Palestras
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Registrar-se
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Chat
Últimos assuntos
» Ajuda Mútua - Uma forma simples de ganhar dinheiro
Ter Maio 22, 2012 2:12 am por Fog

» Os girassóis e nós.
Ter Jan 10, 2012 6:32 am por carine

» Missa Canção Nova 20/111/2010
Seg Nov 22, 2010 2:51 pm por regina

» Não Percam hoje Padre Fábio no programa Todo seu
Sex Nov 19, 2010 2:51 pm por regina

» NOVO LIVRO DE PADRE FABIO!
Qui Nov 18, 2010 3:46 pm por regina

» Programas de 2010
Sab Nov 13, 2010 12:33 pm por regina

» DVD ILUMINAR
Sex Nov 12, 2010 1:27 am por regina

» Show Padre Fábio em Ilhéus dia 05/11/2010
Dom Nov 07, 2010 4:48 pm por regina

» Show em Aparecida 10/2010
Sex Out 15, 2010 12:23 am por regina

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Patrocinadores
Musica

marcas do eterno - Fabio de Melo

Compartilhe | 
 

 PROGRAMA DE 2008

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 11/09/2008 COMUNIDADE CONTRÁRIOS   Sex Set 12, 2008 3:38 pm

RESUMO DO PROGRAMA 11/09/08

Música: Vida

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Vida” e há uma frase nessa musica que eu gosto mto, ela nos diz que nos becos, nos lugares onde a gente não vê, a sempre alguém querendo uma esperança pra sobreviver, são estatísticas monstruosas, pessoas perdem a vida a cada segundo por causa da violência, estamos assistindo todos assustados as ultimas noticias sobre os dois garotos que foram assassinados pelos próprios pais, e antes de vir pra ca ouvi que um deles não queriam voltar pra casa pq era judiados, e a juíza cumpriu a lei, se tem pai ou mãe não pode ficar em abrigo, ainda que essa lei seja cega, não basta ter pai esperando em casa, tem que ter qualidade aquele que espera, foi o tempo que pai e mãe era segurança para os filhos, estamos vendo historias absurdas onde o principal agressor é o pai ou a mãe, não acredito que possa haver um ser humano insensível e não se perguntar, que sociedade é essa que estamos construindo pra deixar como herança, onde o pai é capaz de esquartejar, que não é capaz de tomar a defesa, de retirar a criança das mãos violentas de uma madrasta, ou de alguém que é agredido, eu fico pensando minha gente, que essa dosagem imensa que toma conta dos noticiários nos atinge, vc tb espera seu filho em casa e eu não sei o papel que vc representa na vida daquele que vc trouxe ao mundo, um alerta fica pra cada pessoa de bem que não fica indiferente a morte dessas duas crianças, que nos precisamos fazer alguma coisa, que nos precisamos nos mobilizar pra que esse mundo não continue sendo palco de tantas atrocidades, essa vida precisa se cuidada, nos precisamos escolher melhor o que a gente traz pra ela, 23:35
eu sei que na experiência de amar e ser amado mtas vezes não pensamos, mas seria bom que vc olhasse seus filhos, aquele que vc pois no mundo, e pensasse na sua qualidade como ser humano, que isso não sirva de culpa, peso, pq qdo pensamos caímos na tentação de pensar no que não fizemos de certo, não faça isso, pois pode ser que não sejamos capazes de esquartejar um filho, mas pequenas violências começam aos poucos, vamos modificar o jeito que nos olhamos pros nossos filhos, pra nossa família, pra tudo aquilo que a gente ama.

Pe. Fabio leu um email com grandes agradecimentos a sua pessoa e ao novo livro, (fez uma pausa) e disse que escrever o livro Mulheres de Aço e de Flores foi mto bom, nasceu de grandes observações, que cada vez que se aproxima do universo feminino a gente cresce mto, e que leu um artigo dizendo que diante da perda de um filho é grande a estatística de casais que se separam, que o pai sofre mto a perda de um filho, e a mulher tem um jeito diferente de sentir, a ligação da mulher com o filho é mto diferente, vc aloja o ser humano dentro de vc por 9 meses, vc é como o livro fala, Deus em pequenas medidas, pensar nessa particularidade da mulher e mto bonito, a gente como homem cresce mto qdo se deixa tocar pelo jeito como a mulher lida com os fatos, a mulher tem a necessidade de discutir o que sente, investigam o que sente, e o livro é essa proposta.. e continuando o email, questionou sobre a fé na igreja e pe. Fabio respondeu que a fé em Jesus passa pela fé na igreja, pq a igreja legitima o Jesus na historia, o que é a realidade material perto de td que é eterno, a matéria passa, será que podemos dizer que a igreja passa, que esta igreja é temporária? O caráter humano dela é, não é temporário na igreja a presença do Cristo, o que é divino na igreja não morre...
O erro esta em prender a nossa fé no que e humano, tudo que é humano precisa ser relativo, eu não posso como padre ser absoluto, eu sou relativo, eu posso perder minha pastoral, mas a dimensão sacral da igreja isso não passa, pq eu sou batizado, crismado, eu participo dessa igreja, qtas pessoas imaturas no momento em que estudam perdem a fé, aquele tempo da igreja não condensa tudo que a igreja é, a igreja é santa e se eu me perco no pecado eu não posso seguir Jesus, nós não podemos seguir a pessoa, nos temos que seguir a Jesus, as vezes ouvimos mto, padre eu sai da igreja pq não gostava do padre, vc tem que avaliar que esta la por Jesus, o padre pode ajudar a caminhada ser melhor, tem gente que deixa de freqüentar lugares pq tem gente hipócrita, não pode, em todo lugar tem gente assim, por isso é honesto da nossa parte a gente se assumir, eu estou dentro da igreja e na igreja eu me converto ao Cristo, eu preciso o tempo todo estar atento ao meu jeito de ser cristão e assim o outro me ajuda Tb, erros vamos cometer sempre, o que não podemos é perder de vista o Cristo, mtos perdem a fé por pouca coisa, tem uma historia interessante: um caçador viu a lebre passando, e ele correu atrás da lebre, qdo ele corria um outro caçador Tb viu e Tb correu atrás, so que tinha um outro caçador que tava tirando um cochilo, qdo ele viu já tava passando o segundo caçador, ai ele pergunta o motivo de estarem correndo, ai se juntaram vários caçadores correndo atrás da lebre, mas quem viu foram apenas os dois primeiros, moral da historia, um tempo depois pararam de correr e só continuou correndo os dois primeiros, pq sabiam o que estavam buscando...
Mtas vezes colocamos nossa fé no pastor, mas se a gente não experimenta a experiência de viver Jesus mudando o jeito de olhar, sentir, me tornar uma pessoa melhor, em pouco tempo eu paro de correr atrás e só chega aquele que viu o senhor, como a historia da samaritana, nos não acreditamos pq vc veio falar dele pra nos, nós acreditamos pq a sua palavra nos tocou, é a mesma historia, mtas vezes a gente quer ver aquele pregador, e não pode, pq um dia aquele pregador por te decepcionar, e se no dia da decepção, sua fé desabar nunca foi fé, a gente não Poe esperança naquilo que a gente não viu, a gente Poe naquilo que a gente vê, através do conhecimento, de sentir os benefícios de Deus na nossa vida, uma pessoa verdadeiramente convertida, ela nunca mais vai ser um problema, pq ela vai descobrir a chave da cura dela, pode ver que as pessoas que nos dão problemas não tem uma grande fé em Deus, pq quem tem, isso não é conversa fiada não, ela busca sempre a sabedoria, ng derruba ela não, Deus só nos melhora, qto mais mergulhamos em Deus, melhor a gente fica, qdo ele entra ele organiza a nossa casa, hj mesmo eu tava dando um pito numa pessoa que eu amo, eu dizia reaja, Deus nos ajuda a fazer, ele não faz por nos, o pai que ama ensina o filho a fazer, não faz por ele...
Pe. Fabio mostrou uma foto de uma garota, a Luisa, que tem 7 aninhos, interessante pq essa menina aos 5 anos de idade me descobriu na televisão, e dizia PE. Fabio de Melo é meu melhor amigo, e a experiência da Luisa trouxe uma transformação mto grande pq a família não era cristã, e isso foi despertando uma conversão na família toda, contagiando a todos, os 6 aninhos da Luisa foi decoração do filho do céu, infelizmente eu não pude ir, mas ela colocou fotos minhas na festa dela, pra que todos pudessem ver quem era o padre Fabio, e no testemunho da mãe dela, foi mto importante pra toda casa o fato da Luisa gostar dele, e fico pensando ne gente o qto um coração de criança pode transformar o mundo, basta olhar devagarzinho pra elas, pq uma criança tem sempre algo a nos dizer, e hj a gente tem alegria de saber que aquele anjinhos de 5 anos, fez uma grande transformação na família, que a menina foi um sinal de Deus na vida deles, que o carinho, a atenção dobrou na vida deles.

Comentou que sábado, a partir das 15 hs, estará no Raul Gil lançando o novo cd
Pe. Fabio pq esses tempos são de tantas inseguranças, inseguranças nas amizades, namoro, casamento, onde as pessoas se descartam com facilidade... Pe. Fabio respondeu que na historia da filosofia nos sempre tivemos grandes questões que norteavam os filósofos, a primeira fase da filosofia no mundo foi a mitologia, logo dp a fase em que os filósofos se ocupam das questões físicas, sobre a origem do universo, então eles se ocupavam, tudo nasceu da água, do fogo, da terra, e tudo girava em um mesmo objetivo, depois veio a idade media, o sagrado toma conta, tudo que se reflete em torno do sagrado, depois a idade moderna, que é a razão, o conhecimento, gente uma das características da pós modernidade é não ter um fator comum, nos outros tempos todo mundo sentava pra conversar sobre um assunto, a pós modernidade não temos um ponto em comum, ta td mto disperso, tem uma expressão do Marx que diz: “ tudo o que e solido desmancha no ar”, ele queria dizer que não há nada que sustenta mais, as pessoas não tem mais as seguranças de antes, antes vc se casava na certeza que ia morrer ao lado do outro, pega as pessoas que viveram la atrás, nos comprávamos uma casa e ali éramos sepultados, morríamos ali, tinha historia naquela rua mora fulano de tal, aquilo era anos e anos a mesma configuração, mudar de cidade era raro, hj as realidades solidas não existem mais, vivemos uma insegurança tamanha, tem um sociólogo polonês que fala sobre os relacionamento liquidos, tem um livro que se chama amor liquido e mostra isso, as pessoas não estabelecem laços duradouros, ela tem a necessidade de ter alguém pra vida inteira, mas qdo percebe que o outro quer, ela foge, é aquela historia, eu não agüento mais isso, a mulherada ta encalhada, e é impressionante, e geralmente terminam do mesmo jeito, vai ficando ficando, ate que começa namorar, ai um belo dia diz, vc é mto especial, mto querida, mulher que todo homem sonhou pra casar, MAS...
... isso é não quer uma pessoa legal, pq se encontrou tudo isso e ta descartando, o que quer então, agora eu pergunto, como vamos curar isso dentro de nos, hj esta td mundo mto instavel, as relações são liquidas, gente vc experimenta isso na sua carne, o qto estamos instáveis, nos estamos nos descartando com mta facilidade, e essa insegurança vem pro campo afetivo, emocional, para sua amizade, pq vc não sabe qto tempo tem as pessoas, tem aquela musica do Oswaldo Monte Negro que é uma facada, “Faça uma lista...” é verdade, pensa, quais são os amigos de dez anos atrás que ainda são de hj? São poucos, cada vez mais nos estamos tendo dificuldade de estabelecer relacionamentos profundos, ah to indo viajar com uma amiga, que amiga? Ah conheci na internet, uma vez teve uma que se casou com um rapaz de Portugal que nunca havia visto, agora eu pergunto, isso gera um mundo virtual, a gente não escreve mais carta, a gente manda email, igual o computador, houve um problema grave no sistema, deseja enviar um relatório? Quem vai ler esse relatório gente? Alguém já mandou e recebeu resposta? É tudo virtual, que coisa mais descompromissada, o mundo virtual é cheio de possibilidades, mas e vazio, no fundo vc ta sozinho, fica ali, o tal do MSN se a gente abusar passa a noite inteira, eu já não faço mais isso, se vc tiver trabalhando vc não trabalha, a vida é virtual, agora te pergunto o qto q isso tudo nos acompanha, amizade virtual, pode haver contatos, mas dizer que é amigo? Amizade é somente depois que comeu um saco de sal junto, depois que conheceu pessoalmente, que encontrou, nós não temos mais vínculos duradouros, nossos vínculos são mto temporários, não descarte as pessoas por poucas coisas, as vezes somos tão práticos com as pessoas, como com os papeis, não serve mais, a gente joga no lixo, se por ventura esse espírito toma conta de nos, a gente precisa mudar, não podemos agir desse jeito.
Pe. Fabio leu outro email, dizendo, tenho medo de Deus, nunca o vi como um pai amoroso, o que posso fazer... e responde que, interessante que a experiência que fazemos de Deus é histórica, depende da maneira como fomos tratados, ela passa pelos nossos conceitos humanos, qdo vc diz pra uma pessoa, Deus é pai, ela vai lembrar o que significa pai pra ela, se eu falo Deus é pedra ela vai se lembrar o que é pedra, vc já imaginou se o pai que esquartejou os dois filhos ele tem mais um? Se ele ouvir que Deus é pai, ele não vai ter boa imagem, pq vai associar ao pai dele, então qdo vc tiver medo de Deus, vc precisa pensar no pq, será q sua experiência de pai não foi boa? No meu caso eu so tenho lembranças do meu pai, embora mtos erros que ele tenha cometido, mas foi um pai amoroso, então as vezes vc precisa corrigir o significado de Deus dentro de vc, a experiência é feita de um Deus que nos causa medo, ou um Deus fascinante, eu prefiro um Deus fascinante, que nos causa alegria, que nos ampara na nossa fraqueza, que nos ampara na nossa dificuldade, e se a sua experiência com seu pai não foi positiva, pense como mãe, somente não passe pela vida carregando a idéia de que Deus não é amor, a interpretação que Jesus faz de Deus é essa, o meu pai é amor, e o mais bonito é reconstruir, redescobrir o que estava escondido, as vezes a vida coloca poeira sobre as coisas, retire, comece a partir de coisas pequenas, comece a se olhar com carinho, esperança, e alimente em vc essa certeza, Deus não desiste de nos, Deus continua acreditando em nos, só quem ama, continua acreditando, continua ESPERANDO, mesmo qdo o outro faz tudo errado.

Benção Final...

Deus abençoe a todos.

Agradecimento especial à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA 18/09/08   Ter Set 23, 2008 2:30 am

RESUMO DO PROGRAMA 18/09/08

Música: Graças Pai
1º Bloco


Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Graças Pai” e repetiu a parte da musica que mais marca, e agradeceu a Deus sobre a amizade, a gente da graças a Deus pq a gente tem amigos, uma das coisas mais preciosas que podemos ter na vida, é alguém a quem a gente confia a nossa vida, que Deus segura nossas mãos por força humana de alguém que esta ao nosso lado, há um documento da igreja que diz que Deus se entretem com seus amigos, é qdo vc não percebe o tempo passar pq esta bem acompanhado, e qdo vivemos algo bom a gente não percebe que o tempo passou, diferente de qdo estamos com alguém não mto agradável que a gente não vê a hora de ir embora, o tempo não passa, a beleza da vida ela se multiplica cada vez que a gente partilha com alguém que a gente ama, se vc quiser multiplicar a vida, vc precisa dividi-la, a multiplicação so acontece se houve a divisão, pode ser contraditório na teoria mas e verdade na pratica, a gente multiplica o que é bom a medida que a gente divide com os outros, o que somos e fazemos so tem sentido se tivermos acompanhados de pessoas que a gente ama, pessoas que somos gratos, dar graças pq vc recebe o que vc não merece, pq o verdadeiro amigo não desiste de nós mesmo qdo nos fazemos tudo errado, e a gente começa assim, agradecendo a Deus, pq mesmo qdo a gente faça tudo errado, mesmo que a gente caia, que a gente peque, ele esta ali pra nos olhar nos olhos, como um amigo faz com a gente, como o documento da revelação da sagrada escritura, que diz que Deus entrou no mistério da vida humana, ama a humanidade e se entretêm com ela, quem sabe hj vc se entretem com Deus, faz a experiência de ficar com Deus algum tempo, quem sabe durante este tempo do programa vc possa descobrir um entretenimento com Deus, pq Deus mexe com a gente para orientar nossos caminhos, e todo aquele que ama quer encaminhar o outro.


O Padre recebeu um e-mail de Alessandra (Marília – SP) perguntando se é certo fazer promessas e quando elas não são pagas, o q pode acontecer? Pois ela fez uma, fui atendida e não paguei até hj. (rs)

O Padre respondeu que não sabe, pois não costuma fazer promessas. Às vezes a promessa nos lembra um pouco o mercado. Parece q Deus está kerendo q a gente faça alguma coisa para agrada-lo. E não é bem assim. Acho q tudo o q Deus faz pra nós é de graça. É interessante isso na teologia, pq o tratado da Graça é o tratado q identifica qm Deus é. Deus é gratuito e o tempo todo ele delibera inúmeras graças sobre nós. Quando a gente faz uma promessa, por exemplo: eu prometo que se meu filho passar no vestibular, eu vou a Aparecida acender uma vela. Eu não acredito q o filho passe no vestibular pq foi feita a promessa. Ele passa pq levou a sério os estudos. Agora quando vc percebe nakilo q vc prometeu algo de miraculoso, então pague! Se vc fez a promessa, tem que pagar. Eu não costumo fazer pq minha relação com Deus não passa muito por essas vias. A promessa é uma tradição muito antiga. A gente quase não escuta mais falar disso. A promessa está dentro d um contexto religioso mais devocional. Não é q a gente tenha q perder isso, mas a gente tem q aprimorar a nossa fé. Talvez seja muito mais interessante vc viver o seu esforço, aquele esforço que cabe tudo na vida - pq sem ele a vida não dá certo - pra vc receber a graça de Deus. Agora se vc fez a promessa é lógico q vc tem q pagar. A gente tem q descobrir aquilo q na religião tem sentido. Eu particularmente creio q a nossa fé tem q ser um poukinho mais madura. Deus não é um negociante que você chega pra Ele e diz: “Olha Senhor, se o Senhor me fizer isso pra mim, eu vou Te agradar desse jeito. Não! Eu acho q a relação bonita é a relação de gratuidade. Vc tem q ver q às vezes com criança a gente tem q ficar fazendo isso, a criança se vc não promete a ela um presente, ela não se comporta. Veja bem q a criança é infantil. Para ela assimilar um valor, ela precisa d estímulos. Mas depois q amadurece e vira adulto, ela não precisa de estímulos para agir bem. Ela sabe q precisa se utilizar de um valor. Às vezes eu penso q a promessa está muito associada ao processo de infância da fé. A medida em q a gente vai amadurecendo isso deixa de ser necessário. Eu não vou fazer isso pq Deus me deu outra coisa, eu não vou ficar pedindo q Deus me dê pra q eu seja bom depois; eu tenho q ser bom mesmo quando Ele não me dá. A relação madura vai pedir q a gente dê sempre o nosso 100% independente das coisas acontecerem do jeito q a gente keria. Eu creio q isso é uma maturidade de fé. Deus me dá o tempo todo! E essa maturidade da fé, faz com que a gente compreenda Deus de maneira mais límpida. Às vezes as promessas q a gente faz a Deus são coisas tão desagradáveis: “vou subir akela escadaria de joelhos”. Como se Deus se alegrasse com uma coisa dessas! Eu acho q a gente tem q prometer coisas boas. O Senhor está me dando inteligência, saúde, disposição pra tocar a vida, então eu vou fazer tudo q puder para que eu seja cada vez mais cristão, cada vez melhor e isso não é promessa, é pacto de amor. Quem ama faz pacto. A promessa sugere uma infantilidade, a criança precisa do promessas: se vc me dá eu te dou. Mas quanto mais a gente amadurece em Deus, maior é o nosso desejo de fazer coisas por Ele, mesmo quando as coisas não acontecem do nosso jeito.

Pe. Fabio recebeu um email, falando sobre a convivência com idosos... e respondeu que é tão nobre vc qualificar a vida do idoso, é tão bonito qdo a família reconhece que a mãe ta com direito de ser velha, qdo vc quer que ela seja mto ágil, que ela de conta de fazer td que vc pediu, vc ta exigindo dela uma juventude que ela não tem mais, como diz o poeta, Drummond: “ infância esta perdida, a mocidade esta perdida, mas a vida não se perdeu, passou o primeiro amor, passou o segundo amor, mas o coração continua”... e lidar com o idoso é saber que tudo passa, mas o coração não passa, como diz o poeta: “cuidado por onde anda, é sobre meus sonhos que caminha”, e as vezes na relação com o idoso o que nos falta é a sensibilidade, o idoso precisa de carinho como as crianças, no meu livro tem uma velha que diz: “eu necessito do mesmo que os recém nascidos, só não tenho coragem de pedir”, e as vezes os idosos querem o mesmo, o tempo passou, e nos que estamos ao lado temos que qualificar ao Maximo essa convivência, eu confesso que qdo minha mãe queria ficar mais perto pensei ter um problema, mas eu não tenho problema, eu tenho uma graça, um dom, uma oportunidade de cuidar de quem eu amo, pq as vezes a vida nos encaminha pra algumas situações que a gente não sabe qto tempo tem, então olhe pro idoso e diga eu vou cuidar mto bem do senhor, pq eu não sei qto tempo eu tenho, se a gente olhasse pras pessoas que a gente ama, no momento que a gente esta impaciente, olhe pra ela e pense, eu não sei por qto tempo eu ainda tenho vc na minha vida, então eu vou tomar cuidado com o que eu falo, com o que eu faço, e vou dizer a vcs, todos nos que temos mais velhos em casa, descubra nessa oportunidade um jeito de vc se humanizar, não é fácil, mas vc não precisa olhar só o trabalho, pense na oportunidade que ela lhe da de crescer na sabedoria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: Re: PROGRAMA DE 2008   Ter Set 23, 2008 2:33 am

RESUMO DO PROGRAMA 18/09/08


2º Bloco


Na semana passada estávamos falando de uma pessoa que tem medo de Deus, e temos duas vias pra interpretar o sagrado, aquilo que causa espanto, e aquilo que causa fascínio... Comentou sobre o livro Estética Teológica, que mostra a religião como fascínio, durante mto tempo foi mostrada como obrigação, e todos nos gostamos de arte, a arte toca nosso coração, a beleza de uma musica, e a Estética Religiosa é realmente fascinante, uma forma bonita de mostrar o sagrado.

Pe. Fabio recebeu um email perguntando o pq acontecem tantas desgraças e injustiças no mundo, o que podemos fazer pra ajudar os necessitados... Pe. Fabio respondeu que o contexto do mundo e mto marcado pelo que e diabólico, eu tenho ficado mto assustado, estava comentando sobre as noticias que nos assustam nos dias de hj, a fome, a miséria, pais matando filhos, e os problemas sempre existiram, as atrocidades estão crescendo, e eu creio que isso seja fruto da nossa irreflexão, temos assumido uma postura de indiferença pra aquilo que esta ao nosso lado, eu com sinceridade talvez não possa fazer nada pelas crianças da áfrica, mas posso fazer pelas que estão ao meu lado, tem uma iniciativa bonita em Taubaté, de umas pessoas que cuidam de crianças que tem o vírus do HIV, agora meu escritório ta cuidando pra descobrir ao longo do Brasil entidades que precisam de ajuda, trabalhando pra descobrir onde a gente pode ajudar, e derepente vc descobre na sua cidade algo assim, vc perceber que uma pessoa ao invés de ficar se preocupando, vai buscar soluções, pq se a gente parar pra ver os programas da tarde, da noite que so mostram atrocidades, e diante delas a gente fica imóvel, não vai adiantar, temos que ver onde agir, eu não posso matar a fome do mundo, mas eu posso matar a de quem esta do meu lado, o poeta já dizia, vamos reformar o mundo? Vamos, então vamos começar lavando os pratos, qdo a gente cuida das miudezas, a vida começa entrar em ordem, lamentavelmente não podemos defender as crianças que foram esquartejadas pelos pais, mas quem sabe vc pode socorrer uma criança que estão ao lado da sua casa, ajudar uma família que passa necessidades, e assim melhorar a vida de pessoas que estão próximas e nem sempre temos como perceber.


Pe. Fabio recebeu um email de um jornalista que empolgado pelo programa Direção Espiritual voltou a igreja, mas que por decepções dentro da igreja, resolveu se retirar... Pe. Fabio respondeu que a expressão foi mto dura, “a cristãos mais perigosos que mtos ateus” e que uma das coisas mais difíceis é qdo a gente faz da religião um escudo pra gente se proteger, e um escudo pra gente agredir, essa menina foi vitima de inveja, fofoca, de pessoas que articularam contra ela, como padre no meu tempo de estudante, eu estive mto nos meios pastorais, e nos esbarramos em espíritos mesquinhos, pessoas que se dizem de Deus mas que são capazes de ter atitudes que não são cristas, e qto maior a vida publica de um homem, maior o numero de pessoas que amam, e pessoas que odeiam, eu sou padre, então eu multipliquei o numero de pessoas que me amam, e o numero de pessoas que me detestam, agora esse email me fez pensar, que os emails mais grotescos que atentam contra minha pessoa, minha obra, todas elas são em nome de Deus, todos os discursos grosseiros que chegaram ate mim, são pessoas que se colocam num muro e se sentem melhores que a gente, e em nome de Deus, é por isso que o problema das guerras é religioso, o grande problema do mundo passa pela compreensão que temos de Deus, o Oriente vive disso, e é um perigo para o resto do mundo, pq mostra como compreendem o sagrado, agora não há nada mais destruidor dentro da gente do que a inveja, vc não suporta a capacidade do outro e vc tem a ilusão que destruindo o outro vai resolver seu problema, a inveja ela é diabólica, nos que trabalhamos na igreja, qdo vejo um padre competente, pode ser que o primeiro sentimento que me ocorra é a inveja, eu queria ser como ele, e começo justificar a minha inveja, criando um grupo contra ele, já vi mtos amigos meus padres massacrados, qtas pessoas não conseguiram sobreviver pq foram vitimas, todo mundo tem defeito, agora imagina, uma comunidade se junta, temos ali uma jornalista qualificada, e a gente se fecha e começa criar intrigas, e onde esta o espírito cristão? Se somos motivados a destruir o outro pq não suportamos saber que ele é melhor que nos? Pelo amor, isso é diabólico, nos não temos o direito de fazer das nossas frustrações as nossas armas pra destruir pessoas que não são como nos, o que tem de padre hj no interior viajando distancias imensas pra celebrar missa pra 5 ou 6 pessoas, e eu tenho que me alegrar com isso, por saber que existe padres com uma vida melhor que a minha, saber que eu tenho a participação de mtos padres me assistindo, se tem uma coisa que eu tenho pedido a Deus, é que ele me de o espírito de mansidão, mas do fundo do coração, eu posso deixar vc ver meus emails, abrir minha caixa de email, eu nunca perdi meu tempo pra escrever um email e atacar alguém, julgar alguém, eu não quero isso pra mim, as vezes tiramos o tempo da nossa vida sentamos no computador pra acusar, pra escrever um email de desaforos e machucar um coração, pra que? Me diz? São espíritos de porco, isso não é cristão, se eu tenho que discordar de alguém, que eu saiba discutir a idéia, a um escritor que diz que pessoas inteligente discutem idéias, pessoas ignorantes discutem pessoas, eu não tenho o direito de falar do outro, dizer que alguém não presta, eu não tenho direito de chegar e dizer isso a alguém, mta gente vai deixar a igreja, mta gente vai adoecer pq nos optamos pela palavra maldita, pelo email descompromissado de desaforos, não creio que isso seja o que Deus quer de nós, outro dia Dom Carlos disse, todos os dias temos que perguntar pra Deus, o que o senhor ganha comigo, bonito isso NE? O que Deus esta ganhando comigo, e se tem uma coisa que precisa ficar diferente em nos, é nossa capacidade de lidar com as diferenças sem jogar as pessoas fora, ng merece ser julgado, vc que tem a tendência de destruir o outro, o que vc ganha com isso? Isso não melhora o que vc é, ao invés de querer destruir o outro, queira construir vc mesmo...!

Benção Final...

Agradecimento especial à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA 25/09/2008   Sab Set 27, 2008 11:38 am

RESUMO DO PROGRAMA 25/09/2008


Música: "TEM CALMA"

(ao vivo de Petrópolis - Teatro Gracindo Júnior)
1º bloco


Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “TEM CALMA” e às vezes na vida é assim, precisamos arriscar, às vezes não temos tempo de preparar o que vamos fazer, às vezes a vida nos coloca em situações que precisamos reagir com pressa, e corrermos o risco de reagir com desespero, diante do imprevisto, a gente não tem como modificar, geralmente o desespero é uma resposta natural qdo a gente não sabe o que fazer, os aviões são sinalizados com luzes que indicam saída de emergência, uma pessoa desesperada, se for preciso usar a saída de emergência, a primeira coisa que temos q ter é calma, pq no desespero vc pode correr o risco de correr pro lado contrario e não encontrar a saída, na vida é a mesma coisa, por vezes a vida acontece como não esperávamos e nos precisamos reagir com calma, mas onde buscamos essa calma? Respirando fundo, buscando um jeito melhor de reagir na situação, às vezes nós machucamos mto os outros, perdemos oportunidades preciosas pq não soubemos buscar a calma, o desespero dilata a tragédia, a gente perde a capacidade de olhar a vida, enxerga fantasmas que não existem, diferente da calma, que vc olha pra vida e analisa a partir de um prisma, que permite uma visão mais aprimorada, de um jeito certo, e ai a gente até encontra a saída, chega a nossa salvação, mas caso a gente se perca no desespero corremos o risco de não chegar a salvação, por isso Jesus nos ensina que a vida merece ser vivida assim, qdo colocamos amor no coração a gente começa ter mais calma, o amor nos faz ter calma no jeito que a gente olha pras pessoas, o amor é um olhar de contemplação e as vezes a gente precisa se apaixonar pela vida pra olhá-la com contemplação, no desespero a gente perde a sabedoria, machuca quem esta ao lado, perde oportunidade preciosa de fazer as coisas acontecerem do jeito certo, e hj vamos pedir a Deus calma, pra ter a oportunidade de olhar a vida de um jeito diferente. Hj temos aqui mtas pessoas especiais, que estão encontrando através do programa um jeito de ter calma, agradeceu a presença de todos, e que cada vez que nos aproximamos de uma dor concreta, a gente tem vontade de pedir a Deus calma, entrar no coração do outro e entender o significado da vida a partir de perdas.


Pe. Fabio recebeu um email sobre a separação, e que não recebeu mais a comunhão pq não havia perdoado o marido...

Pe. Fabio respondeu que não é nenhum problema a eucaristia pra ela, ela não foi adultera, as vezes temos uma compreensão equivocada da eucaristia, ela tem que ser recebida por pessoas puras, mas se for pensar a palavra de Jesus, ele nos diz que veio pelos doentes, e no caso dela ela precisa passar pelo perdão, será que a eucaristia não é o remédio pra curar esse perdão? Eu gosto de crer que Jesus é o complemento das minhas ausências, cada vez que o recebo trago pra dentro de mim o que me falta, tome a consciência, eu preciso perdoar, então a eucaristia se torna um remédio, pq vc viveria com honestidade e sinceridade esse encontro com Jesus. Ai vc me pergunta e aquela pessoa que vive com outra pessoa, nos temos duas presenças reais de Jesus, se não posso comungar não estou privado da presença de Jesus, cada vez que vc Le o evangelho vc tem a presença de Jesus naquilo que ele fala, qdo vc recebe uma carta aquela pessoa é real nas suas mãos, vc consegue chorar, vc se emociona com as palavras, a distancia foi superada, as palavras cumprem um oficio de fazer ser próximo aquele que esta distante, eu acho fantástico a gente pensar que o mundo pode ser diferente através da palavra, a presença de Jesus é real do evangelho, toda vez que eu leio a vida de Jesus eu estou diante sua presença real, cada vez que ela é proclamada ela me impacta como a eucaristia pode me impactar, ng esta fora do banquete, descubra que vc tem um limite e a partir desse limite vc participa da presença real de Jesus, no momento que a palavra for proclamada viva seu momento de intimidade com Jesus, a palavra estabelece pontes, faz chegar aquele que esta ausente, a família que hj temos aqui, a eucaristia ajuda, mas a palavra de Deus tb é valida, pq tudo que nós falamos é a palavra de Jesus, pq um programa da tarde de fofoca não serve pra nada? Pq não esta comprometido com o evangelho, como um programa que eu fui, quem ta no lugar errado sou eu, o apresentador foi simpático, aquele programa não é pra evangelizar, é um entretenimento, agora se eu entro a esperteza tem que ser minha de anunciar o que eu acredito, temos que agradecer a oportunidade, não podemos deixar de exercer bem a palavra, a minha presença só é justificada se eu tiver com o desejo de falar o que eu acredito, senão eu não vou, eu só vou se Jesus puder entrar comigo pela mesma porta, senão eu não vou, fico de fora e muito obrigado.


Última edição por Michelli_Brainer em Sab Set 27, 2008 11:50 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Michelli_Brainer

avatar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/08/2008
Idade : 38

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA 25/09/2008   Sab Set 27, 2008 11:48 am

RESUMO DO PROGRAMA 25/09/2008


2º bloco


(e-mail):
Pe. Fabio tenho pensado mto como devemos analisar sobre o que dizem sobre nós...

Pe. Fabio disse que a gente precisa qualificar o nosso jeito de ser, isso é importante, mas temos que criar transparência, tem gente que não faz esforço, tem gente que parece um buldog, já viu um buldog feliz? É a mesma cara qdo ta bravo, tem gente que só sente pra dentro e não sabe trazer pra fora, eu creio que fazer um esforço pra vir pra fora depende de nós, o primeiro objetivo é dar qualidade o que eu sou, o que o outro consegue intuir sobre mim eu não tenho controle, agora o que eu não posso permitir é que isso crie uma ansiedade, geralmente as pessoas mais inseguras e imaturas são aquelas que vivem querendo saber o que acham dela, pq minha gente se formos parar no que os outros acham de nós é difícil... eu sempre tenho um cuidado grande ao dizer que uma pessoa é antipática, mas tem gente que vc precisa identificar que as vezes o que vc acha q é antipatia é timidez, vc não tinha facilidade em estabelecer vínculos, e não, e as vezes cria uma situação...
Outro dia cheguei em salvador pra fazer show e o organizador tava todo tenso, e eu vi que aquela tensão dele foi passando, ele foi ficando mais a vontade, e ele começou a rir, ai ele falou que tava com medo de receber o padre, pq falaram que ele era injuado, não sentava em sofá de pobre, ai eu me lembrei do meu sofá la de casa, com buracos, ai onde criaram uma historia dessas? Um infeliz, espírito de porco, não tinha injuamento nenhum, criam lendas, tal pessoa é assim, pode ser que ela tava aborrecida naquele dia, há dias que vc tava cansado, é igual tirar foto, nada pior nesse mundo que tirar foto, to pra dizer que o diabo que inventou esse treco, é igual monumento, vc tem q ser simpático, se é um ambiente onde ta tranqüilo, qtas vezes eu falo, gente não gosto, pq é cansativo, e os índios tem razão, as fotos roubam a alma da gente, tira 40 de uma vez pra ver como vc fica, há momentos que precisa desabafar, e a pessoa escuta e nossa ele é mto antipático, e as vezes as pessoas pq não são capazes de respeitar acabam criando historias a seu respeito, eu tenho um amigo padre que se ta cansado fica um mal humor encarnado, agora o problema dele é que ele não tem como sumir qdo ta cansado, agora qtas pessoas olham pra ele assim pensam q ele é assim o tempo todo, qtas vezes vc foi julgado mal pq as pessoas não lhe deram tempo pro seu momento, ate num velório gente, uma pessoa tirou foto do meu lado, eu percebi a situação, segurei perto do caixão, pensei vou prejudica essa foto, e pior que me deu vontade de rir, agora eu te pergunto, vc ta do lado de um defunto, não é momento de foto, a sensibilidade tem que ser do outro, o pior é qdo a gente tem que pedir o que o outro precisa perceber, não sou eu que tenho que dizer não, vc que não tem que pedir, padre eu sei que o senhor não gosta, mas... outro dia eu tava na casa de uma pessoa e o rapaz chegou e falou não gosto de interromper mas, ele pegou e disse, não gosta mas interrompeu, aquela pessoa nunca mais vai gostar dele, agora eu fico pensando que a nossa vida o outro não tem que ser o que o outro quer que seja, isso não é amor, não e respeito, uma das coisas mais bonitas dos meus amigos é aqueles que me respeitam qdo eu to no meio do povo, as vezes é assim, aqueles que estão ao seu lado tem que respeitar o seu momento, a gente não tem o direito de analisar o outro só a partir de um momento, outro dia tava falando isso com a minha mãe, e cuidado, pq pode ser que aquilo que chegou a mim do outro, foi fruto de um momento e eu não tenho o direito de analisar ng a partir de um momento.


Pe. Fabio se a nossa vontade é de deixar esse mundo estou sendo covarde ou estou fugindo?

As duas coisas... Existem pessoas que fazem da religião uma fuga, tem uma promessa escatológica do céu, qdo elas não são capazes de lidar com elas mesmos, elas ficam esperando o céu, fazem da religião uma fuga, não posso me esconder atrás de Deus, a minha religião é pra me potencializar a iver bem o dia de hj, é a qualidade que eu dou nesse instante, e as vezes essa fuga, essa covardia, de ficar pensando Deus faz, no céu eu vou ter isso, minha filha vc dormiu hj? Ela olha com aquela carinha de santa, ah padre só vamos descansar no céu, não, eu tenho que me alimentar na hora certa, de descansar, conhecer meu limite, o mundo não vai acabar amanha, temos que lidar bem com nossos limites, qtas pessoas dizem “a gente se ama em Jesus” nem em Jesus nem no diabo pq é uma falsidade danada , qtas vezes a gente precisa olhar nos olhos o outro pra dizer que ama, amar não é fácil não gente, é difícil conviver com o outro, o outro não é fácil, não é brinquedo não, mas é a partir dessa realidade que ficamos mais honestos.

(e-mail):
Pe. Fabio, nos fale sobre o dom da paciência...

Drummond tem uma obra que chama: “amar se aprende amando” gente tudo nessa vida passa pelo aprendizado, não tem como eu fingir que ao ler esse livro vou ter paciência, o livro vai abrir a minha mente, mas é o dia a dia que vai me ensinar, o meu Deus me faz paciente, ai aparece aquele chá de coejo do meu lado, não pediu? Agora da um jeito, ai vc vai descobrir que a sua humanidade vai ficando lapidada pq vc ta tendo um motivo concreto pra vc melhorar, no ambiente de trabalho mesmo vc esbarra nos defeitos do outro, então vc trabalha o que o outro te instiga pra ser mais tolerante e sendo tolerante vc proporciona ao outro mudança, no grito ng muda, nos precisamos cuidar do outro cuidando, amar amando, perdoar perdoando, olhar pro outro sem querer joga-lo fora, ng nos prometeu que seria fácil, Jesus em nenhum momento disse que o caminho dele seria fácil, ele disse que o caminho que não da trabalho é o da porta larga, e ele disse que se quiser segui-lo o caminho dele é o da porta estreita, e tem que tirar os excessos, e a experiência de amar é descobrir esse caminho estreito, na calma, na paciência, a gente precisa ter esse cuidado, essa sensibilidade, Deus precisa ter paciência com vc, Deus não desistiu de nós, qta coisa errada a gente cometeu na vida e Deus não desistiu da gente, então ele tem essa paciência, e ao saber disso, que ele segura a minha mao, nos leva ao lugar mais bonito, e só quem nos ama pode nos levar a contemplar aquilo que é nosso, que nós já possuímos e ainda não tomamos posse, que Deus lhe de a graça de chegar ao lugar mais bonito que já é seu, mas que vc ainda não conheceu pq precisa ir ate la.

Benção Final...

Agradecimento especial à Lika - Comunidade Contrários



Audios para download: (baixa qualidade)

Abertura:
http://www.4shared.com/file/64521437/432b64eb/DE_250908_Abertura.html

Ser Analisado por um momento:
http://www.4shared.com/file/64523152/c9d93d82/DE_250908_Analisado_por_um_momento.html

Fugir do mundo: covardia ou fuga?
http://www.4shared.com/file/64523516/add19443/DE_250908_Fugir_do_mundo.html

O Dom da paciência:
http://www.4shared.com/file/64524030/ed98a9a6/DE_250908_O_dom_da_Paciencia.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMA DE 2008   Seg Out 06, 2008 1:59 am

RESUMO DO PROGRAMA 02/10/08


Música: Não Foi Tua Culpa

1º bloco


Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Não Foi Tua Culpa” e cada vez mais eu me convenço que religião tem que significar alivio do peso da existência, nos não temos que viver uma religião fruto de obrigações cumpridas, o bom é qdo percebemos que o discurso tem o poder de modificar como interpretamos nossa vida, o jeito como olhamos pras pessoas, pra nos mesmos, cada vez que a forca do discurso religioso tem esse poder, Deus ganha no mundo, Deus olha pra nos e diz: “vinde a mim vós que esta pesado”, com pesados fardos sobre as costas, que estão na luta, insatisfeitos, e eu os aliviarei, é bonito a gente pensar que qdo Deus retira o peso de tudo aquilo que nos atrapalha, ficamos mais livres pra amar, é difícil ter pesos na vida, é sempre bom fazer aquela faxina da alma, jogar fora os excessos, e uma delas é a culpa, culpa de erros passados, culpa por uma historia que não conseguiu viver, retirar a culpa é retirar o poder de correntes pesadas que impedem a pessoa de ir adiante, há um filme que chama “A Missao”, que faz a experiência de cometer um crime, e dp disso ele quer purificar todo o peso da culpa, do assassinato, ele quis aliviar aquilo carregando um fardo nas costas, um fardo concreto, cheio de peso, ele sabia a razão de carregar aquilo, quem olhava de fora não sabia, e a uma cena bonita, que ou ele jogava o peso que tinha nas costas e sobrevivia ou ele iria morrer pq não conseguia mais segurar aquele peso, estava em um penhasco, e ele não tinha como chegar ate o topo, e naquele momento toda a vida dele passa na cabeça dele, desde o momento que ele assassinou e que ele decidiu colocar o fardo nas costas, e precisou tomar uma decisão, ou ele permitia que aquela culpa o matasse, ou ele ia permitir que aquele momento crucial o libertasse de tudo que havia vivido, aquele fardo era uma soma de vida que não deu certo, e então minha gente querendo viver e descobrindo ali que ele deveria viver, ele resolve jogar fora, e é uma cena linda, qdo ele toma coragem e vai se libertando daquele fardo,
ate o momento que ele vê aquilo rolando pedras abaixo, naquele momento ele se segura e chora muito, por razoes que nos desconhecemos, no desejo de viver o agradecimento daquela hora, ele estava no impasse, ou continuava se culpando, ou iria sobreviver, e ele preferiu sobreviver, eu fico pensando que as vezes a vida faz o mesmo com a gente, mtas vezes os pesos dos nossos erros são tão grandes que precisamos fazer uma escolha, ou a gente se liberta daquele peso, ou a vida não da certo pra nos, e como diz a musica, eu sei que não é fácil falar de perdão, mas a maior dificuldade é a gente perdoar a gente, nos só poderemos perdoar alguém a medida que a gente nos perdoa, só poderemos subir o morro da vida, a medida que a gente joga os pesos do dia a dia fora, que a gente não permite que eles sejam um peso pra nós, hj mesmo vc viveu mtas coisas, mas vc pode escolher, o que vc permite que fique dentro de vc? Carregar inimigos é colocar gente pesada sobre vc, qdo a gente não perdoa a gente carrega sobre os ombros, a pior coisa é carregar uma inimizade, se vc entra em um ambiente cheio de amigos, e ali dentro tem um inimigo se quer, vc já perde a espontaneidade, não carregue peso de inimizade sobre vc, não vale a pena, pra que pesar isso nos seus ombros se vc pode ser mais leve, mtas pessoas não tem coragem de corrigir as escolhas erradas que fez, jogue fora, é sempre tempo pra gente recomeçar... outro dia encontrei uma senhora que se motivou a estudar piano aos 65 anos de idade, e ela falou que foi estudar pq escutou o padre cantando que os sonhos na envelhecem, é o que a gente precisa fazer, jogar o que não deu certo e recomeçar, é mto bom a gente andar leve, eu lembro que a primeira vez que eu fui pra fora do Brasil eu tinha tanta mala que não podia sair do lugar, hj é diferente, qdo eu viajo eu sei que preciso ir mais leve, pq com menos bagagem eu tenho mais oportunidade de ver a beleza que me proporcionam, mtas vezes colocamos coisas demais na vida e por isso mtas vezes fica sem graça, sem qualidade, pq falta leveza.
Pe. Fabio o que é ter fé? Pe. Fabio respondeu que tudo aquilo que comparamos corre o risco de criar injustiça dentro de nós, comparar e um jeito estranho de cometer injustiça, e no momento de falar de fé, não podemos comparar ninguém com ninguém, a psicologia nos ensina que, uma considera o ser humano fruto dos condicionamentos genéticos, a outra linha diz que é fruto do meio, me de uma criança e eu faço dela um intelectual ou um marginal, e uma terceira linha diz que ele não é melhor nem pior, pq ele foi criado neste meio, não foi naquele, ele é diferente, e a partir dessa diferença a pessoa é, fé é vc ter a possibilidade de crer naquilo que vc não vê, pq se vc ver não é fé, mtas vezes eu questiono onde tudo é mto justificado, a fé ela nasce naquilo que não podemos ver, eu compreendo o amor como uma forma de fé, pq vc ama aquela pessoa? Não sei, pq se eu soubesse não amaria, o amor sobrevive de um não saber, por aquilo que a gente não sabe ainda do outro, eu tenho fé em vc, tudo é experiência de fé, vc esta aqui nesse teatro com fé que as bases dele são solidas, imagina se vc fosse duvidar de tudo? Vc não iria se aproximar das pessoas pq ia achar que ela ia te trair, agora a injustiça é qdo eu quero comparar a minha fé com a da minha mãe, uma é diferente da outra, mas não posso dizer que uma fé é superior a outra, cuidado não compare a sua com a dos outros e não permita que a sua seja comparada, a experiência é sua, o jeito de ver, sentir esse Deus é seu, senão vc começa viver que é melhor ou pior, e não precisamos de gente assim, vc não é pior nem melhor, vc e diferente, eu não posso me sentir melhor que vc, e isso e bom que cria uma humildade dentro de nos, não somos melhor que ng, somos diferentes.
Pe. Fabio leu um email sobre a Mística do cristianismo, e a mística é mergulhar no essencial da palavra de Jesus, aquilo que move o cristianismo, que envolve, que atribui sentido, o significado no tempo esta ligado a palavra de Jesus, compreender essa mística é mergulhar no mistério da humanidade de Cristo, Jesus é td ao mesmo tempo, é compreender a dimensão humana e a divina, o que Cristo é, e o que ele me convida a ser, a minha realidade humana me apontando o que é divino em mim, eu não preciso ser anjo pra ser cristão, tenho que lutar, amar, fazer a experiência de ser humano, e a mística do cristianismo é unir e viver a esperança do céu, na experiência de amar e ser amado, de perdoar e ser perdoado.

2º bloco



Pe. Fabio leu um email sobre o batismo... É tão bonito qdo percebemos que a religião nos faz ficar atraídos por ela, as pessoas precisam perceber que não é difícil chegar la, há mtos garotos pelo pais a fora, mtos contam coisas pra mim como padre que jamais contariam na igreja, eu não tenho nenhuma duvida que la nos aparelhos da aeróbica na academia, ali eu tb tenho a oportunidade de evangelizar, não é fazendo discurso não, é sendo amigo, o jeito mais bonito de evangelizar é aproximar e oferecer nosso coração, tem algo que convence mais que um discurso de amigo? Eu já partilhei com vcs que em mtos momentos Deus chegou através de situações que não eram rituais sagrados, mas eu não posso negar que mtas vezes Deus foi eucaristia na minha vida, através de amigos, num jantar, numa conversa, basta encarar aquele momento na oportunidade de ser intimo de alguém, não basta matar a fome, as vezes o que queremos é mto mais que um pão, é alguém que escute a historia deles, e quem sabe assim a gente ajude a sair da margem,
evangelizar antes de tudo é acolher, se eu não acolho o outro ele fica do lado de la, e eu do lado de cá, que nem os confessionários de antigamente, ng se via, o bom do pecado é olhar no olho, fiz isso, então qdo vc tem a oportunidade de criar laços, é lindo, tem que ser forte pra nos convencer que é bom, ng vai conseguir sentir que isso e um valor se eu sou jogado do lado de fora, e conceito de misericórdia é isso, ainda falta um espacinho, tão bom qdo chega em um lugar cheio, e vc ouve, eu queria que vc fosse, pq eu faço questão de ter vc la, qdo uma conversa no dia a dia tem o poder de ser religiosa? Qdo ela nos une, o discurso é religioso qdo estabelece vínculos, eu não deixo alguém de fora, e se Deus lhe da oportunidade de tirar alguém da margem, não perca a oportunidade, vc pode ser instrumento de Deus ali, Deus é o protagonista da ação, qdo eu amo, Deus é protagonista em mim, por isso é justo e honesto vc ouvir, vc foi Jesus na minha vida, eu sou Jesus na vida de mta gente e tenho consciência disso, pq ele olha meus defeitos e faz cair por terra o que a gente tem de pior, isso é ser cristão, qdo eu dou a Deus a oportunidade de agir diante de mim, e se eu recebo algum premio por isso tudo é dele, é ele que me faz ser tudo o que sou, isso é lindo demais, a oportunidade de vivermos isso..
Pe. Fabio recebeu um email sobre a verdadeira amizade... eu sempre acreditei na vida que existem pessoas na nossa historia que são tão fundamentais que a gente já não pode dizer o nome sem se lembrar do nome dela, a gente identifica as pessoas essenciais assim, nos momentos de mta alegria e de mto desespero, qdo vc ta alegre demais, qdo vc ta triste demais quais as pessoas que vc gostaria que estivessem ali, assim vc identifica os verdadeiros amigos, agora pq ficaram amigos é um misterio, talvez pq olharam pra nós de um jeito mais aperfeiçoado, os amigos que vão ficar pro resto da vida ele é aborrecido, é injuado, mas eu sei que qdo eu precisar dele, ele ta do meu lado, mesmo que eu esteja na miséria, ele não vai me abandonar, tenho uma amiga do rio de janeiro, que tinha uma frase de novela mexicana toda vez que eu ia embora, e ela dizia, meu filho: “ACONTECA O QUE ACONTECER NUNCA VAMOS DEIXAR DE TE AMAR”, eu achava aquilo dramático, mas cheio de significado, e de repente em um dia vc não é o ser humano que gostaria de ser, vc faz td errado, é aquela velha historia, eu te abandonei, eu fiz tudo errado, mas vc é a primeira pessoa que eu tenho vontade de ligar, eu não tenho medo que o outro vai ter resistência a mim, o amor que eu sei que ele tem por mim, me da coragem de dizer que eu preciso do outro agora, vc ter coragem de chamar no momento que vc não mereceria chamar, isso e amigo de verdade, não depende do tempo, qtas vezes eu fui atrás dele, o laço que permanece, mtas vezes vc não tem o tempo de cultivar, mas vc sabe que ele ta la...
tenho uma amiga a marina, eu ate me emociono qdo lembro dela, ela sempre me dizia nos momentos difíceis, eu deixava o carro na casa dela, e a ultima frase que eu escutava era “TO AQUI VIU”, a marina ela não fazia parte do meu dia a dia, ela mora em formiga, mas aquela frase tinha um significado mto grande, eu me lembro disso, to aqui viu? Eu não crio barulho, o tempo vai passar, tudo vai ficar diferente, pode ser que eu não chegue a tempo, mas fique sabendo que EU ESTOU AQUI, e essa frase tem o poder de repercutir em quem é amado, pq experimentar a misericórdia pelos fortes não tem mto significado, mas pelo lado dos fracos, qdo vc precisa de ajuda e precisa pedir, nessa hora nesse momento, vc saber que as coisas poderão ser resolvidas com aquela presença que não muda, eu to aqui, e hoje eu gostaria de terminar esse programa de um jeito diferente, eu não sei qual é a possibilidade q eu posso estar na sua vida, pode ser que vc me conheça, por email, pelo programa, eu gostaria de dizer movido pela forca de um evangelho que eu acredito, eu gostaria de continuar estando aqui e poder dizer pra vc, EU ESTOU AQUI, estou aqui pra pagar o preço, pra lutar por vc e por aquilo que eu acredito, para ser um ser humano que queira fazer a diferença no mundo, aliviando alguma culpa, passando a Mao na cabeça de quem precisa, hj pela forca do sistema canção nova, eu quero lhe dizer, que nós estamos aqui, pra ser o apoio que vc precisa, pra melhorar esse mundo, e quem sabe vc descobrir isso, pra qtas pessoas vc poderia dizer isso: “ACONTECA O QUE ACONTECER NA SUA VIDA, EU ESTOU AQUI”!

Benção Final...

Deus abençoe a todos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 09/10/2008 COMUNIDADE CONTRÁRIOS   Sab Out 11, 2008 1:07 am

RESUMO DO PROGRAMA 09/10/08

Música: Contrários
1º bloco


Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Contrários” é impressionante como Deus da a oportunidade de sair da teoria, estava escolhendo a musica que ia começar o programa, qdo uma moca me chamou e me disse, padre que bom lhe encontrar aqui hj, a 4 dias que meu filho morreu, 5 meses, e veio eu meu marido, buscar a ressurreição aqui na canção nova, é impressionante o qto a palavra da Carolina ao lamentar a morte do seu filho foi concreta, eu achei bonito pq ela saiu la de varginha com toda a família pra vir aqui tentar entender os avessos da vida, as vezes a gente não suporta olhar pro lado certo, a gente precisa olhar os avessos, os avessos sustentam as tramas da vida, e nem sempre é fácil chegar ate eles, sobre tudo um coração de mãe, reconciliar os contrários, as experiências do dia a dia, palavras q dizem pra nos, agora no momento que um drama como esse estabelece na vida da gente, ter que dar conta deste momento, deste retalho, as vezes eu gosto de dizer que a vida e como uma colcha de retalhos, e não será feita so de retalhos felizes, mas a sabedoria consiste tb em não deixar nenhum retalho fora, precisa colocar td pra nossa historia ser completa, a dor da Carolina, dor de tantos de nos, pessoas que nem sabemos que existem, e neste processo de não saber, qtas pessoas estão com a colcha da vida, com o retalho na Mao e se pergunta onde eu vou colocar esse retalho, qtas vezes vc ficou com o retalho na Mao sem saber onde colocá-lo, qtas vezes vc ficou no silencio do seu tempo, e agora o que eu faço com isso, a Carolina disse que veio buscar a ressurreição, é tão bonito isso, qdo corremos atrás do que nos faz doer, daquilo que não entendemos, não vou ficar so com o lado direito convencional, eu vou correr atrás, que bom que ela buscou a canção nova, mtos buscam bebidas, drogas, respostas mágicas, ela quis vir pra ca, ouvir uma palavra, encontrar alguém, e ser tocada pela forca desse contrario, dessa ressurreição,
eu não sei o que vc faz com a sua dor, o que eu sei é que eu busco no caminho errado a solução dela, as vezes nos vamos com as pessoas erradas querendo dar solução, qtas vezes eu vi jovens drogados, pq não sabem o que fazer com a vida, qtas vezes vc viu pessoas alcoolizadas que fizeram do álcool um vicio terrível pq não sabem conviver com o que tem, no momento que a perda se estabelece, que o sofrimento estabelece nos não podemos entorpecer nossa alma, temos que erguer a cabeça, não temos como modificar os fatos, vamos deixar que eles nos modifiquem, aquele sofrimento não pode ter passado em vão por nos, algo temos que aprender, e assim como a Carolina veio reconciliar os contrários, quem sabe hj vc pode fazer isso, através desse programa, eu não falo nada que não acredito, é a dinâmica desse programa descobrir uma direção, algo que nos sustente no momento que estamos frágeis, quem sabe uma palavra pode lhe ajudar a encontrar o caminho certo, não va encontrar na solução fácil o que vc tava pensando hj, mude o caminho, saber que Deus esta do nosso lado nos ajudando reconciliar os contrários da trabalho, mas e mto bom.
Pe. Fabio fui vitima de um trabalho diabólico dentro da minha família, será que isso funciona mesmo... Pe. Fabio respondeu pra não se preocupar com essa bobagem, tem uma expressão que diz: chuta que é macumba, me lembro qdo era pequeno, que uma vez eu vi um monte de garrafa e pensamos será que estão fazendo um trabalho pro meu pai parar de beber, e eu quebrei a garrafa, e minha mãe ficou preocupada achando que era, bobagem, e dp eu vi que era uma velha que tinha deixado as garrafas pra vender, e os macumbeiros hj tem preguiça, o que uma galinha morta pode interferir na minha vida, ela não serve pra nada, essa historia de trabalho, de boneco, essas coisas so tem poder pq coloca isso na cabeça e começa agir a partir disso, gente o que nos adoece é o pensamento, pode observar, pessoa ta estressada demais, passando por um período difícil, é a mente, eu sou assim qdo passo por estress minha imunidade vai la embaixo, mta gente desenvolve câncer pq a imunidade esta baixa, o câncer nasce de uma desordem celular, a desordem do organismo provoca um tumor que vai se ramificando, o tempo todo nos produzimos células desorganizadas, mas a imunidade estando boa vc expulsa, o organismo expulsa e ele se reorienta, agora qdo a pessoa passa por mto desgosto, mto debilitada, qdo vc ta mto desorganizado sua possibilidade de adoecer é maior, fique atento, pq a doença começa na cabeça, e esse trabalho não vai ter poder sobre vc se vc não autorizar, se vc ficar pensando no mal não, se sua mente se ocupa dessas bobagens é possível q aquilo aconteça mesmo,
não va na direção do inimigo, e as vezes nos voamos na direção daquilo que nos mata, fique atento pra vc não permitir que o seu pensamento lhe adoeça. Tenho uma historia, durante a minha estadia na bienal, a Renata me procurou e me deu de presente um livro, a Renata foi injustamente presa, com nível superior, família boa, e durante o tempo que estava presa ela poderia ter desenvolvida uma serie de enfermidades, mas ela ocupou a cabeça de um jeito positivo, ao tentar salvar-se daquele contrario, ela fazia um esforço de aquele momento complicado tornar-se predominante nela, mtas vezes precisamos de sabedoria pra amenizar um momento difícil, descobrir um caminho que pode nos levar a uma solução, o que a Renata experimentou foi descobrir um jeito de permanecer viva naquele momento difícil, é aquela historia, o que a gente faz da vida que nos foi entregue, eu não posso chorar, tenho que trabalhar pra conseguir fazer a diferença, nada poderá ser destruidor sobre nos, se a gente não autorizar aquele poder de destruição,
então com todo respeito, eu não acredito em macumba, trabalhos, pq eu creio no poder de libertação de Jesus e isto esta acima de tudo, e todo aquele que se torna um aliado de Cristo esta livre de tudo isso, “Pedro tu és pedra e sobre ela eu edificarei a minha igreja e sobre ela os poderes do inferno não continuara”, eu tenho que fazer a minha luta de todo instante pra que os poderes do inferno não estejam sobre mim, e pra que isso aconteça temos que tomar nossos caminhos... por isso lhe convido venha participar conosco de um grande acampamento de oração que tratara sobre o sofrimento, como posso permitir que o sofrimento não me destrua, é sobre isso o acampamento, e teremos o lançamento do novo livre que se chama: “qdo o sofrimento bater a sua porta”.

2º bloco


Pe. Fabio lançou o Dvd o bem da palavra do bem, com 5 temas.
E colocou dois temas do DVD para transmitir.
“A dor de perder um filho e Olhar Devagar”

(Pessoal não digitei as 2 pregações por falha na coneção, hj estava fora do ar e consegui digitar ouvindo pela net!)

Deus abençoe a todos.

Agradecimento especial à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 23/10/2008   Seg Out 27, 2008 11:43 am

RESUMO DO PROGRAMA 23/10/08

Musica: "Vida"

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Vida”... e a gente tem acompanhado pelos noticiários que cada vez mais a vida tem sido ameaçada, mas uma coisa é certa, no mundo de hj se estabelece uma realidade grandiosa que abrange mtas pessoas, sendo ameaçadas pela vida, a gente acompanhou essa semana o desfecho trágico, refém de uma pessoa que dizia amá-la, ter apresso por ela, aquela noticia chegou ate nos, aquele pequeno apartamento que um dia foi desconhecido tornou-se noticia pq ali a vida era ameaçada, só que hj neste momento há mta violência acontecendo e nos não estamos sabendo, pq o numero é tão grande que não ficamos sabendo de todas, uma ou outra é elegida pela imprensa, eu fico pensando o que faz grudarmos os olhos na televisão a ponto de não querer fazer outra coisa... No domingo a noite após o acampamento, foi um fim de semana de profunda restauração, e qdo cheguei em casa, a gente estava com os olhos grudados no noticiário, o destino da pobre Eloá que ate então não havia morrido, e de repente me deu uma ansiedade, mal estar, e foi qdo eu falei, vamos permitir que a nossa solidariedade seja de outra forma, pq as vezes nos decepcionamos com o mundo a ponto de pensar que o mundo não tem jeito, mas o papel do cristão diante um acontecimento desse tem que ser pra construir a nossa vida, pq não é possível que nossos jovens continuem sendo mortos por razoes diversas, um namorado que não sabia o que fazer com o termino do namoro, mas dentro de casa mtos jovens seqüestrados dia-a-dia pelas drogas, vícios, situações que são maquiadas de valores, alegrias temporárias que se instalam no coração e dp vai comendo por dentro, seqüestro de subjetividade acontecem assim, vão minando nosso coração, e acontecimentos terríveis vão sendo desencadeados por escolhas estranhas que a gente fez durante a vida,
diante de tantas coisas ruins vamos buscar, não adianta estar solidário com a família de Eloá, se eu não sou capaz de estar sensível com aquele que esta ao meu lado, quem sabe pensando sobre nossa atitude, nosso jeito de viver, sobre aquilo que faz ser importante no nosso coração hj, a tanto poder de morte dentro de nos, qdo um pensamento ruim toma conta de nos, qdo ele vem se alojar dentro de nos, ai a violência que aconteceu naquele acampamento aconteceu em mim, mesmo que eu não faça o que o jovem Lindemberg fez, qdo eu agrido alguém, qdo eu não estendo os bracos ao meu próximo, qdo eu não estou comprometido com a felicidade do outro, isso é violência, é diferente mas é, por isso que a sabedoria nos ensina que a gente precisa olhar o que a gente precisa fazer, tantas coisas desagradaveis acontecem, mas a gente não tem o direito de nos fechar na falta de esperança, o que muda o mundo é arregaçar as mangas e cuidar daquilo que eu posso, grandes tragedias acontecem de pequenos descuidos, ng pode morrem em vão não, a morte dessa menina tem que nos fazer prestar atencao na maneira como estamos educando nossos filhos, ela não morreu em vão, nos precisamos olhar pra aquele acontecimento e descobrir o que ele pode nos ensinar, por isso diante desse calvário a gente precisa olhar pra esta cena e com ela aprender alguma coisa.
O momento mais marcante do acampamento pra mim, foi o momento das mães do acampamento, pensar que qtas dores estavam ali reunidas, uma das maiores emoções foi pensar essas pessoas saíram de casa pq queriam resolver alguma coisa no coração, vieram pq queriam dar a Deus uma oportunidade de serem criadas, isso é santidade acontecendo em nós, ela se da aos poucos, e que qdo eu decido buscar, ser melhor, essa santidade esta se dando em mim, Deus sabe dos limites que a gente tem, mas a gente não pode compreender que esse pecado é um limite, a falta de vontade é empecilho pra santidade, pq qdo a gente cai o coração que esta na santidade não permite ficar caído, qdo a gente magoa alguem, a gente procura o outro pra pedir perdão, pq a santidade esta em vc, as vezes somos agredidos, não tem jeito, vc pode vingar-se daquilo, mas não sei se no momento que vc se vinga na verdade vc esta criando ainda mais um contexto de injustiça, e o bonito é qdo vc diz, não eu não vou, pq senão eu faço o mundo ser pior, eu não vou devolver a vingança pra multiplica-la, então a gente presta mais atenção na gente mesmo, a gente perdoa, pensa na atitude, pq o primeiro a ser transformado tem que ser eu, a santidade começa aqui, eu escuto uma palavra e aquilo me atinge, eu descubro que aquela palavra me modifica, tem mta gente que perde a graça da conversão pq só pensa no outro, mas a palavra tem que acontecer em mim tb, mtas vezes eu não me recordo do que eu falo, pq eu prego pra mim tb, e no momento que eu levo a serio a palavra de Deus eu ganho a oportunidade de ser melhor, e vamos fazer dessa vida, um momento bonito de reconciliação constante.
Pe. Fabio leu um email de uma psicóloga, questionando um caso que atendeu de duas garotas que tentaram suicídio... e como podemos fazer pra ajudar os nossos jovens... Pe. Fabio respondeu que a tragédia dessa menina precisa modificar algo, e esse ano foi marcado por tragédias. E me lembro do enterro o discurso que a mãe fez, e a ultima imagem que ela teve da filha, foi a menina pedindo calma, e eu acredito que a D. Ana Cristina deve estar vivendo o conselho da filha e hj ela deve fazer essa leitura, tenha calma diante dessa tragédia, e a calma daquela mulher nos contagia, agora não se trata de dizer quem são os culpados, qdo uma tragédia dessa acontece nos temos necessidade de atribuir culpa, só que não resolve a tragédia, a gente precisa pensar na pequena parcela de culpa que todos nos temos, no momento em que a gente negligencia a nossa autoridade de pai e mãe, então vc que é mãe e pai que tem seus filhos pode olhar para o sofrimento dessa casa e pensar o que deu errado la que pode dar errado aqui tb, e a partir disso tomar uma atitude. Qdo a gente olha pra vida da Eloá, a gente precisa entender que a transição da adolescência é mto difícil, uma menina de 12 anos a mto respeito as mães que permitem isso, ela não esta preparada pra namoro, os namorinhos hj não são inocentes como em outros tempos não, qdo eu era adolescente, a mãe da gente deixava a gente ficar dp da missa no máxima uma meia hora, e namoro era aquela voltinha em torno do coreto, e so de fixar o olhar já dizia que tava namorando, não pegava nem na Mao, é uma experiência lúdica,
mas pelo amor de Deus uma criança de 12 anos não esta preparada pra viver uma relação de namoro, e com todo respeito, essa idade tem que estudar, fazer uma atividade esportiva, cultural, descubra um esporte que ela goste, encha a cabeça de boas coisas, eu me recordo que la em formiga, nos tínhamos um compromisso de fazer uma leitura de um livro por semana, a biblioteca nos dava 8 dias, pegava em uma segunda e devolvia na outra, eu me lembro da D. Conceição que me mostrou o que era uma biblioteca, ela abriu a porta e falou aqui no meio desses livros a pessoas interessantíssimas que vcs precisam conhecer, a padre eu sou pobre, olha o que existe de ONGs nos municípios, inúmeras pessoas que tem iniciativas, agora se a gente já os libera para relacionamentos aos 12, 13, 15, 16, com todo respeito, onde esta a responsabilidade do namoro que é conhecer pra casar, vai namorar qtos anos? Eu acho que nenhum ser humano deveria casar antes dos 30, vc tem tantas coisas pra realizar como solteiro, agora já casou corre atrás do prejuízo, eu não acho que não tem que casar, mas acho que o ser humano tem que buscar ao Maximo as possibilidades que tem, não pode casar e viver como solteiro, pq essa bagunça que a gente ta vendo, essa confusão é fruto de pessoas que não vivem a vida a seu tempo, casam antes da hora e querem a mesma responsabilidade de um solteiro, e ai vc vê um ser humano sem estrutura, a gente precisa do não na hora certa, do sim no momento certo...
aquele garoto o Lindemberg não nasceu bandido, a cabeça dos nossos jovens esta mais vazia, os jovens lêem cada vez menos, o lixo cultural é absurdo, eu vejo pelos meus amigos mais jovens, mtos nem conhecem quem foi Cartola, não conhece uma musica de Chico Buarque, eu não tenho que conhecer a obra de Jose de Alencar, mas eu tenho q saber o básico, a literatura nos deixa criativos, é o tanto que a gente lê que fica dentro de nos como bagagem, pra fazer ponte com outros conhecimentos, uma linguagem mais fluente, o que faz diferença de um empenho que um jovem precisa ter pra estar preparado pela vida é o qto isso vai repercutir em vc, tem gente que liga a internet e fica batendo papo de cedo ate as 2 da manha, ou aquelas paginas do Orkut, que ng escreve nada, pobreza material não precisa ser pobreza cultural, Machado de Assis era pobre, epilético, filho de analfabeto e o homem mais brilhante do nosso século, a vida dele foi fácil? Não foi não, olha o Rui Barbosa, qual o segredo da sua vida, o sol nunca me pegou na cama, eu levanto cedo, e hj lamentavelmente os nossos jovens não estão preocupados com futuro, estão preocupados com a raves, e o lamentável é que as autoridades sabem que os menores de idade estão la, e não fazem nada, descobriram no RJ, uma rave que era um ponto de drogas, esses jovens ficam 24hs, vc acha que uma pessoa em sã consciência consegue ficar com aquele martelo batendo, o som amortece, não deixa a pessoa refletir, são estudos que eu já li a respeito, que diz que o poder de uma musica clássica produz pensamento, e esse som de rave emburrece,
agora eu penso qdo eu libero meu filho pra estar num lugar desse eu tenho que estar consciente que eu estou abrindo uma fresta pra tragédia entrar na vida dele, se trata de nos olharmos pra aquilo que nos podemos evitar no mundo de hj, vc que é jovem, adolescente, vc quer dar certo na vida, cuidado com o que vc escolhe pra sua vida hj, não perca sua adolescência fazendo dela momento so de curtição, pq no amanha qdo vc for competir com os outros, se vc se preparou bem hj, pode ter certeza que vc não vai concorrer com mtos não, não fique entorpecendo sua mente com substancias que subtraem sua capacidade de pensar, um cigarro de craque queima milhões de neurônios, é uma droga violenta, é o lixo da cocaína, craque é droga de rave, agora pense vc, seja inteligente agora, vc que quer ser feliz, que quer fazer feliz outros ao seu lado, faça boas escolhas na vida, cuide da sua saúde física, leia um bom livro, tenha uma vida espiritual, escolha coisas boas na vida, escute boas musicas, va ser uma pessoa diferente, vc com tanta pouca idade pode tanto na vida, prepare-se pra ser um bom profissional, é bom demais a gente saber que não perdeu tempo, se vc tem seus bate papos na internet, não faça isso o tempo inteiro, use a internet a favor da sua cultura, outro dia eu ouvi uma pessoa falando uma coisa q eu não sabia o que era, eu anotei, cheguei em casa e pesquisei, pq assim a gente dilata o mundo, por exemplo o Lindemberg, se tivesse usado a reflexão dele ele não teria feito aquela bobagem, ia resolver o problema dele com a justiça e ia ter um aprendizado, mas ele foi cabeça dura ate o final, e as vezes minha gente uma pessoa não é assim por acaso, há momentos na nossa vida em que a criatividade que a gente exerce é fruto de td aquilo que a gente escolheu, ser capaz de administrar os nossos sentimentos, somos vitimas dos nossos sentimentos, mtas vezes nem td que a gente sente é verdade, se eu to sentindo inveja do outro mas não tenho razão pra sentir então meu sentimento é mentiroso,
e eu descubro qdo observo melhor o outro, vc presta atenção que ele é cheio de defeitos e vc tem mtas qualidades, corrigiu o problema, e qdo fazemos uso da reflexão a gente corrige o sentimento desordenado, e ele não conseguiu lidar com os sentimentos dele, e agiu de maneira imprudente, matou uma pessoa inocente, evidenciou um problema social, pq aquela violência acontece o tempo todo. Entao vc que é pai e mãe, aproxime-se dele, tente convencê-lo de maneira tranqüila, serena, equilibrada que o melhor é correr atrás do tempo perdido, há tantas escolhas com poder de corrigir o passado, pq qdo a gente modifica o presente de alguma forma a gente reconcilia o passado, ninguém erra pq quer, a gente erra por um descuido, mas sempre há tempo, precisamos descobrir o que a gente ainda pode corrigir, o evangelho sobrevive de possibilidades, pode ser que hj dentro da sua casa um pequeno seqüestro esteja acontecendo, vc que é jovem preste atenção nas pessoas que tem influencia sobre vc, pergunte-se se aquele convite é favorável, tenha visão de futuro, o Lindemberg agiu daquela maneira mas mostrou aos poucos a possessividade, cuidado com pessoas que não sabem lidar com os nãos da vida, e se vc sentir que perde o controle dos seus afetos, se vc aceita as pequenas violências cuidado, é melhor perder o outro do que perder a si mesmo, e as vezes a gente só pode se encontrar pq perdeu o outro, não seja incapaz de tomar uma decisão, cuidado com as dependências afetivas elas retiram a qualidade da nossa vida, bonito é amar, mas não querer o outro pra gente, perder é processo da vida,
no momento que a gente perde a gente ganha, não namore com alguém por um dia, olhe o futuro, não se sujeite ao que ele quer, cuidado com o tempo que vc perde ao lado de alguém que nos faz mal, se vc não se ama, se não tenho predileção por mim é provável que eu faça dos vícios uma opção pra vida, vc nasceu pra ser feliz, pra dar certo, pra ser vivo e fazer essa vida ser plena, nas pequenas doses, naquelas pequenas, pq são elas que decidem as medidas de amanha.

Deus abençoe a todos.

Agradecimento especial à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMA DO DIA 20/11/2008 COMUNIDADE CONTRÁRIOS   Sex Nov 21, 2008 4:57 am

RESUMO DO PROGRAMA 20/11/08

Musica : "Vida"

Pe. Fabio começou o programa cantando a musica: “Vida”... e lembrando que o desafio do cristianismo é lembrar a qualidade da vida, um tempo que as pessoas pensam tanto em qualidade profissional, ela é importante pra que sejamos bem sucedidos como homens de negocio, ate pra dona de casa, saber viver o cuidado das situacoes, tudo na vida precisa ser qualificado, a gente percebe que cada vez mais as pessoas tem desejo de ter um curso superior, mas há um outro jeito de qualificar a vida que não passa pelos estudos, mas que vai alem do que é meramente profissional, qdo vc percebe que uma pessoa se preocupa com os sentimentos, ela se preocupa com uma boa qualificação da personalidade, qdo vc percebe que tal pessoa esta em busca de qualificação, ser um bom cristão, a palavra de Jesus era mto clara, “eu vim para que todos tivessem vida” e ng fica qualificado se não sofre, to falando do sofrimento de todos os dias qdo vc percebe na sua carne, qdo vc sente que seu ciúmes precisa ser modificado, seus sentimentos devem ser claros, qto mais a gente se debruça sobre nossas dificuldades, melhor tem que ser a nossa clareza sobre as coisas, qtas vezes ficamos perdidos no meio dos problemas pq não temos a luz da clareza, e qualificar a vida é descobrir no dia a dia da sua historia um jeito bonito de qualificar o que vc é, como pai, como filho há tantas coisas que precisam ser qualificadas, essa observância sobre aquilo que precisa de cuidado é o que da dinamismo a nossa vida, e isso é o bom do evangelho, saber que Deus acredita que podemos ser melhores, ai a gente se poe na disposição de alcançar melhoras, eu quero melhorar mtas coisas dentro de mim, as vezes queremos melhorar a nossa qualidade com outras pessoas, descobrir a parte que nos precisamos fazer, eu não posso ficar preso ao que depende do outro, tenho que pensar em mim, e essa musica mostra uma frase bonita: “pelos becos pelos bares há sempre alguém querendo esperança”..
... esperança minha gente muda a vida de uma pessoa, uma pessoa começa morrer no momento que ela deixa de esperar, no momento que ela desiste, é bonito a experiência de esperar, se vc sabe que vai receber uma visita, que vai esperar um amigo, é a esperança, cria dentro de vc um espaço positivo de vida que ainda não tem, mas que vai chegar, ele ainda não chegou mais só de saber que vai chegar já me coloca na esperança, é o conceito de esperança que move a humanidade, a esperança do céu so faz sentido em esperanças terrenas, meu amigo vai chegar, não chegou ainda, mas eu vou preparar a comida que eu quero oferecer, vou preparar o quarto que ele vai dormir, cada lugar tem uma comida especifica, favorita e geralmente no processo da espera daquele que a gente ama a gente prepara aquilo que a gente tem de bom, a esperança do céu coloca vc disposto a preparar bem a vida de hj, é uma ponte entre a realidade e a eternidade, esta esperança é benéfica pq faz bem a humanidade, uma humanidade que espera e prepara espaço pra aquele que vai chegar, pq a experiência de Deus é resgate, coloca esperança naquele que não esperava mais, coloca sonhos naquele que não sonha mais, coloca uma palavra naquele que não fala mais, e a palavra ela colocava todos a acreditarem na promessa de Deus, que a terra prometida chegaria, as vezes encontro tanta gente deprimida, triste, sabe o que as vezes falta pra gente? É a esperança de uma terra prometida, é saber que nossa vida pode ser melhor a partir de amanha, eu vou começar descobrir o que eu posso começar concretizar e ai nos estaremos falando de dinâmica de vida crista, Deus colocando amor no nosso desamor, perdão nas nossas ofensas e luz nas trevas da nossa vida.
Pe. Fabio leu um email de uma psicóloga se referindo ao caso “Eloá” dizendo, o que pode criar um monstro? Será que é índole? Traumas, deficiências, e a dificuldade em usar a palavra “não”... Pe. Fabio respondeu que recebeu o texto e gostaria de parabenizar o texto, uma reflexão valida para os dias de hj, a única pessoa que foi punida na historia da Eloá, foi justamente a Eloá, a única que disse não, mas o não foi tardio, pq outros não deveriam ter acontecido, são mundos diferentes, cada vez mais eu me convenço que as grandes tragédias elas são alimentadas aos poucos, pequenos descuidos, é interessante que uma tragédia qdo acontece é uma junção de pequenos detalhes desprezados, um processo educacional so pode ser saudável qdo há um equilíbrio entre sim e não, não é um modelo educacional que venha proibir tudo, mas a proposta é que a gente assuma a responsabilidade na hora certa pra dp não sermos responsabilizados por tragédias, educar as pessoas para o limite, para a situação que a vida vai nos oferecer um não, nos não podemos encontrar uma pessoa realizada que so encontrou sim na sua vida, uma pessoa se torna interessante qdo vences os obstáculos que encontra, um filho é um empreendimento que precisa o tempo todo ser talhado como se fosse uma escultura, pela ferramenta que se chama amor, o amor é uma ferramenta que da dois golpes, para permitir e para negar, pq somente neste equilíbrio é que a gente vai encontrar o caminho.. mtas vezes temos a ilusão que amar uma pessoa é agrada-la o tempo todo, a gente so firma no amor qdo a gente tem o poder de desagradar, as vezes a gente encontra pessoas que precisa dizer não as pessoas, pq a carência nos faz refém de nos mesmos, eu vivo para agrada
as vezes nos encontramos filhos que mandam nos pais, uma criança de 5 ou 6 anos não esta madura pra decisões, ela precisa de uma voz que vem de cima, a gente precisa se equilibrar, ser capaz de respeitar a regra do outro, uma criança ela não tem autonomia pra decidir, ela se exerce em pequenas autonomias, um brinquedo pra brincar, é ate bonitinho ver uma criança tomando gosto pelas cores, la em casa era uma tristeza, meu pai mandava cortar os cabelos tudo igual, parecia o corte do exercito, e eu consegui convencer meu pai a deixar meu cabelo do jeito que era, tinha um cabelinho de cuia, mas eu gostava e eu me recordo que qdo eu fiz essa experiencia de convencer o meu pai eu me recordo que eu me senti valorizado e naquele momento meu processo de autonomia começou, como os gêmeos de antigamente que se vestiam td igual, é bom vc perceber que a criança vai crescendo nas vontades, agora qdo vc permite q seu filho escolha o que ele ainda não esta preparado, vc esta permitindo uma agressão moral, como por exemplo qdo vc trata de assuntos adultos diante de uma criança, a agressão atinge a alma, o espírito a vontade, e hj é impressionante o qto cresce a violência física e moral com as nossas crianças, qdo vc percebe que as crianças estão deixando de ser infantis, eu não acho interessante uma criança de 4 anos ter um comportamento de adulto, e precisamos saber respeitar essas fases da vida.
Eu me recordei que no meu livro eu trago uma historia de uma menina que agride e não é corrigida, e de uma mulher tb que tinha um filho de 9 anos totalmente sem regras.. vc já deve ter visto mtas historias assim, crianças que mandam, agridem, vc já viu o programa da super nany, e uma coisa interessante é q toda vez que a criança fez algo errado, ela vai pra um cantinho, e pensar sobre sua atitude, só que agora minha gente, eu ia colocar é o pai de castigo, pq as vezes o erro vem mto é do pai, sentem-se e pensem na educação do seu filho, sobre o que vc esta permitindo que seu filho faça, estabeleça diálogos, explique os pqs do não, há um motivo, uma razão fundamentando a negação, ng lhe obrigou a colocar um filho no mundo e se vc colocou é responsabilidade sua comandar o processo, pra que vc tenha condições de deitar sua cabeça e dormir tranqüilo, e diga sim e diga não, equilibre-se nisso, pra que possamos equilibrarmos tb.

Email sobre como podemos equilibrar o que sou, com o que acho que sou... Pe. Fabio respondeu que qdo não temos coragem de dizer algo é vaidade pessoal, pq a partir do momento que somos públicos as pessoas imaginam, como será o padre Fabio na casa dele, e qdo imaginam a gente ou imaginam que a gente é bom demais, ou ruim demais, e a melhor forma de conhecer o outro é a gente se aproximando, mas a vaidade que eu percebo em mim qdo eu permito que o que o outro imaginou seja verdade, toda vez que vc passar pela experiência de ter que ser vc não tenha medo de mostrar sua fragilidade, eu me recordo que durante mto tempo nos padres não tínhamos direito de contar fraquezas, pq contando o fiel se tornaria fraco tb,
mas eu no momento que eu partilho minhas fraquezas eu to me fortalecendo, a castidade só e possível assim, eu tenho meus amigos, com quem eu posso conversar sobre todo tipo de assunto, nós não somos imunes ao amor, a ficar apaixonado, eu corro como o diabo corre da cruz, eu graças a Deus não vivo com isso, mas tem mtos padres que vivem isso, vem a fiel que leva um bolinho, isso e aquilo, todo mundo sabe onde aperta o pé, precisamos tomar cuidado, o diabo veste saias, isso é com todo mundo, tudo na vida é assim, qdo a gente passa pela experiência de ser frágil e de mostrar a fragilidade pra pessoa certa, que me ama, por exemplo, os meus verdadeiros amigos, que participam da minha vida, são pessoas que me respeitam e me olham o tempo todo como padre. Vc precisa firmar e ter clareza, as pessoas que participarão da minha intimidade são essas, mtas vezes nos não temos amigos, temos apenas conhecidos, e para os conhecidos nos não temos coragem de mostrar nossas fragilidades, é tão estranho isso, é como chegar diante de um sofrimento que faz sofrer e não chorar, hj mesmo eu tava atendendo um rapaz e ele com aquela necessidade de chorar, eu falei primeiro vc chora dp vc fala, ele não precisava falar, ele precisava chorar, dp que ele enxugou as lagrimas ele falou que tava melhor, eu não falei nada pra ele, so deixei ele chorar, mas ele precisou ver em mim alguém que ele confiava, eu perguntei vc tem amigos, e ele disse que um ou dois onde morava, mas ali so tinha conhecidos, mtas vezes faz falta na nossa vida alguém assim, vc não é o que o outro te imagina, mas ele te ama, e vai te aceitar assim,
e gente graças a Deus eu tenho amigos que posso mostrar minhas fragilidades, mtas vezes na vida nós não somos nada do que a gente aparenta ser, é como vc estar num pais estranho com saudades, com medo e no meio daquela multidão vc vê um rosto amigo, pq aquela pessoa representa td o que vc precisa pra trazer pra fora o seu verdadeiro eu, nos estamos vivendo escondidos demais, justamente por falta de ter um lugar onde a gente possa dizer quem eu sou, aquela frase bonita: “se eu algum dia da minha vida lhe mostrar a minha nudez como pessoa não me faça sentir vergonha”, as vezes nos sentimos vergonha pq nos mostramos aos outros, por isso eu não gosto de acusação, as vezes um gesto de conversão é começar ter amigos de verdade, pessoas que vc vai estabelecendo vínculos, um amigo de verdade é um sinal de Deus em nossas vidas pq nos leva a costurar na nossa carne aquilo que eu posso ou não, amigos que sejam capazes de nos acolher no que temos de melhor, mas tb naquilo que temos de pior, e assim nos ajudar a sermos melhor... Obrigado a todos os amigos que eu tenho pelo mundo a fora e que me da a oportunidade de dizer uma palavra que possa fazer a diferença no seu coração.

Deus abençoe a todos.

Beijos


Agradecimento especial à Lika - Comunidade Contrários
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: RESUMO DO PROGRAMA DO DIA 12/12/2008   Sex Dez 12, 2008 5:46 pm

RESUMO DO PROGRAMA 12/12/08
Pregação do Hosana Brasil 2008: "Como ter no sofrimento, fé."

Gostaria de convidar a abrir a Palavra de Deus em Efésios 6, 10 – 20.
Minha gente, não tenho dúvida de que não traz aqui é a nossa fé. O contexto da fé é muito rico pois fé ta ligada a existência, fazemos a experiência dela nas pequenas coisas. Vcs tomaram café da manhã em lugar desconhecido por pessoas desconhecidas também, quem garante q não estaria envenenado. Isso é experiência de fé do dia-a-dia. O neurótico tem medo de todos e de tudo. Eu tenho neuroses com doenças. A neurose entra em nós, nos limitando da vida. Ele deixa de fazer as coisas na vida, paralisando ele, por causa do medo. Ele perde experiências fantásticas. Neurose – medo acentuado, diz a psicologia. Se vc chegou aqui é porque vc faz experiências miúdas de fé. Vc não coloca em questão um acidente, vc vem pela fé. Ela nos retira a possibilidade do medo em nós. A fé nos coloca na observância. Por isso que São Paulo diz q experiência cristã nos fortalece p/ a guerra. Agente calça sapatos p/ proteger os pés. Revista-se da couraça da justiça. Quando Paulo diz p/ enfrentarmos os perigos da vida com a fé, ele vai nos mostrando que ela é concreta. Nós professamos a fé tb no cuidado humano. Acreditar em Deus não é viver absurdos, ela nos remete a experiência do cuidado humano o tempo todo. A Palavra bem diz, tem o poder de nos purificar, purificar os excessos. Uma palavra tocada pela leveza tem o poder de expulsar maldições. Quantas palavras arrogantes tomam conta da nossa alma?! Não estamos falando de uma religião sem compromisso não. Quando vc percebe q deus tem o jeito mais bonito de iluminar o mundo, é quando ele ganha espaço na nossa consciência. Deus ordena ao mundo através de vc tb. Eu não sei dizer nada se a Palavra de Deus não for matriz na minha vida.
São Paulo nos propõe a armadura de Deus, e é p/ suportar os sofrimentos do mundo, o cotidiano. A dor que dói em vc, está doendo numa pessoa muito próxima. A vida nos limita, nós limitamos a vida. Revesti-vos da armadura.
A palavra de Paulo é clara. Como ir a um combate despreparado? Essa disposição q nos move e nos leva a enfrentar a vida, é a fé. Eu tenho q estar munido das forças espirituais. Descobre naquilo q tu és, o q ainda precisa ser tocado, melhorado. Agora, se vc vai para a guerra despreparado é provável que vc morra nos primeiros 5 minutos. Quantas vezes fracassamos diante dos sofrimentos, é porque perdemos a fé. Nós podemos ser concretos, tudo q vc experimentou este ano, quantos sofrimentos vc passou, quanta dor visitou se u coração. Vc perdeu ou venceu? Está vencendo ou perdendo? É muito natural que na postura do fraco é atribuir a não vitória, realidades dos exteriores. Não estou aqui p/ pregar p/ os outros, é p/ vc. O destino da palavra de hoje é o seu coração. Soldado que é honesto reconhece porque perdeu a batalha e não por causa dos outros companheiros. E vc pode ter certeza absoluta, é maravilhoso vc estar com pessoas q gritam o hosana. E é nobre aqueles q fracassaram e mesmo assim gritam o hosana. Não é vergonha nenhuma fracassar, nós somos humanos. Vergonha é vc fingir q não vê, arrastando o seus dias e não querer voltar, mudar. Estamos vencendo ou perdendo na vida? Diante da resposta, a maturidade ensina q não adianta buscar culpados.
Eu como padre, na experiência de conhecer os bastidores da humanidade e me assusto com a falta de coragem do coração humano no mundo de hoje. A Palavra profética é amorosa, e dura. Mas ela não bajula. Palavras de bajulação não modificam ninguém.
Palavra profética fere e entra na dimensão do amor, pois amor que é amor fere. Igual na atividade física, o músculo precisa sofrer lesões p/ crescer. Minha mãe sente dor nas costas, nas cadeiras, “nos bancos” , “nas mesas”. Risos...
O ser humano q faz a experiência da atividade física sabe o que estou falando. Ninguém nos escondeu que seria fácil a disciplina. O seu corpo não é disciplinado, não se expõe ao movimento necessário, ele despenca antes da hora. O fato dos homens, seres humanos terem ficado de pé, faz-nos sofrer muito. Nossas costas sofrem logo com a nossa indisciplina.
A atividade física bem orientada retarda as dores do envelhecimento. O despreparo prejudica. Aonde preparamos o corpo, o espírito? O que eu faço, como reajo diante de uma vida que não deu certo. Como testemunhar diante do sofrimento? O aprimoramento do ser. Nós não enxergamos, mas ele ajuda a sermos como nós somos.
Texto sobre as ostras.
Ostras felizes não produzem pérolas. Havia muitas ostras, felizes. Porque de dentro da sua concha saiam músicas alegres, um canto aquático. Apenas uma ostra produzia um som solitário, triste. E as outras achavam q era depressão. Um grão de areia entrou dentro da sua casca e dia muito. Ela podia se livrar da dor, mas não dele. Ela enquanto cantava o corpo fazia um trabalho. O pescador pescou várias e sua mulher fez sopa de ostras. O cara comendo sentiu q havia um objeto duro e qdo viu era uma pérola, ficou feliz e deu de presente para a mulher.
No momento que a dor bate à porta precisamos encontrar um jeito diferente de enfrentá-la. O cristianismo começa na rocha, no calvário. O Natal que vamos celebrar é trágico, porém revestido de beleza. Deus entra no mundo pela força da dor e se despede da mesma dor. Se vc chama ele de Rei lembra que ele é coroado de espinhos. Nunca choveu maná no nosso quintal e mesmo assim temos fé. Religião não serve p/ nada se não for para nos fazermos melhor. A graça de Deus nos reveste p/ que tenhamos sensibilidade de artista. PQ vc acha que as multidões iam atrás de Jesus? Pois ele revestia o sofrimento de beleza. O pessimismo nos faz arriar, é fácil ser assim... não dá trabalho. Quando vc odeia não dá trabalho nenhum. Discurso pessimista é um discurso lógico. Quando eu dava aula eu falava de fé e explicava sobre.
O que sei é que quando mais me sinto frágil, eu creio, mas não sei por que creio em Deus. Algo dentro de mim vem para fora. Deus me segura no momento da dor, da minha crença, do amor que amo, do perdão que perdôo. A fé não tem explicação. Eu olho daqui p/ Roseli que perdeu num acidente trágico seus 2 filhos e humanamente ela não teria de estar aqui gritando o Hosana. O que faz ela sair da cidade dela e vir aqui na canção nova?! Se vc soubesse tudo o que se passa no coração das pessoas do seu lado, vc vai descobrir a dor que visitou a casa deles. A Roseli quer ser aquela ostra, que mesmo quando está triste, ela produz pérola. Olha para tudo que vc enfrenta hoje! Revista-se dos poderes de Deus do poderes do céu. Permita que Deus faça pérola na sua vida!
Cristo nos motiva a enfrentar tudo o que passamos, não precisamos fugir. Os pessimistas dizem e fogem para a bebida, para o cigarro e te chama junto. Não é a vida que vai me levar não, sou eu que vou levar a vida, eu que administro ela. Reaja de uma maneira madura.
Pessoas que produzem pérolas são aquelas que vivem na dor e fazem a diferença na vida. Sabe o que ta faltando em nós, nos recordar do que somos capaz. Estamos esquecidos do poder de Deus em nós. Mulher que vive na luta com o reino dos céus, numa religião que coloca diante da luta, da graça. Não temos direito de dizer que não dá conta, se antes não chegarmos ao nosso limite.
Esse Hosana Brasil temos que estar com a consciência: eu tenho que me recordar do que eu sou, Deus me fez um vencedor.
Somos eleitos, é só olhar a Palavra de São Paulo. Chega de lamentar. Deus tem projetos para sua vida, mas é preciso você querer. Não importa a dificuldade que você enfrentou ou vai enfrentar, o importante é você produzir pérola.

FIM!!!
AGRADECIMENTOS A COMUNIDADE CONTRÁRIOS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PROGRAMA DE 2008   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PROGRAMA DE 2008
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» A Voz da Profecia: o mais antigo programa cristão de rádio do Brasil
» Questão do CFSd 2008
» (Unesp-2008) - altura do edifício
» EFOMM 2008 - Matriz
» (PUC-RJ 2008) Altura Máxima

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Padre Fábio de Melo :: Forum :: Geral :: Programas-
Ir para:  

marcas do eterno - Fabio de MeloCriar um fórum | Ciências & Conhecimento | Liceos | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Assinalar uma queixa | Fórum grátis