hoje é diferente, dizem que o bom é ficar num lugar que as pessoas nem tem contato, nem se conhecem.
Deve ser triste morar num prédio que não temos contato com os vizinhos, não temos coragem de bater na porta para conhecer o próximo.
Outro dia precisei pedir um rodo lá no lugar onde moro, tava com vergonha, mas pedi.
Mesmo com as diferenças, não importa, somos todos iguais nessa vida, mesmo com processos diferentes. Então vamos viver essa religião hoje, vamos?

--------------------------------------

Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 26/02/2009   Sex Fev 27, 2009 12:33 pm

PROGRAMA DO DIA 26/02/2009


Música: Deus Cuida de Mim

Uma reflexão interessante da experiência do cuidado, cuidar aproxima mto da experiência da misericórdia, e eu me recordo que o livro “ o principio da compaixão” fez tão bem pq a gente identifica que o amor que a gente sente ele manifesta no cuidado, o amor se concretiza na experiência do cuidado, assim como um dia a gente passou pela experiência do primeiro cuidado, qdo nossa mãe ao cuidar de nós, nos garantiu a vida, e nessa mistura de cuidado e de amor nos transformamos no que a gente é, qdo a gente sabe que Deus cuida de nos, ele esta nos fortalecendo, o que eu faço da minha vida pode ou não ajudar a Deus a cuidar de mim, hj vim do Rio de Janeiro ate aqui pelas estradas, o cuidado que eu venho ate aqui é um jeito de ajudar Deus a cuidar de mim, agora o que eu cuido e o que eu faço vai ajudar ou não o cuidado de Deus acontecer, pode ser que na sua vida vc venha descobrir que não é Deus que não cuida de vc, mas vc esta esquecendo do cuidado, o milagre mostra o qto a manifestação humana é parte da ação divina na historia, Deus salva sempre nós é que nem sempre conseguimos passar pelo processo, Deus não faz outra coisa senão nos amar, as pessoas nos ensina um Deus bravo, irritado, mandando castigo, nós já não estamos mais sobre o domínio de um Deus guerreiro, nos estamos sobre o domínio de um novo testamento, de um tempo novo que nos ensina que de Deus so tem perdão, misericórdia, agora a ação humana, o jeito como eu vivo, como eu cuido da minha saúde é determinante pra que a ação dele aconteça em mim ou não, eu não posso obrigar as pessoas a fazerem o que eu quero,
Deus nos ama o tempo todo ate pra fazer o errado, ele não nos proíbe, ele apenas nos propõe, assim como um pai que ama seu filho, que vai zelar o tempo todo pra que as escolhas sejam as mais acertadas, pai e mãe vivem o tempo todo o exercício do cuidado, tão bonito identificarmos, a salvação que hj Deus quer me oferecer passa pelas escolhas, a escolha que eu faço aquilo que eu permito que entra em meu coração esta ou não a favor da salvação de Deus, tudo isso é predominante pra que Deus consiga nos salvar no mundo, os nossos erros, nossos pecados estão ligados a nossa falta de cuidado com a gente mesmo, a gente não gosta de ver alguém que a gente ama fazendo coisas erradas, pq sabemos que aquele erro trás conseqüências, as escolhas de hj serão o futuro de amanha.


Email, Pe. Fabio sou casada e sofri traições, estou no limite... o perdão humano passa o tempo todo pela reconstrução, perdoar é vc reconstruir, é vc reconsiderar, agora há um momento em que o perdoado precisa reagir, perdão e uma realidade que temos de viver juntos, não é nada honesto que haja submissão, o perdão tem que acontecer num contexto de maturidade, a confiança na misericórdia tem que me inspirar numa condita melhor, não é pra passar a mao na cabeça, perdão é uma atitude de maturidade pq o perdoado se compromete com aquele que perdoa, pq se não há arrependimento não há recomeço, se a parte perdoada não esta disposta a ser fiel, não há perdão, é igual contrato, qdo temo um, se as partes não cumprem as obrigações ele perde a validade, o perdão e a mesma coisa, ainda mais qdo é marido e mulher, a infidelidade dentro de casa é triste, eu vejo isso o qto fere, o qto quebra, e não é pq não perdoam não, é pq não cumprem o trato de serem fieis, a gente cria uma fachada de família, mas aquilo já deixou de ser um lar a mto tempo, pq qdo tem uma traição no lar, o lar deixou de ser lar, virou um alojamento, onde as pessoas dormem na mesma casa, que nem casamento eu não celebro casamento de ng, eu apenas presidi a celebração em nome da igreja, e a partir do momento q este contrato é quebrado pelas traições, tava vendo um texto do livro do Chalitta que há momentos que tem que ser pai todo dia, marido todo dia,
tava contando uma historia de um garoto que eu conheci, infelizmente no final da vida dele, ele perdeu a mãe aos 17 anos, ficou ele e o pai, e com dois meses o pai arrumou outra mulher, e esse menino não tinha com quem chorar a dor dele, e no momento da morte da mãe, ele se esfacelou de vez, e aquele menino encontrou nas drogas um recurso, e qdo eu o vi ele já estava cheirando cola na rua, ate que um traficante o matou, ele morreu antes do tempo, Deus não conseguiu salva-lo pq faltou pessoas na vida dele pra dar um apoio pra ele continuar vivo, e aquele pai que não foi capaz de viver a morte da mulher, ele começou a sepultar o filho, o menino não tinha com quem chorar a morte da mãe, os avos estavam distantes, e é mto triste saber, ele precisava pelo menos preservar a morte da mulher, essa fidelidade qdo e quebrada causamos um estrago terrível no coração dos nossos filhos, e essa falta q vc diz de conseguir perdoar, vc tem que saber que perdão não é obrigação, é vinculo, é o reconhecimento do amor que vc sente por mim que me faz ser fiel, descobre as pessoas que vc ama, se ama de verdade vc não trai, não da pra brincar de casar não gente, as pessoas estão necessitadas de segurança, a campanha da fraternidade nos fala de segurança, agora não podemos esconder de nos essa verdade, a segurança que não temos na rua é fruto do nosso jeito de criar valores, quais os valores que nos sustentam, qdo vc sabe que seu filho vai entrar na faculdade e a comemoração pode resultar na morte dele, ainda bem que essa semana vimos algumas atitudes de algumas universidades, pedindo doação de sangue,
agora vc ter que trancar todas as portas da sua casa pra ter segurança, criar muros humanos qdo não permitimos que os outros entrem em nossa vida pq temos medo deles, é a sociedade que fazemos parte, e a gente tem como mudar isso, cada vez que refletimos sobre a qualidade do relacionamento que temos dentro de casa, não adianta falar de segurança publica se deixamos nossos filhos sem segurança em casa, pais alcoólatras, infiéis, é difícil ser pai? Mas ng mandou vc ser, vc casou, agora é sua responsabilidade, seja competente, uma coisa é vc errar nos seus negócios, outra coisa é vc falir como pai, como mãe, assim como o menino morto pelos traficantes, é um prejuízo que jamais teremos como reconstruir no mundo, todo homem que morre nos morremos um pouco tb, onde existe um ser humano sofrendo, minha humanidade sofre tb, por isso a CNBB propõe um tema tão bonito, eu tenho segurança, mas tenho irmãos que não tem, e vou agir de maneira consciente pra cuidar daqueles que não tem, o tempo que me ensinou mto, foi qdo morei em Santa Catarina, eu vi como eles vivem e é impressionante o qto aquele povo tem carinho em cuidar daquele espaço que é seu, como é bonito ver as famílias cultivando seus jardins, a cidade ganha pq o cidadão cuidou bem da sua parte, como o Rio de Janeiro, cidade tão linda, dp q termina um bloco, vc ver a sujeira que fica, na Bahia em Salvador, passa pra ver como fica dp dos trios elétricos, carnaval é um tempo que as pessoas esquecem civilidade, elas são invadidas por pessoas que não tem consideração pelo nosso espaço,
civilidade consiste em olhar pra aquilo que é publico e ter consciência, sempre digo que precisamos ensinar que jogar lixo no rio é pecado, pecado não é só sexualidade, há uma serie de pecados sociais que atentamos sobre a segurança, qdo eu jogo um lixo no rio e a chuva não tem pra onde escoar, vamos dizer que a culpa é do governo, existe uma parcela de culpa que é deles, ontem vi uma placa dizendo: “agradeço aos meus vizinhos por eu ter pegado Dengue”, ele ta certo, ele foi pra praia e jogou as latinhas, em Ubatuba tem isso direto, os turistas não recolhem seu lixo, e deixam as sujeiras pra quem mora la, essas coisas nascem nos descuidos humanos, como vamos falar de segurança se eu não esvazio meus potinhos de água dentro da minha casa, como posso exigir se eu não cuido das pequenas partes, vamos mudar, a vida pode ser melhor, a começar de mim, a começar de vc que é cristão, cidadão e tem consciência de tudo isso.


Pe. Fabio sempre sofreremos as conseqüências de decisões erradas, ou Deus pode vir a nosso favor? Qto mais rápido a gente decide mais rápido a mudança dentro de nos, só não tem chance pra quem morreu, é mto bom colocar a esperança naquilo que podemos realizar, mtas vezes criamos um contexto de escolhas erradas e vamos prolongando aquilo, as vezes vc tem uma pessoa que o processo de escolhas foi tão danoso que ela não se sente mais enconrajada pra mudar, minha experiência me leva a compreender que qto pior é a escolha de hj, maior a dificuldade de lidar amanha com ela, se eu faço a opção pelo crack, pela cocaína hj, eu faço escolhas que me causarão demência no futuro, toda vez que encontramos pessoas em processo destrutivo precisamos tira-la disso, e no seu caso escolhas afetivas, deixam marcas na nossa alma que somente a partir de Deus a gente pode consertar, a psicologia é um caso, qdo eu tenho consciência de buscar uma terapia, eu estou dando uma chance a Deus, o reconhecimento, eu preciso de ajuda, pq o pior problema é o neurótico não reconhecer que é, a gente se esconde na gente mesmo, a gente diz que muda e continua tratando mal, com a mesma grosseria, o que muda é a gente assumir os erros, vc se reconciliar com a sua vida é vc dar ver que não agia de um jeito certo, e consertar,
e a medida que o tempo passa vai ficando difícil, e não é so vc que quer casar, ta uma crise danada, o tempo passando, o príncipe passando, nem o sapo, o conto de fadas esta esfacelado, as pessoas estão indispostas pra relações duradouras, o amor de hj é liquido, escoa, vaza das mãos, o grande problema tb é onde procuram, geralmente nas baladas ali ng ta disposto a casamento, os rapazes que querem casar são pobres mas estão la loucos pra construir família, esse povo com mta oportunidade não quer casar não, agora la na roca na lavoura vc acha, to brincando, agora a pessoa certa não ta onde vc acha não, o mais importante numa pessoa é o caráter, o namorado que vc tem hj solta a corda pra ver onde ele vai, ai vc sabe o que vai ter no futuro, o ser humano é só observar, um bom exercício é capaz de saber se vai dar certo ou não, tenha coragem de olhar com honestidade, ele é tão lindo, dp acorda na madrugada assustado, aquele pijama de listinhas, tem uma coisa q deixa alguém mais feia que de flanelas? Se um dia eu for internado e me encontrar com aquele pijama, eu acabei de morrer rs, as vezes a pessoa é bonita, mas olha o pijama, seila, deixa a gente abatido...


Pe. Fabio eu não consigo me perdoar por algo que fiz, como acalmo meu coração... Minha filha a gente só pode seguir adiante a partir do momento que deixamos o caminho pra trás, se não exercitarmos a reconciliação diária não vamos a adiante, Adelia Prado diz que a experiência religiosa consiste desde a leitura de um contexto sagrado e de um olhar amoroso sobre nos mesmos, isso e religião, olhar amoroso, olhar da reconciliação, as vezes não nos perdoamos pq não nos comprometemos com a segunda parte do perdão, eu perdôo, mas a criatura perdoada tem que fazer um esforço pra mudar, se eu não faço esse esforço não chego a lugar nenhum, as vezes encontramos pessoas tão especiais, perdendo tempo pq fica remoendo o passado, o capim que o gado come ele fica comendo o dia todo, eu descobri qdo era pequeno, ele rumina o alimento, extrair do alimento o maximo que ele pode dar, ele faz aquele processo, extrai o Maximo que o capim pode lhe dar, qdo ruminamos de maneira positiva os nossos erros, extraímos dele o Maximo que ele pode nos dar, vire a pagina e continue, temos que acreditar, não adianta esperar a perfeição, ela não vai chegar em nos, o Maximo é ser Santo, o bom Santo é aquele que fez dos pecados uma grande virtude, o Cristianismo só é salvo qdo nos ensina lidar bem as nossas misérias, eu não pertenço as minhas misérias, as minhas misérias me pertencem,
que nem um amigo que tem ciúmes do carro, a mulher risca com a unha, não pode sujar o tapete, então quem manda em quem? Não podemos autorizar os nossos defeitos a serem a centralidade da nossa vida, não podemos torná-los o motor, se eu coloco na engrenagem principal os meus defeitos, eu vou girar em torno deles, agora se eu coloco a minha atenção nas minhas possibilidades, então eu vou colocar todo meu empenho na minha possibilidade, pq o invejoso não vai pra frente? Pq ele vive olhando pro quintal do outro, o invejoso é infeliz, ele não consegue viver a própria vida pq ele quer a vida do outro, não consegue desenvolver os próprios talentos pq quer o talento do outro, toda pessoa de sucesso é invejada, agora ela não será destruída a medida que ela parar pra escutar os invejosos, se a gente da trégua, eles nos destrói, não pare pra ouvir aquilo que não vale a pena, não fique colocando sua atenção nas palavras de quem não tem consideração com vc, é mto bom receber palavras de quem considera a gente, eu so vou aceitar correções de quem faz com carinho, e eu não preciso disso, eu tenho maturidade pra ver isso, eu não quero dar a pessoas conhecidas a autoridade de me corrigir, as vezes a nossa infelicidade nasce disso, qtas pessoas infelizes pq começaram colocar os ouvidos dela numa parede que só tem inveja, eu não quero ouvir o outro falar mal de mim, quero ouvir correções fraternas, eu me lembro uma vez, tava em um programa com o Pe. Leo, e ele falou de uma pessoa que cria comunidades pra falar mal do outro, já chega o que falam, eu vou dar atenção a pessoas assim, as vezes colocamos o copo na parede pra ouvir o inimigo falar de nos, pra que querer saber o que não vai modificar, recorda-se dos tres filtros? É bom é verdadeiro? tem utilidade? Pra que eu quero saber isso? As vezes passamos parte do nosso dia investigando o que o outro falou, muda isso, coloca atenção no que vc pode, o que o outro fala se não é pra edificar não queira saber, a correção que vale a pena é de quem sabe quem eu sou, nós podemos fazer essa comparação de maneira bonita, quem fala mal de nós e quer nos colocar tristezas, é o Diabo, qtas pessoas desistem da vida pq deu atenção ao Diabo, mas não é o Diabo chifrudo, é aquele que veste saias, que anda entre a gente, a pior maneira de cuidar de inimigos é ser inimigo dele tb, se vc quer neutralizar o poder do seu inimigo trate bem, se vc mantem a distancia tudo bem, vc tem o direito, mas trate bem, é um jeito que vc tem de fazer Deus vencer, qdo ao invés de tratar com indiferença, vc muda a regra, mtos inimigos são nutridos pq não temos a coragem de desafia-los, Deus tem que nos inspirar o processo da melhoria, e isso é salvação, isso é cuidar, é o que Deus nos convida, qtas vezes criamos focos de coisas ruins, jogue a palavra podre fora, eu jogo fora o que vc vomitou em mim, eu não vou guardar a sua agressividade, é direito meu lhe dizer, guarde sua agressividade pra vc, eu não tenho a obrigação de trazer dentro de mim, o pior de vc, se vc joga fora é pq não esta satisfeito com ela, e eu não sou o deposito da sua miséria, mta salvação de Deus deixa de acontecer pq não temos a coragem, as vezes hj vc vai ficar inspirada a dizer isso a mta gente, mas diga com carinho...

Deus abençoe a todos.
------------------------------
Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 05/03/2005   Sex Mar 06, 2009 7:19 pm

RESUMO DO PROGRAMA 05/03/09



Pe. Fabio começou o programa dizendo que há uma coisa bonita no evangelho, todo gesto de Jesus tem objetivo de bem aventurar, viver a aventura da bondade, uma bondade que vamos descobrindo aos poucos, converter o coração da gente é fazer a opção pelo bem todos os dias, na palavra que nos acorda, que nos incomoda, que tem o poder de provocar dentro de nos, um furor que vira calmaria, num processo que não termina nunca, toda bondade nasce em nos a partir da graça, Sto Agostinho dizia isso, qdo ele nos oferecia a eucaristia: “Cristao torna-te aquilo que és”, “ amamos para que nos tivéssemos a quem amar”, através de uma palavra que possa nos fazer agir, palavra não pode ficar na teoria, mas nos move pra mudanças, e é sempre bom qdo podemos ouvir pessoas que estão comprometidas com o bem no mundo, e já fizemos a experiência de te-lo uma vez no programa, e é com mta alegria que trazemos de volta, do conventinho: “Pe. Joaozinho”.


Comprometimento com a palavra que pode fazer bem, e eu faço questão de qdo tem uma pessoa comigo, trabalhar uma questão teológica, mas a palavra que alivia ela vem da teologia, e um conhecimento pode esclarecer e abrir caminhos, um rapaz me escreveu dizendo que não consegue entender o mistério da Santíssima Trindade, Pe. Joazinho contou que Sto. Agostinho escrevia os livros ditando vários livros, manuscritos, e um dos seus livros, talvez o mais belo, chama-se: “A trindade”, e lendo o livro eu tenho impressão que ele rasgava paginas, e no final da vida passando a vida inteira escrevendo um livro, ele diz, eu acho que não cheguei a nenhuma conclusão, mas eu pensei nesse mistério e se Deus me fez pensante, pensar é um jeito de louvar a Deus, não basta ter fé, é preciso dar razoes a minha fé, há uma santidade no ateu, que ta inconformado com a fé, se ele é ateu é pq ele tem uma fé que Deus não existe, isso é uma incoformidade santa, agora o pior é o indiferente, vencer o processo da indiferença, a indiferença é um lugar cômodo, é um lugar confortável de ficar, vc ter indiferença pelo outro é fácil, vc o ignora, vc não estimula pra melhorar, então trata com diferença, sabe Fabio, eu to numa crise de vocabulário teológico, e eu descobri que Espirito Santo, em latim é homem, mas em grego é neutro, a trindade é mais diversificada, e em hebraico, qdo Deus criou o mundo é uma ventania, e isso é feminino, talvez o sinal da cruz ficaria melhor se falássemos “pai, filho e brisa santa”, assim fica mais fácil de entender a trindade, e tb que ela é unidade,


a dinâmica da ressureicao, presença eucarística, é o movimento de um acontecimento único, o único perdão acontecido, a única missa já foi celebrada, e vc que nos acompanha, qtas vezes já ouviu falar em plenitude, o que esta revelado nós não conseguimos entender tudo, é a tentativa de jogar luzes sobre o acontecimento realizado, mas que ainda não foi completamente compreendido, PE. Zezinho entrou na minha sala essa semana, com o livro do Papa, e como é possível que ele tenha dito tudo apenas numa frase, será q não estava na bíblia? Estava, mas o papa é um teólogo, a fé, ela tem que ser perdida todos os dias pra ser renovada, não adianta nos trancar numa verdade que achamos que é certa e não evoluirmos, o cristão que não quer se aprimorar é tão triste isso, recebi um email do Jorge Formeton, o medo de nos perdermos a segurança, de não ter medo de lidar com os conhecimentos, com as reflexões, pq elas vem pra nos ajudar a crer melhor, é triste qdo vemos dentro de um cristão, um disputando com o outro, qdo não existe comunhão, é a gente dar uma chance, ser fraterno com aquele que esta ao nosso lado.

Pe. Fabio como manter meu casamento, infidelidade pelo lado da minha mulher, a mulher ela trai no coração, é uma direção que deve ser feita na paróquia com um padre, qdo existe uma traição e vcs podem falar sobre ela é mais fácil de superar. Existem mtos casamentos que viram teatro, a partir do momento que existe empecilhos pra que haja a concretização desse matrimonio, procure um padre.


Eu tenho uma amiga que me contou, que enqto ela entrava na igreja, ela já entrou arrependida, aquela distancia que vc anda ate o altar, cada passo é metáfora de anos de conhecimento, de conversa, de lutas, se naquela pequena distancia vc já chega a conclusão que ta fazendo a coisa errada, sabe aquela coisa que diz: “se não der certo a gente separa”, mentalidade divorcista, sabe o que me assusta mto tb, o casamento hj é uma opção que vem mto cedo, elas encaminham pro casamento com mente de solteiro, a coisas que não há como conciliar, expectativas que são próprias da idade, outro caso comum, é qdo vai batizar o filho, a secretaria mtas vezes não sabe, fala que tem que casar, e pra batizar o filho, os padrinhos tem que ser casados, pra assumir, ser modelo pra criança, padrinho não é pra enfeitar foto, são aqueles que vão assumir com os pais a responsabilidade de educar na vida cristã, vamos casar mais velhos, casamento é pra sempre gente, não precisa casar com 22 anos de idade, espera, eu fiquei padre com 31 anos, 17 anos no seminário, e em nos homens a maturidade e mto tardia, as vezes estamos com 30 anos e não estamos preparados, interessante que estudamos tantos anos no seminário, duas faculdades, mestrado e não nos sentimos preparados,
nos precisamos nos educar pra construir lares mais sólidos, outro motivo de anualidade é a mentira, ele tem uma doença grave, portador do vírus HIV, e ele não diz pra ela, esse casamento é nulo, ou uma divida mto grande, esse casamento é nulo, casei com um mala e não sabia, erro de pessoa, ela simula um jeito de ser ate o casamento, no dia seguinte agora vc vai ver quem eu sou, quer ver um caso comum, homossexual, ele não revela, ate mantem um relacionamento, afetivo, ate sexual, simula certinho, e dp do casamento ele se abre, esse casamento é nulo, fico pensando, nos que vivemos a castidade, acha que somos infelizes, pq na verdade é vc ser livre, a gênese de mta coisa no mundo esta ligada a falta de consciência afetiva, se vc esta casada permaneça, mas se não esta pense duas vezes antes, um homem solteiro, uma mulher solteira tem mto mais possibilidade, conhecer um lugar, fazer uma faculdade, coisas que hj estamos perdendo de vista, eu digo que mtas pessoas esta com duvida nesse momento, mta gente ate sente o chamado mas não consegue decidir, e o lugar pra definir vocação é entrar no seminário, talvez ate pra descobrir que a vocação não é essa, vou dar ate o numero (12)3621-2564, liga alguém vai lhe atender, pede pra chamar o pessoal da vocação...

Como entregar a Deus a angustia... a gente precisa ter a paciência de sofrer o tempo da angustia, entregar pra Deus é o caminho, qdo a gente entrega a gente descobre o que ela pode ensinar, eu entrego pra Deus a minha angustia mas começo aprender, to fazendo a minha parte, a um sacrifício, no milagre tem participação humana, mas aquilo que eu recebo de Deus tem que ter responsabilidade, eu sei que vai ser sofrido, mas eu vou tirar a melhor parte daquilo.
Vcs viram é mto bom, ouvir a sabedoria do Pe. Joaozinho, pra nos ajudar a refletir com qualidade teológica, com sabedoria... costumo dizer que a matéria prima desse programa é a vida de quem assiste, com desejo que a gente manifeste aquilo que nos é entregue, obrigado por nos darmos oportunidade de sermos melhores, cada vez que uma palavra bendita e proclamada o primeiro ouvido que tem contato com ela, é aquele que proclama.

--------------------------
AGRADECIMENTOS ESPECIAIS À LIKA - COMUNIDADE CONTRÁRIOS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 12/03/2009   Sex Mar 13, 2009 1:21 pm

PROGRAMA DIA 12/03/2009.

Musica: “Contrários ”

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Contrários”... hj nos recordando das contradições, é mto interessante qdo estamos num estado de contradição, ou nós nos transformamos na contradição ou nos utilizamos dela pra gente crescer, o processo do conhecimento sempre nasce de uma contradição, Piaget e Vigotsky trabalha de maneira bonita com o construtivismo, uma maneira de compreender a forma, de reconhecer humano a partir da metáfora da construção, segundo eles, eles vão nos ensinar que conhecer é vc estabelecer uma construção, da msm forma como fazemos uma casa, sempre vamos encontrar um alicerce, aquela criança diante do professor já tem um mundo, ela não é uma tabula rasa, a gente acreditava que ela chegava como uma pagina em branco, e cada criança já chega com uma história q precisamos considerar pra que ela tenha sucesso, só que educar a partir do construtivismo da mto trabalho pq cada criança é uma historia, a contradição tem uma importância mto grande, é o momento que a nova cultura, escola, conhecimento, se estabelece, qdo eu tenho uma idéia sobre vc e de repente a estabelecer uma convivência com vc, traz uma contradição, pq aquilo que eu achava de vc, não é o que vc exatamente é, a contradição é importante dentro da ética, da moral, qdo estabelecemos uma compreensão que não estamos sendo como deveríamos ser, e essa contradição chega através de alguém que lhe apontou um erro, no momento que o outro nos ajuda a compreender a contradição nós crescemos, a palavra de Jesus serve pra entrar na nossa vida e estabelecer a contradição, a partir do momento que estou diante de Jesus, e eu ouso ser outro Cristo no mundo, eu começo a viver o processo da contradição Cristã, que é lindo,
Jesus veio para incomodar, eu não fico bem qdo me sinto contraditório, qdo se estabelece uma reflexão dentro de mim, isso acontece qdo vc recebe no seu dia a dia frases que tem o poder de te incomodar, pq qdo reconhecemos nossa fragilidade não é pra viver derrotado, é pra fortalecer, e neste programa minha gente ele é um lugar de contradição o tempo todo, no momento que eu falo eu tb descubro aquilo que em mim pode ser melhor, essa é a proposta do evangelho, que a cada dia a gente nos transforme numa pessoa melhor... um dos maiores desafios que precisamos viver na vida é ser honestos com a gente mesmo, a partir do momento que vc é desonesto com vc mesmo, existe poucas chances de vc superar, pq o outro qdo é desonesto comigo, eu olho nos olhos, digo umas verdades e volto a me reconciliar com meu coração, agora qdo a desonestidade ta dentro de mim é processo humano, vc conhece as suas contradições, vc sabe onde aperta a pedra no seu sapato, vc sabe onde esta a parede frágil da sua vida, a trinca que precisa de repouso, agora se vc for desonesto vc não vai chegar ao resultado que vc merece, pq vai faltar honestidade nesse processo, por isso Jesus tinha uma facilidade mto grande de olhar nos olhos dos miseráveis, pq pode ser que no miserável ele encontra mais honestidade que naquele santo, Deus prefere minha fragilidade, pq no momento que eu sou frágil, eu tenho a possibilidade de ser honesto, diferente de qdo eu não assumo,
é igual qdo a gente erra, olha eu errei, a bobagem foi eu que fiz, eu assumo, do que vc ficar fugindo e negando, qtas vezes a solução não chega pq faltou coragem de assumir que erramos, pegar o telefone, bater na porta e dizer desculpa eu errei, a gente assumir o nosso erro é um passo importantíssimo, a gente ouve a palavra difícil e finge que entendeu, a gente tem medo, qtas vezes deixamos de crescer pq nos faltou coragem de olhar nos olhos e dizer, eu não entendi meu amigo, me explica de novo, não tenho medo que vc me ache ignorante, mas eu não sei, não entendi, isso nos qualifica tanto como pessoa, eu não dou conta, eu não sei, e a partir desse momento damos ao outro a oportunidade, pessoas que nos amam, que nos ajudam a ir alem, a quebrar a força opressora do limite, mas é preciso querer o amor do outro NE? Pq o orgulho as vezes nos faz sentir prontos demais, e acabamos não aceitando o amor do outro, um velho numa formatura de medicina dizia: qto mais pesada a armadura, maior a fragilidade daquele que esta la dentro, e é verdade, pode observar, recorde-se agora da pessoa mais difícil do seu convívio, e vai dormir com essa certeza, é a mais frágil de todas, é apenas uma forma de embrulhar a fragilidade num papel bonito, mas que la dentro é pequeno, frágil...
uma vez era dia das mães, eu comprei naquelas revistinhas um calhambeque, comprei pela revista, ai qdo chegou eu com aquela coisa miudinha, e eu mto esperto, coloquei ele numa caixinha e fui fazendo embrulho, coisa de pobre mesmo, que guarda o papel embaixo do colchão, em casa era assim, tinha papel de 10 anos ali, ai eu fui embrulhando, ate que ficou uma caixa imensa, ai qdo eu entreguei ela abriu um sorriso imenso, foi abrindo, abrindo, e não tinha nada, ate que chegou, e ela viu o calhambeque ela falou, era isso meu filho, e eu corri pro quarto chorando, ela não foi simbólica, ela foi pratica, e as vezes a gente é miudinho, e a gente cria aquela casca imensa, pq? Pq temos medo do outro ver a nossa fragilidade, mas o bonito da vida é a gente ter coragem de entregar pequeno, é tão bonito o testemunho de Madre Tereza, vc olhava e via uma fragilidade, de frágil ela não tinha nada, ela carregou o mundo nas costas e por onde passou, foi um testemunho maravilhoso de entrega, a msm coisa D. Helder, irmã Dulce na Bahia, revelando-se ao mundo como frágil, mas toda encorajada, mto mais que ser grande por fora, vale a grandeza interior, essa grandeza de alma, a gente so vai crescer resolvendo essa fragilidade nossa de cada dia...
Email de uma jovem que esta namorando, questiona sobre esperar no senhor... esperar no Senhor tem que paquerar tb ne gente, o amor vai chegar, agora, fica de olho, pq as vezes ele chega e vc não percebe.. tinha uma menina na academia, um dia ela chegou brava, eu perguntei pq?ela contou, eu fui atravessar a rua, tinha um menino, ele fingia que ia, e qdo eu fui atravessar eu derrubei os livros, ai eu fiquei brava demais padre, ai eu falei, vc já pensou que ele podia ser o homem da sua vida? vc prestou atenção nele? Ela respondeu não, então perdeu a oportunidade, vc deixou ele ir embora, poderia ser o grande amor da sua vida, cavalo selado passa uma vez, quer encontrar um amor, fique de olho, amar é mto bonito e é sempre bom ter disposição para o amor, de a oportunidade para o amor crescer dentro de vc.

Email, Pe. Fabio me magoei com o padre da minha paróquia, as homilias dele tocam meu coração, mas ele se negou a me dar um conselho... nem sempre as pessoas conseguem ser amáveis, td depende do momento que aborda, o importante é vc criar dentro de vc uma disposição, o fato dele não ter lhe atendido não significa que ele não vai lhe atender, as homilias lhe fazem bem, as vezes a melhor forma q ele tem de lhe ajudar é na homilia, vc já imaginou se todo mundo que é atendido pelo programa, se sente no direito de querer um atendimento particular? É impossível, e um padre de paróquia as vezes ele tem um rebanho imenso e que da um trabalho grande, e as vezes a gente não percebe o cansaço do outro, então antes de julgar comece a pensar que as vezes a pessoa não esta na mesma sintonia que nos.. eu me recordo que há mtos anos atrás, um motorista que foi me levar resolveu me contar a vida dele as 04:30 da manha, eu tava longe, impossível dar atenção, entao se ele te faz bem, passa por cima disso, volta a participar da paroquia, pq deixando de participar vc se fragiliza ainda mais.


Pe. Fabio leu um email sobre “indiferença” que o tocou muito... e comentou que é engraçado qdo em alguns momentos a gente passa por algumas crises que parece que td que a gente construiu perdeu o sentido, em um determinado momento entra em crise, neste momento eu tenho certeza que mtas pessoas passam por isso,temos que tomar cuidado pq corremos o risco de sermos injustos, as vezes é apenas um detalhe errado, e estamos fazendo a leitura do todo a partir de um detalhe, de qual janela da casa da sua vida vc esta olhando, qual janela vc se debruçou, se vc olhar o detalhe que incomoda e faze-lo crescer, ele realmente toma conta do todo, não adianta a gente chegar la, a gente precisa ter alguém que nos apóie, que esteja do nosso lado, no momento que estamos la, vamos entender que a materialidade da vida só tem sentido se ela estiver sustentada, e amar é isso, a gente traz o outro pra perto, isso tudo é espiritual, dimensão imaterial do amor, que faz a gente viver a crise do jeito certo, é assim que a gente explica a infelicidade de pessoas riquíssimas e que não tem um amigo pra desfrutar daquilo que tem, é disso que estamos falando, as vezes toda realização cai, no momento que entramos na contradição, eu busquei, eu realizei, mas não tenho com quem dividir, a solidão é uma das coisas mais doidas que temos, qdo não temos pra quem deixar a nossa herança, cuidar e ser cuidado, é isso que gera tristeza, qdo vc percebe que seu mundo esta vazio, ele tem uma boa estrutura, mas falta a melhor de todas elas, a realização afetiva, é engraçado que encontramos pessoas que vivem mto bem sendo pobres, mas se falta a riqueza espiritual não sobra nada da gente, se a gente não tem alguém pra olhar nos olhos e dizer PARABENS, a crise se estabelece e se torna definitiva dentro de nos, a carta tem um pouco de todos nos, da gente parar e pensar, o que foi que eu escolhi pra mim, e é mto triste num determinado momento vc descobrir que fez a escolha errada, eu tenho uma caso próximo de mim, que teve uma oportunidade maravilhosa de ir alem, ate o momento que as pessoas que cuidavam dele descobriram que ele estava envolvido com drogas e mesmo assim não o rejeitaram, resolveram agir, deram a oportunidade, vc vai continuar com todas as oportunidades, mas vai viver o sacrifício, ele fugiu, foi embora, e hj esta amargando esta escolha, chega um momento da nossa vida que vamos olhar pra aquilo que a gente perdeu, que a gente ganhou, as vezes a situação brilha diante dos nossos olhos, a gente não pega, passa, a vida cobra, as escolhas de hj serão cobradas num futuro, e num futuro mto próximo, e não tem como a gente fugir disso, há momentos que a gente planta, há momentos que a gente colhe, e é possível reverter o quadro, vc precisa estabelecer laços fecundos com aqueles que estão ao seu lado, se não é com a família, é com um amigo, em mtos momentos quem nos segura não são nossos parentes não, são os estranhos que chegaram e nos olharam com responsabilidade,
por isso mtas vezes as relações são fragilizadas, comece a estabelecer vínculos, pessoas que vão lhe ajudar a vencer na vida, cuidar da aridez espiritual, que estarão ao seu lado, olha gente eu experimento na minha carne, o pior não é estar em crise, o pior é vc não ter alguém com quem vc possa dividir a sua crise, essa é a pior de todas as crises, vc reconhecer que diante os problemas vc esta só, a maior pobreza é olhar pro telefone, ver 300 contatos, mas não reconhecer alguém que eu posso ligar pra chorar, e saber que do outro lado eu vou encontrar alguém que vai me ajudar a viver, temos mtos colegas, mas amigos de verdade, que tem uma visão nova pra nos emprestar, isso é mto bonito, estar ao lado de pessoas que tem uma visão nova pra enxergar a vida, se vc tem, faca de td pra guardar esses vínculos, quem conquistou,conquistou, é igual encontrar a pedra preciosa, renuncia td que esta sobrando, pq sabe que la é segurança necessária, pra ir alem, gente que olhe pra vc de um jeito novo, gente que olha de um jeito velho é horrível, a gente encontrar alguém que nos estende a mão é lindo, Gabriel Chalitta é uma das pessoas que enxergou dentro de mim uma perola preciosa, da msm maneira como Pe. Joazinho, que me ajudou a qualificar o meu talento, gente que acompanha o seu processo, quer nos edificar, qdo vc encontra pessoas que tem esse papel na sua vida, e a gente não vai saber viver se a gente não tiver isso.

Email dificuldade com irmãos... a psicologia nos ensina que na mesma fonte que nasce o amor, nasce o ódio, não há problema em reconhecer que as vezes odiamos as pessoas que amamos, ai vc coloca uma coleira no sentimento, eu tinha vontade de mandar prender gente chata, pq eu to preso, pq vc é chata, pronto, então qdo vc tem a capacidade de reconhecer que vc ama sua Irma, mas tem vontade de jogar ela fora, volto ao começo do programa, é contradição, o amor é o ponto forte, e o ponto fraco é o ódio, não existe uma casa com irmãos que não tem disputa, isso e processo natural, agora qto mais consciência vc vai tendo, e começa a trabalhar isso, é honesto, comece a trabalhar uma convivência honesta pra isso, as vezes vc não vai conseguir que ela seja sua melhor amiga, e tire essa culpa, mas estabeleça com ela um bom relacionamento, pq a culpa nos paralisa, nos impede de ir alem.. Gente na nossa vida temos que ter o tempo todo o controle do nosso ódio, toda vez que odiamos, falamos bobagem, fazemos o que não devíamos, a raiva é um cachorro bravo, traga na coleira, não permita que ela coloca a coleira em vc, é mto triste uma pessoa o tempo todo emburrecida, eu tenho que dominar a minha raiva, eu não posso perder essa batalha, eu tenho que buscar equilíbrio, e a vida espiritual nos ajuda, se vc tira 15 minutos do seu dia pra meditar a palavra de Deus, pode ter certeza que ela repercute, vc vai ficando mais calma, mais paciente, todos nos temos dificuldades, mas nos podemos trazer para o nosso controle e assim resolver essa contradição, que nos possamos viver essa semana o compromisso de trazer nossa raiva na coleira, assumir nossas melhorias, e buscar as oportunidades que Deus esta nos dando pra gente amar, ser amado e vencer nessa vida.

Deus abençoe!
---------------------------------------

Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 19/03/2009   Sex Mar 20, 2009 12:38 pm

PROGRAMA DIA 19/03/09.

Musica: Deus é Capaz

Pe. Fábio começou cantando "Deus é capaz".
Me recordo que o amor verdadeiro sempre é colocado no jeito diferente a partir daquilo que a criatura amada recebe de cuidados. O amor de verdade que amadurece a vida, tem a tarefa e o dom. A gratuidade nos leva com o amor. E essa música que comecei o programa cantando é isso, de falar de amor, que Deus é capaz de nos curar e abrir mares para passarmos. O povo egípcio precisava atravessar o mar, lembra?! Naquele momento o povo questiona Moisés. Certamente ele ficou desapontado no momento. Mas Deus tinha feito a promessa. E o povo pensou que fosse ganhar tudo de graça de Deus. E Ele disse a Moisés: diga ao povo que caminhe. Mas como caminhar na direção do mar, se não andamos sobre as águas?! Mas na ação já havia uma parte do milagre acontecido. Nessa metáfora do mar abrir podemos aplicar na nossa história também. Deus nos ajuda quando damos passos. Uma religião é transformadora quando há gestos concretos. O que agrada a Deus não é só nosso braço pra cima louvando, mas quando me disponho a viver no hoje o que Deus faria se ele tivesse aqui. Eu sou tenda onde Deus se faz presente. Muitas vezes somos ingênuos achando que Deus vai resolver tudo sozinho. Mas é preciso fazer nossa parte. Milagres acontecem na parceria entre o céu e a terra. Estabelecer pontes com aqueles que estão sofrendo. É a divina participação humana. Deus perde no momento em que desisto. A graça de DEUS NÃO DEIXA DE SER DERRAMADA UM MINUTO SEQUER, diz a teologia. Não sei se vc tem mares p/ atravessar, tem?!

Eu tenho uma personagem no meu livro “mulheres de aço e de flores”, a mulher que quer conquistar um senhor do outro lado da rua dela. Ela diz que espera Deus abrir o mar da vida dela. A minha bondade é alimentada pela bondade de Deus. Vc muitas vezes não vê que ainda não fez o possível. Movimente, busque o que ainda pode ser feito. Não queria um milagre que vc ainda não pode preparar. Pare de viver essa religião que nos ilude. Eu nasci p/ ser humano e não anjo, é na nossa humanidade que DEUS QUER agir. Coloque os pés nesse mar que te assusta, e vc vai ver a graça de Deus agindo e te ajudando a atravessar o mar. Mesmo quando não acontece o que vc esperava.
Pe. Fábio recebe rapidamente a cantora Adriana para contar que ela agora estará com um cd também gravado pela Som Livre.. E diz: ela é minha amiga e me ensina coisas de Deus, no seu jeito de viver. Me ajuda muito.
Adriana diz: Vc está me mostrando que vale a pena, vale a pena atravessar este mar.
Pe. Fábio: Estamos juntos. A música católica avançando mares. Aonde nós entramos precisamos levar Jesus conosco


Recebeu um e-mail de Renata Silva – Belém do Pará. o que fazer com meu medo de morrer?
O medo precisa ser administrado de forma positiva. É natural termos medo as vezes. Ele não pode ser transformado em fobia, doença. O medo da morte é comum nos dias de hoje. Mas o nosso jeito de viver tem haver com isso. Um dos problemas está no que achamos da morte: A morte física nos representa o afastamento das coisas daqui, e das pessoas que amamos. Precisamos ter medo de viver mal. Qual a centralidade da minha vida, dos meus valores? Vivendo bem, não pensamos muito na morte, ela torna um detalhe. Fazendo de nossos dias agradáveis, procurando viver bem o pensamento sobre a morte torna-se longe de nós. Lembro que quando caiu o avião da TAM e Adriana ficou 15 dias sem viajar de avião. Eu tive que viajar no dia seguinte, tentei fazer com que o medo não me paralisasse. A mesma coisa quando morre alguém no nosso bairro, a gente fica receoso, com medo. É preciso muitas vezes racionalizar o nosso medo, pensar, administrar. É como se vc colocasse o medo dentro do controle. A gente precisa administrar a realidade. Quando a gente fica com muito medo, apavorado, ficamos praticamente sem inteligência, ele nos paralisa. Precisamos encontrar modos de racionalizar o medo, o limite.
Recebeu um e-mail sobre vício da mentira. Primeiramente é preciso criar vergonha na cara. O problema da mentira é a incapacidade de se dar com a verdade. Lá em Minas aonde eu morava a gente mentia muito. Eu tenho dificuldade de dizer não as pessoas, aí as vezes acabo mentindo. As pessoas me chamavam para almoçar lá na casa delas, eu dizia que ia. Mas eu sabia que não daria. Uma coisa é vc omitir um fato, uma situação. Mas mentindo por maldade, isso faz muito mau. Que nem eu com minha mãe, as vezes eu omito para ela uns problemas, pois eu sei que ela vai ficar mal, ela não vai poder resolver meu problema. Ela precisa de momentos de tranqüilidade. Eu falo para os meus irmãos, para pouparem a Dona Ana. Então a gente acaba omitindo as coisas para ela.


Recebeu um e-mail sobre pessoas que andam certo e tem dificuldades. Acho que as pessoas que andam por caminhos certos refletem mais. Quando vc é um bom cidadão vc sofre mais negligências daqueles que não vivem com cidadania. Quando tenho senso de cidadania e eu acabo ferindo ela, eu sofro. Mas se eu for um vândalo, não vou me importar. O que acontece é que a gente que é boa pessoa, a gente sofre mais, pois reconhecemos os problemas com mais facilidade. É preciso enxergar um caminho para a solução.
E-mail sobre colher frutos amargos. Eles estão em todos os quintais. É natural na vida, ninguém prometeu que seria diferente. O que acontece é que as vezes cuidamos da vida e o vizinho do lado não, e isso repercute em nós. Pois somos uma grande comunidade de vida. Um amigo meu que tava falando do término do casamento dele, ele disse que nunca deixará de ser pai dos filhos, ele tava me contando do seu amor por eles. E a ex - esposa que está movida por interesses sociais está criando inferno entre o pai e os filhos. Mesma coisa que trabalhar em equipe, somos diferentes, mas temos mesmo ideal, de o trabalho dar certo. Quantas vezes dentro da nossa casa colocamos uma fruta estragada na mesa, qdo somos mal educados, não nos importamos com os nossos. Precisamos cuidar muito do nosso jeito de ser, administrar bem a vida. Evangelizar também é isso, sugerir a cooperação e não só abrir a Bíblia e ler a Palavra. A Igreja nos sugere a boa comunhão todo dia. O melhor jeito é quebrar o poder do mau. Se agirmos com o mesmo fruto mau que os outros agiram, a gente multiplica a maldade. É preciso o empenho nas pequenas coisas. Celar a paz com o vizinho é também querer a paz no mundo. Enxergar a autoridade como um cristão, com solidariedade e não com alteração de voz, não fazendo do outro um capacho.


Me lembro quando meu irmão passou por um processo terrível e vi aquela autoridade do juiz, vendo que meu irmão tava nas mãos dele. Igual quando vamos ao médico, ficamos nas mãos dele, confiamos a nossa saúde a ele. Bonito ver um médico olhando com um olhar cristão ao seu paciente. Que nem namorar, olhar o outro com um jeito diferente e não olhar só o corpo. O que vale é saber dividir com o outro o jeito certo. Por isso que o amor é dinâmico, ele não pode ser o mesmo todo dia. Tudo que é organismo vivo, muda. Não temos a mesma regra que um motor de carro. Coração humano não é assim. Quem é 1 e nunca será 2 .. não sabe o bom da vida. Quem sabe vc pode dar um telefonema, encontrar alguém e ajudar a atravessar o mar.

Que Deus nos faça melhores, nos faça promotores da paz e nos ajude a abrir o mar.

DEUS OS ABENÇOE.
---------------------------------


Agradecimentos especiais à equipe da Comunidade Contrários.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: PROGRAMA DIA 26/03/2009   Sab Mar 28, 2009 7:50 pm

PROGRAMA DIA 26/03/2009

Musica: “AO MEU AMIGO ”

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “AO MEU AMIGO ”... essa musica foi uma das ultimas composições do Robinho, antes da sua morte ele fez essa canção pra um amigo nosso, o Zé Ronaldo um amigo mto querido, e essa musica foi um jeito que o Robinho teve de segurar a mao dele naquele momento, é tão importante que alguém segure a nossa mao, uma canção chega na nossa vida segurando a nossa mao, essa semana, ate postei no meu site, que eu tive a graça de conhecer um dos compositores que eu mais me identifiquei na vida: “Marcelo Quintanilha” qtas vezes na minha vida, a musica dele foi mao segurando a vida, a arte é redentora, Deus age no mundo através da sensibilidade artística, qtas vezes a musica do PE. Zezinho, na minha comunidade, a voz, a sabedoria, entrava na nossa casa e nos acalentava de algum sofrimento, era a sensibilidade de um artista e Deus agindo através dele, foi o que Robinho quis, fazer uma musica pra que fosse um conforto pra aquele que sofria, eu me lembro que no sepultamento dele esta foi a musica que eu cantei, eu me recordo que no meu coração eu achava bonita a expressão, a frase que mais tocou foi: “Deus me leve em suas mãos, eu te levo meu amigo dentro do meu coração” bonito isso, qdo estamos no coração de alguém e somos cuidados por esse alguém, toda vez que somos amados e amamos Deus cuida de nos, eu não consigo aprender sobre Deus se não for a partir da minha realidade humana, a revelação de Deus acontece qdo chegamos a um lugar e recebemos o sorriso de alguém, qdo somos mal recebidos cria-se dentro de nos uma indisposição, por isso é bonito pensar que hj na historia de cada um de nos, Deus esta batendo na porta e pedindo uma oportunidade de agir no mundo através de nos, atravessar portas, ultrapassar fronteiras, chegar a lugares inusitados, assim como esse programa alcança lugares que não sabemos, tantos lares, sistema Cn proporcionando a mim a oportunidade de segurar na sua mao, mesmo que a distancia, mesmo sem conhecer a sua dor, nós nos unimos, nos sentamos na mesma mesa e vamos viver o sabor do banquete da palavra, qdo mergulhamos na palavra que possa nos fazer simbólicos, religiosos, abrir os nossos olhos pra que possamos caminha na verdade de Deus, e ao encontrar essa verdade, que ela venha pousar dentro de nós, sejamos honestos com a vida, que Deus vai se revelar a nós, tudo é revelação, Deus não para de se revelar, a plenitude da revelação se desdobra pq é grande demais pra caber no tempo, Deus se revela no mundo desde as primeiras comunidades do mundo, o que a igreja faz é administrar bem a parte que lhe cabe, mas o tempo todo essa revelação esbarra na nossa inteligência, qdo eu não faço o bem que eu poderia fazer, qtas vezes o mundo deixa de conhecer a Deus por causa dos limites, no momento que vivemos nosso limite e não cuidamos dele Deus perde, no momento que vc se fecha no seu ódio, no seu egoísmo, na sua pouca vontade, Deus perde a oportunidade no mundo, Deus precisa da nossa permissão, do nosso empenho, nós mtas vezes não queremos ser revelação, e ai perdemos a oportunidade de conhecer a melhor parte da vida, abrir os olhos e ver a graça tornar-se real, recomeçar. Deus gostaria de acabar com as desgracas do mundo, mas isso é responsabilidade nossa, se a gente cruza os braços Deus não pode agir, Deus faz pq o amor que eu amo, depende dele, a minha caridade não é motivada por mim mesmo, ele me amou pra que eu tivesse amor pra quem amar, ele me deu o dom pra que eu pudesse fazer pelo outro, Deus age no mundo através de nós, e deixa de agir cada vez que a gente se recusa a fazer por ele, o que é nosso.

Pe. Fabio recebeu um email sobre se é possível ser feliz sofrendo? Tudo depende de como a gente sofre, há sofrimentos que são redentores, eu estou vivendo uma privação na minha vida, preciso passar no vestibular, e a partir do momento q começo a estudar eu começo a . Qdo nós perdemos alguém, não vamos falar de morte física, mas morte psíquica, qdo perde um namorado, perde um amigo, a gente sofre qdo permitimos que o ódio administre nossos sentimentos, pq vc não joga fora o que fez mal, qdo a comida faz mal, ela prejudica o corpo, qdo vivemos sentimentos estragados, faz mal ao espírito, então a gente tem um processo de tristeza, amargura, se a gente não administra bem a tristeza isso pode virar uma decepção dp, então pra sofrer do jeito certo seja honesto, as vezes sofremos tanto por pessoas que não valem a pena, com pessoas que não tinham a menor consideração por nós, e as vezes nos ficamos sofrendo demoradamente por isso, e o único jeito de administrar o sofrimento é racionalizando, o que provoca o sofrimento é o jeito como pensamos nele, uma idéia vai me fazer mal a medida que eu alimento dentro de mim, se eu substituo a idéia que me faz mal, por uma que me faz bem, eu começo a superar a dor, então a gente pode ser feliz, basta que vc olhe pro sofrimento de um jeito diferente, e não fique esticando esse sentimento, tem pessoas que não fazem amizade com a vida, sofrimento esta em todos nós, sofremos o tempo todo, agora já imaginou se parar a vida pq esta sofrendo? Então o mundo não vai parar mais, qdo administramos o sofrimento crescemos como pessoa, a gente tem mais historia pra contar, mais conteúdo, o conteúdo da vida esta associado com o que vamos fazer com aquilo que nos aconteceu, pra um dia mais tarde aconselhar, no momento que administramos a nossa vida podemos ajudar o outro, sofra no tempo certo, sofra no jeito certo, não permita que as magoas demorem demais dentro de vc pq isso não vale a pena.


(Continua...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: PROGRAMA DIA 26/03/2009   Sab Mar 28, 2009 7:54 pm

Pe. Fabio o medo é falta de fé? Precisamos definir bem, o medo é uma reação que ta diretamente associada a proteção, qdo eu sinto que a minha vida esta sendo atentada eu tenho medo, se vc esta numa situação de risco e natural ter medo, o que a gente não pode é fazer com que o medo seja determinante, todo mundo tem medo, a gente tem medo de ser abandonado, de ser traído, de perder, mas qdo a gente administra isso, a gente cria esperança, essa esperança que faz a gente ir pra frente, esperar é vc trabalhar pra aquilo que vc espera, então se eu tenho medo e vivo numa cidade insegura eu crio minha proteção, mas não deixo de viver... Já a fé, ela é uma atitude, qdo falamos de uma pessoa de fé, estamos falando de atitudes, a fé qdo vc não tem todos os dados, as informações, eu não tenho certeza absoluta mas eu confio, qdo eu dava aula, eu tratava mto a Fé como intuição, vc olha pra uma realidade e fala vai dar certo, mas pq vc acha? Não sei, é uma intuição, e a fé ela é dada por Deus, cada vez que nós temos aquele otimismo bonito, vc sabe que a pessoa tem mil problemas, mil e uma razoes pra desistir mas permanece de fé, por isso que N. Sra é uma mulher de fé, imagina ver o filho no calvário, plena humilhação, seu filho, mas acreditou, Maria acreditou, nos demonstrou o significado da fé, ela agia, ela teve medo claro, mas a fé foi maior que seus medos, então a Fe nos ajuda a lidar com os medos, é aquela coisa, eu confio na proteção de Deus e ando na estrada a 180 por hora, não isso não é certo, eu peço a proteção de Deus mas tenho que fazer a minha parte do milagre, a fé cura as atitudes, é vc perceber que foi se instalando dentro de vc um bom senso, se vc quer reconhecer uma pessoa de fé, preste atenção se ela é uma pessoa equilibrada, a fé é existencial, e qdo a gente vive bem esse processo de fé, qdo deposito nas mãos de Deus e faço a minha parte eu não preciso ter medo, se eu faço a minha parte e peço a Deus que me ajude, eu não preciso ter medo, ontem falei pra uma amiga, ela estava pedindo a Deus ansiosamente, e eu falei, cuidado pq vc pode estar pedindo a Deus o que não é a vontade dele, as vezes nos rezamos pedindo a Deus o que a gente quer, mas nem sempre o que a gente quer é o melhor pra nós, se vc oferecer uma salada pra uma criança e um bolo de chocolate, é claro que ela quer o bolo, agora eu pergunto o que é melhor, o bolo ou a salada? Se vc ouvir o que seu filho pede vc vai dar o bolo, mas se for dar o que ele necessita é a salada, por isso faça um esforço pra que tudo aconteça, mas se não der certo, descanse, não fique amargurado, pq as vezes Deus esta nos privando, segurando mtas coisas, pq aquilo não é o melhor pra nós, mas essa tranqüilidade a gente precisa ter.

Email sobre a frase: “tudo que é natural é algo que não foi acrescentado”... na verdade eu estava me referindo ao limite, que ele faz parte da condição humana, o limite do corpo, das nossas possibilidades, vc pode considerar o limite como pecado, o fato é que nós nascemos limitados.. eu por exemplo tive uma experiência rural e eu me lembro que uma das coisas que a mae ensinava era fazer os canteiros, a gente buscava esterco e ficava andando pela cidade, levava aquilo pra casa, e ela nos ensinava o projeto natural, a gente comia o alface, a couve, taioba, e tudo isso era um processo natural, lançávamos a semente, uma das coisas mais bonitas que eu escrevi, sobre as mudas de alface, a gente não acrescentava mta coisa, deixava que ela crescesse por ela mesmo, agora qdo a gente começa acrescentar o fruto deixa de ser natural, e a nossa condição de sofrer, de estar numa luta é processo natural da vida, é igual morrer, algo que faz parte do processo, é igual o ordinário e o extraordinário, o ordinario é a rotina, e o extraordinário é aquilo que nunca acontece, como qdo éramos pequenos, o ordinário era a comida de sempre, e o extraordinario era a carne que tinha de vez em qdo.

Email sobre regressão... tem mto psicoterapeuta que gosta da regressão, outros não... a pessoa fica ali meio inconsciente e mtos traumas são curados, por causa de bloqueios passados... em Recife tem uma amiga minha que trabalha com isso, a responsabilidade que ela tem com o que é cientifico, ela tem um trabalho mto bonito que é em uma clinica, com recuperação de deprimidos, depressivos, sem remédios, com a mudança da alimentação, atividades e reflexões... eu sei que dentro dessas perspectiva a regressão é consciente, que é o momento que vai conversando, pq regredir é isso, não tem mto mistério, as vezes com amigos a gente regride, a gente só conta isso a medida que sente acompanhado, que vc confia, qdo vc tem liberdade de contar a sua historia, de alguma forma vc ta fazendo uma regressao, to falando desse processo de cura que podemos viver cada vez que temos coragem de contar algo que aconteceu, a apalavra que a gente diz tem o poder mto grande de nos libertar, aquilo que a gente fala, a gente escuta, a musica, a poesia, a linguagem gestual, tudo isso e tão capaz de nos fazer tocar algumas coisas na nossa vida que ta esquecida, as vezes vc escuta uma musica e sente o cheiro da infância, eu falo pro Pe. Zezinho que ele precisa regravar um cd que chama Revira-voltas, interessante que qdo eu escuto, é impressionante o qto que eu faço um retorno no tempo, eu vejo minha casa, o sofá cheio de buraco, o gato escondido, acende dentro de mim a memória afetiva, no show piano e voz a gente trabalhava mto a memória afetiva das pessoas, eu me lembro que a terceira musica do show era do Toquinho: “voa coração” gente eu lembro qdo ouvia e era criança, no show eu via a cozinha da minha mãe, a geladeirinha velha, o radio em cima, um pingüim em cima da geladeira, eu via minha mãe na sua mocidade, meus irmãos, é impressionante o qto a musica nos faz voltar no tempo, regredir, pq qdo a gente regride de um jeito certo, a gente tem a possibilidade de olhar pro passado com os olhos de hj, qdo eu olho pra minha pobreza e dou risada de td isso, é pq eu já pude visitar esse tempo, pq mtas vezes eu me recordava e sofria, eu me lembro q teve um fato da minha vida que me marcou mto, e eu so tive coragem de contar qdo virei padre, do qto é importante a gente viver a vida sem ter medo de ser quem a gente é, qdo a gente saiu de Formiga, foi pra Piuí, as coisas eram difíceis e a minha mãe foi um dia procurar um jeito de comprar um arroz mais barato, eu fui com ela, era adolescente, ela não foi ao supermercado, fomos na maquina de arroz, onde faz o ensacamento do arroz, e ela perguntou qual o arroz mais barato, ai ela viu um miudinho, ela falou aquele ali ta num preço bom, o senhor pode me dar 5 kilos, ai ele falou, é pra senhora dar pros porcos, ai ela olhou bem pra ele, e falou não, é pra nós comermos, e ele ficou desconcertado com a coragem dela, de não ter vergonha de assumir que não tinha dinheiro pro melhor arroz, e eu achei bonito o gesto dele, pq eu vi que ele ficou tocado pela honestidade dela, ai ele colocou os 5 kg que ela tinha pedido, e qdo entregou o pacote, ele pegou umas duas conchas do melhor arroz e colocou umas conchas pra ela, eu me recordo que eu chorava mto de recordar essa cena, então hj eu como filho eu tenho tanta ânsia de fazer por ela tudo que posso pq eu tento consertar, curar a pobreza extrema, o que eu sei é que qdo eu contei aquilo eu me senti livre, comecei ter coragem de tocar nas minhas vergonhas, hj eu to longe da vida que eu tive, e tenho podido fazer pelos que amo, aquilo q ng pode fazer por mim, hj eu posso ajudar meus irmãos, ajudar minha mãe, mas isso vai corrigindo dentro de nós, qdo vc começa se encorajar pra contar suas vergonhas e ai vc percebe o qto que a gente pode perder a oportunidade de ser feliz, se a gente tem uma mao do nosso lado nos encorajando a gente vai longe, bem aconselhado a gente supera, então antes de procurar um psicoterapeuta, quem sabe vc aprenda a se reconciliar um pouco com a sua historia, essa semana eu fiz parte daquele programa homenagem ao artista, qdo entrei la eu fiquei lembrando do que foi a minha vida, gente eu não tive a oportunidade nem de estudar, Deus fez acontecer tantos sonhos que eu não cheguei nem a sonhar, agora eu sonhava ser um bom aluno, um bom padre, um bom amigo, exercer bem o meu oficio, e qdo eu recebi aquelas homenagens eu pensava, qdo apareceu Roupa Nova, qtas vezes eu me emocionei com o trabalho daquele grupo, ele falando do que o meu trabalho fez na vida deles, vc descobrir que vc começa a fazer uma leitura da sua historia do bom que é agora mas sem nunca esquecer do que foi bom ate ontem, nunca permitir que entra em vc uma arrogância pq vc conseguiu algo na vida, qtas pessoas vc encontra q são doutoradas, q se deram bem na vida, eu conheci o Luciano Huck, reconhecido mas que percebe todo mundo por onde passa, ele cumprimenta, olha nos olhos, gente que agrega, ele deve olhar pra historia dele, olha pra quem ta do lado dele, e que qto mais autoridade tem uma pessoa melhor tem que ser o jeito que ela trata as pessoas, que olhar pro passado tem que ser olhar de um jeito honesto, eu fico fascinado com a capacidade que Jesus tinha de olhar pro passado sem ser condenado, é igual confessar, qdo a gente vai confessar vamos pra contar os pecados do passado, mas a gente vai, a matéria prima é o passado, mas o olhar que a gente lança sobre esse passado não é de condenacao, é de reconciliação, olhar pro passado, pra aquilo que a gente fez de errado, pra consertar agora, a gente joga fora o que não valeu a pena e continuar de um jeito novo, uma nova possibilidade, é o que Jesus fazia, qdo ele mandou descer Zaqueu da arvore era isso que ele fazia, arrogância do pecado é a pior, e ele falava desce daí meu filho, seu lugar é do meu lado, qdo vc acha que o outro vai mandar vc embora, ele olha e fala, é do meu lado que vc vai ficar, o PE. Leo la na Betania, o que a gente via dele era ele feliz ao lado dos miseráveis, e uma vez ele me contou, eles me lembram quem eu sou, mesmo que eu esteja de roupa limpa, não esteja drogado, eles me lembram o que sou, em Taubaté estamos começando o projeto cidadão, fazer com que os moradores de rua sejam olhados com carinho, para que o outro tenha a oportunidade de deixar o passado e começar uma vida nova, deixar o que passou e começar uma nova vida, é o que Deus nos propõe e é o que nos precisamos querer, o mundo fica mto mais bonito qdo nós nos dispormos a fazer, deixo o que não valeu a pena e assumo o que Deus me prepara, eu quero, queira tb, pq qndo a gente quer junto a vida fica mais bonita, pq tem outras pessoas lutando como nós.

Deus abençoe a todos.
-----------------------

Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Michelli   Sab Mar 28, 2009 11:01 pm

Minha flor do nordeste...muito obrigada!
Beijos em teu nobre coração.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA - 02/04/09   Dom Abr 05, 2009 10:46 am

RESUMO DO PROGRAMA - 02/04/09

Musica: “Sou Feliz Por Ser Católico ”

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Sou feliz por ser católico ”... iniciou dizendo que devemos saber entregar a Deus de um jeito certo a nossa vida, não cair na tentação de pensar que Deus vai resolver todos nossos problemas, mas entregar confiante que Deus fará a parte dele, e nós a nossa responsabilidade humana, que legitima a presença de Deus na historia, é tão bonito identificar o processo de Deus na historia, o Êxodo qdo o povo estava parado a beira do mar, e Moises naquele momento difícil recebe de Deus uma ordem, diga ao povo que caminhe, Deus não queria o milagre sozinho, Deus queria participação, e então o grande milagre aconteceu, pq Deus quis e o povo acreditou, Deus não pode mudar a nossa vida se a gente não permitir, ele precisa encontrar um espaço humano, pra que ele possa acontecer na nossa vida, nossas entregas só acontecerão na pratica se nos tomarmos a pratica do milagre que nos cabe, mtas vezes nós queremos o vinho, mas não queremos oferecer a água, da mesma maneira como rezamos pra que as coisas aconteçam, qdo eu era criança eu ia la, demonstrava as minhas razoes pro meu pai, e o milagre acontecia ali, mas com o meu pedido, hj minha gente não pedimos do jeito certo, talvez estejamos na experiência de uma religião que nos aliena, aqui na CN nos acreditamos na providencia divina, mas ela tb é concreta na sua ajuda, e foi com ele uma das pessoas que eu aprendi isso, nesta noite com a gente, Pe. Joazinho.

Pe. Joãozinho cantou a música Entrega para Jesus do seu novo cd “ Sou feliz por ser católico”. Pe Fábio e Pe, Joãozinho começaram a conversar sobre ser católico.
A palavra “Católico” significa universal, é a totalidade. Jesus dizia: Ide por todo o mundo e evangelizai!” Nós temos o Cristo todo, a todos nós. O Cristo inteiro está na Igreja para ser anunciado a todos.
Pe. Fábio fez um comentário que hoje há muito conflito religioso. Nós precisamos ter vigilância maior né? Há uma massa de católicos batizados e que não foram evangelizados.
Nunca perca a oportunidade de deixar de alguém falar de Jesus para você – já dizia Pe. Alir; Pe. Fábio lembrou desse padre amigo dele.
Outro dia eu estava conversando pela internet com um amigo e pedi um conselho e ele questionou que como poderia me dar conselho, se toda quinta eu Pe. Fábio, ajudava-o no programa direção espiritual?!As vezes as pessoas criam outra imagem de nós, eu preciso também de direção espiritual.
Foi interessante receber algumas respostas de evangélicos quando mencionei o Ministério da Ana Paula Valadão, que as músicas dela fazem muito bem aos católicos. É tão bonito ver isso, a unidade dos cristãos. Somos irmãos independentes das denominações.
Pe. Joãozinho cantou a música: Sou feliz por ser católico.

E-mail de uma moça sobre dificuldade em ter devoção por Maria.
Pe. Fábio disse que readquiriu a devoção Mariana com o círio de Nazaré.
Porém vejo que as pessoas com dificuldades em aceitar Maria é porque há muita radicalidade, obrigatoriedade nisso. A gente retirou o específico humano dela. A gente coloca o fiel diante da obrigação de venerar Maria e temos que observar que ninguém é obrigado a aceitar a devoção.
Maria era uma mulher de iniciativas, disse Pe. Joãozinho.
Eu lembro que em Formiga tinha a imagem de Nossa Senhora das vitórias, a imagem passava em todas as casas. E enquanto ela ficava um tempo na casa da pessoa, as outras pessoas passavam para fazer orações na casa do outro e com isso os donos da casa serviam um copo d’água, conversa com aqueles que não conhece, tudo por causa da devoção de Maria.
Já percebeu quando as pessoas se convertem elas ficam feias, isso acontece com algumas apenas.
O processo as vezes pode danificar a nossa humanidade. Eu já contei que eu mesmo fiquei chato quando conheci a renovação carismática e o Pe. Léo conversava muito comigo sobre isso. Me ajudou a ter equilíbrio na vida. Uma vez viajei com um grupo para Paris com uma comunidade que as pessoas eram sérias e que parecia que a minha alegria incomodava os outros.
Acho que a verdadeira conversão dá a pessoa graça, enche-a de graça. É o contrário do pecado.
È bonito descobrir os valores pequenos da vida na religião, Cuidar da nossa aparência, da nossa higiene pois assim vivermos melhor com o próximo.
Toda vez que partilhamos a vida, estabelecemos comunhão.
Que sejamos cristãos em lugares diferentes. Que Jesus nos ajude a descobrir esta mística.

A BENÇÃO FINAL.
------------------------------

Agradecimentos especiais à equipe da Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA - 16/04/09   Sab Abr 18, 2009 9:05 am

RESUMO DO PROGRAMA - 16/04/09

Musica: “O CADERNO”

Pe. Fabio começou o programa cantando a música: “O Caderno ”... páscoa, vida nova, novas oportunidades, o cristianismo esta entre a experiência do calvário e do sepulcro vazio, o grande significado da dor, uma dor que nos faz enxergar um caminho, uma possibilidade, o calvário não termina, não e o final de tudo, mas é apenas o impulso pra uma nova realidade que é o sepulcro vazio, oportunidade que Deus nos entrega, de fazer da dor um significado pra gente descobrir algo a mais, a gente sabe o qto e importante descobrir o valor da dor, senão ela fica infértil, mas qdo descobrimos na experiência do calvário um impulso pro sepulcro vazio vamos mergulhar na mística cristã, que é sempre as novas possibilidades, essa musica é o momento da vida que aprendemos a lidar com os limites, e toda vez q eu esbarrava nos limites, nas minhas impossibilidades a minha primeira tentação era ficar parado nela, o fato de não saber coloca na perspectiva do medo, mas o não saber e apenas uma passagem, chegar a luminosidade daquilo que a gente não conhecia, acender a luz, que Deus nos ajude fazer a passagem, vc deve saber disso, páscoa é passagem, sair de um lugar e ir pra outro, na experiência do povo é sair do Egito e ir na direção da terra prometida, sai de um lugar desfavorável e chega num lugar melhor, a vida, a dinâmica da vida é estar em constante experiência, é fazer a passagem, qdo a gente descobre que precisamos estabelecer uma ponte, é mto triste a gente morrer, e descobrir que a gente não foi alem, ha pessoas que num momento faz analise da vida e percebe que não soube viver, ficou preso no Egito, não quis buscar a terra prometida, eu tenho medo, de que a gente morra sem ter experimentado o que a gente verdadeiramente é, mtas vezes por comodidade nos ficamos quietos no lugar, preferimos a escravidão, é preciso fazer a passagem, Deus age no valor simbólico da vida, qto mais simbólico nos somos, qto mais a poesia vem impregnar a nossa vida, Deus tem mais chance na nossa história, tanto que a gente corre atrás do simbólico, olha o Mon Senhor Jonas, ele foi condutor pra mta gente, pela força da palavra profética, as pessoas religiosas, a forca da religião no mundo tem que nos ajudar a viver o deslocamento, eu não falo de deslocamento geográfico, é aqui dentro, qdo descobrimos que a força de uma palavra nos desinstala, e temos consciência, é tempo de mudar, tempo de ser promovido, sair de um lugar pra outro melhor, receber a oportunidade de avançar, ng gosta de ficar do mesmo jeito a vida inteira, qdo celebramos a ressurreição de Jesus é a possibilidade de avançar como pessoa, então hj reconhecendo o lugar da minha escravidão, descobrindo as cebolas das quais me alimento, eu descubro que posso ir pra um lugar melhor, pela força de um Deus que me move, eu me encorajo, vc sabe o qto dói mudar, sair de uma realidade cômoda e ir pra outra, mas nós não podemos fixar os olhos no calvário, é pensar em sermos pessoas melhores, talvez vc esteja ai ouvindo e pensando, qual experiência de páscoa eu preciso viver, eu tenho q me sentir mobilizado, e ai vc descobre qual passagem que hj vc precisa realizar, qual o lugar que vc precisa sair e ate onde precisa chegar, não espere tanto tempo, coloque seus pés na água e vá adiante...

Pe. Fabio agradeceu pela intercessão de todos em seu aniversario. Oração é querer o bem do outro, esta sempre costurada no bem, o presente material não faz diferença, o que eu quero do povo é o carinho, a oração, a intercessão, e eu quero agradecer a todos vcs que rezaram por mim, pedindo que Deus me oriente nas minhas passagens.

Pe. Fabio apresentou o DVD que já esta em todas as lojas, a proposta do show, é resgatar a historia como musico, num tempo novo, levando a musica católica acontecer em outros lugares, e eu to mto feliz por tudo q Deus tem me dado e por vc que ajuda o meu trabalho repercutir.

Pe. Fabio como lidar com a minha filha que esta rebelde? Pe. Fabio respondeu que fica intrigado pq isso tem sido mto comum, a violência dos jovens, as pessoas estão resolvendo seus problemas emocionais a partir da agressividade, temos duas formas de viver nosso afeto, ou pelo carinho, ou pela agressividade, o impulso da fonte é o mesmo, tanto pra amar, como pra odiar, mas há um momento que esse impulso é manifestado, ou através de carinho, ou através de agressividade, e o interessante é que as vezes o motivo da agressão e do carinho é o mesmo, por causa das mudanças que houveram no mundo, as possibilidades de mercado para as mulheres, a mulher tem competências maravilhosas que não podem ser deixadas dentro de casa, mas há uma competência que fica prejudicada, aquela de nos ajudar a conviver com nossos afetos, o homem é importante na experiência familiar, mas nos descobrimos por experiência própria que a presença da mãe é mto forte, é a mãe que nos ajuda a equilibrar a força, a partir do momento que ela já esta em um outro contexto e a criança não tem a mãe por perto ela começa a viver sozinha, através de uma baba que não tem mto comprometimento, por mais q ela ame seus filhos, ela não é a mãe, a pessoa que verdadeiramente tem a primeira influencia sobre nós é a mãe, pq a gente já acostumou a crescer, e essa geração que agora esta se mostrando tão agressiva ela já e um pouco fruto dessa saída do ambiente familiar, volto a dizer, a mulher tem seu espaço no mundo la fora, mas isso pode trazer conseqüências, não saberemos como serão os seres humanos futuros, nos precisamos de alguma maneira reequilibrar essa ausência, vc que é mãe tem que buscar uma forma de ajudá-lo a reequilibrar seus afetos, uma pessoa qdo e agressiva ela pode estar querendo chamar atenção, isso e comum nas escolas, o aluno mais agressivo é aquele que esta passando por problemas dentro de casa, e a boa professora é aquela que tem sensibilidade de ajudá-lo, bater um papo, sem aquele peso de ser professora, uma palavra, eu era professor e eu percebia a postura do aluno dentro da sala de aula, eu era professor de teologia, mtas vezes eu percebia o aluno longe, distante e num intervalo de aula, uma pergunta simples que vc faz: “e ai, ta td bem?” desarma o outro e vc percebe que não ta td bem, aquela pessoa é mto mais q eu to vendo, e as vezes a agressividade é uma conseqüência, não é a causa, mtas vezes não resolvemos os problemas dos filhos pq tratamos como causa, e agressividade é um efeito, não adianta tratar febre com anti-termico, é preciso descobrir a causa, se existe infecção é pq tem uma bactéria especifica, e a nossa vida afetiva é a mesma coisa, a febre é a agressividade, é o que a gente consegue ver, mas o que causa a agressividade é um processo interior, filho vc tem que olhar nos olhos, e identificar a razao da agressividade, não e por acaso que a pessoa fica agressiva, alguma coisa causa isso, e a boa educação é aquela pautada na investigação, não tem como conhecer o outro sem investigar, investigação que o amor proporciona, qdo vc tem a oportunidade de olhar pro outro, perceber ele viver, parar na sala e ficar olhando ele, isso e bonito na vida, qdo vc percebe que o amor lhe proporciona a investigação saudável, ta com a cara brava hj? Pq será, vc se interessa pelos motivos do outro, e as questões mais importantes da nossa vida, a gente não sabe dizer, mtas vezes o outro pergunta a gente não sabe dizer, é tão penoso dizer, da tanto trabalho, é mto melhor qdo vc chora, joga pra fora, não precisou de palavras, vc alivia o peso da vida, o outro só segura sua mao, as vezes nossa agressividade vem pra fora pq não sabemos chorar na hora certa, não sabemos ser fraco na hora certa, mtas vezes na pressa de ensinar a coragem a gente esquece de ensinar a fragilidade, o verdadeiro corajoso são aqueles que conseguiram viver a reconciliação da fragilidade, mtas vezes agressividade é so pra esconder a fraqueza, qto maior a armadura do soldado, maior a fragilidade daquele que ta la dentro, as vezes nos revestimos de agressividade pq temos medo de dizer que temos medo, temos medo de pedir que o outro nos ame, eu existo, fique de olho para descobrir a causa, não trate a febre com antitérmico, a um processo gerando essa febre que se a gente não descobre nos mata, nosso sentimento é a mesma coisa, se não chegamos a causa morremos de maneira mto triste e perdemos a bonita oportunidade de vencer na vida pq não soubemos viver a investigação.

(continua...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: Re: PROGRAMA DE 2009   Sab Abr 18, 2009 9:11 am

Padre o que é ser radical?... Ser radical é ir na raiz, ser radical é estar na posição de firmeza, qdo eu sou radical eu estou ligado a raiz, estou na coerência, buscando a coerência de uma realidade, o problema e que associamos a palavra radical com exagero, e uma pessoa radical não é exagerada, ela é coerente, não e possível ser cristão sem conhecer o conteúdo da fé, por isso o bom cristão é aquele que tem o habito de conhecer de Jesus, há pessoas que não tem mta instrução acadêmica pra isso, mas vai absorvendo o que pode, no contexto da nossa fé ser radical é estar ligado as raízes que te sustentam, eu vivo a radicalidade da minha fé qdo eu levo a serio os imperativos da minha fé, qdo eu vivo a dinâmica do cristianismo em mim, não tem como ser cristão se eu não atualizo na minha vida o jeito de sentir de Jesus, pedindo ao coração de Jesus um coração semelhante ao dele, coração não é so o que a gente sente, é o que a gente pensa, em mtos momentos a gente ama sem ter razão, mas as razão nos ajuda a compreender um sentimento, e mtas vezes nos ajuda a amar melhor, o livro quem me roubou de mim nos faz pensar em viver com mais qualidade o amor que a gente ama e o amor que a gente recebe, são mtos os impedimentos que nos colocamos para a manifestação de Deus em nos, então eu preciso ser radical como pai? Preciso, preciso estar no significado da função de pai, então eu ser radical é eu estar ligado a urgência da minha postura, durante mto tempo a gente teve uma associação direta, eu sou radical qdo fixo numa opinião e não quero mudar, não e isso, ser radical é ser coerente e a coerência passa pelo contato com o outro, a radicalidade nos coloca numa disposição constante, é o desafio de toda hora, ng prometeu pra nos que seria fácil, mas nos estamos diante do desafio que queremos viver, então vc ai com suas radicalidades, vc vai descobrindo no dia-a-dia como fazer isso, tem tantas coisas que ajudam no processo, a reflexão que fazemos do jeito como vivemos, é importante que a gente coloque diante de nos mesmos aquilo que estamos escolhendo pra nossa vida, e por ai vai, vc vai descobrindo, refletindo, o que vc esta fazendo das suas escolhas.

Pe. Fabio perdi minha mãe há 5 meses e ainda sofro e choro como se fosse ontem. Estou sofrendo tempo demais?... O processo da perda não tem uma regra, não sabemos a intensidade da dor, o que sabemos é que precisamos organizar o luto, o que eu sei e que experimento naquilo que vejo é que a morte precisa ser administrada, senão ela passa a nos administrar, qdo a gente presta atenção demais no que perdeu a gente não deixa a vida seguir, e a grande causa de um sofrimento prolongado é a vida que não ganha novas causas, qdo perdi minha Irma o primeiro ano foi pavoroso, não é que o tempo nos faz esquecer, mas ele tem a força dele, o bonito é qdo a gente permite que a vida continue acontecer, qdo não fixa a vida parada nessa perda, ir alem, construir nova realidade, se vc fixa seu sentimento na perda e não se permite superar vc não vai superar, vira amargura que nos tira o prumo, mas qdo vc faz o processo de perda uma recuperação ai vai melhor, não perde oportunidade não, sei que e difícil, é doloroso... às vezes as perdas experimentamos de maneira definitiva, qtas pessoas por causa de um relacionamento que não deu certo, para com isso, tira isso do coração, é passagem, qtas vezes na minha vida eu precisei ir embora, é engraçado isso, qdo eu fui embora pro seminário eu pensei q ia morrer, e cada vez q eu vivia aquele sofrimento de não estar mais no mesmo lugar, era um sofrimento, mas eu sabia viver bem aquilo, pq vou chorar a perda de um momento bom, se eu vou viver coisas ainda melhores, com o tempo as coisas vão se ajeitando, vc começa abrir os olhos, ai pronto, o ser humano tem uma capacidade maravilhosa de se reinventar, o melhor tempo da minha vida tem que ser esse que eu to vivendo, graças a Deus , ele me da uma capacidade o tempo todo, eu preciso fazer do meu tempo presente o melhor possível, então hj é o tempo que eu tenho eu vou fazer o melhor, como um queijo com goiaba e fico bem, busco as pessoas que amo, a gente tem que construir uma estrutura de vida que nos favoreça, temos que buscar a páscoa, senão a vida vira calvário, e o calvário é apenas passagem, não é definitivo, as vezes vemos pessoas tristes pq pensa naquela pessoa achando que ela é a melhor da sua vida e vc perdeu, as vezes vc esta de olhos vendados, como é difícil vc conviver com o abraço que vc não deu, com o amor que vc não doou, mtas vezes descobrimos isso no momento da doença, e ai o pior não soube viver a páscoa, é triste perceber que estamos vivendo errado, mas ao mesmo tempo é bom, pq temos a vontade de refazer, se eu olho pro passado e descubro que fiz da minha vida uma experiência de Egito, escravidão e cebola, pq vou perder a oportunidade de atravessar o mar, se hj eu posso perceber um novo tempo pq não vou viver? Sobre tudo qdo vc descobre que a nova realidade vai lhe ajudar a ser radical, ser inteiro, Fernando Pessoa já dizia, ser inteiro em cada parte, ser inteiro nesse abraço que vc da, não economizar nenhuma parte sua nesse trabalho que vc realiza, faça essa passagem, é tão bonito descobrir que hj no agora da minha vida o futuro esta sendo preparado, e que meu sorriso de amanha depende da lagrima de hj, sorriso é preparado, levo esse sorriso pq já chorei demais, e o poeta tem razão, o sorriso que vale a pena ser sorriso é aquele que vale a pena, o processo da conquista, Deus lhe deu a mao, mas vc da os passos, é a parte humana no processo da salvação, que a gente faça bem a parte humana, pra que a ação de Deus sempre tenha uma oportunidade em nós, que os seus processos não terminem nunca, pq vc merece, cada vez que vc ultrapassar de uma margem a outra, todos nós ganhamos, pq vc ficou melhor.

Benção Final.

Deus abençoe a todos.
--------------------

Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Programa do dia 23/04/2009   Sex Abr 24, 2009 12:50 pm

PROGRAMA dia 23/04/09


Música: TOCANDO EM FRENTE

Estamos começando mais um programa Direção Espiritual na luta e desejo de encontrar a felicidade. Precisamos todo dia descobrir este desejo. E saber fazer a nossa parte e Deus fará a D’Ele, é a junção do humano com o divino. Luta essa que estabelecemos todo dia um motivo de ser feliz. Eu vivi num contexto rural, na simplicidade. Lá na roça é o lugar da força, de plantar o que come, acordar cedo. Lá as pessoas precisam ter disposição. Aquilo me fascinava, a luta do povo. Na cidade é diferente, é mais fácil a vida, nós já temos as coisas prontas. O contexto da simplicidade é o contexto da criatividade. As crianças constroem os seus brinquedos, usam da criatividade de transformar algum pedaço de madeira e inventar um brinquedo, uma brincadeira. O boiadeiro conduzindo o gado também é uma luta. Uma pena que a nossa vida se torne prática demais. Muitas vezes precisamos voltar num outro contexto de saber plantar, cuidar a vida. Precisamos descobrir o cuidado nosso de cada dia. É preciso cuidar para que as coisas sobrevivam. Obrigado pela sua companhia, obrigado por estar conosco, plantar e colher juntos.

E-mail sobre término de relacionamento.
> Nem tudo que sentimos é verdade, quando sofremos a tristeza temporária precisamos ver o bem da decisão que tomamos. É preciso focar a atenção no bem que vc decidiu. E quando vc descobre que o relacionamento não te faz bem, precisa pensar e tomar alguma decisão. Casamento é diferente, tem uma família em jogo. E as vezes as pessoas idealizam achando que no casamento não terá dificuldades, problemas. O importante é lutar e não descartar a pessoa da sua vida. É preciso dar o lustre da aliança que vc usa. É preciso passar pela experiência do cuidado todo dia.

E-mail de perda de uma pessoa amada.
Permita-se ultrapassar os limites, não fique olhando e sentindo a amargura.


E-mail de não conseguir conversar com Deus.
No antigo testamento há um Deus guerreiro, um deus dos exércitos. Um Deus que faz a gente tremer as bases. E no novo testamento é um Deus amoroso que até ama o inimigo. A mesa está posta e os miseráveis estão convidados a estarem nesta mesma mesa. Não podemos fazer da religião um medo. Quando há imposição da verdade com medo. Algumas pessoas dizem: “Não faça isso pois Deus castiga.” Mas Deus tem olhos grandes para nos amar, paras cuidar de nós e não para chamar a minha atenção e castigar. Deus não é um velho aborrecido que reclama de nossos erros, não. Precisamos renovar a imagem de Deus. Desse jeito não vamos entender o amor D’Ele por nós.
Já dizia o pensador Michael Foucoult: “A vigilância e punição são mecanismos de controle.”
Igual na placa: não pise na grama. Se ninguém ta vendo a gente pisa. Isso porque não entendemos o cuidado do jardim.
Se eu não vivo o caráter que me deram, educaram.. aí fica difícil. Deus está sempre pronto para nos corrigir através do amor. O amor que faz-nos perceber que aquela pessoa cuida de nós. Qdo vc percebe que o conselho q vc ta recebendo tem carinho, atenção com vc. O problema não é o que dizemos, mas a forma como falamos. As pessoas vão agir de acordo ao que elas pensam de Deus. O mundo precisa mudar, Jesus reconfigura a imagem de Deus, mostra que deus Pai é fraterno. Leia mais os evangelhos para descobrir Jesus que nos mostra a face amorosa de Deus. Jesus é a interpretação do Pai, Jesus é a regra de interpretação, ou seja, é a hermenêutica. A sociedade só pode ser construída com o espírito fraterno. E não com espírito de matar os outros.

--- INTERVALO----


Estava pensando no que falamos no bloco anterior né. Versão tribal, a sociedade está dividida assim né. Antes as tribos disputavam entre si. E infelizmente temos esse espírito tribal dentro de nós. Não que queiramos matar, mas agimos com fofoca, preconceitos, um olhar maldoso para os diferentes de nós. A palavra tem muita força. É precisamos domesticar esse espírito tribal dentro de nós. O Orkut tem muito isso, as pessoas criam comunidades para falar mal dos outros. Na Igreja também com relação aos grupos que existem nela. Outro dia li umas coisas na internet. Vi um comentário de uma pessoa falando mal de uma pessoa espírita. Cadê o nosso Cristianismo? Porque julgar os outros pela religião, jogar as pessoas no lixo porque ela não segue a sua religião. E muitas pessoas espíritas são mais caridosas, fraternas do que nós?!! Ela não é ruim porque crê numa coisa que vc não gosta. A Igreja Católica nos ensina, nos quer mostrar que precisamos acolher as pessoas independentes de religião. Não temos o direito de difamar os que são diferentes de nós. Jesus nos ensinou a vida com amor e dignidade. Quantos problemas de guerras nascem disso, da intolerância religiosa. Temos que ver as semelhanças e não as diferenças. Precisamos nos unir para fazer um mundo melhor, semear a paz, a vida. O que mais faz falta é o amor entre as pessoas. E se todas as religiões pregassem o amor pelo próximo, o respeito a Deus, nós teríamos o mundo melhor. Enquanto tivermos com nossas armas nas mãos, será difícil acontecer a fraternidade.


E-mail sobre uma matéria do fim da humanidade, como dizia Nostra Damus.
Eu não estou nem aí para esta profecia. Enquanto o mundo não acaba vamos viver e não ficar parados. Vamos prestar a atenção nas profecias bobas. Como estava falando anteriormente, da vida e fraternidade, da profecia de Isaías: “Que o lobo e o cordeiro comerão no mesmo prato.”
Somos nós que estamos construindo as tragédias da natureza, nós estamos contribuindo para deixar o mundo frágil. Tomar a consciência de vier melhor e transformar o mundo.
E-mail sobre pedir a Deus o que quer e colocar uma data para receber a benção.
Precisamos prestar a atenção nas nossas orações. Muitas vezes pedimos só o que queremos e não o que necessitamos. Precisamos deixar deus direcionar a nossa vida. E não fazer negociação, muitas promessas, fazendo por fazer. É preciso ter consciência. Ele vai olhar o seu coração, o que o sacrifício vai mudar sua vida, seu modo de viver e atitudes. O que me faz bem faz bem a Deus! Ele não precisa ser adulado para te dar a benção. Quando vc é fiel ao sacrifício que fez, vc se disciplinou e então Deus terá mais chance no seu coração. Ele vai encontrar espaços para conseguir agir na sua vida.
A nossa oração muitas vezes é ansiosa, tipo uma criança birrenta que não agüenta esperar. Nossa oração não precisa ser só formal, só ficar de joelhos numa capela, é bom estarmos falando com Deus a todo momento, agradecendo as pequenas coisas. É conversar com Deus todo dia o que se passa no seu coração, Ele cuida de nós através das pessoas também que Ele coloca no nosso caminho.
Não fique ansioso com aquilo que vc ainda não tem. Tudo tem o seu tempo. Jogue as sementes no chão, cuide-as e um dia vai germinar.

BENÇÃO FINAL!

-----------------

Agradecimentos especiais à Edna e equipe da Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: RESUMO DIA 30/04/2009   Sex Maio 15, 2009 6:01 pm

O programa do dia 30/04/2009 foi reprise da semana anterior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: RESUMO PROGRAMA dia 07/05/09   Sex Maio 15, 2009 6:24 pm

RESUMO PROGRAMA dia 07/05/09


Historia: “Pe. Fabio leu uma historia por meio de uma carta que recebeu”

Nessa pequena historia, ela pode sempre nos sugerir um jeito de ser gente. É tão interessante o momento que a gente cresce qdo visitamos um hospital, a maneira como esta fazendo pra superar os obstáculos daquele momento, o qto aprendemos qdo saímos do mundo que é nosso e entra na estrutura do outro, como fizemos aqi, com a historia dessa senhora... eu me recordo que qdo vamos passar pelo processo de mudança é bom criar boas expectativas, se deixar abrir pra encontrar o novo com esperança, qtas vezes na vida perdemos a oportunidade de viver coisas boas, criar dentro de nos disposição pra juventude eterna, o espírito da gente, qdo percebemos que mesmo com oitenta anos conseguimos nutrir esperanças. E hj queremos ajudá-lo a alimentar a esperança, uma historia que escutamos que muda dentro de nos, que Jesus nos acelera no processo de conversão, estar em processo de conversão é não perder de vista a melhoria do ser, é o que nos precisamos, e a urgência do dia-a-dia.

Lançamento do livro: Carta entre amigos (Medos Contemporâneos).

Pe. Fabio estou enfrentando o pior tempo da minha vida, tenho câncer, espero uma palavra de conforto... Pe. Fabio respondeu que o câncer assusta mto, existem doenças que trazem um histórico, é como uma pessoa que tem o vírus HIV, pq a doença tem um histórico, o que vem a cabeça no momento é que a pessoa vai morrer, pq trazemos essa herança de um tempo que qdo uma pessoa tinha AIDS ela tinha uma sentença de morte, hj não, qdo uma pessoa descobre que tem o vírus, ela tem um cuidado a mais pra que a doença não manifeste, e o câncer não precisa ser uma sentença de morte, a gente começa a morrer no momento que a gente desanima da vida, eu sei que é difícil, é doloroso, mas a doença pode ser melhor enfrentada se vc cria dentro de vc uma estrutura que te ajude a não perder a esperança, mtas pessoas desenvolvem o câncer a partir de perdas, pq a força do pensamento, a espiritualidade é alimentada pela forca do meu pensamento, qdo eu trago ao meu coração uma esperança articulada na minha cabeça, me ajuda a ter uma nova postura diante da vida, é como a gente ter q enfrentar a doença de quem esta do nosso lado, claro que num primeiro momento é pensar em perder a pessoa, mas nem sempre e assim, e o resultado final vai depender mto da pessoa, e a partir do momento do controle do câncer, comece a viver uma vida diferente, se vc sabe que vc já e propenso a desenvolver, busque a saúde de maneira radical, no controle do seu estress, na sua alimentação, eu tenho pessoas que amo, que controlaram seu câncer e um tempo dp voltaram a fumar, beber, então qual o comprometimento que esta pessoa esta tendo, vc tem que se tornar responsável pela postura, pelo jeito como vai agir...
Espiritualidade é qdo a gente descobre o cuidado com a vida, então vive o momento da sua doença com um cuidado redobrado, o ser humano so pode ser equilibrado qdo ele conjuga bem a saúde do corpo, com a saúde do espírito, as irresponsabilidades nos custam caro, pq da mesma maneira que morremos no corpo, podemos morrer no espírito, qdo descobrimos que estamos sendo acometidos por uma serie de doenças da alma que nos transforma em pessoas desagradaveis.

Pe. Fabio qdo uma pessoa falece ela volta pra prejudicar... Não minha filha nos não acreditamos nisso tb, acreditamos que a morte é uma abertura pra um novo tempo, a nossa morte nos leva pra uma nova perspectiva, nos abre portas, os mortos não podem vir nos fazer mal, o cristianismo não abre espaço pra acreditar nisso pq nos acreditamos na ressureição, é qdo Jesus nos convida a viver a eternidade, então para os mortos precisamos rezar, pedir misericórdia, que vão em paz e pronto, quem já morreu a gente reza, pra que possamos viver um tempo bom.

Pe. Fabio sou uma jovem, e estou namorando... como saber esperar no senhor... minha filha nos temos o direito de pensar que Deus vai nos enviar a pessoa certa, pessoa ideal é uma idéia, a pessoa certa existe, a pessoa ideal não, qdo vc pela forca do namoro, do processo do conhecimento vcs descobrem que ele tem uma perspectiva interessante a seu respeito, favorável ao processo, descobrir a pessoa certa é descobrir planos de futuro em comum, qdo vc vai saber que é a pessoa errada, qdo há uma indisposição, qdo não há um encaixe das perspectivas, o tempo do namoro é o tempo que a gente vai descobrir os ajustes e desajustes, se os desajustes prevalecem não é a pessoa certa, se vc vai ter que abrir mao do que vc é, essa pessoa não te ama, o amor tem que ser promoção, se não e promoção é um seqüestro da subjetividade, então continue na experiência de buscar essa pessoa, que mesmo com defeitos e qualidades, o resultado final é fazer feliz, fazer o outro feliz e bonito na teoria, mas isso pode trazer infelicidade nas pessoas, não, nos temos que descobrir que a minha função primeira é eu tb estar sendo feliz, senão é um martírio que não edifica, o amor verdadeiro é responsabilidade, qdo eu quero fazer o outro feliz, há um comprometimento.

Kairos na canção nova: “vencendo os medos e conquistando vitoria” domingo inteiro de musica, reflexão e oração.

Ultimo dia do show no Canecão no RJ

E pra quem é de SP, dias 5,6,7 de Junho no CREDICARD HALL, lançamento do DVD.

Email... Sofrimento no casamento, pq a mãe do marido vem morar junto... qdo alguém vem morar com a gente a estrutura da nossa casa, muda.. qdo morre alguém a gente vive a modificação natural do processo humano, a filosofia vai nos dizer que as pessoas qdo se encontram formam outras pessoas que a gente não enxerga, mas que são frutos dos nossos encontros, há uma terceira pessoa que surge do nosso encontro, que faz ou não a gente gostar do outro, o que o outro provoca qdo esta comigo? As regras estão ligadas a essa terceira pessoa que surge, a gente se torna amigo assim, é bom o que sobra do encontro entre duas pessoas, e toda vez que temos essa modificação, pq existe uma outra pessoa, que no caso receber a sogra ne, é mto difícil pq tem que viver um tempo diferente, o marido divide atenção com a mãe que chegou, o jeito é minimizar o Maximo as conseqüências negativas dessa presença, e descobrir o que isso pode nos edificar, não adianta vc julgar contra vc, mtas vezes perdemos a batalha pq não jogamos nosso valor, já esta difícil, ai eu crio mais resistências, eu to jogando contra eu mesmo, qdo há uma situação ruim tente descobrir algo que possa ajudar, não e fácil, toda vez que a nossa estrutura é modificada, como visita, é bom mas chega uma hora q vc quer seu espaço como ele era, minha mãe faz 3 meses que ela ta visitando uma pessoa, é agradável, é bom, mas muda estrutura, nos precisamos ser leves, e o nosso objetivo na vida tem que ser esse, buscar ser leve, é tão bom conviver com uma pessoa que não complica demais as coisas. Eu tive a graça nessas ultimas semanas passando pela Turquia e a Grecia, e nós estávamos em 22 pessoas, sempre dizia pras pessoas que o melhor jeito de rezar, ate pq não havia mtas igrejas católicas, então vamos fazer com que a nossa oração seja buscar a leveza, num grupo se alguém resolve ser pesado prejudica os outros, qdo vc olhava pra aquela senhora cansada, renovando dentro de si a leveza, eu percebia isso, queria demonstrar meu carinho aqueles que viajaram comigo, todo o grupo, eu me recordo que logo que começamos a viagem, a D. Cidinha era uma pessoa que conhecia de vista, mas o qto que aquela senhora foi instrumento de Deus na minha viagem, pela alegria que ela me causou, eu tava mto tenso, com o lançamento do livro, do DVD, e deixar a vida e ficar 20 dias fora não é fácil, e a gente descobre que essas pessoas ajudam... qdo a gente teve a oportunidade de descobrir que o cansaço era grande, mas a esperança tb, tocar na leveza do outro, nos significados, qdo vc tem essa modificação, busque essa leveza.

Email sobre noivado que terminou e não sabe como enfrentar a perda... claro que qto mais tempo vc investe a sua vida do lado de uma pessoa, maior é a dificuldade de viver o sofrimento, o sofrimento psíquico é mto duro de ser sentido, pq faz doer tudo, é difícil encontrar o ponto de equilibrio, essas questões afetivas precisam ser racionalizadas, é vc começar pensar de maneira mais fria sobre o que vc perdeu, eu tava conversando com uma pessoa la da academia que terminou um namoro de mto tempo, e ela falou to otima, e conversando ali e percebi que o que faz ela estar ótima, é a capacidade de racionalizar, qdo terminou o namoro foi ela achar o que tinha perdido, mas qdo deixou a prevalência do sentimento sobre a razão, ela viu que não perdeu tanto assim, as vezes a gente idealiza tanto o outro que esquece da razão... que nem na viagem qdo eu queria irritar a D. Ieda, ela é de Manaus, eu falava que la não tinha aquilo, e naquele momento ela ficava brava, levava a brincadeira sempre na emoção, e toda vez que não racionalizamos a emoção, corremos o risco que ela nos controle, qdo vc esta emocionado e não tem controle das suas emoções, vc se transforma numa pessoa mto impulsiva, diz bobagens, as vezes tinha briga em casa que quem passasse na rua achava que nunca mais ia voltar a falar, e as vezes qdo estamos emocionados falamos que nunca mais queremos falar o nome, ver a cara, é forca da emoção, o problema é que o discurso fere, machuca, e qdo vc rompe um relacionamento dói vc pensar no investimento afetivo que vc fez, mas pense que o mundo não acabou, eu sinto que acabou, mas não é verdade, meu mundo não acabou pq o outro foi embora, eu posso traze-lo pra minha vida, amar e ser amado e importante, ter pessoas que fazem parte da sua estrutura, seus amigos, sua família, mas há momentos que vc perde, eu perdi aquela pessoa mas ainda tenho a minha vida, e eu começo a me distanciar da emoção e colocar as coisas no lugar, permita-se recuperar dessa perda, pq se vc não se permitir vai ser impossível, superar essa dor.

Email sobre perseguição... o que a perseguição do outro pode fazer, o que posso permitir? Se o outro tem uma visão ruim sobre mim, eu não posso permitir que essa visão ruim seja predominante, descubra aqueles que lhe perseguem e faça o bem, a melhor forma de tirar o poder do mal, é optar pelo bem, sempre vamos ter as pessoas contrarias, no trabalho vc vai ter a inveja, o ciúme, onde existe ser humano, existe questões assim, mesquinhas, agora nos que vivemos a dinâmica do evangelho não podemos permitir que essas coisas permaneçam sobre nos, não temos receitas mágicas, mas temos dicas que Jesus nos deixou, ofereça o outro lado, se a pessoa lhe persegue mas vc oferece sempre uma coisa boa em troca, ao invés de oferecer na mesma moeda, vc diminui, vc que ta vendo agora, pode sentir na sua pele, vão inventar mtas coisas, as pessoas são maldosas, ficam incomodadas, é a vida, o trabalho que a gente realiza tem que prestar atenção no bem, todo mundo tem defeitos, ng é perfeito, mas a gente pode diminuir o poder do que é ruim, qdo vamos coletando o que é bom, conversa com o MonSr. Jonas, o padre Leo, que recebia certas cartas que desanimava qlqer um, e qdo a gente coloca atenção no bem, a palavra do mal cai, é a força do evangelho, do cristianismo.
E de todos os trabalhos que eu faço, a canção nova é a minha casa, é o meu lugar, mta gente manda preocupado sobre isso, enquanto quiserem minha presença aqui, eu estarei, eu sou padre por causa da canção nova, e eu não vou deixar isso, eu so preciso disso, que fortalece o meu ministério sacerdotal.

BÊNÇÃO FINAL
-----------------
Agradecimentos especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA 14/05/2009   Sex Maio 15, 2009 6:47 pm

RESUMO DO PROGRAMA 14/05/2009

Musica: EU ESPERO

Pe. Fábio começou o programa cantando a música: "Eu Espero" e a mim sempre me faz pensar, sempre me questiona a capacidade que Deus tem de nos amar, mesmo pq se a gente quiser entender o amor de Deus vamos cair na suas traduções que a lógica nos oferece de certo, errado, tudo pensamento lógico, correto, a respeito de uma realidade, corre o risco de ser quebrado quando entra a lógica do coração de Deus, mesmo pq a lógica da misericórdia ela contradiz o tempo todo a lógica da lucidez, quando vc descobre que misericórdia é um jeito de beirar o absurdo. Misericórdia é um conceito do evangelho que muitas vezes ficamos distante, porque é difícil ser misericordioso, diz a tradução que misericórdia também é ter um coração nde o outro possa entrar, não é o coração que está cheio, ainda existe espaço a ser ocupado. Bonito pensar que a misericórdia é um jeito que vc tem de aproximar do outro, permitindo que ele possa morar um pouco dentro de você. Quantas vezes você na solidão da sua vida desejou encontrar alguém que representasse uma casa, uma morada, um abrigo no momento do frio, uma presença no momento da solidão...
O poeta gaúcho Mario Quintana dizia de maneira mto bonita que amar é vc mudar de casa, é morar um pouco com o outro, e na experiência de morar com o outro vc tem a possibilidade de complementar as suas ausências, suas carências, com aquele que chegou a sua vida, é como se sua morada fosse pobre demais, e o outro colocasse mobília no seu espaço vazio, é a experiência do complemento, quando você descobre que amar empresta sentido, como escreve de maneira tão bonita meu amigo padre Airton Freire, que numa experiência de loucura pelo evangelho, se apaixonou pelos pobres, e não satisfeito, ele saiu da sua casa e foi morar na rua do lixo em Arcoverde no sertão de Pernambuco, e desde então ele se tornou referencia a contagiar outras pessoas na experiência da misericórdia e a primeira coisa que ele construiu na rua do lixo foi uma casa de pedra, uma casa simples, que significa mto ao coração, pq ela é mto mais que uma construção, ela é a forma, o sentido concreto daquilo que nem sempre passa pelo significado que podemos identificar, e ele diz que amar faz sentido, e assim como o poeta que dizia que amar é vc entrar na casa do outro, essa casa de pedra se tornou um lugar seguro para o povo de Arcoverde, uma casa de pedra é mto difícil o vento jogar no chão, a sabedoria evangélica já dizia, as casas que são perigosas são as de areia, mas o padre Airton construiu de pedra para que no meio de tanta pobreza os pobres pudessem saber que ali havia um lugar de misericórdia pode chegar quem quiser, e a nós que talvez não tenhamos a possibilidade de construir casas de pedra para que os pobres possam chegar e buscar abrigos, nos resta construir casas para que outras pessoas possam morar em nós pela forca da misericórdia que nos exercemos, é vc pensar qtas vezes na sua vida vc precisa bater na porta da vida de uma outra pessoa pra quem sabe vc suportar o momento presente, alegrias e tristezas não foram feitas para serem vividas na solidão, e então nós saímos da nossa casinha e vamos na busca de outra, não pq não gostamos da nossa, mas pq naquele momento a nossa não nos da o que precisamos.
Amar é mudar de casa como sugere o poeta e na experiência de nós nos amarmos, descobrimos o significado da misericódia, qdo percebemos que dentro de nós existe uma possibilidade de amar aquele que não merece ser amado, existe uma possibilidade de nos aproximar do sentimento de Jesus e sua capacidade de amar os que não mereciam amor, de olhar os que não mereciam olhares, de falar com aqueles que não mereciam palavras e vc começa experimentar na sua carne quente da vida, o sabor, o calor de tudo aquilo que verdadeiramente foi tocado pela misericórdia ... minha gente cada vez mais eu me convenço, que cada vez que meu coração se fecha para não ser casa do outro, ou cada vez que eu me recuso a não receber um inquilino que passa pela minha vida, seja através de um olhar, uma palavra, um abraço, um gesto carinhoso, eu me empobreço, porque a gente foi feito pra ser casa que abriga aquele que precisa, pode ser que hoje vc tenha uma pontinha de desolação no seu coração, de inutilidade, pode ser que vc hoje não tenha se exercitado na possibilidade de ser casa para aquele que não tem, de ser amor para aquele que não é amado, de ser olhar para aquele que não foi olhado, de ser ouvido para aquele que não pode ouvir e quem saber ser aconchego para aquele que esta no desalento, no desalento da vida, na solidão mais doida que dói no mundo, há tanta solidão nesse mundo, há tanta gente sem casa, não apenas a casa material, mas há tanta gente que hj esta alojado em grandes mansões mas não tem uma casa humana para chegar.
E hoje queríamos pedir a Deus através desse programa, que a gente construa casas de pedra, casas de afeto, casas que possam ser referencias para nossos vizinhos, ali existe um coração que quando eu preciso eu encontro o abrigo necessário, e então poderemos dizer biblicamente: “ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS”, o ressuscitado passa pela nossa vida, acontece em nós, é afeto através dos nossos afetos, é braço através dos nossos braços, é ternura na nossa ternura, pq páscoa não é o acontecimento de um dia, mas a mística de uma religião que nos leva o tempo todo para perto dele de novo, celebrar a páscoa é vc saber dizer e levar essa verdade, o ressuscitado sobrevive em mim e ele me coloca no mundo como casa para abrigo, para trazer, para ser lugar daqueles que não tem, ligue pra nos, pode ser que na vida vc esteja precisando de uma casa, de uma palavra, de um gesto e aqui na CN nós queremos ser a sua casa, queremos fazer desse programa uma porta aberta pra que vc possa trazer a sua vida, pra que vc possa trazer aquilo que vc tem de mais sagrado... existem coisas que são tão sagradas pra nós que elas não merecem ser contadas de qlqr jeito, vc não quer que a sua historia tão preciosa seja ouvida de maneira apressada, e hj quem sabe na oportunidade de nos encontrar, mesmo que vc não diga, mesmo que não abra sua boca para contar a sua historia, mas quem sabe no contexto do que aqui falamos, do que aqui celebramos, de alguma forma a gente possa ser casa para o seu momento de solidão.

Pe. Fabio recebeu um email de uma garota que levou a mãe ao acampamento de Cura dos Afetos e que não esta vendo melhoras no comportamento da mãe... Pe. Fabio respondeu que primeira coisa é tomar consciência que cada pessoa Deus trabalha de um jeito, existe obras que o artista termina com rapidez, e outra que ele demora um pouco mais, a feitura de uma obra é a partir de rascunhos, estou lendo um livro que esta me fascinando, chama-se o gesto inacabado, trabalha a feitura da arte, a gênese do processo criativo na literatura, o que interessa nesse processo não é a obra e sim o rascunho, mtas vezes nos avaliamos na vida do outro o texto final, o resultado, calma, mto mais interessante que o texto final é o rascunho, o caminho por qual o autor chegou ao resultado, isso é maravilhoso, qdo vc vê uma obra pronta, se vc for pensar que aquele texto, ele foi varias vezes rabiscado.
Você que escreve... qtas vezes vc modifica seu texto, seus rabiscos? De maneira que dentro de uma obra há inúmeras possibilidades de outras obras. Conversão minha gente é um processo de feitura que leva tempo, não é pq a gente veio a um acampamento que vamos sair totalmente modificados, pode ser que Deus utilize de um acampamento inteiro somente pra mudarmos uma palavra do texto, Deus não esta preocupado com o tempo que ele vai levar pra fazer a obra, ele quer qualidade e nós precisamos sair dessa visão mágica que um acampamento vai mudar a nossa vida, que uma missa vai mudar a nossa vida, que uma confissão vai mudar nossa vida radicalmente, não há mudanças mágicas e qlqr religião que queira ser honesta ela vai processar a pessoa na conversão, viver o dia-a-dia de uma realidade que se concretiza aos poucos, o que Deus faz em nós, é ajudar a consertar uma frase que esta errada, mas uma frase não é um texto, ela faz parte do texto, existem palavras que demoram pra florescer dentro de nós, assim como uma semente leva tempo para que ela possa se tornar uma realidade frutuosa, e mtas vezes as pessoas desistem da conversão pq elas querem resultado imediato, mais esse resultado não acontece, nem é bom que ele venha, tem que tomar cuidado, pq a conversão ela é verdadeira a medida que ela vai nos conduzindo para a consciência que Deus esta nos mudando e mudando nos detalhes, então assim como a autora do livro "Gestos inacabados" se preocupa em investigar os rascunhos, da mesma forma é a vida, temos que estar atentos a todos os rascunhos da nossa vida, pq mtas vezes o destino da nossa vida depende daquele rascunho, o destino do texto depende daquele rascunho e conversão é vc rascunhar o tempo todo uma vida nova, pode ser que vc ainda não esteja pronta para o texto definitivo, muita coisa ainda pode acontecer, não há problema nisso, nos só precisamos ter a paciência com o nosso processo de conversão e com aqueles que estão ao nosso lado, então não adianta vc pensar que seu filho vai deixar as drogas pq vc o internou, interna-lo é o processo que vai levar tempo, não adianta vc tirar a droga do bolso do seu filho, tem que tirar de dentro dele e retira-lo da dependência dá trabalho, mas a gente so tira a dependência a partir do momento que vivemos a disciplina diária. Cristão não nasce de cesariana, já falei isso, na cesariana o medico corta a barriga e retira a criança, a criança não tem trabalho nenhum pra nascer, agora no parto normal é sofrimento para a criança, para a mãe, para o medico, para essa vida nova pascal, cristão não nasce de cesariana não, o nosso parto é sempre doloroso, é sempre processual, ele vai devagar, mas qdo a criança nasce a mãe fica mto mais saudável. O processo é assim, mtas vezes desistimos da nossa conversão como uma cesariana, não é assim, é o processo que faz chegar, e o tempo todo estamos em processo, alias deveríamos andar com uma placa né? "desculpe o transtorno estou em obras" (rsrsrs), estes transtornos é o seu processo de adequação, qdo é que vc esta em transtorno? qdo vc esta inadequado: "eu não quero mais viver daquele jeito, mas tb não sei viver de um jeito novo", daí vc vai buscado um equilíbrio. Da mesma maneira qdo eu me converti, minha conversão foi tardia, eu fiquei uma pessoa chata, desagradável, Pe. Leo me chamou atenção, disse que eu era mais legal antes da conversão, e ele me disse: "cuidado, a religião esta te fazendo mal, você está menos amigo dos seus amigos por causa de Deus, está menos paciente, se vc quiser ser um padre bom terá que ser paciente com seus limites"...
Mas como eu não era paciente naquele tempo eu jogava toda minha projeção nos outros, pq eu via nos outros o que eu não gostava de ver em mim, então qdo eu assumo os meus limites, vou começando a viver o processo de superação, e conversão é isso. Então, pode ser que vc mandou seu filho para o acampamento e não aconteceu nada com ele, aos seus olhos, pq no coração dele mtas coisas podem estar sendo mudadas, qdo vc olha para a terra semeada e não vê a semente brotando você pensa que não deu certo, calma, a semente precisa de um tempo pra frutificar... o acampamento pode ser um chuva rápida, uma chuva mais demorada, não importa o tempo, importa o processo, a nossa vida pode ser mto mais leve, a gente que torna pesada demais, mtas vezes o nosso olhar e mto pessimista, mtas vezes olhamos pras coisas e só vemos o que é errado, tenha paciência, seja mais calmo ao olhar aquela pessoa que vc acha que não muda nada, muda sim, muita coisa esta sendo modificada, modificada, mas a gente não enxerga pq o nosso olhar ainda e pessimista, e nem é o outro que precisa mudar não, é o nosso jeito de olhar pra ele que precisa ser modificado.

---------- (continua...) ----------


Última edição por Michelli_Brainer em Sex Maio 15, 2009 6:51 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: Re: PROGRAMA DE 2009   Sex Maio 15, 2009 6:48 pm

Pe. Fabio recebeu um email de uma pessoa que se sente muito irritada e magoa as pessoas que ama... Pe. Fabio respondeu que a raiva nasce das nossas expectativas, ficamos irritados pq criamos expectativas em torno das realidades e como a gente espera que seja assim, em geral a vida nos decepciona pq as nossas expectativas são altas demais, o excesso de expectativas e a falta de simplicidade na vida, qdo a gente percebe que a simplicidade é um caminho seguro pq indica pra algo que pode ser, não é viver ser sonho, mas ser mais realista com aquilo que a vida pode ser, sem projetar demais, sinto raiva do outro pq esperamos que ele seja como eu projetei, a gente projeta em cima do outro necessidades nossas que provocam em nos, a raiva a ira, nos emburrece, cada vez que ficamos mto irritado perdemos a capacidade de ser racional, falamos bobagem, magoamos, machucamos, então controlar a raiva é ser mais humilde, o mundo não é do jeito que eu quero, e qdo permitimos que as pessoas sejam elas mesmas sem projeções a gente se irrita mesmo, agora nós nos irritamos mto por causa do estilo de vida que nós temos, qdo eu era criança as luzes em casa eram desligadas mais cedo, então a gente dormia mais... pode observar que nossas casas são cada vez mais iluminadas, se vc esta num lugar mto estimulado por luzes, muita televisão, tela de computador, muita luz acesa dormimos menos, quem dorme menos ao final de uma semana é bem provável que vc esteja com uma irritabilidade bem maior, é aspecto biológico, dormimos menos, e não damos ao corpo o devido descanso prejudicando a qualidade das nossas relações. Qdo a sua vida é saudável, vc come certo, dorme certo vc fica melhor pra lidar com o outro, o corpo é programado, dê a ele estimulo que ele lhe responde, a vida é assim, é fácil dizer que esta irritado, é fácil justificar que machucou o outro pq esta irritado, vamos parar com respostas simples, ta irritado demais? da uma olhada na sua vida, o seu jeito de viver ta favorecendo ou não, "a raiva nos deixa burros, com raiva perdemos tudo", qdo eu to em processo de trabalho eu faço de tudo pra dormir logo, pra dar conta de no outro dia ter qualidade pra evangelizar, a vida é assim ou a gente se disciplina ou não nos damos conta do que vamos fazer, mude a sua rotina pra melhorar a qualidade da sua vida.

Pe. Fabio recebeu um email de uma mãe que o filho ira estudar fora... Pe. Fabio respondeu que deixa ir embora, essa síndrome toda mãe tem, processo de separação é doloroso, mas não há crescimento sem dor, filho tem que voar, Pe. Zezinho tem uma musica chamada “Águia Pequena”, é mto sábio, tem uma capacidade imensa de trazer metáforas, se a águia fica grudada na mãe ela nunca vai voar, essa dependência afetiva é mto prejudicial na vida dos filhos, perceba que depois que ele saiu da sua barriga ele é um outro ser, ta separado e a partir de agora a ligação é outra, o filho cresce precisa tomar seu rumo e precisamos viver esse projeto, ser livre dá trabalho, não é brincadeira.

Pe. Fabio recebeu um email questionando um trecho do livro: “Quem Me Roubou de Mim”, da pagina 39... pois a pessoa não entendeu... Pe. Fabio explicou que cada vez que vivemos uma experiência religiosa e percebemos que a fé nos tirou do chão, mas não devolveu a realidade, é a fé que coloca na esperança de tudo que vai acontecer, mas não lhe leva a lugar algum, a melhor forma de preparar a alegria de receber uma visita é cuidar do espaço que vai receber a visita, e seqüestro da subjetividade é limitar a uma pratica pastoral, e o contrario tb é mto perigoso, só tem Deus e não tem o trabalho humano, a religião verdadeira é aquela que nos faz cuidar do hoje e nos projetar no tempo, se vc tem a pretensão de olhar pro céu sem perceber as realidades da terra vc pode estar em cativeiro, todos nos precisamos de esperanças futuras, mtas vezes a nossa religião é um rompimento de preceitos, isso é sequestro, mtas pessoas deixaram de ser feliz por obrigação, qtas pessoas foram na missa por obrigação, a religião não pode ser apenas um cumprimento de preceitos, preceitos cumpridos não mudam nada, o que faz a diferença é que aquilo que a gente celebra muda o jeito de ser, não basta comungar, qdo eu estou em comunhão com Cristo, eu estou em comunhão com meu irmão, por isso Jesus dizia antes de ofertar o sacrifico no altar, vai se reconciliar com seu irmão, por isso temos que fazer cair por terra toda a hipocrisia religiosa, se a eucaristia que vc comunga não lhe compromete pra ir pedir perdão pelos erros que vc faz, vc precisa questionar a qualidade da sua eucaristia, não tem como levantar os braços pro céu, dizer que Deus é maravilhoso, se ele não é maravilhoso na sua atitude, o que adianta louvar a Deus se dp a vida não é rendição de louvor, e como rendo louvor? Qdo eu ajudo alguém que precisa, qdo eu não sou indiferente ao meu irmão, qdo doou o meu tempo, minha atenção, a minha eucaristia, que eu celebro, não pode ser apenas expressão de um preceito, é mto mais que isso, pq isso não salva, obrigação não salva de nada. O que salva é o que repercute do acontecimento, eu saio da missa mas saio transformado, como posso dizer que amo Jesus se não sou capaz de perceber as necessidades dEle nas pessoas que estão ao meu lado, é bonito vc pensar que a confissão te compromete a confessar com os outros, e que a absolvição se estende no momento que sua prática com as pessoas for amorosa, eu to ali, recebo o perdão de Deus através do padre mas não sou capaz de perdoar pequenas coisas, qta contradição, qdo eu coloco o pão e o vinho pra transformar em corpo e sangue, o pão e o vinho é vida, no pão esta minha dor, seu ciúme, sua magoa, seu desafeto, no vinho estão todos os significados das lutas humanas, mas aquilo tudo é transformado em Cristo, a eucaristia celebra para me devolver diferente, eu sou colocado no pão e no vinho e dp devolvido sobre forma de Cristo, a sua vida esta dentro daquele vinho, é vc que será transformado, não é somente o pão em corpo, o vinho em sangue, é a transformação do humano em divino, é vc ali no altar, é fruto do trabalho humano sendo oferecido como corpo e sangue de Cristo, o pão que se transforma em corpo de Cristo sou eu Fabio, limitado, machucado pelo pecado, transformado em Cristo e colocado no mundo, Carlos Drummond escutou um anjo dizendo, vai ser esquerdo, vai ser do contrário, nós qdo comungamos, ouvimos um outro anjo dizendo, vai ser Cristo na vida, pra que aquele corpo se transforme em vc, e vc se transforme nele, é comunhão, partes que se encontram para juntos transformar em vida, é isso que eu quis falar no livro... e hj tenho a possibilidade de lhe convidar a abrir esses cativeiros, religião é mto mais que preceitos, religião é um convite pra que a gente se transforme naquilo que Deus é, Amor, bondade, caridade, fé, esperança, perdão, reconciliação, e o mundo conhecera a Deus, a medida que nós nos representarmos NELE.

BÊNÇÃO FINAL
----------------

Agradecimentos Especiais à Lika - COmunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA 28/05/2009   Seg Jun 29, 2009 11:47 pm

RESUMO DO PROGRAMA - 28/05/09


Música: AO CORAÇÃO

Pe. Fabio começou o programa cantando a música: “Ao Coração“ e toda vez que a gente erra, ou a gente se perde nele, ou encara com simplicidade pra poder continuar a vida, qtas vezes na vida a gente esquece coisas essenciais, por isso que Deus nos ajuda a lembrar o que a gente ta esquecendo, coisas que as vezes são importantes pra nos e na correria esquecemos, hj enqto a gente vinha pra ca, eu la no silencio do meu coração, pensando em td que Deus me permitiu viver esses dias, e hj eu tava pensando o qto é importante a gente viver a reconciliação diária, todos os dias eu preciso me reconciliar comigo mesmo, pq as vezes o cotidiano nos dispersa, a gente precisa viver essa busca, qdo cheguei na minha casa, depois de 20 dias longe, a sensação é mto boa, o sorriso da Teka que trabalha comigo, o abraço, o qto isso nos costura, nos faz ser inteiros novamente, e o evangelho trabalha isso, o filho que vai embora e depois retorna, experimentamos isso o tempo todo, e hj pensando o qto é necessário fazer esse voltar pra casa um recomeço, não e possível viver sem estar na dinâmica do recomeço, o grande desafio é trabalhar a reconciliação pra que a gente faz nosso coração ser amigo da gente, qdo a gente esquece do que é essencial a gente enche ele de situações que não são favoráveis, todo dia nos precisamos fazer as pazes com o coração da gente, hj mesmo vc viveu tanta coisa que te fez mal, é natural, a vida humana é assim por causa das realidades que encontramos, e como fica seu coração diante de tantas dificuldades, ai vc descobre que precisa colocar o coração em ordem, vc já ouviu falar que o coração nos adoece? O coração tem o poder de adoecer, ele é metáfora de tudo que permitimos dentro de nos, é ele o lugar onde joga as energias, informações para o resto da vida, para o que somos nós, uma leitura que eu faço, um gesto que eu recebo, uma palavra que eu escuto, tudo isso faz com que nosso coração se transforme em nosso amigo ou inimigo,
é a historia do combustível adulterado que faz mal para o carro, qtas vezes absorvemos realidades ruins que vão prejudicar a nossa vida, da msm forma que uma gasolina pode prejudicar um veiculo, mas no veiculo temos o filtro ne? E onde esta o nosso filtro espiritual? Vc já pensou qto na vida a gente deixou de filtrar o que ia entrar na nossa vida? Isso é conversão, essa musica fala de um jeito bonito, do coração pedindo o direito de ser humano pra que ele possa ser divino, não levar para a cama os desencantos, nosso travesseiro não precisa ser o lugar do peso do dia-a-dia, eu faço as pazes comigo mesmo, começamos ser infelizes qdo vamos acumulando inimizades dentro de nós, qdo não sabemos o que fazer com o pecado de cada dia é preciso filtrar, Jesus é esse filtro, é através dele que passa td o que eu permito que fique dentro de mim, nós não nos purificamos por nós mesmos, o esforço humano só tem sentido pq há uma graça nos motivando, viver na graça é viver na purificação, hj só vou permitir que sobreviva dentro de mim o que é bom, o bom cristão é aquele que esta o tempo todo pra que as impurezas do mundo de hj não venham morar dentro de nos, não temos como acabar com as impurezas do mundo, mas eu posso evitar que ela venha morar dentro de mim, tem um ditado que diz: “não posso evitar que os pombos voem sobre minha cabeça, mas eu posso evitar que eles façam ninho sobre mim”, assim como Jesus nos ensinou nas escolhas dele, a passagem diz: “Jesus passou pelo mundo somente fazendo o bem”, e é isso que vai fazer a diferença, qdo nós começarmos a viver na mesma perspectiva, queremos viver para fazer o bem!


Pe. Fabio leu um email sobre espiritualidade, se aprende ou já nascemos com esse dom... Pe. Fabio respondeu que a espiritualidade é um formato do nosso jeito de viver a fé, ela vai estar de acordo com seu jeito de ser, por isso temos diversas espiritualidades dentro da igreja, temos uma só fé, cremos nas mesmas verdades, a fé é um dom, e a espiritualidade é a partir do meu jeito de ser, que me ajuda a viver a fé, é mta comunhão, se todos nos recebemos de Deus o dom de NELE acreditar, estamos em comunhão, e qto mais mergulhamos na crença, maior é a fé, crer em Deus é vc de alguma forma estar conectada com a humanidade, é impossível falar de ateísmo hj, pq ate mesmo os ateus acreditam em mtas coisas, e ter fé, é tb vc ter fé no outro, então fé todo mundo tem, pode não ter em Deus, criador de todas as realidades, mas tem fé em algo, por exemplo a espiritualidade são formas que as pessoas vão descobrindo, carismas diferenciados, colocados como opção pra viver e experimentar a fé, e o bonito disso é que não precisamos ser iguais, alguns anos atrás eu vi um amigo e percebia que ele não se envolvia aqui na canção nova, ate que um dia ele me confessou que se sentia inferior, pq não conseguia acreditar da forma que tínhamos fé, e ali estava um conflito, ele tem fé em Deus, mas não se identificava com a renovação carismática, então eu disse pra ele, não tenha medo, ng vai te desprezar por isso, vc não é melhor nem pior, vc é diferente, a responsabilidade esta em buscar uma espiritualidade que sustente,
eu confesso pra vcs que minha espiritualidade não é mto formal, ela é diluída no cotidiano, eu não preciso estar dentro da igreja pra fazer uma experiência de Deus, não preciso estar no grupo de jovem, eu o tempo todo eu estou experimentando Deus, desde criança eu descobri na beleza literária um recurso pra elevar minha alma, aquilo que me retira da condição adâmica e me faz chegar perto do Cristo, eu não tenho problema em identificar no profano um motivo sagrado, eu não sou melhor que ng, eu sou diferente, e assumir essa identidade é importante pra que a gente não fique se julgando, olha pro outro vê ele manifestar de um jeito bonito, e pensa eu não creio daquele jeito, mas não e assim, cada um manifesta de um jeito, a igreja é mto rica, existe um lugar pra td mundo dentro da igreja, e eu tenho estado em tantos lugares diferentes, e são tão sensíveis a bondade, pessoas de bem, que trabalham pela bondade no mundo, então Deus já esta presente ali, o bonito é descobrir isso, Deus vaza em todo lugar, o sagrado esta em todo canto, a vida é sagrada, dp da encarnação nada mais é profano e a gente precisa ampliar nossa mentalidade pra que possamos pensar assim, o rio é sagrado, eu identifico na água a sacralidade de Deus, isso é espiritualidade evoluída, eu ver no rio a presença do Cristo, ver na mata a presença do Cristo, e preservá-las pq eu quero que o Cristo permaneça, vc já pensou como nosso discurso religioso já foi mto moral, e não pode ser assim, o ser humano precisa de reflexão, é o nosso Deus presente em toda realidade criada, veja no tempo que estamos vivendo, mtas vezes não reconhecemos Deus no outro, nós somos violentos com o outro, no Deus que esta presente no humano, qdo alguém desrespeita sua humanidade ele esta negligenciando o sagrado que esta nele, qdo eu atento ao que é sagrado, eu não tenho como esvaziar o significado do outro,
a Bíblia é sagrada, a inspiração é divina, mas foram mãos humanas que escreveram, agora pq ela continua sagrada? Pq ela não coube no tempo, Deus continua passando por meio daquelas palavras, é o sagrado sendo estendido no tempo, assim como estendemos uma toalha branca sobre a mesa pra alguém que a gente ama, é sagrado, colocamos a melhor mesa, o banquete será agradável a medida da qualidade do amor que sentimos uns pelos outros, é saber que o sagrado esta em tudo, eu só preciso reconhecer essa santidade e viver com respeito tudo aquilo que esta criado e que a gente banaliza com tanta facilidade.

Lançamento do DVD, EU E O TEMPO no Credicard Hall em SP, dias 5,6,7 de Junho.


Pe. Fabio se Jesus é nosso irmão, pq é filho de Deus, pq no Creio fala que Jesus seu único filho? Pe. Fabio respondeu que a nossa filiação, Jesus é o filho único de Deus, mas no momento que somos batizados, somos mergulhados na filiação, somos filhos adotivos, um amor de predileção, adotar um filho, é vc não ter obrigação de ser pai, mas eu quero ser seu pai, o filho adotivo sabe que não nasceu de uma obrigação, é um amor de predileção, eu fui atrás, eu lhe busquei, por isso que nossa adoção vem de Jesus, ele legitima a presença da trindade no mundo, então qdo eu sou batizado e entro no mistério, eu vivo a predileção de Deus em seu filho Jesus, não é um amor de segunda grandeza, vamos compreender no sentido humano, um amor de predileção, por isso vivemos essa realidade... e a outra pergunta é pq a igreja é contra a camisinha? E meu filho não vou entrar no mérito dessa questão pq a camisinha é mto ampla, eu fui entrevistado pela Marilia Gabriela, ela é mto inteligente, e num determinado momento eu mostrei um aspecto da igreja que ela desconhecia, e ela disse se eu era a favor da camisinha, ai eu expliquei que o problema é mto mais que pode ou não pode, isso é reduzido, o que nós não podemos desconsiderar é que qdo eu digo não, ou pode, estamos escondendo uma serie de questões, a camisinha protege de mtas doenças, sabemos disso, embora mtas doenças podem acontecer mesmo usando, ela tem eficácia mas não garante, agora qdo nos falamos em camisinha, a igreja esta mais preocupada em proteger a pessoa, em viver uma sexualidade que não esta favorável, ela não pode ser uma porta pra perdermos o valor que temos como pessoa,
eu disse isso uma vez, uma camisinha pode ate proteger de pegar AIDS, mas não protege dela se sentir uma prostituta, pq ela não alcança o mais profundo como pessoa, sobre tudo no mundo de hj que esta todo mundo tão envolvido nesse sensualismo que esta nas nossas TVs, a afetividade é mto mais que sexualidade, ela faz parte, e viver bem é saudável pq a partir da sexualidade, uma pessoa pode se sentir amada, a igreja não se opõe ao sexo, ela se opõe a banalização que o sexo pode proporcionar, por isso cada caso é um caso particular e precisa ser analisado particularmente, agora ficar na televisão dizendo pode ou não pode é redutor, sem reflexão não é possível, o Cristianismo precisa ser reflexão que nos leve a totalidade das coisas, é mto injusto com a nossa juventude, com a nossa sociedade, é mto mais do que isso, o sexo tem gerado mto mais infelicidades do que felicidade, é impressionante o qto as mulheres se sentem usadas pelos seus maridos, pq o sexo será santo a partir do momento que os cônjuges se amam, se respeitam, não é apenas a satisfação de um desejo temporário, se sexo fosse sinônimo de felicidade as prostitutas seriam as pessoas mais felizes do mundo, e não são, principalmente no final da vida, qdo olham pra todos os homens que teve, se na velhice não estamos amparados com pessoas que nos amam, a vida é insuportável. ]


Pe. Fabio como saber se estamos fazendo a vontade de Deus, tomei uma decisão e estou com medo... Meu filho Deus fala com a gente através do bom senso, eu olho pra uma situação e descubro que o melhor a ser feito é isso, e como eu confirmo? Através de pessoas sabias que procuramos, e é mto bom a gente ter pessoas que temos essa confiança em contar, confiar, agora nunca coloque o parâmetro de decisão para uma pessoa apenas, cuidado, pq as vezes vc ta naquela correria danada, e na pressa não temos como dar um conselho sábio, então é melhor ter a convicção que Deus falará a partir de um bom senso, Deus me quer agindo assim, estabeleço um projeto e converso com pessoas que me amam, que me ajudam no caminho, fazendo a vontade de Deus em nossa vida.

Pe. Fabio a palavra de Deus diz que não devemos adorar outros Deuses, como fica a adoração as imagens? Pe. Fabio diz que o que faz parte da cultura popular é a veneração dos Santos, eu olho pra vida de Sta. Terezinha e venero, não é o barro, é a pessoa, se eu tenho uma imagem dentro da igreja, ela vai me recordar aquele que viveu com radicalidade o evangelho, Sta. Terezinha trabalha a pequenez, ela não era pequena, ela era vaidosa e buscou nesse caminho um jeito de buscar a Deus. Não é a imagem que vai modificar algo em mim, é o que ela me recorda, um modelo humano, alguém como eu, que soube viver o que Jesus deixou, reconciliou-se consigo mesmo, fez seu coração bater a seu favor, pq coração que não bate apanha ne, ele tem que bater pra levar pra frente, buscar na experiência humana um caminho pra chegar a Jesus. A espiritualidade ela manifesta de forma diferente, eu vivo a comunhão dos santos, mas meus olhos estão presos em Jesus, ela viveu de maneira bonita o caminho dela, e eu admiro isso, mas eu to preso em Jesus, qdo a imagem esta mais importante que o que ela nos indica, ai é uma idolatria, eu vejo isso com a gente, qtos vão ao evento pq querem encontrar a mim, isso cansa, isso adoece, nos mata, “eu não sou o caminho, eu sou uma seta que indica o caminho”, não é pra isso que trabalhamos, se o trabalho nos destaca temos que viver com responsabilidade, não queira ser como eu, sou cheio de defeitos, eu posso decepcionar, mas mantenha seus olhos em Jesus, vivendo cada um a seu modo, buscando essa mesma fé, mas em caminhos diferentes.

Obrigado, eu desejo que seu coração hj acelere pra vc ser melhor, que ele seja amigo no dia de hj a partir de tudo aquilo que ele nos convida a viver.
Benção final...

Deus abençoe a todos.

------------------

Agradecimentos Especiais à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PROGRAMA DE 2009   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PROGRAMA DE 2009
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A Voz da Profecia: o mais antigo programa cristão de rádio do Brasil
» Programa de Química
» [RESOLVIDO] (ITA SP/2009) Bola jogada dentro de um elevador
» ENEM 2009 - Equívoco no raciocínio
» Dia da semana do Programa de Ginástica

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Padre Fábio de Melo :: Forum :: Geral :: Programas-
Ir para:  

marcas do eterno - Fabio de Melocriar um fórum | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Assinalar uma queixa | Criar um fórum