Palestras
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Registrar-se
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Chat
Últimos assuntos
» Ajuda Mútua - Uma forma simples de ganhar dinheiro
Ter Maio 22, 2012 2:12 am por Fog

» Os girassóis e nós.
Ter Jan 10, 2012 6:32 am por carine

» Missa Canção Nova 20/111/2010
Seg Nov 22, 2010 2:51 pm por regina

» Não Percam hoje Padre Fábio no programa Todo seu
Sex Nov 19, 2010 2:51 pm por regina

» NOVO LIVRO DE PADRE FABIO!
Qui Nov 18, 2010 3:46 pm por regina

» Programas de 2010
Sab Nov 13, 2010 12:33 pm por regina

» DVD ILUMINAR
Sex Nov 12, 2010 1:27 am por regina

» Show Padre Fábio em Ilhéus dia 05/11/2010
Dom Nov 07, 2010 4:48 pm por regina

» Show em Aparecida 10/2010
Sex Out 15, 2010 12:23 am por regina

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Patrocinadores
Musica

marcas do eterno - Fabio de Melo

Compartilhe | 
 

 PROGRAMAS DE 2006

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: PROGRAMAS DE 2006   Seg Ago 18, 2008 11:53 pm

PROGRAMA 08/06/2006 COMUNIDADE CONTRÁRIOS

Programa 08/06/2006
Bom hj no programa Pe. Fabio falou sobre diversos assuntos, "namoros, relacionamentos, amizades",
Porém o principal como sempre... ele falou mto do AMOR, amor de pai, amor de filho, amor de amigo, amor de namorado... Enfim de AMOR seja ele qual tipo...
Que o amor é uma surpresa em nossas vidas. Que em nome do amor devemos enxergar o outro como a gente quer, que no ato de amar ha sempre uma surpresa, pq qdo a gente ama alguem de verdade, sobrevive a capacidade de reconhecer a surpresa que esta marcada no AMOR. Na verdade o amor sobrevive de surpresas, qdo vc acha que sabe td sobre a pessoa, vc vai descobrindo as coisas gradativamente e nao há nada melhor que a cada dia ter uma nova surpresa, por isso o amor faz td ser renovado, nao se acostume com aqueles que vc ama, pois vc corre o risco de deixar de amar pq se acostumou... o outro nao e so akilo que enxergamos o outro é mto mais que isso e nisso esta a sacralidade, o sagrado é td que nao podemos medir + de alguma forma podemos perceber, sentir... Deu um exemplo dizendo que Deus é como um passarinho qdo aprisionado ele deixa de cantar e o AMOR e isso, qdo a gente aprisiona ele perde a graça e qdo insistimos em querer o outro pra nos, corremos o risco de perder eternamente. Devemos deixar livre, mas tb nao devemos ser ausentes demais pro outro nao perceber que pode viver sem nos e ai nos darmos conta do tamanho do amor que sentimos e perceber que pode ser tarde demais... o amor é saudade e é por isso que a distancia faz bem aos corações, e é nessa distancia que se é capaz de mensurar o espaço de cada amigo dentro de nós. A distancia é um jeito de mensurar o espaço que o outro ocupa dentro de nós... o que vale no amor é a conquista e o que faz a vida ser AMOR eterno é a nossa capacidade de estar o tempo todo ao seu lado. O amor só é amor de verdade no momento em que a conquista é diaria, o amor só é amor de verdade no momento em que somos capazes de comer um saco de sal pelo outro, nessa hora descobrimos o qto vale a pena AMAR...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Seg Ago 18, 2008 11:55 pm

PROGRAMA DO DIA 31/06/2006
Música: "Se Me Permites"

Bom no programa Pe. Fabio falou como sempre sobre diversos assuntos, porem deu enfase, a dificuldade que temos em lidar com nos mesmos, com nossos erros e acertos... é dificil nos manter fiel aquilo que queremos, não é facil tomar posse de um erro, e fazer justiça, diante uma pessoa assim não devemos passar a mão na cabeca só por ser nosso amigo, mas tb não devemos deixar de mostrar que tudo tem solução e terás o nosso apoio... Deus é misericordioso e devemos entender a misericordia de um erro, de um fracasso e dar a misericordia aquele que precisa... Nessa hora ele leu um email no qual dizia que Deus nos refaz aos poucos, dia-a-dia, não percamos de vista que toda vez q tivermos a oportunidade de tocar a fragilidade do outro ou a nossa mesmo, temos o dever de ter o desejo de supera-la... nós não temos o direito de nos reduzir a um erro que cometemos, os limites fazem parte de nós, mas não devemos reduzirmos a eles, nao devemos viver de passado e sim do presente... Temos que pensar que somos homens e mulheres em processos de feitura, estamos sendo feitos a todo momento, por exemplo: Qdo compramos uma casa corremos o risco de não gostar de mtas coisas nela, sempre vamos olhar pra aquela casa, mas sempre imaginar um detalhe que pode ser diferente, acrescentado ou retirado, isso é caracteristica do ser humano, afinal não foi construida por nóss... a nossa vida é ísso, o outro não pode ser o que nós queremos, pq nós nao construimos ele, temos que aceita-lo como ele é, na tentativa de ser o melhor, mas que tem as suas fraquezas, erros e acerto... Deus nos da os instrumentos todos os dias pra que possamos nos refazer e nos reconstruir diariamente, de recomeçar, construindo aos poucos, qdo construimos aos poucos enxergamos diferente, é como um muro a ser construido, se vc o constrói correndo ele não terá o mesmo valor, tudo é preciso cuidado, zelo... 02/07/06 Anônimo
PROGRAMA DO DIA 31/06/2006 - (CONTINUAÇÃO)
Assim nunca devemos deixar a indiferença tomar conta de nossa vida, de nossos sentimentos, é como um muro que vc constrói com falta de carinho, derrube esse muro, o amor é capaz de derruba-lo... tenha coragem, coragem de tirar da sua vida o que ja nao te faz bem... não se apegue aquilo que foi feito de errado... aquilo que ele havia feito de errado é como uma moldura, que lhe atrapalha, que lhe tira a paz, e deixar isso permanecer em sua vida é pecado, aquilo que nos insistimos em fazer ficar, em permanecer e que pode estar tirando a paz da nossa vida, a alegria de viver, é pecado, não nos pertence mais, não temos o direito de tirar o bonito de dentro de nós, a felicidade... e sabe o que é, e como é retirar um quadro, uma moldura que ja não nos faz mais feliz, é pedir perdão, é ser perdoado, é pedir desculpas, é tirar o rancor, a magoa do coração... retire as molduras que ja nao te servem mais e abre o seu coração pra aquilo que realmente te faz mais bonito... Não há felicidade maior em olhar pra uma pessoa e enxergar o prazer em viver, a alegria da alma, alegria que só são capazes de ter, aqueles que tem CORAGEM de SUPERAR...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Seg Ago 18, 2008 11:57 pm

PROGRAMA DO DIA 13/07/2006
Música: Eu espero por você

Bom hj Pe. Fabio começou o programa com a música "Eu espero por Vc" e falou sobre o Tempo, sobre sabermos Esperar em Deus... deu enfase a forma como cuidamos dos nossos sentimentos, não há pecado que seja capaz de apagar a capacidade de esperar, e que um dos maiores esforços de um Padre, é justamente convencer as pessoas que elas não devem desistir, sobretudo aquelas que estão desacreditadas de si mesmo, aquelas que deixaram de acreditar que elas ainda são capazes de continuar... muitas vezes em nome de um amor machucado deixamos de esperar um pelo outro, deixamos de acreditar, e conversão consiste em curarmos a forma que temos de interpretar nós mesmos, afinal Deus carece que a gente creia na gente mesmo, pra que ele possa concretizar nossas ações, afinal nós tb precisamos acreditar que podemos realizar, é facil desistir e cair no descredito que gera tristeza, dor, medo, talvez hj o coração de muitos esteja asim, cheio de razõess pra deixar de acreditar em si, deixar de sorrir, de aceitar a vida, mas o mais bonito é justamente que nesse momento cresce no coração a credibilidade de enxergar aquilo que somos capazes de nos tornar... então que possamos enxergar o hoje, como Deus nos enxerga, com coragem e ousadia de acreditar que Deus nos espera com Esperanca, ousando acreditar que Deus nos enxerga de um jeito sempre novo e ai podemos acreditar no verso da canção pela qual iniciou o programa, que diz "Eu espero por vc, e não me canso de esperar...", se hj mtas pessoas cansaram de nós, em nome de Deus, não devemos desanimar ou entregar os pontos, não desanimar daquilo que Deus ainda pode fazer em nossas vidas... 16/07/06 Anônimo
PROGRAMA DO DIA 13/07/2006 - (CONTINUAÇÃO)
Deus nos quer sempre bem, Deus nao muda de idéia em relação a nós, no amor de Deus não existe mesquinharias do tipo não gosto daquela pessoa, ele sempre esta disposto a nos aceitar como somos... devemos levar sempre a esperança para acalentar os nossos sonhos... afinal, "so temos o direito de esperar pelo impossivel, dp de termos feito td o que nos foi possivel..."... Falou tb sobre o cuidado que devemos ter com nós mesmos, o que resgata um
coração machucado ou comsentimentos pessimistas é ele ter alguém a quem ele ama... o amor é cuidado... qdo pensamos no valor que temos pro outro começamos a cuidar de nós mesmos, qdo a gente ama, a gente cuida de nós mesmos e do outro, pq sabe que o outro não sabe e não imagina
viver sem nos ter por perto... por isso nós nascemos a imagem e semelhanca de Deus, pra tentar ser conosco e com os outros aquilo que Deus foi pra nós... a imagem de Deus é dom, a semelhança de Deus é tarefa, todos nós somos a imagem de Deus, mas corremos o risco de nunca chegarmos a ser a semelhança de Deus, pq a semelhança passa a provaçoes a toda hora, a todo momento e não é facil sermos como Jesus, o que não podemos é desistir, é saber qdo erramos e pedir perdão por mais um momento de fraqueza... 16/07/06 Anônimo
PROGRAMA DO DIA 13/07/2006 - (CONTINUAÇÃO)
Já na outra parte do prog. Pe. Fabio deu enfase a minima diferença que existe entre dois sentimentos: "AMOR e ODIO", e a indiferença, unico sentimento capaz de acabar com o amor, isso me levou até mesmo a pensar na musica cuja é nome da comunidade: "Contrários" na qual diz que: "o odio é uma forma tão estranha de amar", afinal o odio não existe, o odio nada mais é que um amor machucado, vc amava tanto uma pessoa mas ela te decepcionou, ai vc acaba desenvolvendo por ela um sentimento de descaso, por isso ele diz, que O ser humano é capaz de amar e odiar na mesma intensidade, qdo queremos o mal de alguém é pq amamos, a fonte de onde nasce o amor e o odio é a mesma, todo amor pra acabar de verdade precisa ser indiferente. o unico sentimento capaz de acabar com o amor é a indiferença, pois qdo caimos na indiferença, pra nós ja tanto faz se tenho noticias da pessoa ou não, pq ja nos resolvemos dentro de nós, a pessoa ja não provoca em nós sentimentos negativos nem positivos, somos indiferentes a tal coisa, a determinada situação... Assim devemos saber sepultar relações estragadas, o amor pode se tornar perigoso, qdo gera frustração, e se a outra pessoa nao conseguir sepultar e levar a vida pra frente ela pode se
tornar culpada pelas suas dores, por não conseguir sepultar seus sentimentos... e como podemos mudar isso, comecando a fazer com que o nosso coração se torne indiferente a essas coisas, parando de prender a sua atencao ao que leva a esse sentimento, deixar de ficar atras procurando noticias, pra que machucar mais o coracao do que ele ja ta, deve-se deixar esse sentimento que ainda resta ir embora, acreditar que ja perdeu, se libertar... saber sair de cena, saber perder é um merito... 16/07/06 Anônimo
PROGRAMA DO DIA 13/07/2006 - (CONTINUAÇÃO)
Uma das coisas admiraveis em uma pessoa é ela saber brilhar na hora certa e saber doar o espaco pro outro qdo achar que o seu tempo ja se foi, o seu afeto teve um tempo de brilhar o outro não te quer mais em sua vida, pra que insistir em tomar posse de uma coisa que ja não é mais sua, devemos mandar essa raiva, magoa embora, não se tornar monstruoso por nao saber perder... não existe amor pela metade, achar que ama, achar que odeia, existe o amor, o amor feliz e o amor machucado que pode ou não florescer novamente, mas nimguém tem o direito de nos fazer sentir diminuidos por um erro ou um fracasso, Deus é misericordioso, temos que saber recuar, se vc é um fracassado em relação a uma historia, vc não tem o direito de gerar um fracasso só pq esse um relacionamento não deu certo, sera que esse relacionamento é td que temos na vida? claro que não, qdo só nos ocupamos daquele fracasso deixamos de perceber o que esta acontecendo a nossa volta e nos prendemos nesse fracasso e deixamos de ver as outras possibilidade, e assim corremos o risco de nos tornar monstros de nós mesmos, devemos tomar cuidado com os sentimentos que alimentamos em relação ao outro, não temos o direito de acorrentar nimguém, se o outro vai embora e não volta, é pq nunca foi nosso... qdo a gente se prende e prende o outro a nós, qdo ele desperta sentimentos negativos em nós, o nosso sentimento nem sempre é verdade, por isso devemos tomar cuidado com as mentiras que nossos sentimentos pode nos pregar, qdo nos reduzimos a um fracasso deixamos de ver as coisas bonitas que Deus coloca em nossa vida para que possamos recomeçar e continuar... esqueçamos um pouco o ontem e provemos o hoje.

FIM... Deus abençoe a Todos!!! 17/07/06 Anônimo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Seg Ago 18, 2008 11:59 pm

PROGRAMA DO DIA 27/07/2006
Música: "Deus Cuida de Mim"

Bom, no programa Pe. Fabio deu enfase a nossa maneira de acreditar que Deus nos ama e cuida de nós... Acreditar no cuidado de Deus é descobrir uma responsabilidade dentro de nós mesmos. O amor é a realidade que nos mostra a outra face, face dificil as vezes de ser encarada, mas necessária para o nosso crescimento espiritual. Qdo amamos nos tornamos especialistas em descobrir o outro lado, o amor faz com que não desanimamos do outro, que não deixemos de acreditar, mesmo o outro não sendo tudo o que desejamos, afinal cada pessoa é unica e tem suas características sejam elas boas ou ruins, cabe a nós fazemos um esforço em descobrir no próximo aquilo que ainda não havia sido descoberto, isso é cuidado, uma forma de aceitar o outro como ele é, uma forma de deixar o amor ser maior que as qualidades e defeitos. Todo mundo que ama cuida, o verbo amar no seu significado mais intenso, significa cuidar, nós cuidamos a medida em que amamos, e amamos a medida que cuidamos, Amar e Cuidade são dois verbos que expressam um ao outro... como diz o ditado: "diga-me o que vc cuida e vamos entender o que vc ama..."... Nimguém doa, aquilo que não tem, cuidar não é esperar que o outro lhe de tudo, cuidar é fazer aquela parte que é nossa, sem esperar do outro, pra poder assim descansar no cuidado que o outro tem com a gente...

Deu um exemplo tb no qual disse: chore se tiver vontade, alivie esse coração que precisa e merece ser cuidado, querendo dizer que na vida não precisamos de mto pra ser feliz, somos nós que complicamos e exigimos sempre mais, nunca estamos satisfeitos, seremos felizes de verdade, qdo conserguirmos enxergar que a felicidade esta nas coisas pequenas, nos minimos gestos, como na mão de um amigo/namorado/familia, que Deus envia pra lhe representar e cuida de nós... assim não importa a circunstancia, é facil amar, dificil é extrair de nós um amor sem estimulo, e é justamente nessa hora que provamos a nossa fé, mtas vezes na vida não temos razões para continuar a amar as pessoas, e mesmo assim brota dentro de nós um amor que não sabiamos que tinhamos, o amor desinteressado, o amor simplesmente pelo fato de amar, o amor puro, o amor que nos faz feliz só por saber que o outro existe... mtas vezes ficamos buscando perguntas, respostas, justificativas para amar, eu acredito que a beleza, a sabedoria da vida consiste em a gente não entender determinadas situações, pq qdo entendemos, qdo tudo esta certo, temos motivos para amar, agora qdo não entendemos só o coração busca a resposta, busca a resposta pra todas nossas perguntas, e dentro de nós cresce uma maturidade que nos difere daquelas pessoas que se acham sempre prontas a perguntar e responder, todos nós ja passamos por isso, sempre que fazemos perguntas demais corremos o risco de perder a sabedoria, a beleza é olhar e não perguntar nada, não se prenda ou fique olhando pra aquilo que ja se foi, aprenda admirar aquilo que vc esta ganhando... e não há maior presente que descobrir que Deus cuida de nós...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:01 am

PROGRAMA DO DIA 03/08/2006
Musica: Pai Adotivo

Bom no prog. de hj Pe. Fabio cantou a musica "Pai adotivo" do novo cd e disse que essa musica é uma canção que lembra muito sua
infancia, que deixa o coracao repleto de saudade, e que o deixa na
certeza que seu pai o deixou a maior herança de todas, o "carater"
que ele conseguiu moldar e deixar em cada um dos filhos.

Pe. Fabio falou tb do amor ao filho adotivo, que é um amor gratuito
de quem não tem obrigação de amar, afinal o filho adotivo é o filho
que vc escolhe pra amar, vc o elege pra ser seu, ele é fruto de uma
escolha gratuita, o filho de sangue vem ao mundo e nós os esperamos e o amamos naturalmente, mas o filho adotivo ele é eleito, ele é o
escolhido, trazemos ele e ai experimentamos o jeito de ama-lo, assim é o amor de Deus por nós, nós fomos os escolhidos por ele e uma forma de retribuir isso é fazendo o que ele sempre nos ensinou, amar.

Falou um pouco dos problemas pessoais que anda vivendo, disse que o
que lhe entristece é estar diante uma pessoa pela qual ele ama mto e não poder fazer nada pra resolver, ajudar, mas que nessa hora, ele se apega no que ele sente, e que com o amor que ele possui, alivia de alguma forma o momento de dor e sofrimento.

Deu enfase novamente a grande dificuldade que as pessoas tem em
deixar partir certos sentimentos, que existem alguns
sofrimentos na nossa vida que se não nos libertamos dele, ele nos faz de vitima, é o caso de que pode passar qtos anos for, e a pessoa ainda continua mergulhada naquela dor e fazendo com que ele seja o combustivel da sua vida, deu o exemplo que a nossa vida é como um carro que vai sempre sendo abastecido, depende de nós o tipo de combustivel que vamos colocar nele, pra que ele tenha um bom desempenho, não podemos descuidar do combustivel, devemos permitir a esperanca, o amor, o carinho, passamos por obstaculos, mas depende de nós o que vai permanecer em nossas vidas, não vale a pena permitir em nossas vidas combustiveis de pessima qualidade, devemos deixar o que vai nos fazer amadurecer...

Explicou tb sobre pessoas que tem o "espirito de vitima" a pessoa
viveu uma decepção e ficou com aquela perda, não permitiu que seu
coracao encontrasse repouso em outras coisas boas, como se aquela que perdeu fosse unica, não deixou o problema ir embora e ai ela assumiu o espirito de vitima, é uma pessoa tristonha, caida, sem brilho, não sabe mais ser feliz, pq se acostumou e acomodou naquela situação, possui um combustivel de tristeza, depressao, ela esta vivendo como se aquele momento de erro não passasse nunca mais, ela gosta de se sentir vitima, é assim que ela consegue chamar atenção e assim deixa de viver as coisas boas da vida, deixa de viver o que esta a sua volta, todos nos corremos o risco de estarmos assim, não são todos os dias que estamos da mesma forma, e é por isso que devemos estar atentos aos nossos sentimentos, vc tem que persistir naquilo que vc acredita, se abastecer daquilo que sabemos que é bom na vida, que nos faz sentir melhores, nada e nimguém tem o direito de nos fazer menores ou diminuidos, ou acreditamos em nós e na nossa fé e fazemos isso fielmente todo dia ou acabamos caindo no espirito de vitima, devemos prestar atencao em td em nossas vidas, naquilo que vc escreve, canta, diz, pq isso tudo, é o que vc acredita e não podemos deixar o momento presente nos fazer esquecer o que somos... não devemos permitir que o desanimo nos acompanhe, devemos entregar pra Deus e buscar forças pra sermos maior que ele, dando enfase ao valor da nossa fé, ao valor de acreditarmos naquilo que desejamos, pode ser que hj tenhamos aquela sensacao de limites, de carencia, de problemas, mas é nesse momento que devemos estender a toalha sobre a nossa mesa e colocar os poucos pães que temos, eles podem ser pouco perto do que esperamos, pq temos a mania de sempre esperar mais do que podemos receber, mas ai entra o momento da nossa fé, entregar nas mãos de Deus e deixar que ELE multiplique o que temos, acreditar nele, podemos não ter td o que precisamos ou queremos, mas sempre havera um fio de esperança... 04/08/06 Anônimo
Falou tb sobre traição, e que toda relação que passa pela dor da
traição precisa ser refeita, não existe poção magica pra se esquecer algo, existe o recomeço, precisamos reagir, e o que nos faz reagir e pensar em recomeçar, é o valor que aquela realidade tem pra nós e que nos faz lutar por ela, a traição é um momento dolorido, mas se existe amor, devemos recomeçar, dar a volta por cima e procurar não cometer os mesmo erros, sendo fiel aquilo que se ama.

Falou tb sobre problemas familiares, que a primeira coisa a se fazer qdo se tem um problema na familia, é olhar com carinho e amar, depois conversar, ja que a conversa é sempre uma forma de ajudar, de acolher pra que as pessoas não se sintam perdidas, são tantos traumas, tantas situações dificeis e a gente torna elas mais pesadas por não saber como lidar com elas. Por exemplo existem alguns pais que os filhos não respeitam, e sim temem, e medo não é respeito, pq a pessoa medrosa tem uma dificuldade mto grande de superar. Qdo a gente quer fazer a experiencia familiar ou qualquer outra relação valer a pena, devemos enfrentar a verdade. Muitas vezes a mentira faz parte do medo, o medo de revelar e eqto tivermos medo, não vamos superar, pra isso a CORAGEM, todo cristão deve ser corajoso, ter fé e enfrentar com coragem pra poder superar.

Falou sobre a igreja católica e evangélica, respondendo uma pergunta por email e disse que não importa a religiao, Deus é amor,e o amor ainda é a maior religião.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:07 am

Música: Ao Coração

Bom no programa de hj, Pe. Fabio falou sobre Liberdade, que td que jesus falou pregou e fez, não tinha outro objetivo senão colocar no coração humano a liberdade. Jesus cada vez que encontrava uma pessoa, provocava nela o desejo de ser livre. Contou que Visitou um casal de amigos que tem um filho que vive um processo destrutivo de drogas, que é prisioneiro do vicio, as razões do vicio não sabemos e as vezes saber até nos ajudaria a nos libertar, mas mtas vezes nos deparamos com perguntas sem respostas e passamos por situacoes no dia a dia nos faz pensar assim, ficar procurando respostas. Qdo estamos presos a alguém, ou a alguma situação, temos a nitida impressão que estamos deixando de ser o que somos. Contou que
ele mesmo viveu algumas dependencias afetivas, que a gente se
apega as pessoas de uma maneira brusca, e qdo nos damos conta,
percebemos que estamos presos a ela e mtas vezes não sabemos diferenciar o espaço do outro e o nosso, e isso acontece qdo
perdemos a noção de limites. Assim, Jesus nos liberta qdo nos faz olhar pro espelho e nos faz perceber que estamos destruindo a nossa vida, qdo nos faz olhar e acreditar na reconstrução da nossa realidade, de se refazer, de buscar forças dentro do nosso coração, talvez afetivamente podemos nos sentir mtas vezes quebrados e precisando nos refazer em mtas areas do nosso coração, areas que possamos estar prisioneiros, e a unica solução é abrir o coração, afinal os unicos que temos a chave é nós, Jesus quer nos libertar mas a decisão é nossa, nós devemos nos permitir ser libertados, por isso o refrão dessa musica: "Ao Coração", é um voltar a si mesmo, e dizer que todos nos merecemos uma oportunidade e que
não estamos condicionados a viver condenados, presos ao que
aconteceu e sim olhar adiante.

Recebeu um email sobre relacionamentos que terminam. Deu
enfase que a liberdade é um principio da vida humana e podemos
compreende-la a partir de duas chaves importantes, essa
liberdade que experimentamos a todo momento, liberdade de
escolher roupa, de assistir determinado canal, de ouvir
determinada música, é a circunstancial, ela é relativa e
acontece de forma diferente em nossa vida, e a liberdade
fundamental, é um pouco mais profunda, as nossas relações
humanas costumam atingir um nivel mto alto, qdo permitimos que
o outro entre em nossas vidas mais profundamente, mas a partir
do momento que o laço vai se tornando mais estreito, ele deixa
de interferir na minha liberdade circunstancial e passa a ser
fundamental, a relação ficou mais profunda, eu passei a deixar
que ele fizesse parte da minha vida, toda vez que
estabelecemos uma relaçaõ com alguém que duvida de nós,
começamos a duvidar de nós mesmos, o ciumes por exemplo domina
a nossa capacidade de ser autentico, existem pessoas que por
causa de ciumes acabam se tornando mentirosas, td pra
conseguir deixar preso o outro a nós, concretamente a pessoa
não faz mais parte da nossa vida, mas dentro de nós, não a
deixamos partir, é como se trancasse nosso coracao e impedisse
de ir a frente, e só podemos ser mais forte que isso,
racionalizando o que sentimos, só aprendemos a ser livres qdo
experimentamos a experiência de ser, uma das piores coisas que
existem nessa vida é ser monitorado, ser fruto do ciumes, não
dominar o que sente... Citou um filme que se chama: "Sonho de
liberdade", um rapaz que sai da prisão vive apenas uma semana
livre e se suicida, pq descobriu que não sabia ser livre, a
prisão não era apenas feita de paredes, era dentro dele, e há
pessoas que passam por esse problema e se esqueceram de saber
o que é ser livre e ng pode ser feliz se sentindo preso ao
outro.
Disse tb que nós só temos o direito de se ocupar daquilo q
pode ser mudado, se é problema tem solução... é dificil
conviver com arrependimento, com remorso, mas nao há outro
remédio que perdoar a nós mesmos, precisamos aprender a lidar
com o passado, ele tb tem o poder de retirar nossa liberdade,
cada vez que voltamos nele, deixamos de olhar pro futuro.
Falou sobre o pecado, disse que pecado é o que a gente permite
sentir, td aquilo que nos fragiliza na nossas opções é uma
experiência de pecado. Qdo permitimos que realidade passadas
se tornam presentes em nossas vidas, a auto destruimos, qto
maior achamos que é o pecado, maiores serão as consequencias,
o pecado é um pacote não tem como abrir só, não existe atitude
sem repercussão, tem fatos que são pra sempre, mas até qdo
isso vai estar presente em nossas vidas somos nós quem vamos
decidir, deu exemplo que a vida é como uma nota, mas o que vai
determinar a duração da nota é quem esta tocando, por isso
acredita mto no processo de cura interior, processo de
reconciliação por meio da oração, que nos faz interpretar
determinado fato de forma diferente, só podemos ser felizes
perdoando a nós mesmos. Atendeu uma ligação, Sobre o perdão, e
falou sobre o poder do perdão, qdo perdoamos o outro estamos
colocando em ordem a nossa vida. A vingança gera dentro de nós
uma alegria momentanea e o perdão uma alegria eterna, perdoar
não significa trazer o outro de volta pra nossa vida, temos
todo o direito de dizer quem vai ou não participar da nossa
vida, perdoar é deixar de sentir o que era ruim, desagradavel.
Precisamos aprender que passamos pelo perdão todos os dias,
com as pessoas e com nós mesmos.
Falou sobre a morte, que quando morremos entramos na
eternidade, que nada mais é que a ausencia de tempo e lugar,
nós acreditamos no céu e inferno, qdo falamos isso, falamos de
uma situação que não sabemos dar nome, por isso devemos dizer
eternidade, o céu é uma realidade de forma precisa onde todas
as pessoas que souberam construir o reino na terra, geralmente
sera o reino onde irá viver... Assim devemos nos preocupar com a esperança que nos projeta, e uma forma de viver bem isso, é vivendo bem a vida...

Recebeu uma ligação, sobre discussão, falta de dialogo com a
mãe, disse que só magoamos quem amamos, e tentar conversar
amigavelmente e expor os obstáculos é sempre a melhora saida.
Existem pessoas que tem o poder de tirar de nós o que temos de
pior e geralmente são aquelas pessoas que estão mais próximas
de nós, que nos conhecem bem. Relação saúdavel é aquela que
sabemos definir os papéis e limites e não há nada melhor que o
diálogo. Na verdade aquilo que não suportamos é o que estamos
vendo da gente no outro, por exemplo a caracteristica que não
suportamos no outro é uma caracteristica que temos em nós mesmos e não sabemos identificar.


Terminou o programa dizendo pra não apressarmos o rio, ele
corre sozinho, e aquilo que precisamos tomemos conta, pq essa
parte de hj não pode amanhecer amanha sem uma soluçã
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:10 am

PROGRAMA 24/08/2006
Música: Casinha Branca - 02/03/2006

No Programa de hoje, Pe. Fabio cantou a música: "Casinha
Branca", pq diz que essa música é uma forma de começar a
Refletir a vida. Mostra um pouco da realidade que vivemos
hoje, que a estrofe da música é alguém declarando algum
momento da vida, e que mtas vezes encontramos mtas pessoas
assim, e isso marca o dia de hj, a incapacidade que o outro
tem de acolher o outro que chega, e a solidão só vai embora no
momento em que a alma se sente acolhida. Por exemplo, o nosso
Corpo pode chegar em algum lugar, mas o espirito não se sentir
acolhido. Assim a solidão fisica passa qdo encontramos o
outro, mas a interna permanece, pq não conquistamos a pessoa.
Mas o refrão da música Casinha Branca é cheio de esperanças,
mostra que apesar dos obstáculos, sempre enxergamos algo novo,
dá o exemplo da nossa vida, e que nas estrofes da nossa
existencia mtas vezes o conteúdo é tristeza, mas que
descobrimos ao decorrer, que o refrão de nossas vidas é a
esperança, e que podemos colocar essa esperança na estrofe de
nossas vidas.

Falou da simplicidade, que através da
simplicidade fazemos a nossa vida mudar, afinal Deus é simples
e para o entendermos é preciso tirar as sandalias dos nossos
pés. Deixar a arrogancia, o pré-conceito, pq só qdo nos
desarmamos e abrimos o coração, sabemos conhecer quem esta
diante de nós, e as vezes apriosionamos os outros e fazemos
da nossa vida apenas uma estrofe, deixamos de enxergar o
refrão... Assim a solidão vai embora no momento que alguém
encontra nossa alma e permite ela ser o que é, não há nada
mais importante que um ser humano pedir ajuda, abrir a alma e
assim começar a descobrir o caminho certo, dando a chaance de
alguém ouvir aquilo que vc tem a dizer, ouvir e ser ouvido... 25/08/06 Anônimo
CONTINUAÇÃO PROGRAMA 24/08/2006
Recebeu um Email no qual falava sobre a morte, sobre não ter a
presença de um pai, uma familia, sobre Perder alguém, sobre
saber dar valor as pessoas que estão a sua volta, e que a
felicidade de uma familia não esta nas coisas materias e sim
na alma, na certeza da presença constante que vc teve na vida
das pessoas que vc ama. Disse que na vida nos ocupamos de mtas
coisas, mas esquecemos de nos preocupar com o que realmente
faz sentido, o carinho, uma ligação, uma demonstração de amor,
pq a vida pode ser curta demais, e podemos não ter tempo de
usufruir da companhia de quem amamos.

Falou sobre relacionamentos, que somos juntos os construtores
da alma, as pessoas só tem o direito de permanecer em nossas
vidas, se nos fazem sentir algum bem, se nos fazem felizes, o
outro não pode extrair de nós sentimentos que não são
cristãos, mágoas, agressões fisicas e morais, que existem mtos
relacionamentos que estão precisando de reformas, que não
devemos ter medo das mudanças, só devemos entrar na vida das
pessoas pra faze-los felizes

Falou sobre Jejuar, que Profano é aquilo que esta fora da realidade cristã, o sagrado é a realidade que tirou do profano e atribuiu um novo significado. O sacrificio é a realidade humana que nos ajuda a transformar algo dentro de nós...

Disse uma frase que dizia: "Existem coisas que são mais que coisas, coisas que nos fazem lembrar, que qdo dizemos que amamos, ressuscitamos a quem amamos e a nós mesmos..."

=> Galera como foi programa reprisado, creio que o principal foi isso... espero que gostem, valeu. Obrigado, que Deus abençoe a todos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:18 am

Programa Especial - AO VIVO

Música: Tocando em Frente

Qdo a palavra de Deus entra em nossas vidas, não é pra nos
tornar mais pesados, nem pra nos colocar regras, mas graças a
Deus, vamos descobrindo que anunciar o evangelho é decobrir
boas noticias, é descobrir que temos o dom de ser feliz, como
diz a canção "Tocando em Frente" e assim, quem sabe no dia de
hj possamos descobrir a semente da felicidade que precisa ser
cultivada, o amor de Deus é como uma semente e assim
precisamos nos exercitar no cultivo da semente, temos o dom
que é a semente, e a tarefa de fazer com que a semente se
glorifique, felicidade é uma semente que temos dentro de nós e
todos nós temos, agora fazer frutifica-la é tarefa nossa, e
não podemos colocar a nossa infelicidade em Deus, qdo as
coisas não vão bem é pq nos nao damos um jeito

Contou a história de uma aluna que foi tentada a viver um
desconforto em sua casa, pq a casa em que morava se situava ao
lado de um terreno baldio, e td o que não queriam em suas
casas, as pessoas jogavam nesse terreno, com o tempo sua casa
comecou a criar lixo, por causa de inúmeros vizinhos que
jogavam coisas que não prestavam, assim, o terreno tornou-se
um depósito de lixo e ela se sentia injustiçada pois jogavam
lixo ao lado da casa dela e aquilo lhe deixava infeliz, até o
dia em que ela tomou uma decisão, ela percebeu que se não
fizesse algo, o terreno ia mata-la de raiva, assim pediu
autorização e começou a fazer um trabalho pra limpar o lixo,
era uma tarefa diaria, recolhia as pedras, separava os lixos, enfim com o lixo que ela retirou ela começou a transformar o terreno baldio, primeiro reuniu as pedras, e dp passou a fazer caminhos e assim plantar um jardim, diante uma dificuldade teve a oportunidade e a feliz idéia de transformar o que a deixava triste, numa coisa bela, e nesse momento descobriu em seu coração uma mulher que ela
não sabia que existia, e na nossa vida é assim, não estamos
felizes pq reclamamos dos terrenos baldios que estão ao nosso
lado, colocamos a culpa onde o outro jogou o lixo e acabamos
acostumando a viver com esse lixo, qdo na verdade o que
precisamos fazer é tomar a iniciativa de limpa-los, cada um
carrega o dom de ser capaz e ser feliz, e se a gente não se
cuida, corremos o risco de ter uma vida desagradavel, viver de
sentimentos mesquinhos, mascarados, estranhos pq acostumamos
com ele, e quem sabe a partir de agora, Deus segura em nossas
mãos pra nos ajudar a limpar os terrenos de nossas vidas, pra
transforma-los em jardim, e que se não voltarmos a ser jardim,
cuidado, pq todos aqueles que se aproximarem de nós, vão nos
tratar como lixo, e não somos lixo, somos preciosos, e se
houver lixo em nossas vidas, é mero acidente de percurso, pq
Deus sempre vem nos ajudar e de nossas vidas um jardim, basta querermos!
Leu Email sobre Destino, Sofrimento e Relacionamento: o destino
não aprisiona, que hj é um dia presente, vc olha pro passado,
aprende com ele e projeta seu futuro. Deus é bondade, Deus é
amor, e aquele que é amor, não pode desejar outra coisa senão
a felicidade. Ng seria capaz de desejar o mal a uma pessoa
que amamos, mto menos Deus, Deus não quer que soframos. Deus
nunca nos condena, as consequencias das nossas escolhas
poderão nos fazer infeliz, porém foi nós quem fizemos a
escolha, ele é justo pq respeita a minha escolha e se eu não
fiz a escolha certa eu vou sofrer consequencias do meu ato.
Qdo falamos q Deus permite o sofrimento, ele não escolheu o
nosso sofrimento, permitir é entregar a vida no processo da
liberdade, no momento em que fazemos escolhas, escolhemos
consequencias tb, por isso ele sempre diz, que só sofremos
qdo amamos, Deus permite que nós vivemos, mas não tem como
tirar nosso sofrimento, o cuidado com as nossas consequencias
somos nós quem fazemos. Sofrimento existe e não há ng que não
viva ele, e destino não se aplica aquilo que ja esta escrito,
nossas vidas estão em nossas mãos e o que Deus deseja é que
possamos viver bem, agora o que faremos de nossas vidas é
responsabilidade nossa, a caneta esta em nossas mãos e o que
vamos escrever depende de nós e não da definição de Deus.

Cantou: Triste Berrante
Cantou: Romaria
Cantou: Zé da Silva

Anunciou o novo Cd, que gravou com as músicas que o pai dele
gostava e que aquelas canções seriam canções de cura no
coração de mtas pessoas, e que acredita que existe algumas
musicas que tem um poder religioso dentro de nós, que nos faz
voltar a ser o que sempre fomos e uma boa musica tem o poder
de retirar o lixo de dentro de nós e dois sentimentos não
podem ocupar o mesmo espaço dentro de nós, e ouvir uma boa
musica tem o poder de nos fazer feliz, de lembrar dos momentos
vividos e conta que a música Zé da Silva é a musica que da
nome ao seu coração e assim dedicou a todos que assistiam.
Contou a história de seu nome, que antes não tinha o Melo como
sobrenome e hj assina como: Fabio Jose de Melo Silva, que
reivindicou o direito de ter o nome da sua mãe, e em sua
primeira missa, Pe. Joãozinho o chamava de Zé da Silva, mas
que na realidade o seu desejo era que fizesse valer o sangue
de sua mãe. Disse que hj a sua vida mudou mto e que as vezes
até o assusta, pois não esperava chegar onde chegou, que ele
gosta de ensinar, dar aula, que ele nasceu numa familia mto
simples, e que na casa dele, ele é o unico que saiu de casa e
foi estudar e que no lançamento de seu primeiro livro, foi uma
noite mto bonita e todos foram prestigiar, prestigiar o Zé da
Silva e naquela noite era seu aniversário e deitou com sua
mãe, e sua mãe lhe disse que estava mto orgulhosa dele, que
não entendia nada do que ele havia falado, mas que mesmo assim
estava lindo, pois sua mãe era mto humilde e assim ele disse
pra sua mãe que se ela achou bonito mesmo sem entender, era o
maior presente que podia ter recebido dela.

Apresentou os musicos: Bruno, Laércio, Mimi, Rafael que fez
todos os arranjos e o Renato. Anunciou as caravanas presentes,
os padres, agradeceu a todas as pessoas que estavam
assistindo, e os amigos que estavam na platéia.

Recebeu a Entrega do Cd de Ouro que representou uma pessoa de ouro pra tantas pessoas. Pe. Fabio agradeceu, dizendo que não era
apenas vendagem, mas que aquele disco era de ouro pra mtas
pessoas, que saber que uma daquelas canções mudou a vida de
alguém, ja teria feito valer a pena. Agradeceu ao Pe.
Joãozinho que acreditou nele, ao Pe.Zezinho, a todos da canção
nova, e a todos nós admiradores que o fazem a cada dia Humano
Demais, assim terminou o prog. cantando "Humano Demais".!!!

FIM !!!

Deus abençoe a todos!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:26 am

RESUMO DO PROGRAMA 07/09/2006
Música: Sou Um Zé da Silva e Outros Tantos

Bom hj, Pe. Fabio começou o programa, pregando sobre as misturas que vão acontecendo em nossos corações através das nossas e de outras experiencias de vida, de outras pessoas que se misturam em nossa história, e nos fazem pensar, quem sou eu, quem é vc... pq aquilo que a gente é nao cabe simplesmente numa resposta, seria uma injustiça nos definir em uma palavra, uma palavra não existe e seria uma ingratidão nos definirmos em uma palavra, pq somos a mistura de mtas histórias que passaram por nós... nós somos as misturas dos fatos, das dores e alegrias, e o processo de evangelização é tb um processo de conscientização do que a gente é, cada vez que assumimos torna-se mais facil lutar, mais facil viver, saber quem somos é uma forma de saber o que a gente pode e não pode fazer...

Contou sobre uma conversa com o Pe. Pedro Cunha que o ajudou a responder uma resposta que o incomodava, que o trabalho dele era cuidar do coração alheio e que as vezes ele se angustiava em não poder cuidar dos corações que ele havia interferido e Pe. Pedro o ensinou que ele com o seu trabalho tem uma missão especifica, que a partir do momento que interferimos no coração das pessoas, outras tb ajudarão a cuidar, e que ele sempre iria cuidar daquilo que era dele, que o sentimento que ele provocou em outras pessoas, as farão serem ajudadas. E assim, podemos ter essa sensação mtas vezes, de nos perder por achar que temos mto o que cuidar e acabamos perdendo a nossa identidade, que devemos tomar cuidado pra não fazer mta coisa ao mesmo tempo, devemos ser humilde, reconhecer os limites, identificar que existem realidades em que nós precisamos nos dedicar, devemos saber perder, saber deixar para o outro
aquilo que não é seu...

Disse, que o amor é a realidade humana que nos ajuda a ser o que a gente é, o outro qdo me ama de verdade, traz pra fora a nossa identidade, ele nos faz ser o que nós somos...

Respondeu a um questionamento de uma garota, sobre uma resposta que ele havia dado e sido mal interpretado, sobre: "Pra onde vamos qdo a gente morre", que ele havia dito, que vamos pra lugar nenhum. E ele se explicou que foi vitima de seu limite de linguagem. Que na verdade qdo morremos, a eternidade não é um lugar, é uma realidade que extrapola nossa inteligência, que na eternidade vale mto mais o silêncio que uma explicação, qdo falamos em eternidade não conseguimos defini-la, e qdo morremos entramos em uma outra definição da vida, modifica-se a forma de vida, a passagem, mas nela não há localização, não tem como especificar como é o céu, por isso ele é esperança, é fé, a fé é aquilo que a gente ainda não sabe, mas de alguma forma ja sabe esperar, é uma experiencia que nós não sabemos dizer mas ja sabemos esperar, o céu é a mesma coisa, ng sabe dizer pra onde vamos, mas temos que saber esperar o tempo, viver os momentos e ter uma expectativa de
futuro.

Falou de uma pregação que havia feito, e que na palavra sempre pode haver o equívoco, podemos sempre ser vitimas da nossa inteligência, das nossas palavras, mas nunca poderemos ser vitimas do jeito de olhar, que pra ele, o olhar evangeliza mto mais que as palavras, mas ja que tem que dizer, que seja do jeito certo, da maneira correta. Agradeceu sobre o programa, que é dificil estar la pra realizar, mas que ele se sente mto feliz em saber que ele pode ser Deus entrando na vida de outras pessoas... citou uma frase que dizia: "Que o meu cansaço a outros descanse..."... Que sua alegria era inclusive por entrar na vida de pessoas que nunca havia conhecido a Deus e que através do programa, tem se evangelizado...

Leu uma carta que falava sobre um ditado popular: "Deus escreve certo por linhas tortas", que pode ser perigoso acreditar nesses ditados, qdo queremos justificar o que vamos fazer de errado, que devemos tomar cuidado. Que uma pessoa é boa qdo ela assume seus erros, errou e entende que precisa consertar.

Falou sobre perdas, fisicas e afetivas... Que perder alguém nessa vida é um processo mto doloroso, citou o Guto, um jovem que perdeu seu pai, qdo uma pessoa morre na nossa vida, é como se precisassemos nascer novamente, reorganizar, refazer, recomeçar e a vida cristã é sempre uma experiência de recomeço. Explicou que morte nem sempre são fisicas, as vezes uma pessoa lhe traiu, foi embora, vc não tem mais a oportunidade de te-la em seu lado, mas que vc tem que refazer sua vida, e qdo perdemos alguém que nos é mto importante é como se perdessemos nosso referencial e ai é onde precisamos encontrar sempre um novo motivo, e não deixar a vida parada, estacionada... e nós que acreditamos em Deus, não temos o
direito de dizer que não sabemos o que fazer, pq Deus sempre
nos ajuda a continuar...

Falou sobre trauma, e que trauma é uma situação humana, que não damos conta, que extrapolou, vazou, e deixou as suas marcas, é uma realidade que não soubemos enfrentar, uma realidade que não estavamos preparados. O trauma ele é sentimento, ele é toda emoção, por isso é dificil de ser lidado, a emoção esta aflorada e damos pouco espaço para a razão, e pra superar devemos começar a racionalizar, não nos ocupando dele, começar a juntar a agua derramada pra que ela deixe de nos incomodar, a maioria dos traumas que temos hj são de experiências de dores, sofrimentos, e que podem ser superados através da oração, da fé... Precisamos continuar a
vida e colocar as peças nos devidos lugares, a vida humana é
assim, os limites existem, sempre devemos passar pelo processo da cicatrização, qdo somos machucados afetivamente, precisamos de tempo pra se recuperar, a vida não é facil, precisamos de tempo, pra costurar os buracos que ficaram, não temos o direito de prolongar isso, mas tudo tem que ter o seu tempo pra curar.

Falou sobre o significados dos nomes, em especial do nome Diogo, que indica uma pessoa instruida, que segundo uma crença popular Diogo é um dos nomes do diabo, mas no latim quer dizer belo, e Diabo vem do grego. Explicou que de vez em qdo temos atitudes diabólicas em nossas vidas, que a natureza humana tende a ser simbólica ou diabolica, a simbólica é o que nos une, como a vela é um exemplo de fé, estabelece uma ponte, um vinculo, o diabólico é o contrário, é o que separa, o que não nos deixa entender, é qdo estamos tentando entender uma situação, vem alguém e ao invés de ajudar nos prejudica, nos dividi e não nos ajuda a dividir o problema, como tem aquele que consegue ser simbólico e aliviar nossos corações.

Disse que o nome é nossa identificação, ele não tem influência sobre nós, a nossa identidade é que vale a pena e não o que nosso nome sugere, e o que vale é o que estamos fazendo da nossa história... quem é vc, o que temos feito de nossas vidas, o que temos permitido que Deus faça de nossas vidas, a nossa palavra ajuda ou atrapalha, ela é simbólica ou diabólica, ela contrói ou destrói... mesmo que não tenhamos sabido escolher certo, nao adianta lamentar, nada mais importa, para Deus não importa o que vc fez até hj, o que importa é o que podemos fazer a partir de agora e isso nós podemos interferir... Terminou o programa questionando o que temos feito de nossas vidas, se estamos sendo simbólicos ou diabólicos em nossas vidas e na vida dos outros, e que se temos o desejo de ser bom de fazer a vida ser mais bonita, que tenhamos coragem de colocar o dedo no mundo e dizer que queremos ser simbólico... e cultivar em nós, o dom de amar, unir, e fazer amar...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:35 am

RESUMO DO PROGRAMA 21/09/2006

Música - Humano Demais

Pe. Fabio começou o programa, falando do Desafio na vida de descobrir o lugar exato de onde Deus esta, quais os sinais de Deus em nossa história, que ele como padre quer tentar mostrar, e nos mostrar que Deus esta em todos os lugares, em todos os momentos, e que ali podemos conhece-lo, de nos surpreender com a sua presença.

Mostrou um cartão, de uma pessoa que dizia: "Deus não gosta de
mim e que naquele momento aos 70 anos de idade ela descobria
que Deus gostava dela atraves das palavras do Pe. Fabio..."...
assim ele disse que é mto bom anunciar o Deus de Amor, que é
mto dificil mostrar uma fragilidade, sem antes ama-la, que o
amor faz quebrar as barreiras, aquela que pode ser a resistencia, a conversão, por isso a primeira palavra na evangelização, é dizer: "DEUS AMA VC...", é acreditar que Deus tem uma predileção por nós, que qualquer mudança que temos q fazer, nao fazemos pq estao nos mandando, mas por um amor que nos faz pensar que tudo pode ser diferente.

Leu uma carta de uma mãe que tem um filho que não fala com o
pai há 7 anos por causa das consequencias terriveis do
alcool... Pe. Fabio respondeu que o alcool é um problema
serio, por ser um vicio presente na vida das pessoas, e que
cada vez mais cedo os jovens estão experimentando e não
imaginam as consequencias disso, e que numa situação dessa é
tentar reagir, buscar uma solução, ser capaz de convencer de
que a pessoa precisa ser ajudada, convence-la de que ela nao
tem o direito de se destruir e destruir as pessoas que estão a
sua volta, pediu para os pais terem autoridade e não permitir
que os filhos experimentem o primeiro gole, conscientizar as
pessoas que elas precisam viver diferente e fazer escolhas
mais especiais. 22/09/06 Anônimo
CONTINUAÇÃO PROGRAMA 21/09/2006

Falou sobre o show em Taubaté dia 24/09, no show de lançamento
do cd: Sou um Zé da Silva e Outros Tantos.

Mostrou um presente que ganhou, uma aguia, e que a aguia em um
processo de sua vida, arranca suas garras, suas penas e
estando no meio das pedras, ela começa a bater o bico ate ele
ser arrancado totalmente, e ele faz isso pq seu instinto a
leva a fazer, pq senao fizer ela morre, entao o processo de
sofrimento é necessario pra que dp ela possa ser renovada,
possa voar, se ela se recusa a passar por esse processo
doloroso e por essa refeitura, ela morre, pq em pouco tempo
nao sera mais capaz de caçar, e nossa vida é a mesma coisa, em
mtos momentos precisamos usar a dor pra nos refazer... Pe.
Fabio comecou através disso a fazer uma partilha sobre sua
vida, que mesmo sem mtos conhece-lo, ele sabe o qto todos o
prezam e que iria partilhar algumas coisas, contou que nos
ultimos 2 meses estava tendo alguns problemas, perda de
memória recente, como por exemplo estar em alguns lugares e
ter certos esquecimentos, coisas rapidas que foram se tornando
constante, mas que ele nunca havia dado mta atenção e fez um
chekup, e que ele esta com uma disfunção, que pode provocar
problemas de saude mais tarde, mas que ele vai dar uma pausa
na vida corrida que ele esta, ate mesmo pra se cuidar, e hj
tomou uma decisão mto importante, que a partir da semana que
vem, todos os eventos dele, serão cancelados, pediu desculpas
pro pessoal e que todos compreendam, que rezem por ele, pra
que ele tenha disposição... e que com mto carinho ele dividia
essa irregularidade do seu exame e pedia de maneira mto
especial o carinho das pessoas.

Leu o email de um garoto chamado Felipe, de 14 anos do Rio de Janeiro, que contava que os pais são separados, apesar de se
amarem mto e ainda serem amigos, mas que algo maior havia
acontecido entre eles, uma traição ou algo mais grave, e ele
queria uma orientação... Pe. Fabio respondeu sobre o email,
agradeceu ao Felipe, se emocionou com a atitude do garoto e
disse para a mãe do garoto, que Deus sempre nos oferece uma
oportunidade de recomeço e que há dores e acontecimentos que
ja se passaram e que nós temos o direito de descobrir razões
para ser feliz, que ainda temos um tempo precioso pra
identificar o nosso espaço nesse mundo, que devemos nos dar
essa oportunidade, pois geralmente quem ama não sabe ser feliz
sozinho, é impossivel ficar ao lado de alguem que amamos e
ve-la infeliz, e a prova do amor esta ai, qdo reagimos pelo
outro, no momento em que descobrimos que nao temos o direito
de enterrar a nossa vida, pq outras pessoas estao precisando
de nós, pq o amor do outro desperta o amor que eu tenho que
ter por mim, pq a grande genese da infelicidade é a falta de
amor proprio, o desprezo ou ate mesmo a forma como interpreta
o passado, pq Deus é rendentor, e nós identificamos o amor de
Deus nas pessoas que amamos... e pra todas as pessoas que
sofrem qualquer tipo de dor, olhe pros filhos, olhe pra quem
esta ao seu lado, comece a resgatar seus valores, volte a
viver, pq é o que mais se precisa hj em dia, homens e mulheres
capazes de dar a vida aqueles que precisam, que amam...

Recebeu uma ligação sobre a felicidade, e ele disse que nada
nessa vida é por acaso, e que da mesma forma q mtas coisas
podem ter problemas psiquicos, mtas coisas podem ter razões
organicas tb, e que pra gente dormir e acordar produzimos
hormonio, que o hormonio define até mesmo a nossa alegria, se
estamos desordenados, devemos pensar como temos vivido a nossa
vida, se temos favorecido nosso corpo a viver bem, a saude
fisica e psiquica, que as vezes a gente se perde na vida nos
acidentes e nao fazemos aquilo que é essencial, a essencia é
aquilo que faz a realidade ser o que ela é, o acidente é
aquilo que pode ser modificado, as vezes nessa vida nos
esquecemos daquilo que somos, e nos perdemos nos acidentes,
naquilo que nos nao realizamos e pq? Pq nao nos dedicamos
aquilo que devemos nos dedicar, na conversao de viver a vida
com qualidade, descobrir aquilo que vc precisar fazer hj,
pode-se observar que qdo fracassamos, esquecemos as vitorias
que podemos alcancar, tudo o que fazemos, fazemos pra dar
errado, e viver errado é o maior erro que podemoscometer
contra nos mesmos e contra aqueles que amamos, e qdo amamos
fazemos de td pra que o outro viva mais, e as vezes fazemos
isso com nos mesmos, vivemos sem qualidade, pq nao estamos
sabendo cuidar daquilo que a gente é...

Recebeu outro email sobre a possessão... Disse que qdo
afirmamos o poder redentor de Jesus, colocamos ele acima de
todas as coisas, que a igreja afirma a existencia do inimigo
de Deus, mas nós nao temos o direito de colocar o diabo no
mesmo patamar que Jesus, deu o exemplo que o diabo é um
cachorro bravo que late o tempo todo no mundo, mas ele esta
amarrado, que todas esses pecados que parecem diabolicos,
somos nós que vamos até eles, que o mundo é bom, o que não é
bom, é aquilo que fere a digniddade, o ser humano, mas elas
nao sao capazes de tomar posse, somos nós quem tomamos posse,
pq se acreditarmos nisso, se acreditamos no mal, estamos
negando Jesus dentro de nós, ele correu atras do cachorro,
deixou ser mordido por ele e se deixou envenenar, pq se
tivesse largado, ignorado, ele nao seria capaz de tomar posse
dele, e o dificil é assumirmos que coisas maléficas entrem
dentro de nós, pois toda a hora temos a oportunidade de
escolher e trazer pra nossa vida aquilo que a gente quer e
devemos somente escolher o bem...

Recebeu uma ligação de uma mãe falando sobre o corpo do filho
morto, e Pe. Fabio disse que o tempo mais precioso foi o tempo
de vida, que o que ela havia deixado la, foi o corpo, um corpo
que nao podia mais ser cuidado, que a relação com os mortos
não deve ser a mesma que com os vivos, falou que o que esta
sem vida, nao tem mais o que ser cuidado, que sempre arrumamos
coisas pra se incomodar, pra arrumar respostas pra dor que
sentimos, mas que ng tem que se culpar por aquilo que nao fez
pelo corpo morto e sim pelo que fez pelo corpo vivo.
Falou que foi pregar em um retiro e ganhou uma nossa senhora,
com o manto nas cores do açaí e agradeceu o presente.
Terminou o programa com um momento que pra ele foi espercial,
uma pergunta sobre, as criancas Lucas e Camila que foram
adotados, e que ambos tem cancer, que continuam internados e
que ele estava mto feliz, pois soube que colocaram a musica
disparada pra eles ouvirem e qdo tocou a musica, ele teve uma
disparada, a sua primeira manifestação foi como propoe a
cancao.

FIM!!! Que Deus abençoe a todos...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:43 am

Música: Ao Coração

Pe. Fabio começou o programa falando sobre a vida, o recomeço,
de como nascemos, que nós ja nascemos pela contração do parto,
numa contradição de sentimentos, pois aquela que nos ama, nos expulsa de seu corpo para que possamos vir ao mundo, e nesse
esforço, começamos a vida, ja começamos nos obstáculos,
começamos na contração... e a vida humana é a eterna vontade
de enxergar o novo, de recomeçar, despertar as pessoas pra que
elas possam nascer novamente, e assim caimos na pergunta, como nascer de novo? nascimento é a atitude de toda hora, em
mtos momentos ja tivemos a sensação de estar no fim, sem
esperanças, sem ter mais o que fazer, e numa contração, é como
se sentissemos a necessidade de continuar a luta pela vida,
reagir, e a vida é assim, temos a imensa necessidade de
nascermos novamente sempre, viver a contração que nos fara ser
uma nova pessoa, e ng consegue ser novo sem esforço, precisamos o tempo todo lutar... Contou a história de um encontro que teve com uma pessoa, que havia terminado um relacionamento, e que aquilo lhe fazia mal e que estava na hora de vencer todos os limites de dor e sofrimento e gestar uma nova pessoa, recuperar a alegria, pq o amor vem pra nos enriquecer, passamos por momentos de dor, de prisão, de dificuldades, mas diante de tudo isso, precisamos ter a coragem do nascimento, vai doer nascer de novo, não é facil nascer pra uma vida nova, mas nós cristãos, estamos sempre na mira do coração de Jesus, e ali temos um modelo pra seguir, pra errarmos menos e descobrirmos um jeito interessante de ser gente.

Recebeu uma carta sobre a providência divina, até onde podemos
esperar que Deus venha resolver nossos problemas... Disse que
Deus tem sempre uma forma humana de se manifestar, por meio de
pessoas e atitudes humanas, deu um exemplo
de providencia divina, dizendo que acreditamos no cuidado de
Deus, mas olhamos ao atravessar uma rua, agir com
responsabilidade significa que estaremos atentos, nos só temos
o direito de esperar pelo impossivel, dp de ja termos feito
tudo o que nos foi possivel, e pedir que Deus
nos ajude em nossas atitudes. Falou sobre ajudar as pessoas,
sobre a misericordia divina, as atitudes de bondade e maldade
que há nas pessoas, afinal o desejo de Deus é que sejamos
sempre felizes. Não tenha medo, ou vergonha de pedir ajuda,
não desacredite, é mto mais facil exercer a misericordia pelo
lado dos fortes do que pelos fracos, e que mtas vezes não
sabemos perceber a providencia de Deus em nossas vidas, pq não
sabemos abrir o coração e pedir ajuda, qdo deixamos cair o
nosso orgulho, assumir nossas carencias, reconhemos assim a
providencia divina em nossas vidas, não devemos ser forte o
tempo todo, nao devemos dar conta de tudo, todos necessitamos
de carinho e atenção.

Falou sobre a palavra, que todos os dias falamos com muitas
pessoas e temos a oportunidade de por meio de nossas palavras provocar uma vida nova a outra pessoa, que com uma palavra vc pode devolver a felicidade a uma pessoa. Falou da midia, e que existem programas que só se preocupam da vida de artistas, que o
apresentador se acha conhecedor da vida de todos, falou que isso não muda nada em nossas vidas, pq é uma banalização da
vida humana, que dão valor as coisas erradas, que as pessoas
mais interessantes no Brasil, elas não aparecem, grandes
compositores, grandes músicos... Que cada um deve se preocupar
com a sua vida, deixar a vida do outro pra la... Que devemos tomar cuidado com o que falamos, ser bom não é imposição, é um direito nosso, devemos ser bons, pq vale a pena ser uma pessoa do bem nesse mundo, alguém que vive pra consertar e não pra estragar, colocar os nossos passos no caminho de Jesus, religião não é feita de obrigações e sim de direitos...

Leu um email de um aluno que ouviu dizer que Pe. Fabio disse, que o Ser Humano é um Deus, e explicou que é uma matéria que ele leciona na aula de Teologia, e chama-se Teologia de graça, que explica como estabelece a relação entre Deus e os humanos, que é fazer ser sagrado, que a vida cristã é um processo da vida de Cristo em Nós, que o Espirito nos santifica, que uma coisa é afirmar eu sou um Deus, outra coisa é dizer que vc participa da santificação constante de Deus em nossas vidas, participando das graças dele. Que ser cristão é ser comungado por Deus, acreditar que podemos ser divinos e sagrados.

Pe. Fabio recebeu uma ligação que o emocionou mto... e
respondeu humanamente dizendo que a sensação de fracasso, de
algo não ter dado certo, é a sensação de que perdemos o
paraíso, é onde esbarra no sentimento universal, a contradição
de desejar algo e não ter forças pra realizar... Acredita que
as vezes a nossa tentação é olhar pra aquilo que não podemos,
e ao invés de pensar que devemos ser ausentes da vida do outro, achando que estariamos o poupando, devemos estar ainda mais presentes, pra deixar nele o que temos de bom, que não
preparamos o outro pra viver sozinho, pq qto mais proximo
estivermos, maior sera o exemplo positivo. Que na vida é
assim, qdo amamos, que amamos da melhor forma, qdo formos duro, que sejamos duro, nunca ser ou sentir pela metade. Que mtas vezes convivemos com palavras que nos incomoda, que nos faz remoer por dias, nos faz ter aquela dor no peito, angustia, mas que devemos viver pra consertar, e não esquecer daquilo que hj podemos fazer, pq aquilo que nao demos conta, ja não faz mais diferença, e aquilo que podemos fazer, ainda nos espera.

Como fazer para fazer só o bem... citou o começo do programa, que é alguém que ama, expulsando alguém que ama e que essa contradição nos acompanha a vida inteira, e que ao invés de ficarmos buscando respostas, devemos descobrir o nosso jeito de ser, cada um de nós tem um funcionamento, que mtas coisas são nossas, particulares, e é ai que entra a luta do bem contra o mal, que devemos ficar atentos aquilo que nos coloca na perspectiva do mal, sendo sincero com nós mesmos, neutralizando as coisas ruins de nossas vidas, tomando posse do que somos, nos assumindo e acreditando na força do amor que temos em nós...!!!

FIM!!!

Deus abençõe a todos...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:46 am

RESUMO DO PROGRAMA 05/10/2006

Música: Música que simboliza o Cirio de Nazaré

Comecou o programa falando sobre o Cirio de Nazaré, umas das
maiores manifestacoes religiosas do mundo, que se arrasta o
simbolismo de uma mulher que conduz o seu povo a Deus... Que o
Cristianismo é luta, que devemos lutar pra alcançar algo e o
Cirio de Nazaré é isso, a força do céu pra vitória, e o que
reconhecemos em Maria é a sua humanidade, que foi tão
trabalhada, talhada e que chegou a expressão de santidade, e
por isso é chamada de Virgem Santa Senhora de Nazaré, legitima
representante da nossa condição humana para que Jesus pudesse
nascer, para que o filho de Deus chegasse até nós, e através
disso vamos atras do Cirio de Nazaré, buscando forças pra ir
atras de td que necessitamos...

Existem acontecimentos que passam, manchas que qdo se lava
sai, mas o açaí não sai, e que a força do cristianismo seja
como a cor do açaí em nossos corações, uma mancha eterna e que
veio pra ficar.

Carta sobre o Cirio de Nazaré, sobre adoração de imagens, Pe.
Fabio respondeu dizendo que todas as experiências religiosas,
nem sempre são sagradas, pq sempre recebe a marca daquilo que
é humano em nós, por mais que queiramos a santidade, mtas
coisas em nossas vidas são profanas, toda vez que organizamos
algo, ali esta nossa humanidade e nossa santidade, agora o
grande esforço é purificar as nossas intenções para que não
causemos na gente e nos outros a dúvida... Uma diferença entre evangélicos e católicos é sobre adorar imagens, o pensamento católico assegura que somos salvos pq Deus quer nossa salvação, e dp vem a resposta humana, se conversar com um evangelico, vamos identificar que ele ja acredita no valor do esforço a ser dado, que a salvação é um dom de Deus e fruto do seu esforço, do seu trabalho, mas as diferencas se prendem a devoção a Virgem Maria, e a idolatria acontece qdo colocamos na imagem um poder de cura, um poder que é maior que o poder de simbolizar, essa imagem nao tem o
poder de me curar, mas o que ela simboliza tem o poder de levar a Deus, e o que Maria significa no misterio da salvação é isso, o misterio de Deus alcançou a humanidade atraves de MAria, qualquer devoção só é saudavel e sadia, se ela nos recorda que nos aponta a Jesus, não estamos adorando Maria, mas sim que ela nos liga o tempo todo a Jesus... No Brasil somos fortemente ligados a mãe, e talvez isso seja uma das nossas maiores caracteristicas pelas preferencias humanas a Virgem Maria. Solenizar é proporcionar ao outro o que é
sagrado. Todos nós carregamos um fardo pesado demais e nessas
hs a religião não importa, pq a dor é universal, e seria mto
bonito, que evangélicos, católicos, ateus e budistas, pudessem
se apoiar, nessas hs naõ importa o que somos, o que fazemos e
em que cremos, e que mesmo sendo todos diferentes procuramos a
felicidade, afinal, importa que somos humanos e desejamos
vencer.

Pe. Fabio falou sobre sua saude, que esta muito melhor, e
falou que as glandulas endóclinas, é o limite da materia, é a
primeira realidade atingida por nossos problemas espirituais,
e que mtas vezes as pessoas entram em depressão ou desgaste,
por motivos de afeto, de como as pessoas sofren afetivamente,
e que isso dói demais nas pessoas, a instabilidade do mundo,
pq as pessoas se descartam com mta facilidade, se esquecem e
que esses desequilibrios afetivos, as perdas afetivas, atingem
primeiramente essas glandulas, pq é o corpo que sofre as
consequencias, que o nosso valor como pessoa, nao esta somente
naquilo que fazemos, mas o que mais importante é aquilo que
somos, e por fazer mto, vamos deixando de ser nós mesmos, e
que o nosso maior esforço nessa vida, é preservar o nosso
territorio, e que existem realidades que são só nossas, que
cada um tem o seu espaço de descanso, meditação, e que
precisamos de espaço para o cultivo da nossa particularidade,
para que sejamos felizes nos nossos relacionamentos. Todos nós
temos o direito de ficar sós e colocar as coisas no lugar,
para nos preparar pra viver bem depois... Todos temos o
direito de chorar, rir, organizar suas emoções, e quem não tem
tempo de colocar suas emoções em dia, adoece o corpo, e não
devemos desconsiderar o que estamos sentindo, isso é
desrespeito com nós mesmos, e qdo vivemos depressa tb, não
sabemos saborear o prazer de viver. O que é a depressão? é
amanhecer triste e não saber o pq, e se não sabe o pq é pq
deixou a hora certa passar, é como uma indigestão e
emocionalmente é a mesma coisa, existem sentimentos que não
conseguimos digerir, o desanimo, a magoa, rancor, falta de
perdão e quem não digere as realidade, vive mal, vive infeliz,
principalmente diante de uma maldade vivida diante de nos,
temos duas realidades, ou nos vingamos e somos felizes por um
momento, ou perdoamos e sejamos felizes a vida inteira...

Uma das coisas mais bonitas em Jesus é jogar pra fora o que não
deu certo, ou somos autenticos, ou vamos mentindo pra nós
mesmos, e quem vive com pressa corre o risco de viver sem
saber quem é, pq atropela as emoções. Qdo nos deixamos nos
tomar pela raiva, somos emburrecidos, falamos palavras que não
queremos falar, pq não soubemos viver a calma e vamos no
impeto da resposta e mtas vezes machucamos mto as pessoas por
não ter a calma de aguardar a resposta certa, da sabedoria.

Pra que inventar uma coragem que não se tem, todo soldado por
mais corajoso que seja, tem o direito de chorar, de dizer que
tem medo, de assumir suas fraquezas, esse é o primeiro passo
pra chegar até Deus e deixar ele mudar algo em nós...
Va devagar, não queira tomar posse do que lhe foi reservado se
ainda não é o momento certo, tenha coragem, só vai merecer a
terra prometida aquele que tiver coragem de ir além, e Deus
não pode contradizer a existencia, Deus não pode contradizer
aquilo que ele criou... Há tempo pra tudo abaixo do céu, tempo
pra viver, pra ser feliz, e principalmente pra esperar o
momento certo de tudo acontecer...!!!

FIM...!!!

Deus abençõe a Todos...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:49 am

RESUMO DO PROGRAMA 12/10/2006

Música: Romária

Pe. Fabio começou o programa, cantando Romaria e contando que
qdo era criança, essa era a musica que mais o fazia lembrar de
suas emoções, de seus sentimentos, ser caipira é viver a
simplicidade do não saber dizer, "como eu não sei rezar eu vim
aqui mostrar o que sinto", temos a ansia de revelar ao outro o
que sentimos, mas mtas vezes as palavras não ajudam, nem
sempre conseguimos verbalizar a dor que trazemos no coração,
como mtas vezes a alegria, e por isso existem realidades
humanas que foram feitas pelo silencio, chegamos cheios de
historias pra contar, e dp que terminamos de contar, o outro
sai como se nada houvesse ouvido, e ai entendemos que o que
vivemos é mto superior a apenas saber contar o que vivemos...
o que nos revela não é o que conseguimos dizer, mas aquilo que
não conseguimos dizer, o outro não é aquilo que ele demonstra
ser, o outro é silencio, é misterio, e a vida humana nos
coloca sempre no desafio de reverenciar o que não sabemos e
era isso o que Jesus fazia, ele olhava pras pessoas e
identificava o que ele não conseguia dizer, só quem ama é
capaz de querer descobrir o misterio de cada um... Mtas vezes
nao sabemos o que somos, mas sempre podemos investigar o que
temos de melhor, chega de desanimo com aquilo que não
conseguimos, vamos ficar animados com aquilo que ainda vamos
conseguir, e qdo não sabemos dizer, nos resta o espaço de
esperar, e não temos o direito de nos condenar, de achar que a
estrada chegou ao fim, o que os outros acham de vc passa, não
de importancia pra aquilo que ja foi, coloque atenção naquilo
que ainda pode ser...

Pe. Fabio leu um email sobre o Pecado do Espirito Santo e
sobre a continuação de um relacionamento dp de uma separação,
e ele explicou que toda pessoa tem o direito de recomeçar e
ser feliz juntamente nos ensinamentos de Deus... Sobre o
pecado ao Espirito Santo, ele explicou que o pai cria e o
filho salva, portanto o pecado do Espirito Santo seria negar o
querer ser bom da sua vida, negar o dom de Deus em nós, é como
se fosse uma desfeita que fizessemos a alguém, é por isso que
não tem perdão, é radicalizar uma escolha, deixar a
santificação, salvação de lado e isso é mto comum no dia de
hj, disse que é como o ateísmo no mundo, não acreditar em
nada, não ter crença alguma, estar tao acostumado com
mentiras, desonestidade, preconceitos, que faz não acreditar
que o dom do Espirito Santo pode nos fazer superar a tudo, pq
Deus sempre nos dá forças pra mudar qdo queremos, qdo
enxergamos que fazer o bem é o melhor caminho...

Email sobre confissão via internet, por email... e Pe. Fabio
disse que o mais interessante da confissão é estar diante da
misericórdia de Deus, que tem uma resistencia grande ainda a
essa forma de pensar, internet pode ate ser pra
aconselhamento, bater papo, mas receber uma benção uma
absolvição dos pecados, deve ser da maneira correta de frente
para o sacerdote...

Falou sobre o Batismo,q não é magica, o batismo que recebemos
qdo somos crianças é como uma semente que deve ser cuidada,
aquilo que hj experimentamos vivendo a nossa fé, é aquilo que
viemos cultivamos, qdo se batiza uma criança se batiza em nome
do pai, do filho e do espirito santo, e não reconhecer o
batismo é pecar contra o dom de Deus, e não importa qdo foi o
batismo, qdo criança ou não, importa é frutificar a semente
que foi colocada nela, e continuar cultivando o misterio de
ser Jesus de novo.

Email se um padre pode fazer um exorcismo e que a maioria das
realidades que as pessoas diziam ser diabólicas eram crises
histericas, disse que pe. Léo dava um pescoção na pessoa que o
demonio esparramava na hora, pra tomar cuidado com certos
comportamentos que banalizam e que a igreja mesmo ja assumiu
que são rarissimas crises de possessões. E que antes de
realizar qualquer cura Jesus perdoava os pecados, pois a maior
doença que podemos ter, é um coração culpado, e cada
vez que um sacerdote escuta o pecado, ele vive o
pecado do seu fiel, e a missao do pe. é representar jesus na
hora da confissão, e o momento da confissão é terapeutico,
de cura e a igreja não obriga ng a confessar, mas recomenda,
pq acredita que vai fazer bem a nós, nao tenha receio em contar seu pecado, pois o que cada sacerdote quer, é aliviar as suas dores, e a melhor coisa dessa vida, é termos coragem de contar o que fizemos de errado, a partir do momento que assumimos nossos erros, temos coragem de comecar de novo, oportunidade de darmos um novo passo, fazer da vida uma experiencia de recomeço, de novidade,
deu o exemplo do final do ano, todo final de ano é igual, o
que muda é a esperança no coração das pessoas, nós projetamos
um colorido no mundo dali em diante e naquele momento,
esquecemos o que não fizemos, o que não deu certo e abrimos os
nossos olhos pra aquilo que ainda podemos realizar...

Ficamos mais atentos, mais observantes as regras, pq a revolta
nos emburrece, que possamos fazer a diferença no
mundo, nas escolhas, hj é dia 12 de outubro, dia de Nossa
Senhora, e professar as ideias de Deus é se comprometer em
fazer, em agir, em cuidar das realidades humanas, e hj temos a
chance de fazer isso, o que merece nossa atenção, não percamos
a oportunidade de dizer o que nos é importante, de cuidar de
quem amamos, de transformar, estenda as suas mãos, e que Deus seja nossa companhia, e o que Pe. Fabio revirou em nossos sentimentos, que Deus possa organizar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:52 am

RESUMO DO PROGRAMA 19/10/2006

Música: Tocando em Frente

Pe. Fabio começou o programa dizendo que nada na vida é por
acaso, toda nossa história é sempre feita de inicio, meio e
fim, e isso nos prova que o tempo que marcamos em data é fruto
de ocasiões que plantamos e colhemos, e assim descobrimos que
a nossa vida é a experiência de lidar com o antes, o agora e o
dp... e a escatologia é a dinamica de Deus em nós, nos projetando para o que virá, pois aquilo que ja vivemos no passado e o presente em que vivemos pode não dar esperança que tudo pode ser diferente, e é ai q entra Deus, pra nos convidar anos projetar no que ainda virá, é como uma semente que vamos cultivando, precisamos ter cuidado, se não jogamos ela no lugar certo e a cultivamos da maneira correta, não floresce. Como diz a musica, cada um de nós traz em si o dom de ser feliz, mas felicidade é dom e tarefa, e se não cuidamos da felicidade de cada dia nos tornamos uma pessoa infeliz e no desejo de encontrar a felicidade nós vamos na pressa e na pressa perdemos o essencial, e o verdadeiro cultivo daquilo
que somos, nós deixamos de lado, não por culpa da semente, pq
as possiblidades estão ali, porém a pressa nos faz perder o
equilibrio e qto mais nós cultivarmos na vida, mais teremos
conhecimento em descobrir aquilo que podemos fazer... Vivemos
na pressa, superficialmente e essa pressa é inimiga numero 1
do auto- conhecimento, e quem sabe Deus consegue nos convencer
que existe uma felicidade a ser cultivada, quem disse que
estamos condenados a ser infelizes, se o passado lhe condena e o presente lhe condena, em nome de Deus existe um futuro, uma
possibilidade de ser feliz, pq somos sementes que trazemos o
dom de ser Feliz...

e a beleza de Deus em nossa vida consiste em colocar um detalhe que nos possibilite no dia de hj uma diferença dentro de nós... sempre existem aqueles que anunciam a condenacao das pessoas e mesmo para o mais miseravel dos homens, é saber que não estamos condenados a acordar amanha como fomos dormir ontem, pq Deus nos da todos os dias o processo das mudanças... mtas vezes desistimos da vida, de nós mesmos, não sabemos nem dar nome as nossas tristezas, nada é
por acaso, tudo é pontuado, se algum desanimo chega temos que resgatar o passado pra que ele seja consertado, pois as tristezas de hj são acumulo da sujeira que nao foi limpa, não foi resgatada, e as vezes uma coisinha q esta fora do lugar se a gente não ajeita, perdemos o controle da situação, e não nascemospra viver tristes, infelizes, desanimados, e o desafio de toda hora é apesar dos problemas das dificuldades, continuar a deixar a semente crescer, cultiva-la, almejando a felicidade.

Falou sobre a oração sobre os antepassados, que nós podemos
curar todas as nossas experiencias antepassadas e explicou que
qdo vivemos, somos fruto de uma experiencia genetica, nós
somos uma mistura do genetico, caracteristicas biológicas e tb
das sociais, as pessoas que nos rodeiam e que o carater são os
valores e as necessidades e qto maior o valor, melhor a
qualidade das nossas relações. Existem pessoas que amamos por
serem uteis e outras que amamos por necessidade e o tempo todo
somos frutos de cargas geneticas biológicas e sociais. Qdo a
gente reza pra que Deus nos liberte de todas as realidades
traumáticas que ja vivemos, estamos pedindo por aquilo que não
sabemos dar nome, entao qdo rezamos, rezamos por tudo aquilo
que é genetico e social, antepassado se refere a todas as
pessoas que em algum momento da nossa história tiveram
influencia sobre nós, como diz o ditado, diga-me com quem andas que lhe direi quem és, e essas pessoas com quem andamos,
elas são importantissimas, pq apesar delas sabemos quem esta
perto de nós, elas influenciam no nosso carater... Pq uma
experiencia de oração de cura interior, é uma terapia, e o
psicólogo é Deus, é poder voltar no que foi traumático e
compreende-lo de outra forma, a oração de cura interior bem
feita, nos traz a vida de volta, a felicidade de volta...
Portanto é olhar pra tudo aquilo que ja foi, tudo aquilo que
aconteceu e tentar corrigir, é como se Deus nos apresentasse a
humanidade, e pensarmos o que temos feito de nossas vidas, o
que foi bom ou não e a partir da oração corrigir o passado...

Pe. Fabio respondeu um email do pq o ser humano mente... a
mentira nasce justamente do momento em que temos uma
dificuldade em lidar com a realidade, pode se manifestar em
fatos concretos ou ela pode se manifestar num processo
ilusório... Podemos analisar de duas formas, se conto uma
mentira, falo que tenho uma coisa que nao tenho é uma
dificuldade de lidar com a minha pobreza, então essa é uma
mentira mto concreta e acontece qdo não temos coragem de
reconhecer quem somos ou o que temos, e existe uma outra
mentira q é qdo não estamos satisfeitos com aquilo que nós
somos, se tem dificuldade de ser quem é, e geralmente a pessoa
que mente em pequenas coisas ela se acostuma, a mentira em si é um processo natural, a mentira vem do medo e é processada no outro a partir de nós, pelo medo do outro, da reação do outro, eacontece a mentira, e o cuidado que devemos ter é procurar
a razão dessa insegurança pra poder sanar, assumir que teve
medo, assumir que mentiu ja é uma forma de saber lidar com o
que aconteceu, e a vida é o tempo todo exercicio de
aprofundamento, nada na nossa vida é por acaso e o jeito mais
interessante de lidar com a mentira, o ciume, é buscarmos a
razão dele, a semente, a raiz, e o jeito mais interessante de
interferir, é ser capaz de colocar a vida na mesa, assumir que
mentiu pq teve medo e que agora assume pq tem coragem de
enfrentar o problema, não pense que vc se tornou uma pessoa
sem valor, nunca, pq o ouro nao perde seu valor mesmo qdo esta
sujo, não se ache desprezivel, vc não esta condenado a viver
essa condicao constante, se hj seu diamante parece cascalho
Deus esta pronto pra estender as suas mãos.

Um email sobre o medo da morte e de perder pessoas que amamos,
Pe. Fabio respondeu que realmente é uma questão complicada e
que mtas vezes, nós temos traumas dentro de nós q estao
ligados ao medo, e sempre que pensamos na morte, pensamos em
vida e morte como se fossem realidades contrarias, e ai esta o
equivoco, pois o paralelo da morte é o nascimento, a vida ela
antecede o nascimento e é tb posterior a morte, o que pensamos
é como é dp da minha morte, mas o que sera q é tb antes do
nosso nascimento, e a vida biológica tem o termino com a
morte, e por isso acreditamos na vida eterna, e que o medo de
morrer pode estar ligado ao medo de viver, geralmente qdo
estamos inseguros nos prendemos ao processo da morte, por isso
devemos estar atentos em como estamos vivendo, viver com mais
carinho, mais cuidado, afinal morrer todos nos vamos, podemos
nos cuidar mais sempre, porem a morte é inevitavel, por isso
tudo na vida temos limite, e a experiencia de saber cuidar das
nossas vidas é a experiencia de cuidar da nossa morte... e
todos nós temos medo de sermos humilhados e a morte nos mostra
que somos limitados, ela nos humilha, e o melhor diante dessas
inseguranças é viver como se fosse o ultimo dia, não com
tristeza e sim com cuidado e alegria, ter a oportunidade de
amar alguem, de ajudar alguem, de pedir socorro... por isso
temos o tempo na respectiva do kairós, que a vida eterna
existe e que o céu não é uma realidade imóvel, mas um
movimento constante que nos envolve com Deus...

Terminou o programa pedindo pra que faça nessa semana uma
experiencia de crescimento, não se prenda ao que não deu certo
e sim no que pode dar certo, no que podemos ser... pois Deus
nos projetou para a realizacao, portanto que nessa noite Deus
acenda uma luz em nossos corações e nos faça encontrar a
felicidade cultivada...

FIM... Deus abençoe a Todos!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:55 am

RESUMO DO PROGRAMA 09/11/2006

Música - Sou Um Zé da Silva e Outros Tantos

Como é bom na vida ter a oportunidade de parar e olhar aquilo
que ja fizemos, analisar a vida, o passado, consiste em olhar
o que foi, o que esta sendo e o que ainda sera, Deus vive de
realidade futura, da capacidade humana da gente conseguir
identificar o que foi, o que é, e o que será, e é onde sera,
que mora a esperança, não podemos dizer quem somos se nao nos
recordamos das pessoas que passaram em nossas vidas, aquelas
que deixaram sua marca, e somos a mistura dessas pessoas, que
a humanidade é como o tear, que controla as cores, que colocam
as linhas, que se entrelaçam, e a escolha das cores faz com
que determinamos a beleza dos tecidos, e isso é viver, colocar
o novelo certo, a cor exata, e temos essa oportunidade, de
escolher quem vamos querer em nossas vidas, os problemas q
enfrentamos, as alegrias que colhemos, as realidades bonitas e
dificeis, todas elas são novelos no nosso tear, são linhas
prontas para serem entrelaçadas, não devemos permitir que a
vida passe, sem que possamos projetar o futuro, se hj tudo o q
temos não é o mais bonito, daremos um jeitinho de fazer um
novo mundo, a vida não é so luz, mas tb não é so sombra, e a
vida depende de como vamos aplica-la. A vida ficou
manufaturada, mas nós ainda somos artesanais, nessa vida onde
tudo é em serie, em fases, onde tudo é muito rapido, com
pressa, mas que a alma, a vida somos mais demorados, somos
artesanais e que mtas vezes a nossa vida não da certo, pq
esquecemos q nao somos perfeitos, erramos, e temos q ter o
habito de trabalhar a gente mesmo, a nossa vida, sera q
tivemos tempo de escolher, de olhar as cores q cada um trouxe
a sua vida, as pessoas erram pelas pressas, que todos tenhamos
coragem de olhar para o que fazemos com nossas vidas, sejamos
prudentes, conscientes de que essa vida precisa ser cuidada.
As vezes nos apegamos em coisas pequenas demais, e basta uma
pequena decisão pra que a vida comece a dar certo.

Responde um email, no qual dizia que Pe. Fabio estava nos
bastidores da sociedade, e Pe. Fabio explicou que não foi um
aspecto negativo, e que o Pe. conhce os bastidores, geralmente
aquilo q mtas pessoas não conhece, como um momento de
confissão, de desabafo, e que assim ele tem acesso aquela
quebra de aparencias e hipocrisias que existem no mundo de hj,
e qdo uma pessoa vem procurar ajuda, ela tem o desejo de jogar
pra fora aquilo que lhe incomoda, e qdo esta nos bastidores é
pq tem a oportunidade de olhar as pessoas alem, interiormente,
como o programa direção espiritual... citou uma frase do Fernando Pessoa que diz: "que mtas vezes o ser humano no processo de fingir ele acaba se tornando o que finge", deu um exemplo que não somos preparados a lidar com o fracasso, como é dificil assumir que erramos, que fracassamos, pq somos educados a sermos os melhores, pq quem disse que aquele que esta no podim de fato é o vencedor, pois aquele que o derrotado pode estar colhendo um sofrimento q não há primeiro lugar que supere, somos educados pra ver tudo do lado direito, o avesso é vergonhoso, é como se estivessemos quebrando as regras, contou que qdo era crianca a professora perguntava se todos haviam entendido e todos ficavam em silencio, mas diante a vergonha, todos se calavam, contou de um amigo q havia rompido um relacionamento e que havia assumido que a outra pessoa nao gostava mais dele, e nessa capacidade de reconhecer a humilhacao ele se libertou, e quem é verdadeiro é libertado, e ser capaz de lidar com o limite com a precariedade, é alcancar a vitoria, não devemos ter vergonha de perder, de errar, quem disse que devemos ser perfeitos em tudo que fazemos, devemos reconhecer nossos limites

Contou que viveu uma conversa com uma pessoa q ele precisava conversar e que naquele momento assumiu a mentira, o medo, a indecisão e nesse momento se libertou daquilo, pois todo soldado ate o mais corajoso, tem o direito de chorar, de assumir suas fraquezas e que tem medo, vencemos em cristo, cada vez q assumimos q ele é nossa força, se humanamente estamos derrotados, Cristo não nos deixa permanecer assim, devemos sim, assumir nossas realidades, esteja ela magoada, triste, errada, ferida, importa é que Cristo possa de fato nos encontrar e receber como somos...

Diante da dor, temos varias formas de reagir, escolhemos entao a coragem...!!!

Cada pessoa q morre ja vive a experiencia de estar diante de Deus, o que acreditamos com o final da existencia do mundo, é o grande juizo universal, que na verdade qdo uma pessoa morre, ela ja vive a sua realidade particular e essa consumação dos tempos, sera num dia que não sabemos, disse que sobre a morte e a eternidade devemos acreditar na beleza da vida, de viver bem, na atitude de conversao, o melhor jeito de morrer é viver bem e o nosso juizo final sera apenas um acrescimo de como vivemos aqui...

Não devemos nos preocupar com o nome que damos a Deus, nao importa o nome que uma pessoa tem, importa o que ela é, o que ela significa, o que ela representa. O homem é a imagem de Deus, é a vida de Deus encarnada, encarnar é assumir o sofrimento do outro. Comungar é ter o poder de fazer a vida acontecer, de provocar um sorriso no outro, realizar uma atitude de bondade, cada vez que fazemos o bem, estamos sendo Jesus novamente, uma pessoa que ama ela é justa, ela nao se vinga, quem ama compreende, e qdo nos confessamos, qdo somos justos, Deus acontece em nós e faz ser novo aquilo que era velho. Nao importa o que passou, se quisermos a partir desse momento nossa vida pode ser nova, nao é um milagre, mas sim uma atitude, as atitudes que transformam o mundo são atitudes minimas, e temos a oportunidade diariamente de mudar as nossas vidas, de sermos felizes.
Falou sobre o site, onde a palavra de Deus chega ao coração de mtas pessoas.

Terminou pedindo desculpas sobre a misericordia, que nao importa o que vivemos hj, o quie fizemos, mas o que ainda podemos viver, e é nisso que Deus se prende. Deus AMA VC, e que hj cada um possa colocar cores mais bonitas, o desejo de continuar acreditando, de recomecar, de viver, pq DEUS sempre acredita em nós...

FIM...!!! Deus abençoe a todos...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 12:57 am

18 de novembro de 2006
Tomar posse do que sou.

Jesus quando viu Maria Madalena, Ele fez com que a aquela mulher voltasse a ver aquilo que ela era, não uma prostituta, mas uma filha de Deus projetada por Ele, e não aquilo que a sociedade criou.

Nós caímos muito nos artifícios que nos são apresentados. Nossa vida se ilumina por novidades e gostamos muito do estético, e seguimos aquilo que é diferença, não somos fã da disciplina.
Corremos atrás de coisas e duas semanas depois vemos que realmente aquilo não é tão bom como parecia.

Por que os artistas não 'duram' muito nos casamentos? É por causa disso. Querem respostas rápidas, românticas, buscam o brilho eterno e acabam desanimando. Então, o outro começa a decidir por nós e ficamos perdidos. Muitas pessoas, ora dão um testemunho que acredita em Deus, e passado um tempo depois, já dizem acreditar em Buda, depois Maomé, na energia... Não ficam presos em nada.

Cuidado em seguir somente as vaidades, esse negócio de usar uma blusa com uma imagem cristã ou uma cruz, mas tudo por vaidade. Sim, nós artistas somos vaidosos, mas não podemos ser levados pela vaidade. Não invente um personagem, seja aquilo que você é. Seja autêntico, assim você provoca autenticidade nas pessoas a seu redor.

Eu só posso ser padre na verdade, não posso pedir para que as pessoas finjam para que assim eu goste delas.
Entre o que os outros imaginam e o que Deus fez eu prefiro ser o que Deus fez. Deus não vem plantar a sua floresta mas Ele te dá uma semente e você que vai plantar. Procure ser aquilo que Deus te fez. Se você está correndo atrás de porcaria cuidado para não acabar deixando de ser aquilo que Deus fez. Não corra atrás de porcaria, isso é a maior arte. A arte de ser aquilo que nós somos requer arte.

“Não sou perfeito, mas to correndo atrás aquilo que sou”.

Deus acontece plenamente no coração quando nós permitimos ser aquilo que nós somos. A nossa divindade só acontece na participação.

Deus é tudo para mim! Retire-me o Evangelho e eu não sei mais para onde olhar. Se tira-me da mira de tudo aquilo que eu considero santo e sagrado, eu passo a não conhecer mais minha própria identidade. Isso é humano e divino. Apaixone-se por você. Não seja aquilo que dizem que você é. Parece estranho, mas não podemos dar aquilo que não temos.

Se você não descobrir que você é sagrado, você não vai perceber a sacralidade que o outro é
Ou você vive no amor por você ou você não sabe o que é o amor de Deus. Quem não se ama não sabe amar ninguém. É uma pessoa ausente de si mesmo. Os amores estragados que passaram minou aquilo que se era.

Tem pessoas que vemos que não tem amor próprio, e você não tem o direito de perder esse amor.

O homem e a mulher que se ama o diabo não tem vez. Quem se ama não traz vícios para si mesmo porque se ama!

Por que me drogar? Eu me amo não caio nisso! Não é possível uma pessoa se amar e se destruir.

Tome posse do que você é para depois dar-se ao outro. Seja o que você é mesmo que pareça feio, ‘nós damos um banho na lama e vai sobrar um diamante lindo’.

Que o seu teatro desperte verdade, a verdade daquilo que nós somos que nos prenda a Deus, porque só quem é preso em Deus é livre no mundo, e é isso que eu gostaria que você fosse
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 1:01 am

23 de novembro de 2006
Música: Contrários

Pe. Fábio começou o programa com a música "Contrários", e
dizendo que Deus não fala com a multidão, fala com as pessoas
e hoje somos privilegiados por ter a oportunidade de saber que
Deus fala com nós, através de todas as realidades da nossas
vidas, que Deus chega até nosso coração, até nossos ouvidos,
mas precisamos de sabedoria pra reconhecer isso, em nossas
vidas somos inteligentes o tempo todo, para poder superar
nossos problemas, temos que ser inteligentes para vencer, para
dar conta da vida, para ser aprovado em tudo que fazemos...

Mas há um elemento que está acima da inteligência, que é a
sabedoria, existem pessoas muito inteligentes, mas não tão
sábias, porque ser inteligente é diferente de ser sábio...

Sabedoria quebra a lógica da inteligência, nos impulsiona a encontrar soluções onde não tem, a sabedoria sabe trilhar um outro
caminho, a fé é também uma forma de sabedoria, porque a sabedoria nos leva a crer mesmo quando não temos motivos para crer...

Quando estamos diante de uma pessoa sábia, ela tem o poder de nos mostrar outro caminho, a música "contrários" tem muito mais sabedoria do que inteligência, porque ela mostra a sabedoria que a
inteligência não mostra, e muitas vezes aquilo que vemos nossa
inteligência diz que não vai dar certo e não vai ser possível,
ai vem outra forma de conhecimento, que é a sabedoria e nos
coloca em uma esperança diferente, nos faz saber esperar...

É por isso que fé e inteligência andam juntas, pois é a nossa Fé
que nos faz acreditar e dizer: "É ASSIM"...

Deu exemplo do filme: "O Auto da Compadecida", onde está a dupla perfeita, a inteligência e a sabedoria, onde havia um homem cheio de inteligência e um homem cheio de fé...
Que hoje podemos sofrer muito com histórias que vivemos, podemos analisá-las com inteligência e chegar a conclusão de que não tem jeito, chega então a hora de mudar e usar a sabedoria, ela é uma forma de acreditar, de crer em segredo, de ter esperanças naquilo que não existe, mas que você pode criar.

Inteligente é aquele que sabe reconhecer os limites que tem, e talvez a nossa burrice é nos achar inteligentes demais, porque as nossas ideias é que devem prevalecer e a misericórdia entra em nós no momento em que paramos de julgar o outro...

Sejamos sábios em nossas relações, busquemos em Deus a sabedoria de acreditar no outro mesmo quando achamos que ele ainda não merece essa sabedoria, há muitas coisas bonitas acontecendo, mas são detalhes, deixamos de perceber as pequenas coisas, porque só olhamos para as grandes...

Já que muitas vezes uma chuva de inteligncia não resolve, quem sabe
uma gota de sabedoria possa regar a nossa vida...

Sabedoria é que faz calar o choro de quem chora, um discurso inteligente não consola, mas um discurso de sabedoria muitas vezes é um alento, um descanso para um amigo, que já sabe de todos os
problemas que enfrenta, mas ainda não possui a palavra sábia
que precisa para ser feliz
Leu um e-mail, sobre uma garota muito apaixonada por Deus, e que
se acha muito diferente das outras pessoas...

Pe. Fábio disse que entao é hora de usar a inteligencia e a sabedoria, e diante um sofrimento alheio, necessitamos manter primeiramente a distinção, "eu me olho numa realidade criada, mas sou distinto, diferente", aquele que sofre não sou eu, eu não
posso me sucumbir a dor do outro, preciso viver a compaixão,
mas não sofrer junto, para poder dar apoio...

Se distanciar não é ficar indiferente, devemos dar apoio, mas não viver o problema dele, um dos grandes problemas das religiões que crescem muito hoje é achar que o pregador vai resolver os problemas dos fiéis...

Ningúem tem a obrigação de resolver o problema do outro, agora
podemos ser solidários, chorar juntos, mas nunca permitir que o
outro esqueça que o problema é dele, quem terá que resolver a
situação é ele, se não assumimos para o outro o que não é
nosso...

Isso é uma questão de sabedoria, por exemplo alguém que tem o problema do alcoolismo, devemos ajudar, sofremos juntos, mas a decisão é de quem vive o problema, não podemos nos tornar responsáveis pelo problema do outro se ele não quer ajuda, se não quer ser ajudado. E saber a hora de chegar, e saber a hora de retirar é sinal de sabedoria, em nome do amor, da misericédia, da compaixão, devemos permitir que o outro vá além...

Existem momentos em que precisamos ajudar o outro a respirar, mas depois é ele quem tem que respirar sozinho, a salvação é um momento particular que o outro carece totalmente de você, mas depois ele precisa caminhar sozinho, e muitas vezes ajudar é saber sair de cena.
Pe. Fábio recebeu um e-mail de alguém que busca a felicidade,
mas que diz não saber amar, não sabe admitir o que sente, que
não se conhece...

Pe. Fabio ficou sem palavras e disse que também tenta se descobrir todos os dias, e que essa dor, não é só dele e de muitas outras pessoas que também buscam a felicidade.

Pe. Fabio disse que cada vez mais cresce a vontade de dizer que
devemos educar as pessoas para a verdade, muitos jovens hoje se
perdem, morrem, porque falta muitas vezes um ambiente em que podem
ser verdadeiros, contar o que o coração não aguenta viver sozinho, e ai toda essa frieza de não saber amar, não saber admitir, não saber ser fraco, não saber carecer, fomos educados para ganhar sempre e a vida não é sempre vitória, ninguém nos ensinou que vamos ganhar sempre, e somos educados para essa mentira que vamos ganhar sempre e no momento em que perdemos não sabemos admitir...

Deu exemplo de um amigo numa confissão que disse que descobriu que não sabia chorar, e que agora descobriu que sabia chorar e é muito mais feliz agora, mais leve, é bom reivindicar o direito de ser fragil, de mostrar que precisa de ajuda, não devemos bancar o forte a todo momento...

Todo soldado por mais corajoso que seja tem o direito de chorar e dizer que está com medo, deu exemplo do Robson, que o machuca muito não vê-los bem, e que eles são exemplos de força, que escutam todos, que se mostram fortes, saber reconhecer que somos frágeis é sinal de ser forte, o sofrimento é maior quando somos mais complexos...

Devemos seguir a simplicidade, dar valor as coisas simples, a felicidade da alma.
E felicidade é viver,e o que nos salva na vida, não são os ritos que fazemos, ir à missa, confessar, comungar é lindo, quando nosso
coração está a servico de fazer cair por terra a crueldade que
está no mundo...

O que faz nós sermos salvos e viver a salvação dia-a-dia é acreditar que Deus está em nós, que possamos aprender a ser sinceros com o nosso coração, ou assumimos o que somos, ou convivemos com o medo, e quanto mais o engaiolamos, menor a capacidade de ser verdadeiro.

Porque no momento que educamos, educamos para liberdade e verdade, e Jesus dizia: "a verdade o libertará", Ele não permite que o outro seja falso diante dEle, porque um sorriso provoca a nossa verdade, um sorriso é capaz de nos deixar a vontade porque amamos, às vezes achamos que a fórmula é dificil demais, mas a fórmula é simples...

Fuja do que é muito complicado, do que é muito inteligente, a melhor forma de construir, é AMANDO, e é o AMOR que nos da condição
de ver o outro com simplicidade, porque quando amamos o acolhemos, o amor é a capacidade de acolher e trazer o outro para dentro de
vc, fome de afeto, de conselho, de carinho, de atenção, de AMOR.

Estamos em um mundo, no qual devemos cumprir e fazer tudo, se na verdade o que deveriamos fazer bem, não temos feito, qualidade de vida, para estar com aqueles que amamos, para nos sentirmos felizes.

Hoje as pessoas que amamos estão pela vida e temos a responsabilidade de cuidar das pessoas que amamos, e sermos felizes. Hoje nosso coração pode estar sofrendo, mas que tenhamos coragem de dizer que a crueldade não terá chances em nosso coração...

Que sejamos configuração de Jesus aqui, onde vivemos, olhando o nosso espaço e nos perguntando se já somos inteiros nEle, podemos estar negligenciando o que temos de simples na vida, perder o tempo
com aquilo que não nos é importante, mas é importante ao outro, ter a oportunidade de estar próximo, é fazer a diferença na vida e no coração de quem amamos.
Leu um outro e-mail de uma garota que gostaria de morrer...

Deu o exemplo da modelo Ana Carolina que faleceu vítima da Anorexia. Ela morreu na última terça-feira, dia 14, aos 21 anos...

Querer ser alguem no mundo é algo que o preocupa, a fama que tem que nos tomar conta, é aquela existência bem vivida.

Primeira coisa, sejamos visiveis a nós mesmos, não queiramos que o outro nos reconheça se nós mesmos não nos reconhecemos e só depois lhe dê o direito de esperar o que o outro tem a nos dizer, que possamos reconhecer as nossas riquezas.

Que hoje possamos reconhecer que a sabedoria vale muito mais que qualquer fórmula de inteligência
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 1:04 am

30 de novembro de 2006
Música: Sou um Zé da Silva e Outros Tantos

Pe. Fabio começou o programa falando da canção, e da mistura que acontece em nossos corações e de tantas experiências que vamos vivendo, de tantas pessoas que entram em nossas vidas, e que uma das perguntas mais difíceis é saber quem somos, e aquilo que somos não cabe em apenas uma resposta, e seria uma injustiça nos definir em apenas uma palavra, essa palavra não existe e seria uma ingratidão nos definirmos...

Porque somos a mistura de muitas histórias que aconteceram com nós, somos um pouco de cada pessoa que entrou em nossos sentimentos e que de alguma forma nos ocupamos dela também...

Somos a mistura de muitos fatos, dores, alegrias e não podemos ser definidos a partir de uma única realidade, é processo de evangelização, é consciência do que somos, cada vez que nos assumimos torna-se mais fácil lutar, ir atrás do que queremos, é questão de maturidade nos definirmos no mundo, através daquilo que podemos ou não fazer...

Contou de uma conversa que teve com o Pe. Pedro Cunha, e que achou a resposta sobre uma pergunta que o incomodava...

Mexer com o coração do povo, que isso o angustiava muito em nem sempre poder cuidar de todos, e naquele momento aprendeu que tem uma missão especifica, que nem sempre poderia cuidar daquilo que mexeu um dia especificamente, que ele iria cuidar daquilo que era dele, e que outras pessoas ajudariam também a cuidar daquilo que ele sensibilizou, e que naquele momento ele sentiu uma tranquilidade no coração que ele precisava...

Porque quando fazemos aquilo que não é nosso, esquecemos aquilo que é nosso, muitas vezes temos a sensação de que o mundo é grande demais, e acabamos nos perdendo, perdendo nossa indentidade...

Devemos ter o cuidado para não nos multiplicar demais, ser humilde, reconhecer os limites, identificar que existem realidades que precisamos nos identificar, saber perder, saber deixar para o outro aquilo que não é seu...
Disse, que o Amor é a realidade humana que nos ajuda a ser o que a gente é, o outro quando me ama de verdade, traz para fora a nossa identidade, ele nos faz ser o que nós somos...

Respondeu a um questionamento de uma garota, sobre uma resposta que ele havia dado e sido mal interpretado, sobre:

"Pra onde vamos quando a gente morre", que ele havia dito, que vamos para lugar nenhum. E ele se explicou que foi vítima de seu limite de linguagem.

Que na verdade quando morremos, a eternidade não é um lugar, é uma realidade que extrapola nossa inteligência, que na eternidade vale muito mais o silêncio que uma explicação, quando falamos em eternidade não conseguimos definí-la, e quando morremos entramos em uma outra definição da vida, modifica-se a forma de vida, a passagem, mas nela não há localização, não tem como especificar como é o céu, por isso ele é esperança, é fé, a fé é aquilo que a gente ainda não sabe, mas de alguma forma ja sabe esperar, é uma experiência que nós não sabemos dizer mas já sabemos esperar...

O céu é a mesma coisa, ninguém sabe dizer para onde vamos, mas temos que saber esperar o tempo, viver os momentos e ter uma expectativa de futuro.

Falou de uma pregação que havia feito, e que na palavra sempre pode haver o equívoco, podemos sempre ser vítimas da nossa inteligência, das nossas palavras, mas nunca poderemos ser vitimas do jeito de olhar, que pra ele, o olhar evangeliza mto mais que as palavras, mas ja que tem que dizer, que seja do jeito certo, da maneira correta.

Agradeceu sobre o programa, que é dificil estar lá pra realizar, mas que ele se sente mto feliz em saber que ele pode ser Deus entrando na vida de outras pessoas... citou uma frase que dizia: "Que o meu cansaço a outros descanse..."...

Que sua alegria era inclusive por entrar na vida de pessoas que nunca havia conhecido a Deus e que através do programa, tem se evangelizado...
Falou sobre perdas, Que perder é um processo mto doloroso, citou o Guto, que perdeu seu pai, qdo uma pessoa morre na nossa vida, é como se precisassemos nascer, reorganizar, refazer, recomeçar e a vida cristã é sempre uma experiência de recomeço. Explicou que morte nem sempre são fisicas, as vezes uma pessoa lhe traiu, foi embora, vc não tem mais a oportunidade de te-la em seu lado, mas que vc tem que refazer sua vida, e qdo perdemos alguém que nos é mto importante é como se perdessemos nosso referencial e ai é onde precisamos encontrar sempre um novo motivo, e não deixar a vida parada, estacionada... e nós que acreditamos em Deus, não temos o direito de dizer que não sabemos o que fazer, pq Deus sempre nos ajuda a continuar...

Falou sobre trauma, e que trauma é uma situação humana, que não damos conta, que extrapolou, vazou, e deixou as suas marcas, é uma realidade que não soubemos enfrentar, uma realidade que não estavamos preparados. O trauma ele é sentimento, ele é toda emoção, por isso é dificil de ser lidado, a emoção esta aflorada e damos pouco espaço para a razão, e pra superar devemos começar a racionalizar, não nos ocupando dele, começar a juntar a agua derramada pra que ela deixe de nos incomodar, a maioria dos traumas que temos hj são de experiências de dores, sofrimentos, e que podem ser superados através da oração, da fé... Precisamos continuar e colocar as peças nos lugares, a vida humana é assim, os limites existem, sempre devemos passar pelo processo da cicatrização, qdo somos machucados afetivamente, precisamos de tempo pra se recuperar, a vida não é facil, precisamos de tempo, pra costurar os buracos que ficaram, não temos o direito de prolongar isso, mas tudo tem que ter o seu tempo pra curar.

Leu uma carta sobre um ditado popular: "Deus escreve certo por linhas tortas", que pode ser perigoso acreditar nesses ditados, qdo queremos justificar o que vamos fazer de errado, que devemos tomar cuidado Que uma pessoa é boa qdo ela assume seus erros, errou e entende que precisa consertar... 26/12/06 Cy ಌღಌ Sou um
Falou sobre o significados dos nomes, em especial do nome Diogo, que indica uma pessoa instruida, que segundo uma crença popular Diogo é um dos nomes do diabo, mas no latim quer dizer belo, e Diabo vem do grego, aquele que separa. Explicou que de vez em qdo temos atitudes diabólicas em nossas vidas, que a natureza humana tende a ser simbólica ou diabolica, a simbólica é o que nos une, uma ponte entre uma realidade e outra, como a vela é um exemplo de fé, estabelece uma ponte, um vinculo, ja o diabólico é o contrário, é o que separa, o que não nos deixa entender, é qdo estamos tentando entender uma situação, vem alguém e ao invés de ajudar nos prejudica, nos dividi e não nos ajuda a compreender o problema, como tem aquele que consegue ser simbólico e aliviar nossos corações.

Disse que o nome é nossa identificação, ele não tem influência sobre nós, a nossa identidade é que vale a pena e não o que nosso nome sugere, e o que vale é o que estamos fazendo da nossa história... quem é vc, o que temos feito de nossas vidas, o que temos permitido que Deus faça de nossas vidas, a nossa palavra ajuda ou atrapalha, ela é simbólica ou diabólica, ela contrói ou destrói... mesmo que não tenhamos sabido escolher certo, nao adianta lamentar, nada mais importa, para Deus não importa o que vc fez até hj, o que importa é o que podemos fazer a partir de agora e isso nós podemos interferir, podemos identificar... Terminou o programa questionando o que temos feito de nossas vidas, se estamos sendo simbólicos ou diabólicos em nossas vidas e na vida dos outros, pra pensarmos nas nossas palavras, como irmão, amigo, e que se temos o desejo de ser bom de fazer a vida ser mais bonita, que tenhamos coragem de colocar o dedo no mundo e dizer que queremos ser simbólicos... e cultivar em nós, o dom de amar, de unir, de fazer amar... de ser simbólico!!! 2
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 1:12 am

18 de novembro de 2006
Tomar posse do que sou.

Jesus quando viu Maria Madalena, Ele fez com que a aquela mulher voltasse a ver aquilo que ela era, não uma prostituta, mas uma filha de Deus projetada por Ele, e não aquilo que a sociedade criou.

Nós caímos muito nos artifícios que nos são apresentados. Nossa vida se ilumina por novidades e gostamos muito do estético, e seguimos aquilo que é diferença, não somos fã da disciplina.
Corremos atrás de coisas e duas semanas depois vemos que realmente aquilo não é tão bom como parecia.

Por que os artistas não 'duram' muito nos casamentos? É por causa disso. Querem respostas rápidas, românticas, buscam o brilho eterno e acabam desanimando. Então, o outro começa a decidir por nós e ficamos perdidos. Muitas pessoas, ora dão um testemunho que acredita em Deus, e passado um tempo depois, já dizem acreditar em Buda, depois Maomé, na energia... Não ficam presos em nada.

Cuidado em seguir somente as vaidades, esse negócio de usar uma blusa com uma imagem cristã ou uma cruz, mas tudo por vaidade. Sim, nós artistas somos vaidosos, mas não podemos ser levados pela vaidade. Não invente um personagem, seja aquilo que você é. Seja autêntico, assim você provoca autenticidade nas pessoas a seu redor.

Eu só posso ser padre na verdade, não posso pedir para que as pessoas finjam para que assim eu goste delas.
Entre o que os outros imaginam e o que Deus fez eu prefiro ser o que Deus fez. Deus não vem plantar a sua floresta mas Ele te dá uma semente e você que vai plantar. Procure ser aquilo que Deus te fez. Se você está correndo atrás de porcaria cuidado para não acabar deixando de ser aquilo que Deus fez. Não corra atrás de porcaria, isso é a maior arte. A arte de ser aquilo que nós somos requer arte.

“Não sou perfeito, mas to correndo atrás aquilo que sou”.

Deus acontece plenamente no coração quando nós permitimos ser aquilo que nós somos. A nossa divindade só acontece na participação.

Deus é tudo para mim! Retire-me o Evangelho e eu não sei mais para onde olhar. Se tira-me da mira de tudo aquilo que eu considero santo e sagrado, eu passo a não conhecer mais minha própria identidade. Isso é humano e divino. Apaixone-se por você. Não seja aquilo que dizem que você é. Parece estranho, mas não podemos dar aquilo que não temos.

Se você não descobrir que você é sagrado, você não vai perceber a sacralidade que o outro é
Ou você vive no amor por você ou você não sabe o que é o amor de Deus. Quem não se ama não sabe amar ninguém. É uma pessoa ausente de si mesmo. Os amores estragados que passaram minou aquilo que se era.

Tem pessoas que vemos que não tem amor próprio, e você não tem o direito de perder esse amor.

O homem e a mulher que se ama o diabo não tem vez. Quem se ama não traz vícios para si mesmo porque se ama!

Por que me drogar? Eu me amo não caio nisso! Não é possível uma pessoa se amar e se destruir.

Tome posse do que você é para depois dar-se ao outro. Seja o que você é mesmo que pareça feio, ‘nós damos um banho na lama e vai sobrar um diamante lindo’.

Que o seu teatro desperte verdade, a verdade daquilo que nós somos que nos prenda a Deus, porque só quem é preso em Deus é livre no mundo, e é isso que eu gostaria que você fosse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 1:15 am

23 de novembro de 2006
Música: Contrários

Pe. Fábio começou o programa com a música "Contrários", e
dizendo que Deus não fala com a multidão, fala com as pessoas
e hoje somos privilegiados por ter a oportunidade de saber que
Deus fala com nós, através de todas as realidades da nossas
vidas, que Deus chega até nosso coração, até nossos ouvidos,
mas precisamos de sabedoria pra reconhecer isso, em nossas
vidas somos inteligentes o tempo todo, para poder superar
nossos problemas, temos que ser inteligentes para vencer, para
dar conta da vida, para ser aprovado em tudo que fazemos...

Mas há um elemento que está acima da inteligência, que é a
sabedoria, existem pessoas muito inteligentes, mas não tão
sábias, porque ser inteligente é diferente de ser sábio...

Sabedoria quebra a lógica da inteligência, nos impulsiona a encontrar soluções onde não tem, a sabedoria sabe trilhar um outro
caminho, a fé é também uma forma de sabedoria, porque a sabedoria nos leva a crer mesmo quando não temos motivos para crer...

Quando estamos diante de uma pessoa sábia, ela tem o poder de nos mostrar outro caminho, a música "contrários" tem muito mais sabedoria do que inteligência, porque ela mostra a sabedoria que a
inteligência não mostra, e muitas vezes aquilo que vemos nossa
inteligência diz que não vai dar certo e não vai ser possível,
ai vem outra forma de conhecimento, que é a sabedoria e nos
coloca em uma esperança diferente, nos faz saber esperar...

É por isso que fé e inteligência andam juntas, pois é a nossa Fé
que nos faz acreditar e dizer: "É ASSIM"...

Deu exemplo do filme: "O Auto da Compadecida", onde está a dupla perfeita, a inteligência e a sabedoria, onde havia um homem cheio de inteligência e um homem cheio de fé...
Que hoje podemos sofrer muito com histórias que vivemos, podemos analisá-las com inteligência e chegar a conclusão de que não tem jeito, chega então a hora de mudar e usar a sabedoria, ela é uma forma de acreditar, de crer em segredo, de ter esperanças naquilo que não existe, mas que você pode criar.

Inteligente é aquele que sabe reconhecer os limites que tem, e talvez a nossa burrice é nos achar inteligentes demais, porque as nossas ideias é que devem prevalecer e a misericórdia entra em nós no momento em que paramos de julgar o outro...

Sejamos sábios em nossas relações, busquemos em Deus a sabedoria de acreditar no outro mesmo quando achamos que ele ainda não merece essa sabedoria, há muitas coisas bonitas acontecendo, mas são detalhes, deixamos de perceber as pequenas coisas, porque só olhamos para as grandes...

Já que muitas vezes uma chuva de inteligncia não resolve, quem sabe
uma gota de sabedoria possa regar a nossa vida...

Sabedoria é que faz calar o choro de quem chora, um discurso inteligente não consola, mas um discurso de sabedoria muitas vezes é um alento, um descanso para um amigo, que já sabe de todos os
problemas que enfrenta, mas ainda não possui a palavra sábia
que precisa para ser feliz.
Leu um e-mail, sobre uma garota muito apaixonada por Deus, e que
se acha muito diferente das outras pessoas...

Pe. Fábio disse que entao é hora de usar a inteligencia e a sabedoria, e diante um sofrimento alheio, necessitamos manter primeiramente a distinção, "eu me olho numa realidade criada, mas sou distinto, diferente", aquele que sofre não sou eu, eu não
posso me sucumbir a dor do outro, preciso viver a compaixão,
mas não sofrer junto, para poder dar apoio...

Se distanciar não é ficar indiferente, devemos dar apoio, mas não viver o problema dele, um dos grandes problemas das religiões que crescem muito hoje é achar que o pregador vai resolver os problemas dos fiéis...

Ningúem tem a obrigação de resolver o problema do outro, agora
podemos ser solidários, chorar juntos, mas nunca permitir que o
outro esqueça que o problema é dele, quem terá que resolver a
situação é ele, se não assumimos para o outro o que não é
nosso...

Isso é uma questão de sabedoria, por exemplo alguém que tem o problema do alcoolismo, devemos ajudar, sofremos juntos, mas a decisão é de quem vive o problema, não podemos nos tornar responsáveis pelo problema do outro se ele não quer ajuda, se não quer ser ajudado. E saber a hora de chegar, e saber a hora de retirar é sinal de sabedoria, em nome do amor, da misericédia, da compaixão, devemos permitir que o outro vá além...

Existem momentos em que precisamos ajudar o outro a respirar, mas depois é ele quem tem que respirar sozinho, a salvação é um momento particular que o outro carece totalmente de você, mas depois ele precisa caminhar sozinho, e muitas vezes ajudar é saber sair de cena.
Pe. Fábio recebeu um e-mail de alguém que busca a felicidade,
mas que diz não saber amar, não sabe admitir o que sente, que
não se conhece...

Pe. Fabio ficou sem palavras e disse que também tenta se descobrir todos os dias, e que essa dor, não é só dele e de muitas outras pessoas que também buscam a felicidade.

Pe. Fabio disse que cada vez mais cresce a vontade de dizer que
devemos educar as pessoas para a verdade, muitos jovens hoje se
perdem, morrem, porque falta muitas vezes um ambiente em que podem
ser verdadeiros, contar o que o coração não aguenta viver sozinho, e ai toda essa frieza de não saber amar, não saber admitir, não saber ser fraco, não saber carecer, fomos educados para ganhar sempre e a vida não é sempre vitória, ninguém nos ensinou que vamos ganhar sempre, e somos educados para essa mentira que vamos ganhar sempre e no momento em que perdemos não sabemos admitir...

Deu exemplo de um amigo numa confissão que disse que descobriu que não sabia chorar, e que agora descobriu que sabia chorar e é muito mais feliz agora, mais leve, é bom reivindicar o direito de ser fragil, de mostrar que precisa de ajuda, não devemos bancar o forte a todo momento...

Todo soldado por mais corajoso que seja tem o direito de chorar e dizer que está com medo, deu exemplo do Robson, que o machuca muito não vê-los bem, e que eles são exemplos de força, que escutam todos, que se mostram fortes, saber reconhecer que somos frágeis é sinal de ser forte, o sofrimento é maior quando somos mais complexos...

Devemos seguir a simplicidade, dar valor as coisas simples, a felicidade da alma.
E felicidade é viver,e o que nos salva na vida, não são os ritos que fazemos, ir à missa, confessar, comungar é lindo, quando nosso
coração está a servico de fazer cair por terra a crueldade que
está no mundo...

O que faz nós sermos salvos e viver a salvação dia-a-dia é acreditar que Deus está em nós, que possamos aprender a ser sinceros com o nosso coração, ou assumimos o que somos, ou convivemos com o medo, e quanto mais o engaiolamos, menor a capacidade de ser verdadeiro.

Porque no momento que educamos, educamos para liberdade e verdade, e Jesus dizia: "a verdade o libertará", Ele não permite que o outro seja falso diante dEle, porque um sorriso provoca a nossa verdade, um sorriso é capaz de nos deixar a vontade porque amamos, às vezes achamos que a fórmula é dificil demais, mas a fórmula é simples...

Fuja do que é muito complicado, do que é muito inteligente, a melhor forma de construir, é AMANDO, e é o AMOR que nos da condição
de ver o outro com simplicidade, porque quando amamos o acolhemos, o amor é a capacidade de acolher e trazer o outro para dentro de
vc, fome de afeto, de conselho, de carinho, de atenção, de AMOR.

Estamos em um mundo, no qual devemos cumprir e fazer tudo, se na verdade o que deveriamos fazer bem, não temos feito, qualidade de vida, para estar com aqueles que amamos, para nos sentirmos felizes.

Hoje as pessoas que amamos estão pela vida e temos a responsabilidade de cuidar das pessoas que amamos, e sermos felizes. Hoje nosso coração pode estar sofrendo, mas que tenhamos coragem de dizer que a crueldade não terá chances em nosso coração...

Que sejamos configuração de Jesus aqui, onde vivemos, olhando o nosso espaço e nos perguntando se já somos inteiros nEle, podemos estar negligenciando o que temos de simples na vida, perder o tempo
com aquilo que não nos é importante, mas é importante ao outro, ter a oportunidade de estar próximo, é fazer a diferença na vida e no coração de quem amamos.
Leu um outro e-mail de uma garota que gostaria de morrer...

Deu o exemplo da modelo Ana Carolina que faleceu vítima da Anorexia. Ela morreu na última terça-feira, dia 14, aos 21 anos...

Querer ser alguem no mundo é algo que o preocupa, a fama que tem que nos tomar conta, é aquela existência bem vivida.

Primeira coisa, sejamos visiveis a nós mesmos, não queiramos que o outro nos reconheça se nós mesmos não nos reconhecemos e só depois lhe dê o direito de esperar o que o outro tem a nos dizer, que possamos reconhecer as nossas riquezas.

Que hoje possamos reconhecer que a sabedoria vale muito mais que qualquer fórmula de inteligência
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 1:17 am

Registrado dia : 03 Ago 2008
Mensagens : 109

Assunto: Programa exibido 30/11/2006 comunidade Pe Fábio de Melo(Belém-Pará) Qui 14 Ago 2008 - 17:12

--------------------------------------------------------------------------------

30 de novembro de 2006
Música: Sou um Zé da Silva e Outros Tantos

Pe. Fabio começou o programa falando da canção, e da mistura que acontece em nossos corações e de tantas experiências que vamos vivendo, de tantas pessoas que entram em nossas vidas, e que uma das perguntas mais difíceis é saber quem somos, e aquilo que somos não cabe em apenas uma resposta, e seria uma injustiça nos definir em apenas uma palavra, essa palavra não existe e seria uma ingratidão nos definirmos...

Porque somos a mistura de muitas histórias que aconteceram com nós, somos um pouco de cada pessoa que entrou em nossos sentimentos e que de alguma forma nos ocupamos dela também...

Somos a mistura de muitos fatos, dores, alegrias e não podemos ser definidos a partir de uma única realidade, é processo de evangelização, é consciência do que somos, cada vez que nos assumimos torna-se mais fácil lutar, ir atrás do que queremos, é questão de maturidade nos definirmos no mundo, através daquilo que podemos ou não fazer...

Contou de uma conversa que teve com o Pe. Pedro Cunha, e que achou a resposta sobre uma pergunta que o incomodava...

Mexer com o coração do povo, que isso o angustiava muito em nem sempre poder cuidar de todos, e naquele momento aprendeu que tem uma missão especifica, que nem sempre poderia cuidar daquilo que mexeu um dia especificamente, que ele iria cuidar daquilo que era dele, e que outras pessoas ajudariam também a cuidar daquilo que ele sensibilizou, e que naquele momento ele sentiu uma tranquilidade no coração que ele precisava...

Porque quando fazemos aquilo que não é nosso, esquecemos aquilo que é nosso, muitas vezes temos a sensação de que o mundo é grande demais, e acabamos nos perdendo, perdendo nossa indentidade...

Devemos ter o cuidado para não nos multiplicar demais, ser humilde, reconhecer os limites, identificar que existem realidades que precisamos nos identificar, saber perder, saber deixar para o outro aquilo que não é seu...
Disse, que o Amor é a realidade humana que nos ajuda a ser o que a gente é, o outro quando me ama de verdade, traz para fora a nossa identidade, ele nos faz ser o que nós somos...

Respondeu a um questionamento de uma garota, sobre uma resposta que ele havia dado e sido mal interpretado, sobre:

"Pra onde vamos quando a gente morre", que ele havia dito, que vamos para lugar nenhum. E ele se explicou que foi vítima de seu limite de linguagem.

Que na verdade quando morremos, a eternidade não é um lugar, é uma realidade que extrapola nossa inteligência, que na eternidade vale muito mais o silêncio que uma explicação, quando falamos em eternidade não conseguimos definí-la, e quando morremos entramos em uma outra definição da vida, modifica-se a forma de vida, a passagem, mas nela não há localização, não tem como especificar como é o céu, por isso ele é esperança, é fé, a fé é aquilo que a gente ainda não sabe, mas de alguma forma ja sabe esperar, é uma experiência que nós não sabemos dizer mas já sabemos esperar...

O céu é a mesma coisa, ninguém sabe dizer para onde vamos, mas temos que saber esperar o tempo, viver os momentos e ter uma expectativa de futuro.

Falou de uma pregação que havia feito, e que na palavra sempre pode haver o equívoco, podemos sempre ser vítimas da nossa inteligência, das nossas palavras, mas nunca poderemos ser vitimas do jeito de olhar, que pra ele, o olhar evangeliza mto mais que as palavras, mas ja que tem que dizer, que seja do jeito certo, da maneira correta.

Agradeceu sobre o programa, que é dificil estar lá pra realizar, mas que ele se sente mto feliz em saber que ele pode ser Deus entrando na vida de outras pessoas... citou uma frase que dizia: "Que o meu cansaço a outros descanse..."...

Que sua alegria era inclusive por entrar na vida de pessoas que nunca havia conhecido a Deus e que através do programa, tem se evangelizado...
Falou sobre perdas, Que perder é um processo mto doloroso, citou o Guto, que perdeu seu pai, qdo uma pessoa morre na nossa vida, é como se precisassemos nascer, reorganizar, refazer, recomeçar e a vida cristã é sempre uma experiência de recomeço. Explicou que morte nem sempre são fisicas, as vezes uma pessoa lhe traiu, foi embora, vc não tem mais a oportunidade de te-la em seu lado, mas que vc tem que refazer sua vida, e qdo perdemos alguém que nos é mto importante é como se perdessemos nosso referencial e ai é onde precisamos encontrar sempre um novo motivo, e não deixar a vida parada, estacionada... e nós que acreditamos em Deus, não temos o direito de dizer que não sabemos o que fazer, pq Deus sempre nos ajuda a continuar...

Falou sobre trauma, e que trauma é uma situação humana, que não damos conta, que extrapolou, vazou, e deixou as suas marcas, é uma realidade que não soubemos enfrentar, uma realidade que não estavamos preparados. O trauma ele é sentimento, ele é toda emoção, por isso é dificil de ser lidado, a emoção esta aflorada e damos pouco espaço para a razão, e pra superar devemos começar a racionalizar, não nos ocupando dele, começar a juntar a agua derramada pra que ela deixe de nos incomodar, a maioria dos traumas que temos hj são de experiências de dores, sofrimentos, e que podem ser superados através da oração, da fé... Precisamos continuar e colocar as peças nos lugares, a vida humana é assim, os limites existem, sempre devemos passar pelo processo da cicatrização, qdo somos machucados afetivamente, precisamos de tempo pra se recuperar, a vida não é facil, precisamos de tempo, pra costurar os buracos que ficaram, não temos o direito de prolongar isso, mas tudo tem que ter o seu tempo pra curar.

Leu uma carta sobre um ditado popular: "Deus escreve certo por linhas tortas", que pode ser perigoso acreditar nesses ditados, qdo queremos justificar o que vamos fazer de errado, que devemos tomar cuidado Que uma pessoa é boa qdo ela assume seus erros, errou e entende que precisa consertar...
Falou sobre o significados dos nomes, em especial do nome Diogo, que indica uma pessoa instruida, que segundo uma crença popular Diogo é um dos nomes do diabo, mas no latim quer dizer belo, e Diabo vem do grego, aquele que separa. Explicou que de vez em qdo temos atitudes diabólicas em nossas vidas, que a natureza humana tende a ser simbólica ou diabolica, a simbólica é o que nos une, uma ponte entre uma realidade e outra, como a vela é um exemplo de fé, estabelece uma ponte, um vinculo, ja o diabólico é o contrário, é o que separa, o que não nos deixa entender, é qdo estamos tentando entender uma situação, vem alguém e ao invés de ajudar nos prejudica, nos dividi e não nos ajuda a compreender o problema, como tem aquele que consegue ser simbólico e aliviar nossos corações.

Disse que o nome é nossa identificação, ele não tem influência sobre nós, a nossa identidade é que vale a pena e não o que nosso nome sugere, e o que vale é o que estamos fazendo da nossa história... quem é vc, o que temos feito de nossas vidas, o que temos permitido que Deus faça de nossas vidas, a nossa palavra ajuda ou atrapalha, ela é simbólica ou diabólica, ela contrói ou destrói... mesmo que não tenhamos sabido escolher certo, nao adianta lamentar, nada mais importa, para Deus não importa o que vc fez até hj, o que importa é o que podemos fazer a partir de agora e isso nós podemos interferir, podemos identificar... Terminou o programa questionando o que temos feito de nossas vidas, se estamos sendo simbólicos ou diabólicos em nossas vidas e na vida dos outros, pra pensarmos nas nossas palavras, como irmão, amigo, e que se temos o desejo de ser bom de fazer a vida ser mais bonita, que tenhamos coragem de colocar o dedo no mundo e dizer que queremos ser simbólicos... e cultivar em nós, o dom de amar, de unir, de fazer amar... de ser simbólico!!! 2
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 1:20 am

RESUMO DO PROGRAMA 07/12/2006
Programa do dia: 07/12/2006

Musica: Mais Perto

Pe. Fabio de Melo, começou o programa com a musica: Mais
Perto, e que nem sempre temos a disposição de ficar perto, é
mais facil viver longe, viver o amor a distancia é mto mais
facil, até a amizade qdo é distante tende a dar mais certo, e
é por isso que o amor, a amizade, carece de encontros, mesmo
qdo mostramos o que temos de mais vergonhoso, pq é nesse
momento que o amor acontece, é nesse momento que podemos
prova-lo, e não devemos querer o outro apenas a partir do que
ele tem de mais precisoso, do que ele tem de melhor, o amor é
saber que queremos o outro perto mesmo sabendo que ele tem
heranças e dividas... Hoje podemos ter mais dividas do que
herança, mas temos um valor que nos da segurança de dizerchega
mais perto, não importa o que Deus fara desse encontro,
importa que ele fará esse encontro... Ja que mtas vezes falta
coragem de sabermos quem somos, é preciso saber quem a gente
é, e pra isso existem pessoas que tem o poder de nos matar aos
poucos, e existem aquelas que nos ajuda a recordar todos os
dias quem somos que são capazes de conhecer nossa dividas e
nossas heranças... só pode ser feliz aquela pessoa que se
recorda todos os dias quem ela é, seja verdadeiro e tome posse
daquilo que é, Deus só precisa que reconheçamos ser quem
somos, pois ele ja nos olha sem mascaras, sem maquiagens, nos
aceita como somos e só espera que nos aceitemos tb...
Contou a historia de um rapaz que ele visitou a familia, e qdo
viu o quarto dele, mostrou o quarto escuro onde o menino
vivia, e por mais amado que ele era pela sua familia, ele não
sabia quem ele era, era vitimo de uma sociedade que rouba os
coracoes das pessoas e dp o devolvem estragado... E que no
momento que ele assumiu seu problema, Deus abriu as portas
para ele, e ele se perguntou o que tinha feito de sua vida ate
aquele momento, e o que tem deixado os outros fazerem de sua
vida... Deu exemplo que nós somos como uma cidade, e que na
cidade que somos nós, quem tem de ser o prefeito somos nós
mesmos, e aqueles que passam pelas nossas vidas, vão respeitar
ou não nossa maneira de ser, por isso devemos cuidar do nosso
coração, e não nos acostumarmos a viver com o lixo que
guardamos dentro de nós, com o terreno baldio que pode se tornar a nossa vida, e que assim podemos assumir o que
sentimos, e no comando de nossas vidas quem deve administrar somos nós mesmos, se levarem tudo o que temos materialmente,
trabalhamos e podemos recuperar, mas se deixamos morrer nossos
sentimentos, não conseguimos recupera-los, por isso devemos
ressuscitar os vivos, cuidar daquilo que ainda tem jeito,
devemos cuidar das coisas bonitas que temos em nossa vida,
viver na salvação é poder pagar todas as dividas e ainda
acreditar que há mta herança, mta riqueza da redenção de
Jesus. Por isso não tenha medo do que lhe faz sofrer, do que
lhe incomoda, deixe Deus tomar conta de vc, enfrente...
Falou de passado, e que tudo que é passado só pode ser
corrigido qdo vivemos o presente, com tranquilidade em relação
aquilo que vivemos no passado, e que o grande problema é a
nossa incapacidade de compreender a misericórdia de Deus,
acreditar que o nosso passado passou, e existem pessoas que
tem a habilidade de fazer o passado ser presente sempre, e o
erro ja passou, precisamos ter cautela de olhar pra aquilo que
aconteceu e ter um jeito de lidar com a consequencia daquele
acontecimento... Qualquer forma de relacao humana, requer
AMOR, perdão, discernimento. Se não tem um sentimento de amor,
não adianta querer corrigir o erro, ele ja aconteceu olhemos
pra frente, pras belezas da vida.

Falou sobre internet e Amor virtual, e disse que é como jogar
na loteria, pode dar certo como pode não dar, na internet todo
mundo é lindo, educado, tem nivel superior, conhecimento,
pediu pra tomar cuidado pq pode estar sendo enganado e perder
a oportunidade de conhecer pessoas reais e ser feliz.

Ps: Pe. Fabio de Melo fez uma observação e deixou bem claro
que NAO tem orkut e NAO tem MSN...!!!


Deu exemplo de uma frase que diz, que qto mais a gente ensina,
mais aprende o que ensinou... e que temos tantas experiências
do passado na qual ainda não aprendemos a lidar ou superar,
que somos um livro maravilhoso a ser lido, e que não é pra
chorar, resmugar, lamentar novamente, mas sim ver o que
passou, e a partir disso nos sentir estimulados a nos
conhecer, mergulhar em nós mesmos pra tomar posse daquilo que
somos e podemos ser...
Recebeu um Email sobre a diferença de idade, Pe. Fabio disse
que é um desafio maior, mas que não há problema, e disse que
pessoalmente acha que é mais facil qdo a diferenca de idade
maior esta no homem, e uma das grandes diferencas é a
maturidade que chega mto mais cedo na mulher, que os homens
tem um amadurecimento mais lento de acordo com seus
sentimentos, ja a mulher tem suas mudanças hormonais, nas
quais afetam sentimentalmente. Que devemos tomar cuidado com
todos os tipos de relacionamentos. E principalmente nesse
caso, é preciso analisar a realidade daqui alguns anos, a
idade que cada um estara, as perspectivas de vida futura.

Leu o Email de uma garota que foi abusada sexualmente... Pe.
Fabio disse que tem coisas que não damos conta sozinhos, nós
sempre precisamos de alguem que pedagogicamente nos ajude a
reinterpretar o passado, aquilo que aconteceu não temos como
mudar, mas temos como interpretar, toda vez que vivemos uma
realidade traumatica, devemos saber rezar pela nossa propria
historia. Um dos grandes problemas que encontramos hoje, é que
a humanidade deixou de se amar, deixou de ter carinho consigo
mesmo, a missa por exemplo deve devolver o amor a nós mesmos,
o momento que o Pe. nos perdoa pelo pecado, ele esta dizendo
para que possamos voltar a viver, e existe realidades humanas
que colocam o desamor dentro de nós, disse que é preciso vida
em oração, retomar o amor de Deus, que nos leva a amar nós
mesmo. Não devemos reviver cada trauma, nos culpar, mas sim
entender a interpretar o passado vivendo no presente, e nesse
momento Deus acontece em nossas vidas e nos salva do que pra
nós é condenação.
Leu Email de uma mulher que se confessou, mas que ainda se sente
culpada, Pe. Fabio disse que tudo é uma questão de escolha, e
confessar o pecado não é garantia que a confissão aconteceu em
nós, afinal a consequencia de nosso pecado nem sempre deixa de
existir naquele momento, perdoou acabou, isso não existe, a
consequencia do pecado vai sendo apagada a medida que deixamos
a confissão acontecer em nós, por isso existe a penitencia,
pra nos ensinar que aquele momento não é magico, viveu um
passado errado, a penitencia é reconciliar-se com o proprio
passado, se encontrar com esse passado e resolver o que foi
acontecido, toda ação tem uma reação e por isso devemos ter
paciência, toda vez que tivermos culpa ou vergonha, devemos
acreditar que é ilusão, mais uma vez o pecado querendo nos
laçar, e diante de Jesus peça a ser digna novamente, pq se
ficar cultivando, pedindo perdão novamente, confessando
novamente, vc esta renovando o poder do pecado dentro de si,
assim acredite que seu pecado ja foi perdoado e que não tem o
direito de permitir que sentimentos negativos tomem conta de
nós... e assim lembre-se de quem é Jesus, quem ele é, e só
assim deixe a consequencia do pecado ir embora, tome posse da
redenção que lhe foi oferecida, ng pode anunciar o seu pecado,
ng tem o direito de falar sem apresentar a solução, e se hj vc
tem consciencia disso, vc nao tem o direito de permitir que
ele lhe vença, e nesse momento lembre-se de quem é Deus, e que
é o unico capaz de nos conhecer inteiramente, e assim acredite
e permita que ele chegue cada dia mais perto...

FIM...!!!

Deus Abençõe a todos...!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 1:24 am

Música: Pe. Fabio cantou uma musica de seu novo CD...

"Meu amigo eu sei as dores que tu passas, qtas duvidas amargas ganham o teu coracao, criam forças nas mordaças dos teus medos, te sufocando a escuridão dos teu segredos, mas tens que saber, que contas comigo, mas tens que saber que tb ja passei por isso, mas eu sei que qdo passa Deus nos pega em suas maos, eu te levo meu amigo, dentro do meu coracao, mas td vai passar eu sei que vai, estarei ao teu lado para te ajudar a ver alem..."

Pe. Fabio começou o programa dizendo que devemos enxergar as coisas alem, que o mundo se empodrece qdo alguem vai embora, é como se nosso mundo ficasse menor, como se não conseguimos enxergar o mundo da mesma forma q enxergavamos antes, é como se faltasse algo, e assim existem pesssoas que tem o dom de nos fazer enxergar além, de abrir as janelas da nossa casa no momento q ela esta escura e nos fazer apreciar uma paisagem que por acaso não soubemos admirar, nem contemplar... disse que a canção que cantava hoje era do Robson num momento de dor, de coragem, de mostrar, de apontar um caminho pra um amigo que tb sofria, homenageou Robinho que foi embora de sua vida da mesma forma que chegou, sem pedir licença, e a vida é assim, há pessoas que entram em nossas vidas sem pedir licença, e que o sofrimento tem a mesma medida que o amor, se vc amou mto vai sofrer mto, e é bom que seja assim, é impossivel nao sofrer em ver aquele que a gente ama partir, e é nesse momento que precisamos enxergar além e recolher o que passou do nosso mundo, tudo passara, tudo vai passar eu sei que vai, e nessa hora descobrimos a força de Deus em nós que nos faz acreditar cada vez mais no poder de Jesus, eu não sei qual as dores do seu coracao, quais as dificuldades, mas uma certeza temos, é sempre bom enxergar além...

é sempre bom ter a capacidade de descobrir um jeito diferente de enxergar a vida, a realidade, o amor e o sofrimento são duas realidades juntas, é ímpossivel amar sem sofrer e é essa realidade que nos da coragem de enxergar a vida, e atraves dela encontrar uma saida... Dedicou o programa ao Robinho, ao Pe. Jonas e as pessoas que hj passam por problemas e processos de perdas mto dolorosas, ja que a fé, essa experiencia de Deus, nos da coragem e condições de nos tornarmos irmãos mesmo sem nunca ter nos encontrado...

Leu email sobre uma pessoa que enxerga seus sonhos cada vez mais longe e pedia a oração do Pe. Fabio de Melo... ele respondeu que na vida há coisas que mtas vezes são mto contrárias ao que pensamos, e citou uma comparação, e que ele pode observar o qto as estradas estão esquecidas pelos nossos governantes, e pensou que as estradas emburacadas representam perigo pela nossa vida, e descobriu que pra andar numa estrada assim é preciso uma técnica de volante superior, o bom motorista se mostra no momento que ele lida numa boa estrada e numa estrada cheia de buracos, pois ele vai se exercitar na prudência e nossa vida é assim, existem boas e más estradas, depende de quem comanda, quem administra...
Mtas vezes passamos por estradas cheias de buracos na vida, mas não importa a velocidade que vamos, qto precisamos reduzir, sempre temos o direito de andar pra frente e mesmo que a estrada seja cheia de buracos, nós não podemos perder a esperança, mesmo q ela não esteja propicia, ela existe, não existe um outro jeito de chegar, senão pela estrada, e o mais importante é perceber que mesmo que no trajeto da vida as coisas estão lentas pelas situações atuais, ainda continuamos andando, mas só conseguimos avançar se conseguirmos respeitar que a estrada do momento não é boa, e o amigo é aquele que nos ajuda a enxergar além, mtas vezes em nossas vidas as estradas não são mto boas, a estrada por onde vai nosso amor, carinho, mtas vezes estamos extremamente machucados, uma cratera não se faz da noite pro dia, e sim por falta de cuidado, a sabedoria da vida consiste em cuidar das raxaduras pra que não tenhamos uma cratera, qtos momentos da nossa vida ja sentimos que estavamos raxando nossas vidas e não tivemos coragem de reavaliar nossas relações, temos o direito de dizer, de colocar as pessoas nos lugares certos, ou nos tornamos causas de acidentes para mtos, ou cuidamos daquilo que somos ou provocamos a morte de quem passa por nós, é mto triste pegar uma estrada que nos oferece perigo o tempo todo, as vezes permitimos que o mal humor, a tristeza, a amargura tome conta de nós, que infiltre a nossa vida, naquilo que somos e acabamos nos tornando pessoas detestáveis, não é o outro que é culpado, somos nós que permitimos, e se existem duas opções, todos escolherão a estrada boa, por isso ficamos as vezes de lado, deixamos a agressividade tomar conta de nosso coração, pq machucamos quem esta ao lado, qdo tratamos o outro com descrédito, qdo não temos tempo de ocupar daquilo que amamos...
Citou o amor do Robinho pelo irmão, "Eu nao sei se na minha vida eu vi dois irmaos se amarem tanto como Robinho e Denilson"... e que uma pessoa doente mtas vezes ela só precisa de carinho, de uma mão que alivia as dores, existem dores que só podem ir embora, com carinho, com afeto, e a vida só pode ser suportada a medida que amamos e somos amados, ser estrada por onde o outro possa viajar, ser estrada por onde o outro possa passar mesmo q seja suas ultimas horas, nessa época de Natal talvez o maior presente seja isso, reformar nossas estradas, tantas pessoas passam por ns nesse final de ano, quem sabe possamos representar uma pequena estrada pra aqueles que precisarem de nós, que pudessemos reconstruir as estradas dos nossos corações, que pudessemos transforma-la em lugares por onde pessoas possam passar e descobrir a beleza de estar nela...

Falou que o Natal mtas vezes é mto cansativo, nos perdemos no mto fazer, e faça do Natal um descanso, uma intimidade com sua familia, não se esqueca do essencial, ter a oportunidade de dar ao outro nosso melhor presente, aquilo que a gente é, por isso o tempo de advento, de sacrificio, para preparar alguma alegria, e ela só é de verdade se foi preparada no sacrificio, todos os nossos atos vivemos alegrias e sacrificios, por isso o tempo do advento é ter condições de dar ao outro o que temos de melhor, estamos constantemente reformando nossas esperanças, nossos corações, nossas tristezas, para podermos descobrir o valor a pedra preciosa que insiste ficar entre cascalhos, que possamos buscar o que temos de melhor, lutemos para ser um humano de alma, aquilo que identifica o nosso coração...
Existem estradas q não dão prazer de viajar, e as vezes nossas vidas viram essas estradas, e neste Natal é hora de fazer acostamentos, tapar buracos, para poder ser Feliz, nao adianta ter tudo no natal se não houver alegria no coração das pessoas, o que faz a noite ser de fato feliz, é termos a satisfação de estar com aqueles que amamos e oferecer o que temos de mais precioso, Natal é tempo de simplicidade e não temos o direito de nos perder do essencial, mesmo pq nossa felicidade esta naquilo que é essencial, acidental são realidades que podem passar sem ter, agora o essencial é aquilo que não pode faltar, não existe aniversário sem aniversariante... Mtas vezes precisamos ter experiências de frustrações pra podermos dar valor as realidades, que a generosidade é o jeito mais bonito de ser cristão, mtas vezes nem conhecemos a pessoa mas temos a oportunidade de ajuda-la e que nos faz mto mais rico, riqueza não é só dinheiro, trabalhamos, perdemos, gastamos, isso passa, agora as riquezas que permanecem são aquelas que nos tornam mais pessoas, é mto melhor termos menos dinheiro no bolso, mas ver aqueles que amamos sorrindo, talvez a maior riqueza q podemos dar ao outro é o nosso coração, e o Natal nos ajuda e nos ensina sobre isso, não temos o direito de viver o dia 25 apenas na festa, mas sim um tempo que nos ajude a conhecer o avesso das realidades, dividindo o que somos e o que temos...

Leu outro email sobre uma menina que namorou um rapaz estudado e outro sem estudo... e que o maior valor que podemos ter na vida, não é nossa inteligência e sim nossa sabedoria, sabedoria é um jeito de ver a realidade diferente do jeito inteligente de ver, as vezes os estudos nos dão mta inteligência, mas há pessoas q nunca entraram numa escola e tem uma sabedoria inquestionável, ng tem o direito de forçar outra pessoa a ter uma vida q ela não quer... contou que tem um caso assim em sua familia, que conheceu um rapaz da roça se apaixonou e hj é mto feliz...

Temos que descobrir onde nosso coração esta feliz, não adianta projetar uma felicidade que não é pra nós, existem pessoas que insistem em andar numa estrada que não foi feita pra ela, precisamos descobrir que o sonho por mais bonito q seja mtas vezes não é nosso, não adianta admirarmos o jardim do outro e sim construir o nosso, devemos ter a sabedoria de saber onde pulsa a nossa felicidade, infelicidade vem pra nossa vida qdo começamos a fazer coisas que não são pra nós, saber escolher e indentificar que existem realidades que foram preparadas pra nós ou não... quem tem que optar e querer somos nós, é mto melhor ser honesto na hora certa do que se iludir pro resto da vida... Pe. Fabio contou que esta se desligando do SCJ, que continua Padre, mas que vai servir com mais qualidade outros trabalhos na canção nova, na diocese... e terminou o programa dizendo que não sabemos qual o caminho certo, mas uma coisa é certa, não temos o direito de desistir, devemos começar o novo ano colocando passos na estrada que nos pertence e não na do outro, e assim Deus nos espera no destino que ele tem a nós...

FIM... Deus abençõe a todos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
regina
Admin
avatar

Mensagens : 981
Data de inscrição : 04/08/2008

MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   Ter Ago 19, 2008 1:26 am

RESUMO DO PROGRAMA 28/12/2006
Programa do dia 28/12/2006

Música: Casinha Branca

Pe. Fabio começou o programa cantando a música: "Casinha Branca", e dizendo que casa não cai do céu, construimos aos poucos, planejamos, sonhamos e a partir disso contruimos a casa dos nossos sonhos, como fala na canção, começamos a descobrir o material que vamos usar, escolhemos as cores, as divisões, tudo que vai deixa-la mais bonita, mais bela, casas nascem dos sonhos que projetamos e realizamos e Jesus ja dizia com mta sabedoria, que devemos fazer antes um projeto e só começa-lo dp q souber o que fazer, pra poder ir até o fim, e casa são projetos humanos assim como a vida, a vida é um projeto humano que nos coloca o tempo todo na responsabilidade de mudar, de observar, de perceber como estamos fazendo seu fundamento, casas costumam cair qdo mal construidas, vidas tb... se não observamos onde estamos lançando nossos alicerces, corremos o risco de criar onde não devemos construir... E onde estamos colocando nossa segurança? o que é fundamental na minha construção como pessoa? Não queremos ser queda, destruição, mtas vezes destruimos nossa vida por realidades humanas que nao deveriam entrar na edificação daquilo q somos, e nossa vida é feita de detalhes e aquilo q hj escolhemos pra entrar em nosso coração é fator determinante pra continuarmos em pé ou para nos derrubar... a construção de uma casa é a construção de uma vida... pra viver precisamos fazer escolhas e definir como sera a nossa vida, pq ainda não nos foi retirado o dom de escolher, mtas vezes pessoas se deseperam em suas vidas raxadas e devemos pensar o que escolhemos pra fazer parte de nossas vidas, quais as influencias q permitimos ser influencias de nossa história, somos aquilo que permitimos, viver é questão de escolha e hoje podemos escolher, o que queremos pra nós, escolhermos amar ou odiar, escolhermos perdoar ou guardar o rancor, lutar ou cruzar os braços, gritar ou falar mansamente, tudo é uma questão de escolha...
Qualquer escolha trara alegria e sofrimento, nenhuma escolha trara só alegria e nenhuma escolha trara só sofrimento...
Falou sobre perdermos a nossa identidade, que qdo nós não sabemos o que queremos, acabamos deixando que o outro nos domine e escolha por nós, pq o papel do outro em nossa vida serve pra nos ajudar a ser mais e não nos ocultar, nos fazer esquecer quem somos, verdadeiros amigos sao aqueles que nos ajudam a encontrar quem somos, a Opiniao do outro nos ajuda a descobrir o que gostamos, eles tem a capacidade de nos ajudar a escolher aquilo q ja sabemos, e identidade é a capacidade humana de saber que não somos o outro, e mtas vezes a vida passa, vamos envelhecendo mas vivemos a mesma necessidade de uma criança de 5 anos com uma diferença, aos 5 anos vc tem coragem de pedir ajuda e aos 80 não mais, identidade é saber quem somos e quem o outro é, não tem como ter identidade na solidão, e viver a identidade particular, tomar posse de quem somos é fundamental para q tenhamos relações benéficas, por isso mtas vezes precisamos reconhecer q estamos no meio de uma multidão como uma criança, um ser humano não pode ser feliz distante de suas raizes, precisamos sempre voltar as origens, tem pessoas que acha q uma vida errada com erros, pode nos fazer esquecer quem somos... (cantou Humano Demais), querendo dizer q o mais bonito de Jesus, é sua capacidade de nos fazer lembrar que somos, recordando de quem é Jesus, tendo coragem de olhar pra Deus, mtas vezes temos a tentação de desistir de nós, de desacreditar, de acreditar no que a multidão dizia, e olhando pra Jesus, ele nos lembra quem somos, se a multidão noa faz esquecer quem somos, Jesus nos faz lembrar o tempo todo quem somos, e qdo olhamos pra Jesus desobrimos que não temos o direito de desistir, pq Deus não desistiu de nós, e assim resgatar a identidade é olhar diferente, não olhar com olhares de condenação, de julgamento, não gritar com a multidão e sim lembrar q apesar de tantos erros, ainda existe uma esperança, um tempo novo pra ser vivido...
...e as vésperas de um novo ano, iniciando uma nova época, começando um novo tempo, aprendendo a recomeçar, e principalmente ter coragem de voltar e se descobrir, por isso é bom ter amigos de verdade, pessoas capazes de nos olhar e reconhecer o q precisamos e nos dar um jeito diferente de enxergar nosso jeito de ser, a vida só vale a pena a medida q temos vontade de interpretar aquilo que passamos e aprender com isso...

Leu um email de um rapaz que tem um coração mto magoado e não consegue se livrar dessa magoa e chega a sentir vontade de matar a própria mãe... Pe. Fabio falou que existem sentimentos que alimentamos e podem virar neurose dentro de nós, e qdo temos mtos pensamentos ruins, pode ser que alguma quimica esteja em desordem, e qdo não cuidamos na hora certa podemos nos transformar em verdadeiros monstros, capazes de coisas absurdas, pessoas que vivem processos de tristezas, amarguras e que acabam virando problemas psiquicos, q não devemos ter vergonha de procurar um médico, uma ajuda, qdo alimentamos mtos sentimentos ruins, pequenas maldades, devemos buscar aconselhamento, não é normal sermos mal, o normal é sermos do bem, o processo de viver pode ir nos machucando e contruindo dentro de nós machucados pela vida e traumas que não são curados facilmente, e assim pode nos tornar pessoas perigosas na sociedade.
Pe. Fabio falou sobre o mundo atual, e que é triste pensar que essa vida mto agitada q levamos pode contruir, criar situações onde caminhamos a agressividade, pq as nossas relações permitem a violencia, a agressividade... e pediu pra tomar cuidado com os jogos virtuais, que ajudam a gerar um comportamento agressivo, que o ser humano é como goiaba, se não cuidar da bixo, fica bixado, estragado, tinha tudo pra dar certo, tinha tudo pra ter uma vida maravilhosa, mas na hora certa não cuidou, brincou a vida inteira com jogos de violência, dp percebeu q a pessoa se tornou violenta, isso é perigoso, falta de alguém colocar limites, quem não obedece na infancia, não vai obedecer a vida inteira, os noticiarios nos mostram os jovens sendo vitimados pelas drogas, boates, transito, e onde começou tudo isso? Um dia la atras, naqueles comportamentos que mtas vezes nao repreendiamos, é de pequeno que se torce o pepino, ou vc repreende agora ou um dia mais tarde sofrera as consequencias, imagina um jovem que diz ter vontade de matar a propria mãe, que mundo é esse? não pode vir de Deus um pensamento como esse, o Diabo ele cria uma estrutura diabólica, podemos ser diabólicos nas pequenas coisas, cada vez q utilizamos de pequenas maldades, cada vez q prejudicamos alguém, que fazemos uma fofoca sem menos saber quem somos, aquele q se ocupa a cuidar da vida do outro, a lingua leva mais pro inferno que qualquer outra coisa, pois cria realidades diabólicas, não conhece a pessoa, não sabe quais são suas intençõess, isso é o diabo se tornando presente através de realidades diabólicas, uma realidade que são contrarias ao amor não pode ser de Deus, e mtas vezes não temos coragem de assumir isso, a influencias das realidades diabólicas que vão fazendo nossa vida cair por terra, a violencia começa em uma atitude pequena... Pediu pra tomar cuidado com a passagem do ano, pra não sermos vitimas das irresponsabilidades... Nós somos responsaveis pela nossa vida, não abra a porta para a destruição, para o Diabo, abra a porta pras coisas boas...
...o ano esta comecando, ao invés de se acabar no começo do ano, RECOMECE, busque a felicidade, faça escolhas certas, olhe pro outro com amor, descubra o qto é bom ser feliz.

Leu email de uma pessoa q diz q mtas pessoas com problemas entram em sua vida e Pe. Fabio disse que todas as pessoas que se dispõem a ser simbólicas, ela tera mto serviço, pq tem mtas pessoas sendo diabólicas no dia de hj, e fazer o bem a alguém com certeza nos faz evangelizar, seguir a vida fazendo o bem, e fazer o bem mtas vezes é dizer a verdade, pode até lhe chatear, mas de certa forma esta consertando, cada vez q temos a oportunidade de ajudar alguém a viver melhor, o céu inteiro esta feliz, qtas irmãs no mundo a fora estão curando o mundo no gesto de fazer um curativo, pq onde existe um gesto de amor sendo realizado em nome de Deus, todos estao sendo curados, da mesma forma q mtos destroem, mtos correm atras pra socorrer aqueles que estão sendo destruidos, que tudo aquilo que corrigimos em nós é toda a humanidade que esta sendo corrigida, é a vida, aquilo que cuidamos, aquilo que é nosso o mundo agradece mais tarde e educar bem um filho é preparar bem o mundo de amanhã, pq se realizamos bem a missão de ser mãe e pai, o mundo nos agradece, pq o seu filho sera um a menos na fila do que destrói, e colocamos no mundo pessoas que vão ajudar a consertar o mundo e a vida.

Pe. Fabio terminou agradecendo pelo programa, pelas participações, por todos que fizeram do programa direção espiritual, uma direçao e um consolo para seu coração. Dedicou o ultimo programa a todas as familias que ainda continuam sonhando com a casinha branca, que não precisa ser rica materialmente, mas que precisa ser rica de pessoas e bons sentimentos, e que cada programa possa ser luz de Deus em nossos corações, e o desejo de consertar um pouquinho do mundo em cada coração que foi tocado...
FIM!!! Deus abençõe a todos!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://padrefabiodemelo.forumbrasil.net
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PROGRAMAS DE 2006   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PROGRAMAS DE 2006
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Você gosta de programas de TV?
» (1ª fase UECE - 2006.2) Média Aritmética
» (UFMG-2006) - comissões possíveis
» [Resolvido](CMRJ 2006/2007) Algarismo da Unidade
» (Unesp-2006) - internet

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Padre Fábio de Melo :: Forum :: Geral :: Programas-
Ir para:  

marcas do eterno - Fabio de Melocriar um fórum | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Assinalar uma queixa | Fóruns grátis no Forumeiros