Palestras
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Registrar-se
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Chat
Últimos assuntos
» Ajuda Mútua - Uma forma simples de ganhar dinheiro
Ter Maio 22, 2012 2:12 am por Fog

» Os girassóis e nós.
Ter Jan 10, 2012 6:32 am por carine

» Missa Canção Nova 20/111/2010
Seg Nov 22, 2010 2:51 pm por regina

» Não Percam hoje Padre Fábio no programa Todo seu
Sex Nov 19, 2010 2:51 pm por regina

» NOVO LIVRO DE PADRE FABIO!
Qui Nov 18, 2010 3:46 pm por regina

» Programas de 2010
Sab Nov 13, 2010 12:33 pm por regina

» DVD ILUMINAR
Sex Nov 12, 2010 1:27 am por regina

» Show Padre Fábio em Ilhéus dia 05/11/2010
Dom Nov 07, 2010 4:48 pm por regina

» Show em Aparecida 10/2010
Sex Out 15, 2010 12:23 am por regina

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Patrocinadores
Musica

marcas do eterno - Fabio de Melo

Compartilhe | 
 

 "Não sou perfeito. Sou só um homem que desejou ser padre. E sou."

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: "Não sou perfeito. Sou só um homem que desejou ser padre. E sou."   Seg Ago 04, 2008 11:56 pm

"Eu não sou perfeito. Sou só um homem que desejou ser padre. E sou."

(Pe. Fábio de Melo)



Fábio José de Melo Silva, natural de Formiga – MG, nasceu no dia 4 de abril de 1971, da união de Dorinato Bias Silva e de Ana Maria de Melo Silva. Tendo os irmãos Vicente, Lourdes, Cida, Zita, Geraldo, Camilo e Heloísa.
Após dezesseis anos de estudos e formação seminarística, recebeu no dia 15 de dezembro de 2001, das mãos de Dom Alberto Tavera, bispo de Palmas – TO, a ordenação sacerdotal, na igreja Matriz de São Vicente Férrer, em Formiga, sul de Minas, sua terra natal.
Padre Fábio de Melo faz questão de ressaltar que tudo que escreve e faz é naturalmente evangélico.
Ainda criança, descobriu seu dom e tratou de conduzi-lo à causa humanística, colocando seu talento de cantor e de compositor a serviço de Deus.
Suas composições são poesias que trazem a linguagem da sensibilidade, com uma roupagem moderna e com ritmos bem atuais.
A mensagem de Jesus Cristo é o viés de suas composições.
Com total apoio da família e tendo como referencial Padre Zezinho SCJ, precursor dos padres cantores desde a década de 60, Padre Fábio de Melo lançou seu primeiro CD ainda no tempo de seminário, em 1997, com o título "De Deus um Cantador".
Padre Fábio de Melo consolida-se cada vez mais como um dos atuais pilares da música católica religiosa.
Ao receber a ordenação diaconal, compõe "As Estações da Vida", fazendo uma analogia às estações do ano e o processo de aproximação do ser humano com Deus.
Já ordenado padre, em 2003, traz ao mercado o seu mais novo trabalho, "Marcas do Eterno". Em seguida "Saudades do Céu", com a participação de diversos artistas católicos, reunindo os cantores de sua congregação, como Padre Zezinho e Padre Joãozinho que colocaram no CD "Canta Coração", um tributo ao Sagrado Coração de Jesus.
O jovem Padre Fábio de Melo concluiu seu mestrado em teologia sistemática e reflete neste CD seus últimos estudos em antropologia teológica sobre "o cotidiano como lugar de revelação".
Segundo ele, "viver é deixar e receber marcas, já que todas as experiências da vida, sejam alegres ou tristes, sempre deixam marcas em nós".
A faixa que empresta o nome ao CD "Marcas do Eterno", é uma música que fala de maneira muito específica do modo consagrado de viver, que pode ser o de qualquer pessoa que tem uma religião e se relaciona com o transcendente de maneira espiritualista, descobrindo-se como um "lugar de dignidade" ou "como um solo sagrado".
Teve grande influência na sua vida seminarista, o Padre Maurício Leão que o levou para o seminário de Lavras, e sua tia Ló. Na sua vida sacerdotal e espiritual tem como referência, além do Padre Zezinho e do Padre Joãozinho, o nosso saudoso Padre Léo.
Estudou o primeiro grau na escola estadual Abílio Machado, em Formiga – MG, o segundo grau no Colégio Nossa Senhora de Lourdes em Lavras – MG e o terceiro grau, em Filosofia, na Fundação Educacional de Brusque, em Santa Catarina.
Formou-se em Teologia na Faculdade Dehoniana, em Taubaté, fez pós-graduação em Educação no Rio de Janeiro e mestrado em Belo Horizonte, junto aos jesuítas, no Instituto Santo Inácio – ISI.
Em seguida, retornou a Taubaté, vindo a lecionar na área de Teologia Fundamental e Sistemática na mesma faculdade em que se havia formado. Hoje está à disposição da Diocese de Taubaté.
Gosta muito de ler, de um bom filme e de teatro. Acha muito importante ter contato com a cultura, e diz sentir que isto interfere no seu modo de pensar e interpretar a vida. O seu livro preferido é "Cem Anos de Solidão" de Gabriel Garcia Marques e sua música preferida é "Luíza" de Tom Jobim. A música preferida, de sua própria autoria, é "Contrários".
Padre Fábio de Melo não teve uma infância muito fácil, mas na letra de sua música, "Contrários" demonstra ter coragem de enfrentar as dificuldades para "virar o jogo":

"Só quem já perdeu na vida sabe o que é ganhar
Porque encontrou na derrota algum motivo para lutar
e assim viu no outono a primavera
Descobriu que é no conflito que a vida faz crescer"


Questionado de como conciliar ser padre, professor, músico e apresentador, Padre Fábio respondeu: "Não acho difícil. Faço tudo na perspectiva do meu sacerdócio. Se dou aula, lido com a teologia a partir da experiência de ser um homem de fé. Ser padre para mim é a minha primeira realidade."

Aqueles que acompanham o Padre Fábio de Melo, sabem que ele se incomoda um pouco quando uma admiradora ou admirador mais exaltado confunde as coisas, misturando o padre com o artista... mas, com a graça de Deus, ele sempre acha um ponto de equilíbrio nesta situação. E a nossa igreja só tem a ganhar com isso!
Sendo "Humano Demais", como diz em uma de suas canções, o nosso Padre Fábio de Melo sempre foi e é centrado na coisas de Deus. Sua vocação artística vem de bem cedo, pois como disse sua amiga Aninha, secretária da paróquia da cidade de Formiga, o Padre Fábio, ainda adolescente, após as missas de domingo, tocava o tempo todo um violão que tinha apenas duas cordas, sentado nos bancos da praça da matriz.
Sua vocação sacerdotal começou desde o seu primeiro ano escolar. Como disse a sua mãe, dona Ana, ele era uma criança muito especial e desde pequeno ela já sabia que ele seria "um homem de deus", pois pedia a ela que ao encapar seus cadernos colocasse estampas com a figura de Jesus. Ele gostava das figuras de Jesus como "bom pastor", "Jesus batendo na porta" e especialmente do "Sagrado Coração de Jesus", que ele na sua inocência de criança, dizia que era "o Jesus com o coração bonito do lado de fora".

Padre Fábio de Melo hoje apresenta o programa Direção Espiritual, transmitido pela TV Canção Nova, às quintas-feiras – 22:30h.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
"Não sou perfeito. Sou só um homem que desejou ser padre. E sou."
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» "E Deus continua sussurrando: "Não desista, o MELHOR ainda está por vir..."
» "Krokodil" – Uma nova droga que assola a Rússia - os efeitos parecem coisas de "zumbis"
» " A SOBERBA PRECEDE A RUÍNA, A ALTIVEZ DE ESPÍRITO PRECEDE A QUEDA"
» "Tem bom ânimo, filha(o), a tua fé te salvou; vai em paz."
» Polinômio - (cubo perfeito)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Padre Fábio de Melo :: A essência de tudo-
Ir para:  

marcas do eterno - Fabio de Melocriar um fórum | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Assinalar uma queixa | Criar um fórum