Palestras
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Login  
Login
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Registrar-se
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Chat
Últimos assuntos
» Ajuda Mútua - Uma forma simples de ganhar dinheiro
Ter Maio 22, 2012 2:12 am por Fog

» Os girassóis e nós.
Ter Jan 10, 2012 6:32 am por carine

» Missa Canção Nova 20/111/2010
Seg Nov 22, 2010 2:51 pm por regina

» Não Percam hoje Padre Fábio no programa Todo seu
Sex Nov 19, 2010 2:51 pm por regina

» NOVO LIVRO DE PADRE FABIO!
Qui Nov 18, 2010 3:46 pm por regina

» Programas de 2010
Sab Nov 13, 2010 12:33 pm por regina

» DVD ILUMINAR
Sex Nov 12, 2010 1:27 am por regina

» Show Padre Fábio em Ilhéus dia 05/11/2010
Dom Nov 07, 2010 4:48 pm por regina

» Show em Aparecida 10/2010
Sex Out 15, 2010 12:23 am por regina

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Patrocinadores
Musica

marcas do eterno - Fabio de Melo
Compartilhe | 
 

 Resumo a obra literária "Quem me roubou de mim?"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
regina
Admin


Mensagens: 981
Data de inscrição: 04/08/2008

MensagemAssunto: Resumo a obra literária "Quem me roubou de mim?"   Ter Ago 05, 2008 5:29 am

RESUMO A OBRA LITERÁRIA “QUEM ME ROUBOU DE MIM?”


APRESENTAÇÃO


Este livro não é um ensaio teológico. Também não é um tratado de antropologia especializada. É apenas a satisfação de um desejo simples, menor. Desejo de expor o assombro que tenho experimentado ao ver as dores do mundo, os calvários da humanidade.
O seqüestro da subjetividade é um acontecimento que atenta diretamente contra o primeiro aspecto deste processo: “ a disposição de si.”
Toda relação que priva o sr humano de sua disposição de si, de sua pertença, ou seja, a capacidade de administrar a própria vida, de alguma forma caracteriza-se como “seqüestro da subjetividade”.
O seqüestro do corpo é uma forma de roubo. Alguém foi materialmente levado de seu meio.
Paralelo ao seqüestro da materialidade, colocaremos a questão do seqüestro da subjetividade, uma espécie de roubo que não é material, não possui cativeiros materiais, localizados, e que pode ter início nas relações que estabelecemos.
A partir dessa forma de seqüestro nasce o mal-estar psicológico, o sofrimento que não tem localidade no corpo, mas possui o poder de adoece-lo.
É importante salientar que aqui a reflexão está amparada nos princípios evangélicos. O porto do qual partimos é a experiência concreta de Jesus e sua palavra, capaz de promover a vida e a liberdade necessária para bem vive-la.
O contexto da palavra de Jesus é o simbólico. Simbólico é a realidade que estabelece pontes, gera entendimento e superação.
Relações simbólicas são aquelas que nos permitem o crescimento e a superação de nossos limites porque são capazes de estabelecer pontes que nos permitem travessias.
Este livro quer ser simbólico, porque está comprometido com o desejo de lhe fazer bem..
Onde houver um ser humano realizado, nele Deus estará revelado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
 

Resumo a obra literária "Quem me roubou de mim?"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Um "Nibble"?
» Resumo em língua vernácula
» Quem são os Israelitas Nazarenos?
» Quem me pode ajudar?
» a quem possa oferecer roupa de menino/ bebe

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Padre Fábio de Melo ::  ::  :: -

marcas do eterno - Fabio de Melocriar um fórum | Ciências & Conhecimento | Liceos | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Assinalar uma queixa | Hospedagem de fórums